IFCE Sobral abre inscrições para cursos direcionados à indústria 4.0

São quatro cursos de extensão, com carga horária de 40 horas/aula. Podem se inscrever jovens entre 15 e 29 anos. Foto – IFCE/Arquivo

O campus de Sobral do Instituto Federal do Ceará (IFCE) lançou chamada pública com oferta de vagas para cursos de extensão na área de modelagem computacional aplicada à impressão 3D e corte a laser. O objetivo é formar profissionais para atuação na indústria 4.0, com foco em fabricação digital.

São quatro cursos de extensão, cada um com carga horária de 40 horas/aula. Todos os cursos são gratuitos e a modalidade é presencial. A inscrição é por meio de

 formulário eletrônico (https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSc9sRBIL7t2VSqsWwnBLYMTg3_IMKlGZJdeRXxlNe803epntg/viewform) no período de 11 a 19 de agosto de 2022. É necessário anexar uma cópia dos seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de conclusão do Ensino Fundamental II (histórico escolar, declaração ou equivalente) e comprovante de endereço (qualquer tipo formal de comprovante).

Cada curso tem 15 vagas. Podem se inscrever jovens entre 15 e 29 anos, tanto da comunidade interna quanto público externo. Para os cursos de Modelagem computacional aplicada à impressão digital e corte a laser, o interessado deverá ter conhecimento em informática, comprovado por meio de certificado, histórico escolar ou declaração a próprio punho.

No edital, há mais informações sobre cada curso, critérios de seleção, matrículas, certificação e cronograma.  Acesse o edital em https://ifce.edu.br/sobral/campus-sobral/cursos/cursos-de-extensao/todos-os-cursos/em-andamento/outros.

Cursos ofertados

Modelagem computacional aplicada à impressão digital e corte a laser
Período de realização: setembro e outubro (noite)
Carga horária: 40 horas/aula

Modelagem computacional aplicada à impressão digital e corte a laser
Período de realização: outubro e novembro (tarde)
Carga horária: 40 horas/aula

Introdução à impressão 3D
Período de realização: outubro (noite)
Carga horária: 40 horas/aula

Introdução à gravação e corte laser
Período de realização: novembro (noite)
Carga horária: 40 horas/aula

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social do IFCE de Sobral

110 anos de Jorge Amado: relembre obras que inspiraram filmes

Jorge Amado completaria 110 anos nesta quarta-feira, 10 de agosto(foto: Divulgação)
Jorge Amado completaria 110 anos nesta quarta-feira, 10 de agosto(foto: Divulgação)

Jorge Amado, considerado um dos maiores escritores brasileiros, nasceu em 10 de agosto de 1912, há 110 anos. O baiano morreu em 6 de agosto de 2001, aos 88, deixando um vasto legado literário escrito ao longo das décadas e que, muitas vezes, chegou ao cinema e à televisão por adaptações. Relembre algumas abaixo.

Capitães da Areia

Escrito em 1937, o livro é considerado um dos maiores clássicos do escritor. Acompanha a rotina de um grupo de jovens que vivem nas ruas de Salvador no começo do século 20, muitas vezes praticando crimes. Em dezembro de 1989, a Band exibiu uma minissérie de 10 capítulos baseada no livro.

Cheio de atores mirins à época, foi um dos primeiros trabalhos na TV feitos por André Gonçalves. O elenco trazia ainda Tonico Pereira, Jacyra Silva, José Steimberg e Orã Figueiredo. Na abertura, a trilha sonora ficava por conta de Cidade Maldita, ainda nos primórdios do rap nacional, cantada por MC Jack.

Para quem busca melhor qualidade visual, décadas depois, em 2011, o grupo de malandros rendeu um longa dirigido por Cecília Amado, neta do autor, e Guy Gonçalves, com trilha sonora pensada por Carlinhos Brown.

Há ainda uma adaptação menos conhecida, de 1969, feita pelo cineasta estadunidense Hal Bartlett, na Bahia. Intitulada The Wilds Pack, foi proibida pela censura militar por aqui, mas recebeu um prêmio na União Soviética.

Dona Flor e Seus Dois Maridos

Marco na história do cinema nacional, foi a maior bilheteria do cinema brasileiro (mais de 10 milhões de ingressos vendidos) entre seu lançamento, em 1976, e a estreia de Tropa de Elite, em 2010. Sônia Braga vive a protagonista Flor, que divide seu amor pelo apostador Vadinho (José Wilker) e o músico Teodoro (Mauro Mendonça), os dois homens com quem foi casada.

Assim como ocorreu em Gabriela, Juliana Paes “substituiu” a personagem deixada por Sonia Braga na versão mais recente do filme, de 2017. Seus maridos, desta vez, são Marcelo Faria (Vadinho) e Leandro Hassum (Mauro Mendonça).

Quincas Berro d’Água

“Minha vida de morto é mais animada que a de muito vivo por aí”. Essa é uma das frases que sintetiza o espírito do filme baseado em A Morte e a Morte de Quincas Berro d’Água (1962). Funcionário público, Joaquim Soares da Cunha troca a estabilidade por uma vida de farra e bebedeiras, até morrer. Alguns de seus amigos, porém, não ‘aceitam’ a morte e rendem animadas e bem-humoradas cenas.

É uma boa oportunidade de relembrar o trabalho do ator Paulo José, cuja morte, de 11 de agosto de 2021, completa um ano nesta semana. O elenco ainda traz Mariana Ximenes, Marieta Severo, Vladimir Brichta, Luis Miranda e Othon Bastos, Érico Brás, Irandhir Santos, entre outros.

Gabriela, Cravo e Canela

Uma das obras de Jorge Amado que levou menos tempo para chegar às telas. Lançado em 1958, originou uma novela com Janete Vollu como Gabriela, acompanhada por Paulo Autran, Grande Otelo, Suely Franco, entre outros, já no início dos anos 1960, pela TV Tupi.

A versão de maior sucesso foi ao ar na Globo, em 1975, com Sônia Braga no papel da protagonista e elenco cheio de estrelas. Em 2012, foi a vez de Juliana Paes dar vida à personagem

Em 1983, o cinema ganhou Gabriela, Cravo e Canela por Bruno Barreto. Novamente, com Sônia Braga no papel principal.

Tenda dos Milagres

Além da minissérie exibida pela Globo, em 1985, existe um filme de mesmo nome lançado por Nelson Pereira dos Santos em 1977. Ambas as produções retratam a obra de Jorge Amado sobre a cultura negra na Bahia.

O POVO Vida & Arte – 18:46 | Ago. 10, 2022 Autor Correio 24 horas Tipo Notícia

UFC oferta duas vagas de professor efetivo no curso de Medicina do Campus de Sobral

Faculdade de Medicina da UFC, Campus Sobral. Foto – Arquivo

A Universidade Federal do Ceará receberá inscrições de 29 de agosto a 16 de setembro, exclusivamente pela Internet, para concurso público de docente efetivo do Curso de Medicina do Campus de Sobral.

De acordo com o Edital nº 124/2022, são ofertadas duas vagas para professor do magistério superior, de denominação Auxiliar, nos seguintes setores de estudo: Doenças Infecciosas e Parasitárias / Internato e Psiquiatria / Internato.

Em ambos os casos, os interessados devem possuir diploma de graduação em Medicina. Os aprovados cumprirão jornada de 20 horas semanais de trabalho.

Outras informações como taxa de inscrição, cronograma, remuneração e documentação necessária podem ser acessadas no edital e no site da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP) da UFC.

Fonte: Portal da UFC –  Divisão de Concursos e Provimento da PROGEP – e-mail: dicon.progep@ufc.br

Festival Nacional de Humor de Maranguape retorna após dois anos

Festival Nacional de Humor de Maranguape reúne os principais nomes do humor local(foto: JL...
Festival Nacional de Humor de Maranguape reúne os principais nomes do humor local(foto: JL Rosa)

Com mais de dez anos de existência, o Festival Nacional de Humor de Maranguape: uma homenagem a Chico Anysio balança a Região Metropolitana de Fortaleza e distritos no entorno com uma programação repleta de muito riso e cultura. Após hiato de dois anos, em razão da pandemia de Covid-19, a décima segunda edição do evento está de volta, mais viva do que nunca.

O festival conta com atrações locais e nacionais, como João Cláudio Moreno, Luana do Crato, Madame Mastrogilda, Cleber Fernandes, Keyo Fernandes, Rapadura e mais. Além disso, a programação será híbrida, com transmissão ao vivo pelo canal no YouTube do evento.

“O Festival, com a sua dimensão, representa a valorização da linguagem do humor no nosso Estado”, acredita Luciano Lopes, produtor do evento. “Por muito tempo, os humoristas não tinham uma politica pública nem espaços públicos que o recebessem, se restringindo apenas a apresentações em bares e pizzarias. O Festival traz uma valorização para esta classe e uma validação do humor como linguagem cênica“, completa.

Ações alternativas

Nos dias do evento, os restaurantes da cidade farão o “Delivery da Alegria”, com os entregadores caracterizados com a camiseta do festival e adereços divertidos. Estes restaurantes receberão o selo “Restaurante Amigo do Humor”.

O festejo terá ainda uma iniciativa em apoio ao meio ambiente. Serão realizadas ações de entretenimento para crianças no Parque Ecológico Renato Braga, com caminhada guiada, orientações práticas e de preservação da natureza; oficinas de conhecimento da vegetação, como preservar e reflorestar; produção e plantio de mudas para reflorestamento do Parque e distribuição de mudas para o público estudantil e comunidade em geral.

Programação

O Festival

O Festival nasceu para homenagear um dos filhos mais ilustres da terra, o humorista Chico Anysio. O artista criou mais de 200 personagens que permanecem no nosso imaginário, como Alberto Roberto, Tavares, Pantaleão, Bozó e o inesquecível Professor Raimundo. Não é à toa que o legado que Chico deixou continua influenciando e inspirando os novos humoristas, com sua irreverência e, acima de tudo, inteligência.

Serviço

Festival Nacional de Humor de Maranguape

Onde: diversos lugares do município de Maranguape e distritos vizinhos

Quando: 14 ao 20 de agosto

Mais informações: www.festivaldehumormaranguape.com.br

Com informações O POVO online – 15:09 | Ago. 09, 2022 Autor Euziane Bastos Tipo Notícia


Dois tremores de terra são registrados no município de Alcântaras, no Ceará

Marcações no mapa onde aconteceram os dois tremores, em Alcântaras (CE), na manhã deste sába...
Marcações no mapa onde aconteceram os dois tremores, em Alcântaras (CE), na manhã deste sábado, 6/8(foto: divulgação)

Dois tremores de terra foram registrados no município de Alcântaras, a 268,8 km de Fortaleza, na Zona Norte do Ceará, na manhã deste sábado, 6. As estações sismográficas operadas pelo Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN) registraram os eventos.

Conforme o LabSis, o primeiro aconteceu às 4h54min e teve sua magnitude preliminar calculada em 1,7 graus na Escala Richter. Menos de duas horas depois, às 6h17min, o segundo tremor foi registrado, desta vez de magnitude preliminar 1,6.

Estes índices neste sábado são considerados de baixa intensidade. Historicamente, a Zona Norte é conhecida pelos pesquisadores pelo registro recorrente de tremores de terra dentro do território cearense.

Conforme Rinaldo Nogueira, coordenador da Defesa Civil de Sobral, os tremores foram sentidos por moradores da Serra do Rosário, onde se localizam os distritos de Jordão e Baracho. “A comunidade sente e eles sempre informam”, diz.

Algumas vezes, o tremor chega a causar rachaduras em estruturas de concreto e derrubar móveis em residências e comércios. Desta vez, a população não relatou transtornos do tipo, segundo Nogueira. É comum que os eventos sejam sentidos por quem reside na região da Serra da Meruoca.

O último evento registrado e divulgado pelo LabSis/UFRN no estado do Ceará ocorreu no dia 5 de julho, às 19h12min, no município de Meruoca. O laboratório monitora e divulga atividades sísmicas da região Nordeste em tempo real.
O POVO online – 10:05 | Ago. 06, 2022 Autor Ana Rute Ramires Tipo Notícia

Uece vai criar duas novas graduações com previsão de oferta para 2023

uece
Os cursos serão vinculados ao Centro de Estudos Sociais Aplicados (Cesa/Uece). Foto: Darley Melo

A Universidade Estadual do Ceará (Uece) se prepara para ofertar dois novos cursos de graduação. A proposta é que os cursos de Economia e Direito sejam criados ainda em 2022, para oferta a partir de 2023.

Por nota, a instituição de ensino afirmou que a implantação está em tramitação e que os cursos serão vinculados ao Centro de Estudos Sociais Aplicados (Cesa/Uece). A previsão é que cada um deles tenha 40 vagas.

O reitor da Uece, professor Hidelbrando Soares, considera que a ampliação democratiza a educação superior pública. Atualmente, a outra instituição de ensino superior pública no Ceará, a Universidade Federal do Ceará (UFC), também oferta o curso de Direito.

“A ampliação da oferta de cursos de graduação e pós-graduação da Uece, a ampliação de nossas ações no interior do estado, com a implantação de 3 novos campi e 8 novos cursos, são estratégias para aprofundar a democratização da educação superior pública para juventude cearense e garantir, para essa juventude, oportunidade de inclusão social pela educação”, disse Hidelbrando Soares.

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 12:58 – 06 de Agosto de 2022. Ceará

Novo documentário sobre Maria Bethânia traz pôster de foto feita por uma fã

Legenda: Pôster de filme será estampado por foto de fã Foto: Reprodução

O documentário sobre a cantora Maria Bethânia, “Maria – Ninguém sabe quem sou eu”, ganhou pôster oficial e tem uma foto feita por uma fã da artista. O filme mostra a trajetória artística da cantora desde os anos 1960. As informações são da colunista Mônia Bergamo.

O diretor do documentário, Carlos Jardim, descobriu a imagem fazendo uma pesquisa em fã-clubes da cantora nas redes sociais. 

No Instagram, Ana Oliveira, responsável pela foto falou sobre a novidade: “desculpem, mas tô me achando: é minha a foto que ilustra o cartaz do documentário sobre Maria Bethânia que o Carlos Jardim está terminando”. 

O filme tem estreia prevista nos cinemas para este ano e depois será exibido na GloboNews e no Canal Brasil, além disso vai mostrar uma entrevista exclusiva com Maria Bethânia e registros de shows como “A Hora da Estrela”, de 1984. 

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 15:07 – 01 de Agosto de 2022. Atualizado às 15:18 Verso

Festival de Teatro Infantil apresenta mais de 50 espetáculos gratuitos no Ceará

Legenda: Grupo Dona Zefinha apresenta o espetáculo “O Circo sem teto da lona furada dos Bufões” Foto: Alex Hermes

A 11ª edição do Festival Internacional de Teatro Infantil do Ceará retoma o formato presencial com espetáculos gratuitos para crianças em em Fortaleza e municípios do interior do estado. A programação inicia no dia 6 de agosto e segue até o dia 3 de setembro. 

Com o tema “Tempo de Alegria”, o festival pretende proporcionar novos olhares e o encontro com a fonte de alegria que está ao alcance de todos nas paisagens, nos amigos, nos livros, nas artes. 

Ao todo, serão apresentados 55 sessões de espetáculos de atrações como o Grupo Dona Zefinha, Cia Prisma e a cantora Luiza Nobel em Fortaleza, São Gonçalo do Amarante, Caucaia, Morada Nova, Itapipoca e Maracanaú. 

Além dos espetáculos para o público em geral, o evento conta com debates em escolas, sessões exclusivas para alunos de escolas públicas e seminário virtual para educadores com o tema “Arte e Educação”. 

Os interessados devem fazer a retirada antecipada de até dois ingressos (gratuitos) por CPF na plataforma Sympla. Se não estiverem esgotados, os ingressos serão disponibilizados também nas bilheterias dos teatros antes do início dos espetáculos. No site do evento, é possível ter mais informações. 

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 08:00 – 02 de Agosto de 2022. Atualizado às 10:26 Verso

TCE abre seleção para estagiários de pós-graduação com bolsa de R$ 2 mil

Homem de costas observa uma sessão no Tribunal de Contas do Ceará.
Legenda: Duração do estágio é de um ano, podendo ser prorrogado por igual período. Foto: Fabiane de Paula

O Tribunal de Contas do Ceará (TCE) abriu inscrições para seleção de estagiários. O edital é direcionado a estudantes de pós-graduação, seja especialização, MBA, mestrado ou doutorado. A bolsa é de R$ 2 mil por cinco horas diárias.

Interessados nas vagas podem se candidatar até o dia 14 de agosto. As áreas contempladas são: administração, ciências contábeis, direito, economia, informática e pedagogia. A seleção é feita pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL Ceará).

Para a coordenadora do IEL Ceará, Cris Martins, o estágio durante a pós-graduação é uma oportunidade de atuar diretamente na área desejada e estabelecer contatos profissionais.

Processo seletivo

É requisito para se candidatar à vaga de estágio ter concluído o curso de graduação em uma instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e estar matriculado — mantendo frequência — em um curso de pós-graduação stricto sensu ou lato sensu nas áreas estabelecidas no edital. O curso pode ser EaD ou presencial.

O estágio deve durar um ano e pode ser prorrogado por igual período. Além da bolsa, será oferecido aos selecionados um auxílio-transporte correspondente à meia passagem estudantil.

A seleção terá duas etapas. Na primeira, será feita a análise curricular (classificatória) do candidato. Depois, será aplicada uma prova de conhecimentos gerais, específicos e redação (caráter eliminatório e classificatório). O conteúdo programático pode ser visto no edital da seleção.

Serviço

Seleção de estagiários de pós-graduação para o TCE-CE
Inscrições: até 14 de agosto no site do IEL Ceará

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 17:00 / 03 de Agosto de 2022.

Conheça Ypsilon e Windows, irmãos do CE que enfrentam com bom humor problemas gerados por seus nomes

Irmãos foram batizados de Windows e Ypsilon no Interior do Ceará
Legenda: Windows aparece no lado esquerdo da foto, com camiseta estampada, e Ypsilon de blusa azul Foto: Acervo Pessoal

A criativivade cearense para escolher nomes também pode ser encontrada em Santana do Cariri. Neste município reconhecido como terra da paleontologia, moram os irmãos Ypsilon e Windows. 

Eles dizem que foram os pais – ambos com nomes comuns, Francisco Ronaldo e Maria Eunice – que tomaram a decisão de que os filhos ganhariam nomes inéditos.

“Ele queria algo diferente. Foi aí que achou Y. Ele disse que o primeiro filho deles teria o nome de uma letra porque, indo e voltando, seria apenas o Y”, conta Ypsilon, assim, por extenso, porque essa foi uma exigência no cartório para que o registro fosse feito.

Interessante notar que o seu Francisco Ronaldo se incomodava com os nomes de santos por serem tão repetidos. O dele próprio foi homenagem a dois santos: um italiano e um norueguês. Por ironia, Ypsilon é teólogo e secretário de turismo do município que terá a primeira beata cearense reconhecida pelo Vaticano, a Menina Benigna Cardoso da Silva.

Como nome em si não sela destino, engana-se quem pensa que Windows trabalhe com tecnologia da informação. Ele até gosta de computador, mas a vocação é para a música. Windows toca saxofone.

Os irmãos brincam com os nomes que têm. Ypsilon costuma assinar mensagens usando só a letra mesmo. Já Windows ganhou o apelido de janela – tradução do inglês – e não se importa. Costuma dizer que, toda vez que um computador é ligado, o nome dele é saudado.

Só que os nomes diferentes já causaram e ainda causam problemas aos irmãos, principalmente ao Windows. Até hoje, por exemplo, ele não conseguiu abrir uma conta no Facebook. Está na rede social usando o sobrenome. Além disso, já perdeu voo porque funcionários da companhia aérea ficaram desconfiados.

“Tínhamos feito o check-in, passado pelo raio-x. Já na sala de embarque, na conferência da documentação [de Windows], a funcionária suspeitou que não se tratava de documento original. Ficamos lá esperando. O avião decolou e nós perdemos o voo”, conta Ypsilon, que, por solidariedade ao irmão, também ficou na sala de embarque.

Mas os nomes que causam problema também servem de publicidade. Ypsilon já foi convidado ao programa Encontro, da rede Globo, para falar sobre o nome dele e do irmão. E ambos foram citados numa rede social pelo apresentador Cid Moreira, que, naquele vozeirão, brincou dizendo que eles faziam parte da família Microsoft.

Diário do Nordeste – Escrito por Paulo Henrique Rodrigues, 15:03 / 26 de Julho de 2022.

Associação procura “superinteligentes” em Fortaleza e mais 12 cidades

O local dos testes é informado de maneira individual e privada aos inscritos(foto: Divulga...
O local dos testes é informado de maneira individual e privada aos inscritos(foto: Divulgação )

Neste sábado, 30, às 10 horas, ocorrerá uma rodada de testes de admissão com avaliação de Quociente de Inteligência (QI) para identificar pessoas com altas habilidades/superdotadas, popularmente chamadas de “superinteligentes”. O evento acontece em 13 cidades brasileiras, incluindo Fortaleza, e o público-alvo são pessoas com 17 anos ou mais e que cursem ou que tenham formação no ensino superior.

A ação é organizada pela Associação Mensa Brasil, a qual reúne pessoas e profissionais de altas capacidades intelectuais do País. A instituição é a afiliada brasileira oficial da Mensa Internacional, principal organização de alto QI do mundo. A entidade está presente em cerca de 100 países e conta com, aproximadamente, 145 mil membros.

Além da Capital cearense, recebem o evento as cidades de Araraquara (SP), Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campinas (SP), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), São Paulo (SP) e São José dos Campos (SP).

Segundo Rodrigo Sauaia, presidente da Associação Mensa Brasil, o País é uma potência intelectual ainda adormecida e subaproveitada. “Temos uma das maiores populações do planeta. Cerca de 2% dos habitantes do País podem apresentar sinais de altas habilidades, com um QI muito acima da média. Porém, ainda não há um mapeamento abrangente destes indivíduos”, diz em nota.

De acordo com a entidade organizadora, o local dos testes é informado de maneira individual e privada aos inscritos. Os testes são feitos de forma presencial, conforme diretrizes do Conselho Federal de Psicologia (CFP), e seguem todos os protocolos de segurança sanitária.

Conforme a Mensa Brasil, em junho deste ano, o País atingiu a marca de dois mil brasileiros superinteligentes identificados pela associação. Segundo mapeamento da entidade, do total de pessoas identificadas, o estado de São Paulo lidera o ranking, com 984 superinteligentes. Em seguida estão Rio de Janeiro, com 229 pessoas, Distrito Federal, com 135, Paraná, com 134, e Rio Grande do Sul, com 94.

Ainda de acordo com a Associação, dos superinteligentes identificados no Brasil, 70% têm entre 19 e 36 anos. As pessoas entre 13 e 18 anos correspondem a 10%, mesmo patamar verificado para a faixa etária entre 37 e 45 anos. Apenas 5% possuem atualmente mais de 45 anos de idade. Uma curiosidade: o membro mais idoso foi identificado pela Mensa Brasil aos 72 anos de idade.

Segundo Sauaia, faltam programas e políticas públicas adequadas para apoiar essas pessoas: “Por isso nossa entidade está comprometida em aumentar o conhecimento da população sobre o tema, ampliar a identificação de pessoas com alto QI e criar um ambiente positivo para que possam interagir e se desenvolver”, destaca em nota.

Em média, conforme destaca a Mensa, a população brasileira apresenta QI de 100 pontos, com variação de 15 pontos para mais ou para menos, ou seja, numa faixa entre 85 e 115 pontos. Pessoas com altas habilidades e superdotação apresentam QI muito acima dessa média. Os valores podem variar para cada país e de acordo com os diferentes tipos de testes existentes.

Serviço

Teste de admissão e avaliação de alto QI da Associação Mensa Brasil
Data: 30 de julho de 2022, às 10h
Onde: O local do teste é informado individualmente aos candidatos confirmados
Cidades: Araraquara (SP), Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campinas (SP), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), São Paulo (SP) e São José dos Campos (SP)
Inscrições: https://mensa.org.br/admissao/ ou entre em contato pelo e-mail testes@mensa.org.br

O POVO online – 08:34 | Jul. 26, 2022 Autor Danrley Pascoal Tipo Notícia

Estudante do CE é bronze em olimpíadas internacionais de Química e de Física

Estudante Rafael Moreno Ribeiro, 17 anos(foto: Arquivo Pessoal)
Estudante Rafael Moreno Ribeiro, 17 anos(foto: Arquivo Pessoal)

O estudante Rafael Moreno Ribeiro, de 17 anos, conquistou duas medalhas de bronze na última semana (17 e 18 de julho) após participar das olimpíadas internacionais de Química e de Física. O jovem é o primeiro brasileiro a ser premiado nas duas olimpíadas no mesmo ano. Rafael nasceu na Bahia, em Salvador, mas começou a morar em Fortaleza desde o ano de 2020, após ser convidado para uma bolsa de estudos no Colégio Ari de Sá.

A nível nacional, Rafael se classificou em primeiro lugar na Olimpíada de Química e em segundo lugar na de Física. Após os resultados, o jovem passou a representar o Brasil a nível internacional, na Olimpíada Internacional de Física (IPhO na sigla em inglês) e na Olimpíada Internacional de Química (IChO). Em ambas as modalidades, o estudante soteropolitano foi bronze.

Atualmente, Rafael mora em Fortaleza e cursa o 3º ano do ensino médio. “A partir do 8º ano, eu comecei a participar de Olimpíadas. Eu achei muito bacana o processo. Além disso, meu irmão mais velho também participava.”

Para ele, o apoio da família foi fundamental: “Meus pais sempre incentivaram, principalmente em relação a assuntos que envolviam o aprofundamento nos estudos”.

Amor pela ciência

Rafael conta que começou a gostar de Física por causa do irmão mais velho. “Ele é dois anos mais velho. Ele sempre me incentivava a praticar os estudos. Ele me dava aulas sobre coisas mais iniciais de Física. Já em relação à Química, eu me interessei porque eu estudava com um amigo, e ele sempre puxava para o lado da Química. Com as Olimpíadas de Química, eu fiquei instigado a participar, pedi orientação aos professores. Eu estudava no 8º, então ainda não tinha aula de Química. Eu estudava sozinho, com indicação dos professores e com meu amigo.”

Por mais que goste do assunto, o jovem diz que pensa em unir a paixão por ciências com computação. “Eu claramente gosto muito de ciências, principalmente Física e Química, mas não sei se seria uma boa cursar algo de ciências aqui no Brasil. É desvalorizado, se fosse para estudar aqui no Brasil, eu queria fazer Ciência da Computação”, disse.

Sobre a rotina de estudos, Rafael enfatiza que os horários são corridos, o tempo é de dedicação quase exclusiva aos estudos. “Eu acordo pela manhã para ir à academia, e em seguida vou à escola. Eu costumo ficar na biblioteca do colégio das 8 às 12 horas. Nesse tempo, eu costumo ficar resolvendo questões, acho que já perdi um pouco a paciência para ficar estudando conteúdo. Gosto de praticar. Depois vou almoçar, e quando eu tenho aula fico das 13h30 até 20 horas. É puxado, mas dá para segurar.”

Apesar da rotina muito atarefada, o jovem reitera que nem todo o tempo dele é dedicado aos estudos. “Eu gosto de jogar futebol com meus colegas. Eu sou flamenguista. Além disso, eu gosto de sair com minha namorada, meus amigos e gosto de ler sobre ficção e distopias. Ajuda a relaxar.” 

Rafael guarda as 13 medalhas que acumulou ao longo da trajetória de amor pelas ciências.

Medalhas do estudante Rafael Moreno Ribeiro, 17 anos.
Medalhas do estudante Rafael Moreno Ribeiro, 17 anos. (Foto: Arquivo Pessoal)
  • Ouro Olimpíada Brasileira de Química Júnior (OBQJr) – 2019;
  • Ouro Olimpíada Brasileira de Química (OBQ) – 2021;
  • Ouro Olimpíada Norte/Nordeste de Química – 2021;
  • Ouro Olimpíada Nacional de Ciências (ONC) – 2019, 2020 e 2021
  • Medalha de Honra ao Mérito do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) – 2021;
  • Ouro Olimpíada Brasileira de Física (OBF) – 2019;
  • Ouro Olimpíada Brasileira de Física (OBF) Bahia – 2019;
  • Ouro Olimpíada de Matemática do Estado da Bahia (OMEBA) – 2019;
  • Ouro Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA) – 2016 e 2018;
  • Prata Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) – 2017.

O POVO online – 15:35 | Jul. 25, 2022 Autor Levi Aguiar Tipo Notícia

MPF do Ceará divulga edital de seleção para estagiários de pós-graduação em Direito

Foto de apoio ilustrativo. O Ministério Público Federal (MPF) divulgou nesta ter&cc...
Foto de apoio ilustrativo. O Ministério Público Federal (MPF) divulgou nesta terça-feira, 26, edital de seleção para estagiários de pós-graduação em Direito.(foto: MPF-CE/Reprodução)

O Ministério Público Federal (MPF) divulgou nesta terça-feira, 26, edital de seleção para estagiários de pós-graduação em Direito. O documento com as regras do processo seletivo prevê a formação de cadastro de reserva para o preenchimento de vagas que surgirem nas duas unidades do órgão, localizadas nas cidades de Fortaleza e Crateús. As inscrições terão início no dia 1º de agosto.

Para participar da seleção é preciso ter graduação em Direito, ou ser concludente, além de, no ato da contratação, estar matriculado em curso de pós-graduação em uma das instituições conveniadas ao Ministério Público Federal no Ceará. As inscrições ocorrerão unicamente pela internet, através do site do órgão, (acesse clicando aqui), entre os dias 1º e 5 de agosto.

As provas objetiva e discursiva serão aplicadas em 11 de setembro. Conforme o edital, os estudantes que vierem a integrar o Programa de Estágio do MPF cumprirão jornada de 20 horas semanais e receberão bolsa no valor de R$ 1.952, além de auxílio-transporte de R$ 11 por dia estagiado.

Além disso, as regras da seleção prevê a reserva de vagas a pessoas com deficiência, para as pessoas que se declararem negras e aos candidatos que se declararem integrantes de minorias étnico-raciais.

Seleção de Estágio de Pós-Graduação do MPF no Ceará

Área: Direito

Informações e inscrições: http://www.mpf.mp.br/ce/estagie-conosco

Inscrições: 1º a 5 de agosto de 2022

Edital
O POVO online – 18:48 | Jul. 26, 2022 Autor Danrley Pascoal Tipo Notícia

Mestrado em Ciência da Informação recebe inscrições de 1º a 31 de agosto

Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC), em Fortaleza. Foto – Arquivo

O Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI) da Universidade Federal do Ceará lançou o Edital nº 03/2022, referente ao processo seletivo para mestrado acadêmico (turma 2022.2). As inscrições estarão abertas no período de 1º a 31 de agosto. Podem participar portadores de diploma de curso superior, em qualquer área do conhecimento, expedido por instituições de ensino superior (IES) reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC).

São ofertadas até 12 vagas. O PPGCI possui área de concentração em Representação e Mediação da Informação e do Conhecimento, contando com duas linhas de pesquisa: Linha 1 – Representação da Informação e do Conhecimento e Tecnologia; e Linha 2 – Mediação e Gestão da Informação e do Conhecimento. Os candidatos devem se inscrever, dentro do prazo estabelecido, por meio do preenchimento de formulário eletrônico no Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA), na aba “Processos Seletivos – stricto sensu”, conforme detalhado no edital.

Ao todo, o processo de seleção compreenderá cinco etapas: prova escrita (eliminatória), análise do anteprojeto (eliminatória), arguição do anteprojeto (classificatória), análise do currículo (classificatória) e prova escrita de compreensão de texto em língua inglesa (obrigatória).

Mais informações sobre documentação exigida, cronograma, bibliografia recomendada e critérios de seleção podem ser vistas no edital, disponível no site do referido PPG.

Dúvidas devem ser encaminhadas para o e-mail ppgci.ufc@gmail.com.

Fonte: Portal da UFC | Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UFC – e-mail: ppgci.ufc@gmail.com

Abertas inscrições para o curso de mestrado acadêmico em Zootecnia da UVA

Prédio da Reitoria da UVA, campus Betânia, em Sobral. Foto – Arquivo

Estão abertas as inscrições para o curso de mestrado acadêmico em Zootecnia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), realizado em associação com a Embrapa Caprinos e Ovinos, para ingresso no semestre 2022.2. Os candidatos poderão se inscrever até o dia 31 de julho de 2022, exclusivamente pela Internet, no endereço eletrônico www.uvanet.br/mestrazoo, na opção “Processo Seletivo”.

São ofertadas 6 (seis) vagas na linha de pesquisa Produção e Nutrição Animal, distribuídas entre as áreas de estudo Produção de Ruminantes, Sanidade Animal e Avicultura. Poderão inscrever-se no Processo Seletivo candidatos graduados em Zootecnia, Agronomia, Medicina Veterinária e áreas afins.

A seleção será realizada em duas etapas: a etapa eliminatória, onde o candidato deverá apresentar um pré-projeto, e a etapa classificatória, que avaliará a arguição do candidato sobre sua proposta de pesquisa, seu Histórico Escolar e Currículo Lattes.

A lista completa de documentos necessários à inscrição e informações complementares podem ser acessadas no EDITAL N° 24/2022 – PRPPG – PROCESSO SELETIVO 2022.2.

Com informações Zaíra Almeira | Assessoria de Comunicação e Marketing Institucional da UVA

Abertas inscrições para o IX Festival Internacional de Folclore do Ceará

Para participar, os grupos de projeção folclórica cearenses, nacionais e internacionais devem ...
Para participar, os grupos de projeção folclórica cearenses, nacionais e internacionais devem realizar a inscrição pelo site do Festival.(foto: Divulgação)

Se encerram na próxima sexta-feira, 22, as inscrições para os grupos de projeção folclórica que desejam participar da 9ª edição do Festival Internacional de Folclore do Ceará (FIFOLC). A novidade para este ano é a volta de forma presencial, itinerante e com o retorno do público à plateia. 

Para participar, os grupos de projeção folclórica cearenses, nacionais e internacionais devem realizar a inscrição pelo site do Festival, no endereço precisam se atentar para leitura do regulamento e preencher o formulário que consta na página. Neste ano, o FIFOLC ocorre de 16 a 19 de novembro em Fortaleza, Caucaia, Paracuru e Trairi.

De acordo com os organizadores, ao todo 14 grupos devem participar da edição 2022, sendo 13 grupos cearenses, nacionais e de etnia que irão participar de forma presencial e um grupo internacional, de forma virtual.

Serviço

Inscrições até 22 de julho.
Público: Grupos de Projeção Folclórica
Inscrições: https://www.festivaldefolcloredoceara.com.br  (mediante preenchimento de formulário)
Evento: 16 a 19 de novembro em Fortaleza, Caucaia, Paracuru e Trairi

O POVO online – 23:52 | Jul. 18, 2022 Autor Redação O POVO Tipo Notícia

IX Gincana Ceará Cultural destaca a luta do povo negro e o sucesso de brasileiros mundo afora

O tema deste ano propõe questionamentos sobre os 300 anos de escravidão no Brasil, mesmo após ...
O tema deste ano propõe questionamentos sobre os 300 anos de escravidão no Brasil, mesmo após a “abolição dos povos escravizados”, devido à assinatura da Lei Áurea.(foto: Divulgação)

A Gincana Ceará Cultural, projeto que reúne dança, teatro, música, performances, além de provas esportivas e de conhecimentos gerais, numa grande maratona de competições, está de volta ao calendário de eventos do município de São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Fortaleza. O tema deste ano propõe questionamentos sobre os 300 anos de escravidão no Brasil, mesmo após a “abolição dos povos escravizados”, devido à assinatura da Lei Áurea.

A ação cultural chega a sua 9ª edição e acontecerá de 29 a 31 de julho, em diversos polos da cidade, movimentando as férias do meio do ano. A Gincana tem uma programação com vários acontecimentos ao longo do mês de julho, envolvendo oficinas e webinário. As ações e atividades podem ser consultadas no site do evento.

“É um momento rico de vivências em que gincaneiros e público são desafiados a pesquisar histórias e enredos, experimentar, ensaiar, produzir e apresentar números artísticos, estruturar desfiles e carros alegóricos, identificar e capturar objetos, envolver instituições, paisagens, pessoas e lugares relacionados ao patrimônio cultural e natural da cidade”, comentou em nota Mônica Lima, coordenadora geral da Gincana.

A Gincana Ceará Cultural é realizada pela Associação CORDAPES, MABQ Entretenimento e WM Cultural. O projeto conta com a parceria da Enel, do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria de Cultura, e com o apoio da Prefeitura de São Gonçalo do Amarante.

Tarefas e provas

Desde 2013, de acordo com os organizadores, a Gincana mobiliza jovens estudantes, profissionais, produtores culturais, moradores e turistas, por meio de desafios que têm por base temas relacionados à arte, à cultura e à história local e geral. A competição busca estimular a participação da sociedade de forma a despertar a cidadania e valores humanitários.

Conforme destacam os organizadores, o momento mais esperado da Gincana é o tradicional Baile Cultural – também conhecido como a “Tarefa Musical” e principal prova da disputa, que acontece na sexta-feira (29 de julho).

De forma democrática e com perspectiva de extrair o máximo da criatividade, os participantes da IX Gincana Ceará Cultural possuem total liberdade na elaboração do show de apresentação das equipes. Deste modo, os grupos criam um musical relatando histórias, acontecimentos e ou personagens dentro do tema “O Brasil Preto que Canta por Socorro”. O baile acontecerá às 19 horas, no Ginásio Waldemar Alcântara, que fica no Centro de São Gonçalo.

Participação e premiação

Este ano, segundo os organizadores, a Gincana conta com a participação de 03 equipes compostas por aproximadamente 150 integrantes, cada. Totalizando 2.000 participantes, entre gincaneiros e espectadores. O evento oferece R$ 7.700,00 como premiação total aos vencedores, sendo R$ 4.000,00 (primeira colocada); R$ 2.000,00 (segunda colocada); R$ 1.500,00 (terceira colocada); e R$ 200,00 (Rainha – 1º lugar).

Serviço

Outras informações: (85) 99618-6417 | 987150152 e http://gincanace.com.br

Instagram: @gincanacearacultural – Facebook: Gincana Ceará Cultural
O POVO online – 22:47 | Jul. 19, 2022 Autor Danrley Pascoal

Livro infantil mostra a importância da preservação da natureza

Livro infantil 'O Canto da Serra' aborda a importância da preservação ambiental (foto: Divulga...
Livro infantil ‘O Canto da Serra’ aborda a importância da preservação ambiental (foto: Divulgação)

Destacar a importância da preservação da natureza e incentivar o contato das crianças com o meio ambiente. Esses são alguns dos principais objetivos do livro infantil “O Canto da Serra”, da autora cearense Anna Oliveira, que está disponível para compra na Amazon.

Com ilustrações de Hidaru Mei, a história apresenta Sara, uma menina de oito anos que vive uma série de momentos extraordinários enquanto sobe a Serra de Guaiúba, no Ceará.

Ela, por exemplo, encontra algumas bolinhas coloridas misteriosas. A partir disso, descobre um mundo desconhecido na natureza que a levará a compreender a sustentabilidade e a importância da preservação do meio ambiente.

“Sara escuta um lindo canto. A história se passa em Guaiúba (CE) no ano de 2022. De onde será que vem esse canto? Quem será que está cantando?”, descreve a sinopse. O livro foi publicado pela editora Ases de Literatura.

O POVO online – Vida & Arte – 20:25 | Jul. 19, 2022 Autor Clara Menezes


6º Prêmio Abra de Roteiro: cearense “Cabeça de Nêgo” vence troféu da crítica

"Cabeça de Nêgo" venceu o Prêmio da Crítica 6º Prê...
“Cabeça de Nêgo” venceu o Prêmio da Crítica 6º Prêmio Abra (foto: Marcos K Hirano)

A Associação Brasileira de Autores-Roteiristas (Abra) anunciou na noite desta quarta, 14, os vencedores do 6º Prêmio Abra de Roteiro. Dedicado a destacar roteiros de filmes, novelas e séries, o evento outorgou o Prêmio da Crítica neste ano para o filme cearense “Cabeça de Nêgo”, escrito e dirigido pelo cineasta Déo Cardoso.

Nesta edição, o Prêmio Abra homenageou o cineasta Joel Zito Araújo, que tem na carreira filmes como “Filhas do Vento” e “O pai da Rita”, além da série “PCC: Poder Secreto”.

Nas categorias votadas por membros da Abra, saíram vencedores os filmes “A Mesma Parte de um Homem” (Roteiro Original de Filme de Ficção, escrito por Ana Johan e Alana Rodrigues), “Meu nome é Bagdá” (Roteiro Adaptado de Filme de Ficção, escrito por Caru Alves de Souza e Josefina Trotta) e “A Última Floresta” (Roteiro de Documentário, escrito por Davi Kopenawa Yanomami e Luiz Bolognesi).

Também venceram “Cabras da Peste” (Roteiro de Filme de Comédia, escrito por Denis Nielsen e Vitor Brandt ), “Turma da Mônica – Lições” (Roteiro de Obra Infantil/Infanto-juvenil, escrito por Thiago Dottori e Mariana Zatz) e “Chão de Fábrica” (Roteiro de Curta-Metragem, escrito por Nina Kopko e Tainá Mühringer).

Nas categorias de Roteiro de Série de Ficção, “Manhãs de Setembro” levou o troféu de Drama, enquanto “Lov3” triunfou como Comédia. “Greg News” foi destacado na categoria Melhor Roteiro de Programa de Reality ou Variedades e “O Caso Evandro” venceu em Roteiro de Série Documental. O melhor roteiro de Telenovela foi para “Um Lugar ao Sol”.

Completam a lista geral de vencedores Gautier Lee, que venceu o Prêmio Abraço de Excelência em Roteiro; Ludmila Naves, ganhadora do troféu de Roteirista do Ano/Prêmio Paradiso; e o Frapa – Festival de Roteiro Audiovisual de Porto Alegre, vencedor do Prêmio Parceria.

Confira os vencedores do 6º Prêmio Abra:

  • Melhor Roteiro Original de Filme de Ficção: “A Mesma Parte de um Homem”. Roteiro de Ana Johann e Alana Rodrigues
  • Melhor Roteiro Adaptado de Filme de Ficção: “Meu nome é Bagdá”. Roteiro de Caru Alves de Souza e Josefina Trotta. Livremente inspirado na obra “Bagdá, o Skatista” de Toni Brandão. Script supervisor: JP Teixeira. Assistente de roteiro: Azaraha Martín
  • Melhor Roteiro de Documentário: “A Última Floresta”. Roteiro de Davi Kopenawa Yanomami e Luiz Bolognesi
  • Melhor Roteiro de Filme de Comédia | Prêmio Paulo Gustavo: “Cabras da Peste”. Roteiro de Denis Nielsen e Vitor Brandt
  • Melhor Roteiro de Obra Infantil / Infanto-juvenil: “Turma da Mônica – Lições”. Roteiro de Thiago Dottori e Mariana Zatz. Colaboradora de Roteiro: Marina Maria Iório. Adaptado da obra “Turma da Mônica”, de Maurício de Souza e inspirado na Graphic Novel “Lições” de Vitor Cafaggi e Lu Cafaggi
  • Melhor Roteiro de Curta-Metragem: “Chão de Fábrica”. Roteiro de Nina Kopko e Tainá Mühringer
  • Melhor Roteiro de Série de Ficção – Drama: “Manhãs de Setembro”. Roteiro de Josefina Trotta, Alice Marcone, Marcelo Montenegro e Carla Meireles. Baseada em ideia original de Miguel de Almeida
  • Melhor Roteiro de Série de Ficção – Comédia: “Lov3”. Criada por Felipe Braga e Rita Moraes. Escrita por Rafael Lessa, Duda de Almeida, Filipe Valerim Serra e Natália Sellani. Colaborador de Roteiro: Elton de Almeida
  • Melhor Roteiro de Programa de Reality ou Variedades: “Greg News”. Roteiro de Gregorio Duvivier, Alessandra Orofino, Bruno Torturra, Denis Burgierman, Arnaldo Branco, Eduardo Branco, Luiza Miguez, Mariana Filgueiras, Carol Pires, Fernanda Mena e Amanda Célio
  • Melhor Roteiro de Série Documental: “O Caso Evandro”. Roteiro de Angelo Defanti, Arthur Warren, Ludmila Naves e Tainá Mühringer. Pesquisa e Colaboração de Roteiro de Ivan Mizanzuk
  • Melhor Roteiro de Telenovela: “Um Lugar ao Sol”. Novela de Lícia Manzo escrita com Leonardo Moreira e Rodrigo Castilho e colaboração de Carla Madeira, Cecília Giannetti, Dora Castellar e Marta Goés
  • Prêmio da Crítica: “Cabeça de Nêgo”. Roteiro de Déo Cardoso
  • Prêmio Abraço | Excelência em Roteiro: Gautier Lee
  • Roteirista do Ano | Prêmio Paradiso: Ludmila Naves
  • Prêmio Parceria: Frapa – Festival de Roteiro Audiovisual de Porto Alegre
  • Roteirista Homenageado: Joel Zito Araújo
  •   O POVO online – Vida & Arte – 15:05 | Jul. 15, 2022 Autor João Gabriel Tréz Tipo Notícia

Abertas inscrições para doutorado da Rede Nordeste de Ensino; UFC é um dos polos

Reitoria da Universidade Federal do Ceará(UFC).Foto-Arquivo

A Rede Nordeste de Ensino (RENOEN) lançou o edital de seleção e admissão ao Doutorado Acadêmico em Ensino para 2023.1. São oferecidas 110 vagas para as instituições de ensino superior associadas, nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe.

No polo da Universidade Federal do Ceará são ofertadas 12 vagas para portadores de diplomas de mestrado ou declaração de conclusão de mestrado.

As inscrições começam nesta sexta-feira (15) e seguem até 12 de agosto de 2022, no Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA), na aba processos seletivos stricto sensu. Os candidatos devem enviar toda a documentação definida no edital para o e-mail renoen@ufc.br. A seleção será realizada em três etapas: análise do pré-projeto; defesa do pré-projeto e arguição; e avaliação curricular.

Com área de concentração em Ensino, Currículo e Processos de Ensino-Aprendizagem, a pós-graduação acadêmica é focada no Ensino de Ciências e Matemática. O programa tem duas linhas de pesquisa: Ensino, Currículo e Cultura, e Práticas Pedagógicas na Educação em Ciências e Matemática. O curso de doutorado tem duração mínima de 24 meses e máxima de 48 meses.

A Rede Nordeste de Ensino é integrada pela UFC, pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL), pela Universidade Rural de Pernambuco (UFRPE), pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

Confira o edital 2023.1 e o site do RENOEN.

Fonte: Polo UFC da Rede Nordeste de Ensino (RENOEN) – e-mail: renoen@ufc.br (Portal da UFC)

Assembleia aprova concurso público para professores de escolas indígenas no CE

Almofala, Ce BR 20.04.22 - Projeto Offshore - Escola Indígena Tremembé Maria Venâncio (Foto: F...
Almofala, Ce BR 20.04.22 – Projeto Offshore – Escola Indígena Tremembé Maria Venâncio (Foto: Fco Fontenele)(foto: FCO FONTENELE)

Deputados da Assembleia Legislativa do Ceará (Alece) aprovaram, nesta quarta-feira, 13, um projeto de lei governista que autoriza a realização de concurso público para a contratação específica de professores para as escolas indígenas estaduais. O certame será o primeiro a ser realizado para o magistério em Escolas Indígenas do Ceará, com oferta de 200 vagas. A estimativa é que o processo contemple 13 etnias. 

A iniciativa foi anunciada pela governadora Izolda Cela (PDT) em maio deste ano, durante solenidade que contou com a presença de lideranças indígenas, do presidente da AL, deputado Evandro Leitão (PDT) e da secretária da Educação, Eliana Estrela. As vagas vão contemplar as seguintes etnias: Anacé, Gavião, Jenipapo-Kanindé, Kalabaça, Kanindé, Kariri, Pitaguary, Potyguara, Tabajara, Tapeba,Tapuia Kariri, Tubiba Tapuia, Tupinambá.

Os profissionais irão atuar nas 29 escolas indígenas estaduais existentes hoje no Ceará. As vagas serão distribuídas para os anos iniciais e finais do Ensino Fundamental, além do Ensino Médio, nos seguintes componentes curriculares: Linguagens e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e Matemática e suas Tecnologias; e Ciências Humanas, Sociais e Aplicadas. O certame será realizado em três etapas: prova escrita, aula e avaliação de títulos.

No Ceará, o processo de constituição das escolas indígenas começou no final da década de 1990, com a luta das diferentes etnias indígenas. A Educação Escolar Indígena é assegurada na Constituição Federal Brasileira de 1988, na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9.394/96) que garante às comunidades indígenas o direito à educação diferenciada, específica e bilíngue.

O POVO online – 18:02 | Jul. 13, 2022 Autor Filipe Pereira Tipo Notícia

Entrevista inédita com o poeta Carlos Drummond de Andrade vai ao ar na Rádio MEC

Carlos Drummond de Andrade, um dos mais influentes poetas brasileiros do século 20. Foto – Divulgação | Café Com Poemas

Para comemorar os 100 anos do rádio do Brasil, a Rádio MEC leva ao ar uma entrevista inédita do poeta Carlos Drummond de Andrade concedida à roteirista, produtora e apresentadora Maria Muniz no final da década de 1950. Ao longo desta terça-feira (12), um trecho da conversa pode ser conferido pelos ouvintes em um episódio dedicado a Maria Muniz, como parte da série de interprogramas comemorativos que vem sendo veiculada na MEC desde o mês passado.

O trecho selecionado da entrevista original também será publicado na página da Radioagência Nacional. A íntegra do material poderá ser acessada no perfil da Rádio MEC no Spotify e no canal da emissora no YouTube.

Com cinco minutos de duração, os interprogramas diários sobre o centenário do rádio no país mesclam entrevistas e material de acervo para abordar diversos aspectos históricos relacionados ao veículo. A ideia é resgatar personalidades, programas e emissoras marcantes presentes na memória afetiva dos ouvintes.

Muitas preciosidades do acervo das rádios da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) estão sendo revisitadas e digitalizadas durante as pesquisas para a produção da série de programetes temáticos. Esse foi o caso da entrevista de 30 minutos com Carlos Drummond de Andrade para o programa “Encontro com a literatura” que ia ao ar nas noites de sexta-feira na Rádio MEC

Durante o bate-papo com Maria Muniz, o escritor conta casos e responde às perguntas da apresentadora por meio de seus poemas. Ao longo da entrevista, Drummond recita Poema das Sete Faces, Confidência do Itabirano, Infância, Caso do Vestido, O Mito, Caso Pluvioso, Desaparecimento de Luísa Porto, Pombo-Correio, e Canção da Moça-Fantasma de Belo Horizonte.

Considerado um dos mais influentes poetas brasileiros do século 20, Carlos Drummond de Andrade nasceu na cidade de Itabira, em Minas Gerais, e as lembranças da cidade permearam boa parte de sua obra. Diversos temas foram abordados pelo escritor em seus textos, desde questões existenciais, como o sentido da vida e da morte, até questões cotidianas, familiares e políticas, dialogando sempre com correntes tradicionais e contemporâneas de sua época. 

Sobre a Rádio MEC

Reconhecida pelos amantes da música, a Rádio MEC é consagrada pelo público por sua vocação direcionada à música erudita. A tradicional estação dedica 80% de sua programação à música clássica e leva ao ar compositores brasileiros e internacionais de todos os tempos.

A Rádio MEC oferece aos ouvintes a experiência de acompanhar repertórios segmentados, composições originais e produções qualificadas. Ainda há espaço também para faixas de jazz e música popular brasileira, combinação que garante a conquista de novos públicos e agrada a audiência cativa.

Os ouvintes têm participação garantida e podem colaborar com sugestões para a programação da Rádio MEC. O público pode interagir pelas redes sociais e pelo WhatsApp. Para isso, basta que os interessados enviem mensagens de texto para o número (21) 99710-0537.

Site: https://radiomec.ebc.com.br

Instagram: https://www.instagram.com/radiomec

O POVO online – Vida &Arte – 06:19 | Jul. 12, 2022 – Autor Agência Brasil Tipo Notícia

Mangar, invocado, ficar de bode: a enciclopédia com quase 10 mil expressões e palavras do cearensês

Legenda: Trabalho realizado pelo jornalista Tarcísio Matos sugere encararmos a particularidade de nosso falar como um segundo idioma Foto: Divulgação

O cearense precisa ser estudado, comentam nas redes sociais. É verdade. Felizmente, pesquisas acontecem – e não são poucas. Uma das mais recentes diz respeito ao nosso jeito de falar, à forma como se propaga o maroto cearensês. Ou você acha que termos como “rebolar no mato”, “mangar” e “ficar de bode” iam ficar apenas no registro oral?

“Grande Enciclopédia Infanto-Juvenil da Fala Cearense” resgata quase 10 mil expressões e palavras típicas do nosso linguajar diferenciado. O trabalho, realizado pelo jornalista Tarcísio Matos, sugere encararmos essa particularidade como um segundo idioma. Pudera: é tudo tão específico que apenas uma publicação assim para dimensionar a originalidade do povo.

Segundo o autor, a linguagem cearense – e nós concordamos, claro – é bem-humorada, tem ritmo e expressa a verve alegre e irreverente da cultura. “Se os tempos modernos impõem modismos que até na fala da gente interferem, esse trabalho vem para a permanência de um traço bem característico do nosso povo: a graça, a leveza, a molecagem que nos diferencia de todos os outros – inclusive no falar”, destaca.

O projeto de documentação é antigo, com pelo menos 45 anos de estrada profissional e 65 de trajeto humano. Tarcízio explorou os diferentes sinais e sonoridades de nossa língua própria por meio de andanças pelo interior do Estado. Foi se encantando e incorporando ao registro cotidiano os termos e expressões catalogados, a um só tempo hilários e vigorosos.

Também conseguiu ir além, imprimindo essa marca em escritos diversos assinados por ele. Até falando o jornalista se utiliza da gaiatice para deixar a conversa mais amena. “E me fazer melhor compreendido, pois essa é a minha língua. Minha ‘norma culta’ é fuleira. Cearensês é, pra mim, a penúltima flor da macaúba, invocada e só o mí disbuiado”.

Apelidos, exageros, comparações

Dois volumes em capa dura comportam a seleção de verbetes. Não existe divisão específica. É na “ruma” que tudo está posto, por ordem alfabética. Ultrapassando a complexidade do levantamento, Tarcízio Matos adicionou ao trabalho lembranças dos tempos de menino em Caucaia e Pacajus. O resultado são apelidos, tipos populares, fuleirosofias (filosofias fuleiras), exageros e comparações enumerados. “Mungangos” de toda ordem.

Autores do quilate de Patativa do Assaré (1909-2002), Arievaldo Viana (1967-2020), Klévisson Viana, Raimundo Girão, Jáder Soares, Chiquinho Peixoto e vários dicionaristas locais – a exemplo de Tarcísio Garcia, Andrea Saraiva e Marcus Gadelha – foram fartamente explorados pelo autor.

Tarcízio também recebeu colaborações valiosas de Falcão, Edmilson Filho, Assis Cavalcante, Helvécio Neves Feitosa e Audifax Rios. Jornada coletiva. Tão diversa que também recebeu o apoio de meninos e meninas provenientes de escolas públicas de Itaitinga e de Fortaleza. 

Eles fizeram várias ilustrações para a publicação por meio do Projeto “O Traço e a Fala do Cearensês”, apoiado pela Lei Aldir Blanc numa parceria do Instituto Tonny Ítalo com o Espaço Cultural Artes em Conexão. Os desenhos ambientam situações nas quais as expressões e palavras são geralmente utilizadas.

Conforme Matos, algumas das mais curiosas são: “Balançar o pé de fava”, que quer dizer soltar pum; “Imento de mato”, ou ida constante ao banheiro – especialmente para “obrar”; “Palpite-de-porco”, significando má opinião, palpite sem futuro; e “Acordar com o ovo engasgado na cueca”, sinônimo de levantar-se mal-humorado.

Por sua vez, dentre as preferidas do jornalista estão: “Ó o mei”, em alusão a “Sai da frente”; “É confusão pra mais de metro”, indicando briga, desacerto; e “Bunitim é irmão do feim”, resposta que se dá ante o comentário sobre um recém-nascido, ao dizer, por exemplo, que ele é só “bunitim”, ou seja, nem tanto assim. 

“Tudo isso mostra nossa capacidade de fazer o povo se abrir até com o que dói. Em tempo: tem nada inventado, é tudo coisa que o povo diz”, enfatiza. “Parafraseando Caetano Veloso, ao assinalar, na música ‘Língua’, que ‘Está provado que só é possível filosofar em alemão’, eu diria que ‘Está provado que só é possível frescar em cearensês’”.

À nossa maneira

Mas, afinal, por que o cearense desenvolveu uma forma tão particular de falar? De onde vem nossos neologismos e modos de traduzir o mundo por meio da oralidade? Tarcízio Matos reflete que, quando considera verbos como “distiorar” (deteriorar) e “interter” (entreter), põe-se a pensar que o cearense fala assim devido à facilidade da pronúncia.

“Deteriorar e entreter quebram a língua, dão trabalho. Ademais, é mais rítmico e engraçado no cearensês. Cearense ri até na morte, tem tempo ruim pra gente, não. Nossa resistência à natureza inclemente do tempo meteorológico e às estripulias humanas fizeram a gente criar anticorpos à tristeza. E aí vimo-nos diante da esfinge”.

Logo, em vez de sermos “jantados”, metemos o pé na carreira e nos salvamos todos, felizes à moda pinto em balseiro. “Acho melhor escapar fedendo do que morrer cheiroso”, declara Falcão. Tudo indica que estamos com ele. “Assim somos nós, cearenses. Traduzimos para o cearensês o que o mundo diz em suas línguas originais e complicadas, e fica tudo bem resolvido à nossa maneira”.

Com os dois volumes já lançados disponíveis em bibliotecas, escolas, espaços de convivência e universidades – quem quiser e puder, poderá adquiri-los – Tarcísio deseja estender o projeto. Desde que os livros chegaram às mãos do autor, no último mês de abril, já lhe repassaram ou ele lembrou de mais de 300 palavras e expressões novas. 

A ideia, portanto, é de uma segunda edição ampliada e revisada, possivelmente ainda neste ano. A crença do pesquisador é passar dos 12 mil verbetes e expressões genuinamente cearenses. “E tem aquela parte adulta, que comporá o terceiro volume, a ser publicada mais tarde. O foco será sempre as coisas da cearensidade tão rica e diversa, bem-humorada e felicitante. Quem lê, se abre sozinho”. Alguém duvida?

“Grande Enciclopédia da Fala Cearense – O Cearensês ao alcance do Mundo”
Tarcísio Matos

Mentoria das Letras
2022; Volume 1 (294 páginas) e Volume 2 (282 páginas) 
R$100 (diretamente com o autor)/ R$130 (pela Amazon, neste link)

Diário do Nordeste – Verso – Escrito por Diego Barbosa, diego.barbosa@svm.com.br 07:22 / 11 de Julho de 2022.

UFC lança edital de concurso público para docente efetivo em Fortaleza e Sobral

Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC), em Fortaleza. Foto-Arquivo

A Universidade Federal do Ceará (UFC) publicou edital de concurso público para professor do magistério superior da Faculdade de Educação (FACED), em Fortaleza, e do Curso de Música do Campus da UFC em Sobral. As inscrições começam no dia 25 de julho e seguem até 12 de agosto de 2022, exclusivamente pela Internet.

Para a FACED é ofertada uma vaga para professor Adjunto-A no Departamento de Fundamentos da Educação, no setor de estudo Psicologia da Educação. Os candidatos devem comprovar doutorado na área de Educação, e a jornada de trabalho é de 40 horas semanais, com dedicação exclusiva.

O Curso de Música em Sobral também oferta uma vaga para professor Adjunto-A com jornada de trabalho de 40 horas semanais (regime de dedicação exclusiva), no setor de estudo Pesquisa e Práticas de Ensino em Música. Os candidatos devem comprovar doutorado em Música ou Educação.

Informações sobre cronograma, remuneração, taxas de inscrição e documentação necessária podem ser consultadas no edital e no site da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP) da UFC.

Fonte: Divisão de Concursos e Provimento da PROGEP – e-mail: dicon.progep@ufc.br (Portal da UFC)

Escola de Gastronomia Social oferta 220 vagas em cursos gratuitos no mês de julho

Escola de Gastronomia Social está com vagas abertas para sete cursos gratuitos no mês de julho. — Foto: Escola de Gastronomia Social/ Divulgação
Escola de Gastronomia Social está com vagas abertas para sete cursos gratuitos. Foto – EGSIDB/Divulgação

A Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco (EGSIDB) oferta 220 vagas em sete cursos neste mês de julho. As inscrições para o processo seletivo podem ser feitas no site. As inscrições ocorrem até esta quarta-feira (6) para ciclo 1 e nos dias 19 e 20 deste mês para o ciclo 2.

Para participar da seleção, os candidatos precisam ter a partir de 17 anos, comprovante de vacinação contra Covid-19, com as três doses e disponibilidade para participar das aulas, que no período da manhã ocorrem das 8h30min às 12h, à tarde de 13h30min às 17h e a noite das 18h30min às 21h.

As vagas serão preenchidas por ordem de inscrição, seguindo critérios estabelecidos em edital. As pessoas selecionadas serão contatadas por whatsapp, sendo necessário ter atenção no momento de preencher o formulário.

Quatro formações serão na modalidade on-line, com aulas a partir de 11 de julho. Já outras três serão no formato presencial, com aulas de 25 a 29 de julho.

Cursos gratuitos:

On-line

  • “Preparação de Lanches Comerciais”(30h/a)
  • “Básico em Panificação”(30h/a)
  • “Fichas Técnicas: Precificação e Custos” (20h/a)
  • “Administração e Custos em Alimentos e Bebidas”(20h/a)

Presencial

  • “Biscoitos e Cookies” (20h/a)
  • “Cozinha Vegetariana e Vegana” (20h/a)
  • “Pizzas Artesanais”(20h/a)
  • Por g1 CE – 06/07/2022 09h15 

Embrapa Caprinos e Ovinos seleciona bolsistas de iniciação científica e estagiários

Sede da Embrapa Caprinos e Ovinos (rodovia CE 179, km-04, trecho Sobral-Groaíras)

A Embrapa Caprinos e Ovinos está com inscrições abertas, até o dia 12 de julho, para a seleção de bolsistas de iniciação científica e estagiários (remunerado e não-remunerado). O processo seletivo, em regime de cadastro de reserva, prevê oportunidades para estudantes de graduação – áreas de Agronomia, Biologia, Biomedicina, Biotecnologia, Ciência e Tecnologia de Alimentos, Direito, Engenharia de Alimentos, Engenharia Química, Farmácia, Física, Irrigação e Drenagem, Medicina Veterinária, Nutrição, Química e Zootecnia – e de cursos técnicos – Agroecologia, Agroindústria, Agropecuária e Meio Ambiente.

As oportunidades são para a sede da Unidade, em Sobral (CE), e para os núcleos regionais em Campina Grande (PB) e Coronel Pacheco (MG). A remuneração para estagiários de nível superior será de R$ 400,00 mensais e de R$ 300,00 para nível técnico. No caso da iniciação científica, o valor pago para os bolsistas será o ofertado pela entidade de fomento concedente da bolsa de iniciação científica. A carga horária para as bolsas de iniciação científica e estágios remunerados será de 20 horas semanais.  

Toda a documentação deverá ser digitalizada e encaminhada no ato da inscrição, ao e-mail cnpc.estagios@embrapa.br. O processo seletivo para as vagas de estágio se dará pela análise de currículo e de histórico escolar. Para as bolsas de iniciação científica, o processo também incluirá entrevista.

O Edital pode ser acessado clicando AQUI: https://www.embrapa.br/documents/1355090/0/Edital+03+2022+bolsa+de+IC+e+est%C3%A1gio/5eec7e3b-db76-9d1b-a17a-44d18431576e?fbclid=IwAR0ea4qRXeFET41lcEpX4SekZsnSNS9str4RIBoWaBgZmwIRJKYp-waLLYQ

Para mais informações: cnpc.estagios@embrapa.br ou (88) 3112.7444
Jornalista Adilson Nóbrega

IFCE oferta 140 vagas em cursos superiores em Sobral

Campus do IFCE na cidade de Sobral. Foto-Arquivo

O campus de Sobral está ofertando 140 vagas em quatro cursos superiores na edição 2022.2 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), de acordo com o termo de adesão do Instituto Federal do Ceará ao processo seletivo. O período de inscrições gratuitas vai de 28 de junho a 1º de julho, exclusivamente no portal www.sisu.mec.gov.br. O edital, com o cronograma e demais anexos, também já foi lançado. Confira em https://ifce.edu.br/sobral.

A oferta é para os seguintes cursos: Licenciatura em Física (35 vagas, turno da tarde), Licenciatura em Matemática (35 vagas, turno da manhã), Tecnologia em Alimentos (35 vagas, turno integral) e Tecnologia em Saneamento Ambiental (35 vagas, turno integral). Em Sobral, as aulas para todos os cursos superiores no semestre 2022.2 estão previstas para serem ministradas presencialmente, com início em 2023.

Seleção on-line

O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação, no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem).

Os candidatos com melhor classificação são selecionados, de acordo com suas notas no exame. Serão utilizadas as notas do Enem 2021.

SERVIÇO

Sisu 2022.1

Inscrições: 28 de junho a 1º de julho de 2022

Vagas: 140

Cursos: Alimentos, Física, Matemática e Saneamento Ambiental

Onde: www.sisu.mec.gov.br

Edital e anexos: https://ifce.edu.br/sobral

Coordenadoria de Comunicação Social do IFCE de Sobral

Uece lança Mestrado Profissional em Gestão em Saúde

Universidade Estadual do Ceará (UECE), em Fortaleza.

A Universidade Estadual do Ceará (Uece) divulga a Chamada Pública nº 43/2022, que visa processo seletivo do Curso de Mestrado Profissional em Gestão em Saúde (MEPGES), turma VIII, para ingresso no primeiro semestre de 2023.

Serão ofertadas 40 vagas, distribuídas em duas linhas de pesquisa – Gestão das organizações de saúde, tecnologias e inovação; e Produção de tecnologia de políticas, de gestão e avaliação de serviços, programas de saúde, validação de produtos tecnológicos e de inovação. Destas, 30 vagas serão de livre concorrência e 10 vagas destinadas à Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa).

O Mestrado tem como público-alvo profissionais graduados (bacharéis ou licenciados) nas áreas da saúde, administração, economia, direito, e áreas afins, com atuação em gestão da saúde.

As inscrições estarão abertas no período de 18 de julho a 31 de agosto de 2022, por meio de formulário eletrônico. (O link estará disponível somente no período informado).

Acesse http://www.uece.br/mepges para ler o edital.

Mais informações: gestao.saude@uece.br

Portal da Uece – 29 de junho 2022

80 anos de Gilberto Gil: vida, obra e influência de um ícone da música

Gilberto Gil nos bastidores do MITA Festival em São Paulo em 2022. A imagem foi disponibilizada ...
Gilberto Gil nos bastidores do MITA Festival em São Paulo em 2022. A imagem foi disponibilizada pelo Instituto Gilberto Gil na mostra digital “O Ritmo de Gil”, do Google Arts and Culture(foto: Instituto Gilberto Gil/Reprodução)

“Tem uma frase muito conhecida que eu disse para a minha mãe com cerca de dois anos de idade, quando ela me perguntou o que eu queria ser na vida, e eu teria respondido a ela que queria ser ‘musgueiro’ e pai de menino”. A frase dita por Gilberto Passos Gil Moreira com tão pouco tempo de vida para dona Claudina parece como uma profecia inevitável, daquelas previsões que precisam – e vão – acontecer.

Ele até poderia não saber, naquele momento, a palavra certa para o que estava pensando, mas seu sentimento nunca esteve errado. O ‘musgueiro’ – aquele que, na sua voz, se traduzia como alguém que trabalharia com música – tornou-se realidade e, em 26 de junho de 2022, celebra seu aniversário de 80 anos como um dos maiores nomes da música brasileira.

Responsável por sucessos como “Palco”, “Drão”, “Andar Com Fé” e tantas outras canções marcantes, o cantor, compositor e instrumentista baiano Gilberto Gil percorreu, da infância na cidade de Ituaçu à posse como membro da Academia Brasileira de Letras, uma trajetória de extremo impacto para a cultura brasileira, acumulando participações em festivais, prêmios – como dois Grammys – e sendo importante ator político de resistência contra a ditadura militar no País.

Nascido em Salvador (BA) em 1942 e filho também de José Gil Moreira, desde cedo Gilberto Gil teve contato profundo com a tradição nordestina, algo que seria conciliado posteriormente em sua obra com outros elementos. As diversas faces observadas na obra de Gil ajudam a contar o que representa o artista para o Brasil, e suas influências se manifestam de diferentes maneiras.

“Acho que, em primeiro lugar, o que mais me impactou foi a pessoa que o Gil é. Ele é muito diferente e interessante, com várias camadas: tem a do criador, a do poeta, mas também tem a da espiritualidade, da visão de mundo dele que é muito interessante”. As palavras são da jornalista Regina Zappa, autora da biografia “Gilberto Bem Perto”.

Como o nome do livro sugere, Regina, durante o processo de escrita da obra, teve contato mais próximo com o músico. Com tantas histórias a serem apreendidas, talvez as mais marcantes para a jornalista tenham sido as que remetiam à infância de Gilberto Gil – natural de Salvador, mas logo com um mês passou a viver no interior baiano, em Ituaçu. “É como se toda a vida dele tivesse um propósito, como se nada tivesse acontecido por acaso”, aponta.

Terreno fértil para o desenvolvimento de Gil, a cidade de Ituaçu e, mais especificamente, a vizinhança do cantor, foi impulsionadora dos passos trilhados por Gil, na análise de Zappa. “Lá, ele não frequentou a escola. Como a mãe era professora, o pai tinha um consultório por perto e a avó era quem ficava com as crianças, ele conta, de uma forma muito bonita, que ele e a irmã eram ensinados pela avó sobre geografia, matemática, português… Isso se misturava com aqueles odores de comida na cozinha. A avó lia livros para eles, e assim introduziu a ele a literatura. Foi uma infância muito lúdica”, compartilha.

Assim, muito da música de Gil teria “brotado” naqueles momentos, absorvendo os afetos dos pais, as tradições populares do interior, o folclore e as brincadeiras. Quando tinha 9 anos, a família voltou para Salvador para que Gilberto e Gildina, sua irmã, conseguissem melhor formação educacional, e foi na capital baiana onde ambos passaram a adolescência. Lá, conheceu os “doces bárbaros” Gal Costa, Caetano Veloso e Maria Bethânia.

'Doces Bárbaros' foi um grupo formado por Gilberto Gil, Maria Bethânia, Gal Costa e Caetano Veloso, em 1976
‘Doces Bárbaros’ foi um grupo formado por Gilberto Gil, Maria Bethânia, Gal Costa e Caetano Veloso, em 1976 (Foto: Reprodução/Twitter)

Ao longo de suas vivências, Gil também foi incorporando elementos e inspirações de outros artistas, como Luiz Gonzaga, João Gilberto, Dorival Caymmi, e adicionando à sua musicalidade ritmos como samba, baião e bossa nova. A partir disso, trouxe à sua musicalidade também outros ritmos, como reggae, funk e rock. Os temas de suas composições passeiam pela cultura africana, por debates raciais, desigualdades e diversos outros assuntos, mostrando a capilaridade de sua obra.

“Eu acho que ele é uma pessoa que se permite evoluir a todo instante. Não é alguém que se fecha naquilo que conhece e pronto. Não, ele está sempre disponível para mudar o olhar, para ver as coisas de uma forma diferente. Então, acho que ele é uma pessoa que está sempre em evolução espiritual e emocional”, enfatiza Regina Zappa.

A atuação de Gil não se restringiu à música. Ele também foi importante figura política, tomando posse como presidente da Fundação Gregório de Mattos, em 1987, chegando a ser vereador em 1989 e alcançando o posto de ministro da Cultura entre 2003 e 2008. Ele buscou promover ações de estímulo à produção cultural, direito à cidadania e abranger a função econômica da indústria criativa.

“Ele deixou uma forma de fazer política diferente e muito autêntica”, introduz Regina Zappa. “Ele aceitou ser ministro porque certamente acreditou que podia trazer seu conhecimento e um pensamento maior para a cultura brasileira. Acho que ele deixou marcas muito importantes nas políticas públicas culturais, e o legado dele foi trazer à tona o orgulho de ser brasileiro”, acrescenta.

Ela finaliza: “A obra do Gil nos lembra que é ser brasileiro e como é bom ser brasileiro. Além disso, como a cultura brasileira é rica e que temos um futuro promissor. É isso que precisamos resgatar”.

O poeta Gil

Quem também tem visão semelhante à de Braulio Netto quanto à essa característica da obra de Gil é o jornalista, letrista, compositor e escritor Carlos Rennó. Autor do livro “Todas as Letras”, que reúne as canções compostas pelo baiano, Rennó indica que a obra de Gilberto Gil funciona como uma “expressão do tempo”, do ponto de vista do comportamento.

“Essas composições todas vão se constituindo como expressões do tempo em que elas foram compostas e, assim, sem dúvida alguma, vão ajudando a contar a história do Brasil a partir da perspectiva pessoal do compositor que é o Gil”, argumenta. Dessa forma, suas músicas não seriam marcadas apenas por “teores políticos”.

Prevista para ser lançada pela Companhia das Letras em julho, a nova edição do livro de Carlos Rennó compila 350 canções de Gilberto Gil comentadas pelo próprio artista, além de ilustrações inéditas de Alberto Pitta e textos de Arnaldo Antunes e José Miguel Wisnik. Assim, constitui-se como um trabalho que revisita a trajetória do cantor, cuja influência atinge artistas como Djavan e João Bosco, na análise do jornalista.

Com a vasta bagagem musical de Gilberto Gil, fica difícil apontar para as criações mais marcantes quando há diversas delas que ajudam a contar sobre seu legado. Tarefa complicada, mas que encontra terreno nas indicações de Carlos Rennó.

“Considerando um letrista do porte do Gil, que é um poeta da canção, um criador que eleva a letra de música à condição de letra-arte de poesia, uma poesia na modalidade cantada, eu destacaria ‘Aquele Abraço’, ‘Refazenda’, ‘Refavela’, ‘Realce’, ‘Super-Homem, A Canção’, ‘Não Chores Mais’, ‘Flora’, ‘Se Eu Quiser Falar com Deus’, ‘Palco’, ‘Metáfora, ‘Drão’, ‘Tempo Rei’, ‘A Novidade’, ‘Parabólicamará’, entre outras. Essas, para mim, são pontos luminosos mais imediatamente identificáveis como poemas cantados da obra de Gil”.

O Ritmo de Gil

Gil chega aos 80 anos com uma imensa bagagem de contribuições para a música e para a cultura brasileira. Para celebrar sua obra e seu legado, em maio foi lançado pelo Google Arts & Culture o museu digital “O Ritmo de Gil”, com extenso acervo de fotos, vídeos, áudios e músicas da trajetória do baiano.

O tributo começou a ser desenvolvido em 2018, quando a empresa entrou em contato com o Instituto Gilberto Gil. Para reunir os materiais, foram chamados profissionais especializados, como no caso da biógrafa, escritora e pesquisadora musical Chris Fuscaldo. Ela ficou responsável pela curadoria e por coordenar equipe de outros 15 profissionais que organizaram exposições e catalogaram os arquivos.

O mergulho nos itens proporcionou, além de mais de 40 mil imagens, 140 exposições e 900 vídeos, a descoberta de um “disco perdido” com gravações inéditas de 1982. O álbum foi gravado em Nova York e nunca foi lançado. Assim, ele chega ao conhecimento do público pela primeira vez a partir do trabalho de Chris Fuscaldo e do jornalista Ricardo Schott, tendo como exemplo a música “You Need Love”.

“Eu hoje ouço esse disco e vejo muito aquela sonoridade dos anos 1980. Uma sonoridade que já estava forte nos Estados Unidos e que no Brasil veio com tudo nessa mesma época. Então, acho que é um álbum que eu consigo ver como de 1982, mas, como resgatamos tanta coisa dessa época para ouvir hoje em dia e entendemos tudo como tão contemporâneo, acho que se fosse lançado hoje ele teria um belo apelo”, comenta Chris.

Para a curadora, realizar uma ação como a do “O Ritmo de Gil” é muito importante enquanto o artista ainda está vivo. O processo contou com colaboração do próprio homenageado, e vai contra uma tendência analisada por Fuscaldo de resistência contra biografias, por exemplo, de artistas que não faleceram ainda. “Acho muito importante podermos devolver esse ‘carinho’ para artistas que fizeram tanto por nós, podendo assistir, ainda vivos, à celebração de seus legados”, destaca.

Mesmo com a enorme quantidade de informações já coletadas, o museu digital seguirá em atualização conforme os novos feitos de Gilberto Gil. Um dos mais recentes, por exemplo, foi a sua posse em abril como novo membro da Academia Brasileira de Letras. “O Gil é multifacetado como o Brasil. Eu acho ele a cara do nosso País”, afirma.

Na análise de Chris, o acervo é importante também para que novas gerações conheçam o legado de Gil para o País, alcançando suas contribuições como ministro da Cultura, por exemplo, além de passear pela sua “discobiografia”. Incorporando influências de Luiz Gonzaga, Dorival Caymmi, João Gilberto, The Beatles, Bob Marley e tantas outras referências, Gil é como “uma esponja” que oferece aos apreciadores produções de altíssima qualidade.

“Ele sempre foi essa pessoa que absorveu as influências, como uma esponja mesmo. Absorveu o que foi foi encontrando pelo caminho ele foi trazendo para essa música, deixando essas referências também para ouvirmos”, completa.

O POVO online – Vida & Arte – 10:00 | Jun. 25, 2022 Autor Miguel Araujo Tipo Notícia

Festival Música na Ibiapaba reúne shows e debates em Viçosa do Ceará

Mi - Festival Música na Ibiapaba começa neste sábado, 25(foto: Divulgação)
Mi – Festival Música na Ibiapaba começa neste sábado, 25(foto: Divulgação)

O Mi – Festival de Música na Ibiapaba começa neste sábado, 25, e ocorre até a próxima segunda-feira, 1º de julho. O evento reúne atrações musicais em Viçosa, no Ceará, e também realiza algumas atividades virtuais.

As apresentações contarão com artistas das novas gerações e também com nomes já firmados na música. No dia de abertura, haverá um show da banda Os Bardos, que apresenta faixas de seu álbum de estreia “Humanum”.

O disco tem referências da cultura sertaneja e traz canções como “Ao Capitão Corisco”, “A Morte da Bela Maria”, “As Quatro Visões Gloriosas”, “Homogenesis”, “Gábrica Vida” e “Folheto Rio das Matas”.

No dia seguinte, acontecerá um espetáculo voltado para o público infantil com o grupo Dona Zefinha. “O circo sem teto da lona furada” é uma comédia musical que apresenta a história de um circo mambembe do Nordeste tentando sobreviver ao mundo atual.

Nos sete dias de programação, o festival também realiza homenagens a grandes nomes da música que morreram recentemente e que deixaram um importante legado para as artes, como Tarcísio Sardinha, Izaíra Silvino, Luizinho Duarte e Marivalda Kariri.

Mesas-redondas ocorrerão em formato on-line por meio do canal do Youtube do evento. Entre os debates, haverá “Tramas entre o popular e o erudito: Reflexões sobre a música cearense”, “Itinerários formativos em música no Ceará” e “Acessibilidade Estética e Direito Cultural”.

O último dia será marcado por uma apresentação de Mateus Fazeno Rock, artista cearense que percorrerá as músicas de seu álbum “Rolê nas Ruínas”. Suas canções perpassam ritmos como grunge, reggae, punk, rap, MPB e funk.

Programação do Festival Mi em Viçosa

sábado, 25
19 horas – Solenidade de Abertura + Vídeo em homenagem à Izaíra Silvino
19h30min – Orquestra Contemporânea Brasileira
20h30min – Inês Mapurunga
21h30min – Os Bardos
22h30min – Luizinho Calixto, com participação de Francine Maria e homenagem à Marivalda do Kariri
Onde: Praça Clóvis Beviláqua

domingo, 26
16 horas – Encontro de Bandas de Música da Ibiapaba
Onde: Pátio Igreja da Matriz

19h30min – Victor Carvalhoso, com show “Culumim”
20h30min – Dona Zefinha, com show infantil “O circo sem teto da lona furada dos bufões”
21h30min – Hip hop com Enejaru, Rapper MH, Disserte e Lobo, Alquimia Clã
Onde: Praça Clóvis Beviláqua

segunda-feira, 27
19 horas – Encontro Estadual de Regentes de Banda
Onde: auditório da Escola Estadual de Educação Profissional Professor Juca Fontenelle

19 horas – Roda de Som Alunos
Onde: Praça Clóvis Beviláqua

22h30min – Serenata Boêmios da Vila
Onde: Casarão Pedro Nogueira

terça-feira, 28
19 horas – Encontro Estadual de Regentes de Banda
Onde: auditório da Escola Estadual de Educação Profissional Professor Juca Fontenelle

19h30min – Roda de Som Alunos
Onde: Praça Clóvis Beviláqua

23 horas – Serenata Boêmios da Vila
Onde: Casarão Dona Socorro do Rubens Dias

quarta-feira, 29
16 horas – Mesa-redonda “Tramas entre o popular e o erudito: Reflexões sobre a música cearense”, com Com Mestre da Cultura Expedito Caboco, Mestra da Cultura Ana da Rabeca e Dra. Ana Luiza Rios
Onde: no canal do Youtube do Festival Mi

19h30min – Dança Cia. Bruna Sánchez
Onde: Praça Clóvis Beviláqua

20h30min – Jonas Gomes
Onde: Praça Clóvis Beviláqua

21h30min – Show Marimbanda e homenagem a Luizinho Duarte
Onde: Praça Clóvis Beviláqua

22h30min – Discotecagem com LaraMNTR (CE)
Onde: Praça Clóvis Beviláqua

23 horas – Serenata Boêmios da Vila
Onde: Casarão Chico Caldas

quinta-feira, 30
14 horas – Mesa-redonda “Itinerários formativos em música no Ceará”, com Com Inez Martins (Uece), Lia Venturieri (IF Itapipoca), Kevin (Escola Música de Sobral) e Eliarley Oliveira (Vila da Música)
Onde: no canal do Youtube do Festival mi

16 horas – Apresentação da Oficina de Grupo de Flauta Doce
16h30min – Apresentação da Oficina de Grupo de Cordas Friccionadas 01
16h45min – Apresentação da Oficina de Grupo de Cordas Friccionadas 02
Onde: Theatro Pedro II

19h30min – Apresentação da Oficina de Grupo de Música Regional
20 horas – Apresentação da Oficina de Grupo de MPB 1
20h20min – Apresentação da Oficina de Grupo de MPB 2
20h40min – Dança Aurora Company
21 horas – Letícia Muniz
21h30min – Show “Do Fruto à Raiz” e homenagem a Tarcísio Sardinha
22h30min – Pedra Rara
Onde: Praça Clóvis Beviláqua

sexta-feira, 1º
16 horas – Mesa-redonda “Acessibilidade Estética e Direito Cultural”, com Thamyle Vieira Machado, Nayara Silva “Nayuda” e Valéria Cordeiro
Onde: Theatro Pedro II

16 horas – Apresentação da Oficina de Grupo de Crianças com Arte Educadores
16h45min – Apresentação da Oficina de Banda Sinfônica
17h20min – Apresentação das Oficinas de Grupo Coral
Onde: Pátio da Igreja da Matriz

19h30min – Apresentação das Oficinas – Grupo de Choro
20 horas – Apresentação das Oficinas – Big Band
20h30min – Mateus Fazeno Rock
21h30min – Show de encerramento “Siriará” com compositores do Ceará
22h30min – Fábio Carneirinho
Onde: Praça Clóvis Beviláqua

Festival Mi

Quando: de sábado, 25, a sexta-feira, 1º
Onde: em Viçosa, no Ceará
Mais informações: no site do festival

O POVO online – Vida & Arte – 16:53 | Jun. 21, 2022 Autor Clara Menezes Tipo Notícia

Universidade Estadual do Ceará ofertará 5.500 vagas em cursos para Microempreendedores Individuais

Universidade Estadual do Ceará (Uece), campus do Itaperi, em Fortaleza.Foto-Arquivo

Com o objetivo de oferecer qualificação profissional para proporcionar que jovens e adultos cearenses se desenvolvam nas suas atividades laborais e consigam avançar socioeconomicamente, a Universidade Estadual do Ceará (Uece), por meio do programa federal Qualifica Mais Progredir, ofertará, no segundo semestre, 5.500 vagas para o curso Microempreendedor Individual (MEI). As vagas estão distribuídas em 220 turmas nos municípios de Fortaleza, Caucaia, Maracanaú, Juazeiro do Norte, Crato, Itapipoca e Sobral. A pré-matrícula dos estudantes ocorrerá entre os dias 20 de junho e 5 de julho e será feita pelos coordenadores locais, sob supervisão dos coordenadores regionais. A confirmação da matrícula ocorrerá entre 6 e 20 de julho.

O curso tem como público-alvo os beneficiários do Programa Auxílio Brasil e seus familiares com idade a partir de 18 anos e ensino fundamental completo, também poderão participar dos cursos as pessoas inscritas no CadÚnico que cumpram os mesmos pré-requisitos de escolaridade e idade. O curso ocorrerá no período noturno, de segunda a sexta-feira, totalizando 160 horas/aula. As turmas serão divididas ao longo do segundo semestre, com 110 ocorrendo entre 1º de agosto e 4 de outubro e outras 110 turmas sendo realizadas no período de 11 de outubro a 20 de dezembro.

“A Uece, por meio do Qualifica Mais Progredir, busca criar novas oportunidades para que os cearenses possam se desenvolver mais em suas atividades de trabalho e conquistar mais avanços socioeconômicos”, destaca o reitor da Universidade e coordenador geral do Pronatec/Funece, professor Hidelbrando Soares.

Clique aqui para acessar os locais para efetuar a pré-matrícula.

Informações: ensino.pronatec@uece.br / (85) 31019997.

Com informações do portal da Uece

Concurso Receita Federal é autorizado com 699 vagas e salários de R$ 21 mil

Concurso para Receita Federal é autorizado com 699 vagas e salários de até R...
Concurso para Receita Federal é autorizado com 699 vagas e salários de até R$ 21 mil; veja detalhes do edital, cronograma e regras já divulgadas(foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O Ministério da Economia autorizou a realização de concurso público para Receita Federal nesta segunda-feira, 13 de junho. Ao todo, serão 699 vagas para os cargos de auditor-fiscal e analista-tributário com salários que variam entre R$ 11 mil e R$ 21 mil. 

A realização do concurso público foi autoriza pelo secretário especial de desburocratização, gestão e governo digital do Ministério da Economia do Brasil, Caio Mário Paes de Andrade.

Os novos servidores federais serão alocados na Secretaria Especial da Receita Federal.

“A responsabilidade pela realização do concurso será da Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil, a quem caberá editar as respectivas normas, mediante a publicação de editais, portarias ou outros atos administrativos necessários, de acordo com as disposições do Decreto nº 9.739, de 28 de março de 2019”, complementa a portaria que regulamenta o concurso.

Cargos e salários

  • Auditor-Fiscal: 230 vagas com salários de R$ 21.029
  • Analista-Tributário: 469 vagas com salários de R$ 11.684

Todos os cargos exigem nível superior.

Edital

O edital está previsto para ser lançado em um prazo de até seis meses após a autorização do concurso. Ou seja, a Receita Federal tem até o dia 13 de dezembro para publicar o edital com os detalhes da seleção.

Conforme a portaria que rege o certame, a seleção está condicionada à existência de vagas na data de publicação do edital de abertura de inscrições para o concurso público. 

Processo depende ainda da “adequação orçamentária e financeira da nova despesa à Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias”.

Com isso, antes do edital ser publicado, será necessária a apresentação de um demonstrativo por parte da Receita Federal da origem dos recursos a serem utilizados para as novas contratações.

Prova

A portaria que autoriza o concurso público para Receita Federal em 2022 autoriza ainda a redução do prazo entre a publicação do edital e a realização da primeira prova do certame. 

Com a medida, a Receita Federal poderá realizar as provas da seleção a partir de dois meses depois da publicação do edital. 

Concurso do INSS

No mesmo dia em que autorizou o certame para a Receita Federal, o Ministério da Economia liberou a realização de um novo concurso para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)

Os salários iniciais estão previsto no valor de R$ 6.500. Todas as mil vagas destinam-se para o cargo de Técnico do Seguro Social e apresentam requisito de nível médio para os interessados.

12:01 | Jun. 13, 2022 Autor Alan Magno Tipo Notícia

73º Salão de Abril está com inscrições abertas para trabalhos artísticos

Salão de Abril está com inscrições abertas para sua 73ª edição(foto: Thiago Matine / Secultfor / Divulgação)
Salão de Abril está com inscrições abertas para sua 73ª edição(foto: Thiago Matine / Secultfor / Divulgação)

O Salão de Abril, tradicional evento voltado para as artes visuais cearenses, abre inscrições para sua 73ª edição. Os artistas devem se inscrever até dia 17 de junho por meio de plataforma virtual.

No total, serão escolhidos 38 trabalhos artísticos com temática livre. Desse número, 30 vagas serão destinadas a pessoas residentes ou radicadas no Ceará. Já oito projetos serão para artistas de outros estados do Nordeste.

Cada selecionado receberá um valor de R$5 mil. No ato da inscrição, os proponentes podem colocar até um autor e um coautor em qualquer categoria.

As inscrições, a submissão dos projetos e o envio da documentação devem ser realizados no site do Salão de Abril. Mais detalhes estão disponíveis no edital.

O 73º Salão de Abril homenageará o centenário da Semana de Arte Moderna de 1922, marco do movimento modernista brasileiro. Na época, nomes como Tarsila do Amaral, Mário de Andrade, Anita Malfatti e Oswald de Andrade se propuseram a pensar as formas de fazer arte no Brasil.

73º Salão de Abril

Inscrições: até dia 17 de junho
Onde: no site do Salão de Abril
Mais informações: no edital

O POVO online Vida & Arte – 17:30 | Jun. 07, 2022 Autor Clara Menezes Tipo Notícia

Mulher escreve livro de receitas saudáveis para custear tratamento de câncer

Gislaine Queiroz, autora do livro "Comidinhas do Bem", usa a venda dos exemplares para custear o tratamento contra o câncer(foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)
Gislaine Queiroz, autora do livro “Comidinhas do Bem”, usa a venda dos exemplares para custear o tratamento contra o câncer(foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)

Entre as adversidades vivenciadas na trajetória de luta contra o câncer, a literatura e a culinária se unem em um abraço à história de vida de Gislaine Queiroz. Aos 40 anos, após ser diagnosticada com Linfoma de Hodgkin em 2020, Gislaine publica o livro de receitas saudáveis “Comidinhas do Bem”. A obra é voltada para pessoas alérgicas à proteína do leite e foi escrita por ela com a ajuda do filho de 6 anos. O dinheiro das vendas é utilizado para custear o tratamento de saúde dela.

Natural de São Paulo, Gislaine viveu 14 anos em Fortaleza, onde conheceu o marido e engravidou do primeiro filho, Benjamin. Seis meses depois do nascimento, ele foi diagnosticado com Alergia à Proteína do Leite da Vaca (APLV). A partir disso, Gislaine precisou mudar a própria alimentação, excluindo todo o leite e derivados, devido à amamentação.

Após um ano, a família se mudou para Parnaíba, no Piauí, em busca de melhores condições de vida. Já adaptada à nova dieta, Gislaine começou a ser perguntada por outras mães como ela preparava os lanches saudáveis do filho.

Então, ela percebeu que desses questionamentos surgia a oportunidade de empreender no ramo alimentício, produzindo pães, bolos, salgados e doces, para famílias que, assim como a dela, gostariam de contornar a APLV de forma efetiva e saudável.

A autora conta que, antes do diagnóstico, já tinha o desejo de escrever um livro de receitas. Tudo mudou com a descoberta do Linfoma de Hodgkin, em março de 2020, quando ela precisou interromper as atividades do seu negócio para se voltar totalmente ao tratamento.

“Com o tempo, os clientes sempre vinham em busca de notícias e de uma previsão de retorno. Internamente eu sentia que isso ia demorar e, conversando com meu esposo e com o Benjamin, surgiu a ideia de tornar real o livro. Entendi que, assim, poderia ajudar quem precisa de opções saudáveis e sem leite, além de eternizar a história que havíamos construído na cidade”, disse Gislaine.

Desta forma, Gislaine e Benjamin escolheram juntos as receitas favoritas do pequeno e, com ajuda de um amigo designer, finalizaram o livro.

Segundo a autora, o “Comidinhas do Bem” tem como objetivo compartilhar com o mundo que é possível ressignificar qualquer dificuldade e mostrar às mães de crianças com APLV que existem opções saudáveis e naturais, sem o uso de leite e derivados.

“Cuidar de si é a melhor forma de cultivar nossos sonhos e relações. Daí a importância de zelar com carinho o nosso bem mais precioso que é nossa saúde. Isso inclui o corpo que é o nosso templo, os pensamentos, nossos hábitos, nossas palavras e, principalmente, o quanto de amor estamos cultivando ao longo do caminho”, concluiu.

Com a venda dos livros, Gislaine consegue angariar fundos para as despesas do tratamento. Os interessados em comprar o livro podem entrar em contato pelo telefone (85) 9 8206 7115 ou pelo perfil do Instagram da obra.

Serviço

Livro “Comidinhas do Bem”, de Gislaine Queiroz
Valor: R$ 44 (entrega via Correios, sem taxa de frete)
Compras pelo WhatsApp: (85) 9 9184 5872
Mais informações: @comidas.dobem

O POVO online – 15:00 | Jun. 09, 2022 Autor Bruna Lira Tipo Notícia

UFC oferta 12 vagas de professor substituto nos campi de Fortaleza, Crateús, Sobral e Russas

Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC), em Fortaleza. Foto-Arquivo

A Universidade Federal do Ceará divulga a abertura do Edital nº 92/2022 para seleção de professores substitutos nos campi de Fortaleza, Crateús, Sobral e Russas. São ofertadas 12 vagas, com inscrições a partir de 13 de junho.

Em Fortaleza, há uma vaga no Centro de Humanidades, para o setor de estudo Psicanálise; uma vaga na Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade (FEAAC), no setor de estudo Teoria Econômica; duas vagas na Faculdade de Medicina, nos setores de estudo Clínica Médica/Terapia Intensiva/Semiologia (para candidatos negros) e Urgências Médicas; uma vaga na Faculdade de Educação, no setor de estudo Estrutura e Fundamentos da Educação; três vagas no Instituto de Cultura e Arte (ICA), nos setores de estudo Educação Musical e Ensino Coletivo de Instrumentos de Teclas (para candidatos negros); Cozinhas de Especialidades, e Empreendedorismo, Gestão e Sustentabilidade no Setor de Alimentos (para candidatos com deficiência).

No Campus de Crateús, a vaga se destina ao setor de estudo Programação Computacional. No Campus de Sobral, a vaga é para o setor de estudo Ciências da Computação. Já o Campus de Russas oferta duas vagas, uma no setor de estudo Redes de Computadores e outra no setor de Gestão de Processos da Produção (para candidatos com deficiência).

Com exceção das vagas em Teoria Econômica, Urgências Médicas e Educação Musical e Ensino Coletivo de Instrumentos de Teclas, com regime de trabalho de 20 horas semanais, todas as demais oportunidades exigem dos aprovados o cumprimento da jornada de trabalho de 40 horas semanais.

O período de inscrições e a titulação exigida variam conforme a vaga. As inscrições devem ser feitas exclusivamente pela Internet, através de envio de e-mail para os departamentos ou unidades acadêmicas das vagas ofertadas.

Informações sobre cronograma, remuneração, taxas de inscrição e documentação necessária podem ser consultadas no edital, disponível no site da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP) da UFC.

Fonte: Portal da UFC | Divisão de Concursos e Provimento da PROGEP – e-mail: dicon.progep@ufc.br

História de Lampião e Maria Bonita vira novela da Globoplay

Nelson Xavier  e Tânia Alves protagonizaram a primeira produção sobre a história de Lampião e Maria Bonita na Globo(foto: Reprodução/Tv Globo)
Nelson Xavier e Tânia Alves protagonizaram a primeira produção sobre a história de Lampião e Maria Bonita na Globo(foto: Reprodução/Tv Globo)

A Globoplay, streaming da TV Globo, anunciou a sua terceira novela original, que será uma adaptação da história de Lampião e Maria Bonita. A produção é dos autores George Moura e Sergio Golderberg, os mesmo do sucesso “Onde Está Meu Coração”, e tem previsão de estreia em 2024.

O sucesso da primeira novela exclusiva do streaming, “Verdades Secretas 2”, foi um incentivo para que a Globoplay continuasse produzindo conteúdos para a sua plataforma. A trama de Lampião e Maria Bonita foi vendida inicialmente como uma série de 30 episódios pelos autores. No entanto, a história foi investida enquanto novela.

Quem foram Lampião e Maria Bonita

Lampião e Maria Bonita são protagonistas da história do Cangaço e lutavam contra a opressão dos coronéis no Brasil. No final do século XIX e começo do XX, o Nordeste sofria com a miséria causada pela seca no País. As disputas por territórios eram violentas, e os coronéis e seus bandos tinham controle das regiões.

Virgulino Ferreira da Silva, mais conhecido como Lampião, foi líder do bando contra a ditadura dos coronéis e, junto a Maria Bonita, sua companheira, roubava dinheiro de ricos e enfrentava a polícia, causando o medo por onde passava.

A história do Cangaço já foi minissérie da Globo

O casal líder do movimento cangaceiro foi enredo da primeira minissérie da Rede Globo. A produção teve oito capítulos e estreou em 1982. A direção foi de Luis Antônio Piá e Paulo Afonso Grisolli.

Os protagonistas escolhidos para encenar o casal Lampião e Maria Bonita foram Nelson Xavier (1941-2017) e Tânia Alves. O elenco contava ainda com Arnaud Rodrigues, Roberto Bonfim, Regina Dourado, José Dumont e o fortalezense B. de Paiva. A minissérie recebeu prêmios nacionais e estrangeiros, entre eles, a medalha de ouro do Festival de Filmes e Televisão de Nova York.

O POVO online – Vida & Arte – 14:23 | Jun. 01, 2022 Autor Raquel Aquino Tipo Notícia

Morre Mestre Bibi, artesão cearense responsável pela estátua de São Francisco das Chagas, em Canindé

O ofício desenvolvido pelo artista envolvia produção de esculturas sacras de gesso, barro, bronze, fibra, argila e madeira; não à toa, muitas vezes era chamado de “Bibi Santeiro” Foto: Jarbas Oliveira

Grande perda para a cultura cearense. Deoclécio Soares Diniz, conhecido como Mestre Bibi, faleceu aos 85 anos. Ele foi reconhecido Mestre da Cultura Popular Tradicional pelo Governo do Estado do Ceará em 2011. 

O ofício desenvolvido pelo artista envolvia produção de esculturas sacras de gesso, barro, bronze, fibra, argila e madeira. Não à toa, muitas vezes era chamado de “Bibi Santeiro”. A vocação vinha desde criança.

Mestre Bibi nasceu em 26 de dezembro de 1936, e era presença frequente nos Encontros Mestres do Mundo. O artesão herdou do pai, Manoel Porfírio dos Santos, o ofício de “santeiro”. Era com a ajuda de buril, faca e formão que ele transformava troncos secos de timbaúba, cedro, cerejeira e umburana em imagens sacras.

O primeiro trabalho em caráter profissional foi assinado em 1956. Trata-se de um busto do General Sampaio, feito em cimento, para o 23º BC. Desde esse período, o trabalho do Mestre foi se tornando conhecido não apenas no Ceará mas, nacionalmente. Objetos feitos pelo artesão podem ser vistos em novelas como “Rei do Gado” e “Roque Santeiro”, e em episódios das séries Brava Gente e Carga Pesada, todas da Rede Globo.

Em nota, a Secretaria da Cultura do Ceará expressou condolências à família e aos amigos. No texto, a pasta destaca que as obras de Mestre Bibi podem ser conferidas em todas as igrejas de Canindé

“Inclusive o monumento (que ele considera a obra maior) imagem de São Francisco das Chagas de Canindé, encravada no Alto do Moinho, bairro Palestina”, sublinha. “A Secult se solidariza com a família, amigos e admiradores da obra e legado de Mestre Bibi. Luz e paz”.

Diário do Nordeste – Verso – Escrito por Redação, 10:24 / 30 de Maio de 2022.

UFC oferta 30 vagas para licenciatura em Letras-Libras; inscrições ocorrem de 6 a 8 de junho

Imagem: estudantes de Letras-Libras da UFC
O curso de licenciatura em Letras-Libras da UFC oferta 30 vagas para ingresso no segundo semestre letivo deste ano, no período noturno (Foto: Viktor Braga/UFC)

A Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) da Universidade Federal do Ceará anuncia o lançamento do edital de seleção para o curso de licenciatura em Letras-Libras. São ofertadas 30 vagas para ingresso no segundo semestre letivo deste ano, no período noturno. As inscrições ficarão abertas no período compreendido entre as 9hs de 6 de junho até as 23h59min de 8 de junho.

De acordo com o Edital nº 08/2022 (veja a versão em Libras abaixo), os interessados deverão realizar a inscrição, exclusivamente, por meio do link específico a ser disponibilizado no site da PROGRAD. Para concorrer, é necessário ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2021.

A PROGRAD ressalta que a solicitação de inscrição estará concluída somente após a mensagem de confirmação, em tela, da submissão do formulário eletrônico e recomenda o print e impressão da tela. As possíveis inscrições indeferidas serão divulgadas no dia 14 de junho. Recursos administrativos serão aceitos no dia 15 de junho, no horário das 8h às 17h, exclusivamente pelo e-mail recurso@prograd.ufc.br. O resultado de eventuais recursos será informado até o dia 20 de junho.

COTAS – Do total de 30 vagas, 15 são reservadas a cotas, definidas por critérios étnicos e socioeconômicos. As demais são destinadas à ampla concorrência. A PROGRAD detalha que em cumprimento ao Decreto nº 5.626/2005, da Presidência da República, em todas as modalidades de concorrência será dada prioridade a pessoas surdas, com a devida comprovação documental.

É por conta dessa especificidade que o curso não participa do Sistema de Seleção Unificada (SISU), do Ministério da Educação, como as demais graduações presenciais da UFC.

DOCUMENTAÇÃO – Todos os candidatos devem ficar atentos à documentação exigida para matrícula, conforme sua modalidade de concorrência, disponibilizada no Anexo I do edital, onde o interessado pode acessar também as declarações necessárias.

Os candidatos surdos devem apresentar ainda laudo de audiometria. Os cotistas precisam apresentar documentação relativa à sua classe de cota, também informada no edital.

O edital prevê ainda que selecionados para vagas reservadas a pretos e pardos (Cotas L2, L6 e L10) poderão ser convocados a qualquer momento, enquanto durar o vínculo institucional, para procedimento de heteroidentificação complementar à autodeclaração.

RESULTADO E MATRÍCULA – O resultado final da seleção será publicado no site da PROGRAD no dia 20 de junho. A solicitação de matrícula dos aprovados será presencial, no dia 22 de junho, no intervalo das 9h30min às 11h30min, no auditório da PROGRAD, localizado no térreo da Biblioteca Central, no Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra, em Fortaleza. Um intérprete de Libras estará presente na ocasião.

CLASSIFICÁVEIS – Junto com o resultado da seleção, no dia 20 de junho será informada a lista de classificáveis, que poderão ocupar vagas na ordem de classificação em caso de vacância. O quantitativo de vagas para chamada de classificáveis será divulgado até as 17h do dia 27 de junho no site da PROGRAD.

O edital da seleção também pode ser visto em Libras:

Fonte: Portal da UFC | Divisão de Seleção da PROGRAD – fone: (85) 3366 9522 / e-mail: disel@prograd.ufc.br

História para cantar: Gilberto Gil lança novo livro de músicas em Julho

Terceira edição do livro 'Gil - todas as letras' será lançada em homenagem aos 80 anos de Gilberto Gil(foto: Mauro Pimentel / AFP)
Terceira edição do livro ‘Gil – todas as letras’ será lançada em homenagem aos 80 anos de Gilberto Gil(foto: Mauro Pimentel / AFP)

Em quase oito décadas de vida, mais de seis delas dedicadas à arte, Gilberto Gil coleciona canções que marcaram o Brasil. Para festejar a vida e a carreira do cantor baiano, a terceira edição do livro “Gil – todas as letras” chega às livrarias de todo País no mês de julho.

O leitor terá em mãos um livro que atravessa a história da música brasileira. Reunindo centenas de músicas, Gil comenta e contextualiza suas composições ao longo de 572 páginas. Entre as novidades está a inclusão de letras de “Ok, Ok, Ok”, o mais recente álbum do cantor, lançado em 2018.

A obra é organizada pelo compositor Carlos Rennó e teve sua publicação original em 1993, sendo ampliada em 2003. A edição deste ano traz ilustrações exclusivas, do artista Alberto Pitta, além de textos de Arnaldo Antunes e Miguel Wisnik. O lançamento da reedição será logo após os 80 anos de Gil, comemorados em 26 de junho.

Cantor, compositor, ex-ministro e “imortal”

No mês de abril, Gilberto Gil alcançou mais um feito histórico e tornou-se o segundo negro a ocupar uma cadeira na Academia Brasileira de Letras. Ele assumiu o assento de número 20, antes pertencente ao jornalista Murilo Melo Filho.

Durante a posse, destacou a honra de estar na ABL. “Entre tantas honrarias que a vida generosamente me proporcionou, essa tem para mim uma dimensão especial, não só porque aqui é a casa de Machado de Assis, um escritor universal, afrodescendente como eu mas também porque a ABL, fundada em 20 de julho de 1897, representa mesmo para quem a critica a instância maior que legitima e consagra de forma perene a atividade de um escritor ou criador cultural em nosso país”, discursou.

O POVO online Vida & Arte – 15:19 | Mai. 30, 2022 Autor Giselly Correa Barata Tipo Notícia

Das flores à cachaça: Famtur realiza roteiro turístico na Serra da Ibiapaba

Roteiro Famtur pela Serra de Ibiapaba une culinária, história e natureza 
(foto: Reprodução/Ibiapaba Explorer)
Roteiro Famtur pela Serra de Ibiapaba une culinária, história e natureza (foto: Reprodução/Ibiapaba Explorer)

O turismo na Serra de Ibiapaba vive fase de expansão e o setor tem se articulado para conquistar novos visitantes. Nesta semana, a agência Ibiapaba Explorer está reunindo nomes de referência no turismo de seis estados do Nordeste em um evento de exploração para conhecer os pontos culturais e ambientais importantes. O evento está acontecendo desde o dia 25 deste mês e se encerra no domingo, 29.

O roteiro do passeio vai contemplar os principais pontos da região buscados pelos turistas: Rota da cachaça, Rota das flores, Rota dos parques de aventura, Rota das cachoeiras e Turismo histórico em Viçosa.

A Serra de Ibiapaba fica a uma distância de 320 km da capital cearense, Fortaleza, e a 270 km da capital piauiense, Teresina. A região tem cidades com cachoeiras, engenhos, fazendas de rosas, parques ecológicos e locais para práticas de esportes de aventura. Elas são consideradas pontos turísticos pela sua natureza e pelo seu patrimônio cultural: a primeira igreja do estado do Ceará, Igreja de Nossa Senhora da Assunção, construída ainda do início do séc. XVIII.

Gastronomia

A gastronomia da região também é um dos maiores atrativos culturais para quem a visita. Diversas casas de artesanato alimentar produzem doces, geleias, biscoitos e licores. Na Serra de Ibiapaba há visitas guiadas aos engenhos de farinha e rapadura, onde é possível degustar e acompanhar todo o processo de produção, armazenamento e envelhecimento da mais tradicional bebida brasileiras.

“Nosso objetivo é promover os atrativos turísticos da Serra e convidamos agentes de viagens de seis estados do Nordeste, 35 ao todo. Aqui ainda é um destino que as pessoas vêm muito por conta própria e ainda é pouco divulgado”, explica Araçari, guia da Ibiapaba Explorer.

Serviço

Mais informações sobre esse e outros tours culturais que acontecem na Serra de Ibiapaba estão disponíveis no site: https://www.ibiapabaexplorer.com.br/ e no instagram: @ibiapabaexplorer

O POVO online Vida & Arte – 13:22 | Mai. 27, 2022 Autor Raquel Aquino Tipo Notícia

Funsaúde Ceará inicia convocação com lista de 322 aprovados

Funsaúde inicia convocação com lista de 322 aprovados(foto: Thiara Montefusco/Funsaúde)
Funsaúde inicia convocação com lista de 322 aprovados(foto: Thiara Montefusco/Funsaúde)

A convocação dos aprovados no concurso público da Fundação Regional de Saúde do Ceará (Funsaúde) foi iniciada. Os editais de chamamento, contemplando 322 profissionais, foram publicados em Diário Oficial do Estado (DOE). As convocações contemplam 244 em vagas de assistência social, 62 na área administrativa e 16 na área médica. 

A relação dos convocados, os documentos necessários e mais informações estão disponíveis no site da Funsaúde. Os aprovados são contratados como empregados públicos, com todos os direitos garantidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), além de salários compatíveis com o mercado. Há vagas também para rofissionais diaristas, em substituição ao antigo modelo, com ênfase em plantonistas.

Contratualização

No início do mês de abril, a Funsaúde Ceará assumiu a administração do HGF e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192 Ceará). Os contratos de gestão na sede da pasta, na Praia de Iracema, em Fortaleza, foram assinados pelo secretário Marcos Gadelha e o diretor-presidente da Fundação, Manoel Pedro.

Após assinatura dos documentos, o processo de transição das atividades para a gestão da Funsaúde foi iniciado de forma gradual e responsável, com o objetivo de não comprometer a assistência. Ocorrerá tanto a substituição da força de trabalho terceirizada e cooperada por concursados quanto do modelo de serviço.

Cotas

O chamamento do concurso público contemplou a cota de 20% das vagas para participantes negras e negros, conforme a Lei Estadual Nº 17.432, e cota de 5% para pessoas com deficiência. As regras para convocação de candidatos aprovados em concurso público nas vagas destinadas à cota racial foram alteradas no último dia 12 de maio. 

Os candidatos negros aprovados na ampla concorrência são convocados nestas vagas, permitindo que um maior número de candidatos sejam contemplados pela ação afirmativa, como previsto no texto original. A novidade trazida pelo decreto nº 34.726 é que, na hipótese de ser mais vantajoso o chamamento como cotista, o candidato não será prejudicado.

O POVO online – 21:51 | Mai. 25, 2022 Autor Marília Serpa Tipo Notícia

Orquestra Brasil Jazz Sinfônica abre seleção para novos músicos

Orquestra Brasil Jazz Sinfônica está com inscrições abertas para músicos(foto: Rodrigo Rosenthal/ Divulgação)
Orquestra Brasil Jazz Sinfônica está com inscrições abertas para músicos(foto: Rodrigo Rosenthal/ Divulgação)

A Orquestra Brasil Jazz Sinfônica abre seleção para o quadro efetivo de músicos. As inscrições estão disponíveis até sexta-feira, 27 de maio, por meio de formulário on-line.

O grupo está com seis vagas para músicos nos instrumentos: clarinete baixo; corne inglês e oboé; saxofone tenor e flauta; trombone; violino; e percussão erudita. Os salários variam entre R$4.400 e R$5.100, além dos benefícios.

Os candidatos devem produzir um vídeo de até três minutos e executar uma obra de livre escolha com o instrumento principal. Conhecimento técnico deve ser compatível com o perfil da orquestra.

A Brasil Jazz Sinfônica realiza apresentações em várias cidades brasileiras. Seu repertório mescla ritmos como rock, reggae, samba, bossa nova, samba-jazz e outros.

Em três décadas de trajetória, o grupo se apresentou com importantes artistas nacionais, como Tom Jobim, Gilberto Gil, Milton Nascimento, Gal Costa, Toquinho, Carlinhos Brown, Edu Lobo, João Bosco, Paulinho da Viola, Lenine e Daniela Mercury.

Inscrições na Brasil Jazz Sinfônica

Quando: até sexta-feira, 27 de maio
Onde: formulário on-line
Mais informações: site da Jazz Sinfônica

O POVO online Vida & Arte -15:29 | Mai. 26, 2022 Autor Clara Menezes Tipo Notícia

Camerata de Cordas da UFC realiza concertos temáticos sobre o Studio Ghibli

Camerata de Cordas da UFC realiza concerto sobre filmes do Studio Ghibli(foto: Reprodução)
Camerata de Cordas da UFC realiza concerto sobre filmes do Studio Ghibli(foto: Reprodução)

A Camerata de Cordas da Universidade Federal do Ceará (UFC) realizará gratuitamente duas apresentações do concerto sobre temas de filmes do Studio Ghibli. Os espetáculos ocorrerão nesta sexta-feira, 27, no Salão Nobre da Reitoria da UFC, e neste sábado, 28, no Teatro São José, sempre às 17 horas. Não será necessário retirar ingressos, mas a organização recomenda que os interessados em conferir os eventos cheguem cedo, pois a previsão é de que os espaços fiquem lotados.

A expectativa de preenchimento completo dos ambientes tem como base a primeira apresentação do espetáculo, realizada em 6 de maio no Museu de Arte da UFC (Mauc). Na ocasião, aproximadamente 400 admiradores do estúdio de animação japonês compareceram ao evento, superando a estimativa inicial da organização – tanto que foi necessária uma sessão extra.

O projeto é coordenado pelos professores Liu Man Ying e Roberto Vieira. Nas novas datas do concerto, serão interpretadas canções de obras como “Túmulo dos Vagalumes”, “Meu Amigo Totoro”, “A Viagem de Chihiro” e outras animações do Studio Ghibli. O estúdio japonês foi fundado em 1985 pelos cineastas e animadores Hayao Miyazaki, Isao Takahata, Toshio Suzuki e Yasuyoshi Tokuma. A empresa foi responsável por sucessos como “Princesa Mononoke”, “O Castelo Animado”, “O Castelo no Céu” e “O Reino dos Gatos”.

Concertos Studio Ghibli

Quando e onde: sexta-feira, 27, no Salão Nobre da Reitoria da UFC (Av. da Universidade, 2853 – Benfica); sábado, 28, no Teatro São José (R. Rufino de Alencar, 299-327 – Centro); ambas as apresentações serão às 17 horas
Gratuito
Mais informações: @camerataufc no Instagram

O POVO online Vida & Arte – 15:43 | Mai. 25, 2022 Autor Miguel Araujo Tipo Notícia

Uece abre inscrição para segunda turma do curso de Especialização em Libras

Universidade Estadual do Ceará (Uece), Campus do Itaperi. Foto-Arquivo

A Universidade Estadual do Ceará (Uece) está com inscrições abertas, até o dia 31 de maio, para a 2ª turma de Especialização em Libras, com 30 vagas.

O curso pretende oportunizar a formação de profissionais para atuarem na área, nos diferentes espaços da sociedade brasileira. Além de atender aos objetivos da legislação vigente, que reconhece a Libras como a língua materna do surdo, o curso contribui para a eliminação de barreiras da comunicação, possibilitando a inclusão das pessoas surdas, garantindo-lhes direitos de cidadania, atenção às suas necessidades básicas de comunicação e ao acesso à educação de qualidade.

O curso destina-se a professores licenciados que atuem no ensino público ou particular da educação infantil, do ensino fundamental e do ensino médio ou profissionais graduados que possuam conhecimento prévio em Libras, com comprovação de, no mínimo, 180 horas de instrução. O curso acontecerá aos sábados, quinzenalmente, no horário das 8h às 17h.

Para o Processo de Seleção são exigidos: análise do histórico escolar de graduação; análise do comprovante do conhecimento prévio de Libras com no mínimo 180 horas e análise do currículo Lattes (com comprovações). Em caso de empate, os inscritos serão chamados para uma entrevista.

O curso será realizado na Universidade Estadual do Ceará, campus do Itaperi, localizado na Avenida Dr. Silas Munguba, 1700, Fortaleza-CE, Telefone: 3101.9906 / esplibras@uece.br

Com informações do portal da Uece

UFC oferta duas vagas de professor efetivo no Campus de Crateús

Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC), em Fortaleza. Foto- Arquivo

A Universidade Federal do Ceará divulga o Edital nº 70/2022, ofertando duas vagas de professor efetivo em seu Campus de Crateús. As inscrições ficam abertas de 30 de maio a 21 de junho, exclusivamente pela Internet.

As oportunidades para o cargo de professor da carreira do magistério superior estão nos seguintes setores de estudo: Algoritmos, Grafos, Otimização e Teoria da Computação (Adjunto-A), com exigência de título de doutor na área de Ciência da Computação; e Pesquisa Mineral (Assistente-A), que exige dos candidatos diploma de graduação em Engenharia de Minas e mestrado em Engenharia II / Engenharia de Minas / Pesquisa Mineral.

Os interessados devem encaminhar e-mail à diretoria do campus (diretoria@crateus.ufc.br), com todos os documentos exigidos no edital. A jornada de trabalho dos aprovados para ambas as vagas será de 40 horas semanais, com dedicação exclusiva.

Informações sobre cronograma, remuneração, taxas de inscrição e documentação necessária podem ser consultadas no edital e no site da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP) da UFC.

Fonte: Portal da UFC | Divisão de Concursos e Provimento da PROGEP – e-mail: dicon.progep@ufc.br

Livro analisa os 500 maiores álbuns brasileiros de todos os tempos

Jornalista Ricardo Alexandre, apresentador do Discoteca Básica, é um dos responsáveis pelo livro Os 500 Maiores Álbuns Brasileiros de Todos os Tempos(foto: Divulgação)
Jornalista Ricardo Alexandre, apresentador do Discoteca Básica, é um dos responsáveis pelo livro “Os 500 Maiores Álbuns Brasileiros de Todos os Tempos”(foto: Divulgação)

Apresentar uma lista com as produções musicais mais importantes da história do Brasil: esse é um dos objetivos do livro “Os 500 Maiores Álbuns Brasileiros de Todos os Tempos”, idealizado pelos criadores do podcast Discoteca Básica. A obra é alvo de campanha de financiamento coletivo na plataforma Catarse e é possível apoiar o projeto até 8 de julho com valores a partir de R$95 e recompensas diversas.

A obra reúne seleção feita por especialistas e tem na lista trabalhos que vão de Novos Baianos a Racionais MCs, incluindo Elis Regina, Tom Jobim, Jorge Ben Jor e muitos outros artistas nacionais. O projeto teve uma prévia da lista divulgada ao ser anunciado o top 10 dos maiores álbuns brasileiros. O campeão foi o “Clube da Esquina”, de Milton Nascimento e Lô Borges.

No livro, também há entrevistas inéditas e informações de bastidores. Os discos são apresentados com resenhas, data de lançamento, gravadora e foto da capa. Além disso, os trabalhos com as melhores classificações ganham apresentação profunda, com contextualização histórica, faixas comentadas e curiosidades sobre as produções.

Ao todo, 162 especialistas contribuíram com suas análises para a lista final com os 500 maiores álbuns brasileiros. A votação foi feita em 2021 e participaram jornalistas, produtores, músicos e youtubers com canais voltados para a música. Nomes como Nelson Motta, Jotabê Medeiros, Leoni e André Abujamra fizeram parte do corpo de jurados.

Lançada oficialmente em 9 de maio, a campanha conseguiu atingir 100% da meta em pouco tempo e, até a publicação desta matéria, havia chegado a 274% do objetivo inicial. A depender do valor pago pelo apoiador, é possível adquirir, além do livro físico e de marca-páginas, coleção de pôsteres do Discoteca Básica, ecobag e disco em vinil com cinco artistas prestando um tributo ao Clube da Esquina.

O projeto é promovido pelo podcast Discoteca Básica, realizado pelo jornalista e escritor Ricardo Alexandre e pelo criador de conteúdo e empreendedor Guga Mafra. Com mais de 50 episódios, o programa surgiu com o objetivo de “oferecer uma curadoria humana dos LPs e CDs que não podem faltar” na coleção dos ouvintes e proporcionar uma imersão profunda no conhecimento sobre álbuns importantes na história da música.

O Discoteca Básica está em sua quarta temporada. Em entrevista exclusiva ao Vida&Arte, Ricardo Alexandre falou sobre a importância de ouvir música de forma mais atenta nos dias atuais e comentou sobre o processo de produção do livro. A conversa completa estará disponível a partir de quinta-feira, 26, no Podcast Vida&Arte.

O POVO online Vida & Arte – 15:52 | Mai. 24, 2022 Autor Miguel Araujo Tipo Notícia

Festival Música da Ibiapaba retoma ao presencial e abre inscrições para oficinas

185A0894
Em 2022, o Festival Mi acontece entre os dias 25 de junho e 09 de julho, Foto-Divulgação

Celebrar a música regional e brasileira é princípio fundamental do Mi – Festival Música da Ibiapaba, realizado pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult). Consolidado como um dos maiores festivais de formação musical no Brasil, o evento chega a sua 17ª edição celebrando o retorno ao presencial, mantendo agenda online, com ações que se espalham pelo interior do Ceará e contemplam as regiões de Viçosa, Crato e Quixadá, na Rede Pública de Equipamentos Culturais do Ceará. A programação conta com oficinas e ações de formação musical gratuitas e as inscrições seguem abertas entre os dias 20 de maio e 03 de junho através do site www.festivalmi.com.br

Em 2022, o Festival Mi acontece entre os dias 25 de junho e 09 de julho, sendo de 25 de junho a 02 de julho em Viçosa do Ceará, de 04 a 05 de julho em Quixará e de 05 a 09 de julho no Crato, resultado da atuação da Rede Pública de Equipamentos Culturais da Secult Ceará. Sua programação contempla oficinas, rodas com mestres da cultura, shows, e encontro de bandas de música. Com isso, o evento visa possibilitar práticas de iniciação e aperfeiçoamento em instrumentos, além de facilitar a construção de redes de contato e estimular a formação de orquestras, bandas e corais, de forma a contribuir para a formação de músicos, artistas e público em todo o Ceará.

Com coordenação pedagógica de Leandro Serafim e Patrícia Marin na formação musical e Daina Leyton na formação de Acessibilidade Cultural, o 17º Mi conta com mais de 50 oficinas e ações de formação musical gratuitas, ministradas por mais de 20 professores de todo o país. Flauta transversal, clarinete, saxofone, flauta doce, percussão, guitarra, violão, piano, trompete, trompa, trombone, tuba, contra baixo elétrico, violino, viola e violoncelo estão entre os instrumentos contemplados pelas oficinas, além de regência de banda, regência de coral e canto popular. A partir de uma contínua política de inclusão e acessibilidade, o evento também realiza a agenda formativa “Música, Educação e Acessibilidade”, pauta que tem ganhado cada vez mais espaço a cada edição do evento, seguindo este caminho democrático e urgente para seguirmos levando a arte e cultura, de fato, a todas e todos

Idealizado como um grande encontro de formação musical, o Mi reafirma seu legado fundamental no processo de interiorização de políticas culturais e desenvolvimento da cultura musical do Ceará. Por meio dos diálogos e trocas de saberes, o festival busca promover a geração de novas referências, a construção de plateias e a valorização de músicos, compositores, intérpretes, técnicos, pesquisadores e demais agentes da cadeia produtiva da música cearense e brasileira.

“O Festival Mi retorna conectando alunos, professores, músicos, mestres da Cultura, artesãos, cultura alimentar e patrimônio histórico numa experiência rica de compartilhamento, vivências  em territórios distintos, dando visibilidade e fortalecimento a uma política de formação e circulação que se consolida mais a cada ano”, afirma a secretária Executiva da Cultura, Valéria Cordeiro. 

O Mi – 17º Festival Música da Ibiapaba é realizado pelo Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura (Secult Ceará), e o Instituto Dragão do Mar (IDM), em parceria com a Secretaria da Educação (Seduc Ceará), a Prefeitura de Viçosa do Ceará e apoio da Prefeitura de Sobral, através da Secretaria da Cultura e Turismo e Instituto Ecoa.

Quem pode participar

Podem participar do Mi – 17º Festival Música da Ibiapaba músicos, estudantes de música, educadores musicais, pesquisadores musicais e demais interessados na área de música que atendam os pré-requisitos das atividades constantes na programação de formação do festival. Para participar das atividades formativas, os participantes devem ter a idade mínima de 16 anos. O resultado da seleção dos participantes das oficinas está previsto para ser divulgado no dia 13 de junho.

SERVIÇO

Mi – 17º Festival Música da Ibiapaba
De 25 de junho a 08 de julho
Local: Viçosa do Ceará, Crato e Quixadá
Inscrições abertas até 03 de junho
Mais informações em www.festivalmi.com.br 

Site Mi | Secult Ce | Por Diego Zick | maio 23, 2022 | Notícias 

Cineteatro São Luiz faz lançamento de livro sobre história do equipamento

Livro sobre Cineteatro São Luiz será lançado nesta quarta-feira, 25 de maio(foto: Guilherme Silva/ Divulgação)
Livro sobre Cineteatro São Luiz será lançado nesta quarta-feira, 25 de maio(foto: Guilherme Silva/ Divulgação)

Com mais de seis décadas de história, o Cineteatro São Luiz terá sua trajetória contada em um livro. A obra, com pesquisa e texto da jornalista Ethel de Paula, será lançada nesta quarta-feira, 25 de maio, no equipamento cultural.

“Cineteatro São Luiz” percorre os 60 anos do lugar que se tornou um espaço de encontros e de disseminação das artes brasileiras. As imagens que ilustram as páginas são de Gentil Barreira, do Arquivo Nirez e do próprio acervo do equipamento.

A publicação apresenta recortes da história do Cineteatro São Luiz, além de mostrar os bastidores do local. Há relatos de artistas, produtores culturais, gestores e espectadores. Trabalho tem produção da Terra da Luz Editorial.

Evento de lançamento ocorrerá nesta quarta, 25, a partir das 19 horas. Ação, que será aberta ao público, contará com performance da atriz Christiane de Lavor e do pianista Rafael Maia.

Na data, o Cineteatro São Luiz também divulga sua estreia na plataforma “Google Arts & Culture”, uma parceria da Google com museus de vários lugares do mundo.

O POVO online – Vida & Arte – 16:31 | Mai. 23, 2022 Autor Clara Menezes

Festival Mel, Chorinho e Cachaça acontece em junho em Viçosa do Ceará; veja atrações

Roberta Fiuza com grupo Cordas Que Falam e Jorge Aragão se apresentam no evento(foto: Divulgação)
Roberta Fiuza com grupo Cordas Que Falam e Jorge Aragão se apresentam no evento(foto: Divulgação)

Tradição em Viçosa, município do Ceará, o Festival Nacional Mel, Chorinho e Cachaça está com a 10ª edição confirmada para os dias 16, 17 e 18 de junho. Com o tema “Um Festival Para Todos Os Sentidos”, o evento tem como um dos atrativos a feira “Feito na Ibiapaba”, que reúne mais de 25 expositores de produtos de mel e cachaça, além de artesanato local. A programação também conta com consultorias e oficinas de marketing para produtores da região. about:blank

Durante os três dias, 17 atrações gratuitas serão divididas entre os turnos da manhã, tarde e noite. Os shows ficam por conta de nomes locais e nacionais, como Roberta Fiuza e o grupo Cordas Que Falam, Carlinhos Patriolino, Waldonys e Jorge Aragão. Em 2022, as atividades serão distribuídas entre as praças Matriz e Felipe Camarão, assim como o Complexo Turístico Igreja do Céu.

“Estamos retomando a programação depois desse período difícil de pandemia que enfrentamos. É hora de retomar com força o potencial econômico que esse evento traz, não só à cidade de Viçosa, mas à toda a região da Ibiapaba”, explica o diretor do projeto, Fernando Elpídio, em comunicado divulgado à imprensa.

Mais sobre o evento

A primeira edição foi realizada em abril de 2007, com a proposta de integrar o turismo, a cultura e o agronegócio. Desde então, a iniciativa movimenta cerca de 15.000 pessoas anualmente. O festival retorna em 2022 após pausa de dois anos causada pela pandemia. 

10º Festival Nacional Mel, Chorinho e Cachaça

Quando: entre os dias 16 e 18 de junho
Onde: Viçosa do Ceará (Praça Matriz, Praça Felipe Camarão e Complexo Turístico Igreja do Céu)
Entrada franca
Mais informações: Instagram

A programação completa pode ser vista no site do evento
O POVO online – Vida & Arte – 17:51 | Mai. 12, 2022 Autor Lara Montezuma Lara Montezuma

DFB Festival 2022 traz shows gratuitos de Selvagens à Procura de Lei e Roberta Campos

Da esquerda para a direita, Roberta Campos, Selvagens à Procura de Lei e Luiza Nobel: atrações confirmadas no DFB Festival 2022 Foto: Divulgação

O DFB Festival está de volta. Após dois anos sem realização presencial devido à pandemia de Covid-19, o maior evento de moda do Ceará deve ocupar novamente as areias da Praia de Iracema com grande leque de atividades. Tudo acontece de 25 a 28 de maio, reunindo importantes nomes da moda autoral nacional.

Como de costume, a programação contemplará diferentes segmentos, sendo a música um dos mais prestigiados. Neste ano, acontecerão shows gratuitos de atrações locais e nacionais. A banda Selvagens à Procura de Lei, Roberta Campos, Luiza Nobel, Davi Cartaxo e outros já estão confirmados.

As apresentações acontecerão no Palco Factory, com 28 metros e totalmente feito de sucata. A estrutura será montada na megaestrutura do festival, sendo uma das novidades desta edição.

Pluralidade

Além dos artistas mencionados, outros subirão ao palco do evento. DJ Thiago Camargo é um deles. Radicado em Fortaleza, com passagem por grandes espaços dos Estados Unidos, tem influência de várias culturas, compondo uma formação sonora plural.

Italo Azevedo, por sua vez, retorna à cena musical da capital cearense após 10 anos afastado. Com distinta roupagem e novo jeito de escrever canções, promete embarcar o público no mesmo som que o consagrou em festivais como Rock Cordel e UFC de Cultura.

Há ainda o projeto Benza – formado pelo artista plástico, poeta e músico Victor Dreyer e o produtor musical Rafael Infa; os pernambucanos da Mundo Livre S/A; DJ Isadora Capelo, com repertório passeando entre bossa, lounges, MPB, samba de raiz e clássicos do Jazz; o artista cearense Juan; Two Notty, nome artístico dos jovens irmãos Marcello e Felipe Barra; e o cantor Doixton.

Idealizado por Cláudio Silveira, o DFB Festival chega à 22ª edição reforçando a vocação do Ceará como epicentro para fomentação da moda, da cultura, da formação e da valorização do turismo.


Serviço
DFB Festival 2022
De 25 a 28 de maio, na Praia de Iracema. Gratuito. Mais informações do site do evento

Veja a programação completa de shows

Dia 25/05 (quarta-feira)
17h – DJ Thiago Camargo
19h – Italo Azevedo
21h – Roberta Campos

Diário do Nordeste – Verso – Escrito por Redação, 15:20 / 09 de Maio de 2022.

Fóssil brasileiro de 100 milhões de anos é devolvido à Urca, no Ceará

Fóssil
Fóssil brasileiro de 100 milhões de anos é devolvido ao Ceará Foto: Edson Freitas / Sistema Verdes Mares

Foi devolvido, na tarde desta quarta-feira (11), à Universidade Regional do Cariri (Urca) o fóssil brasileiro com mais de 100 milhões de anos, repatriado após ser retirado clandestinamente do Brasil. A peça histórica do período Cretáceo passa agora a compor o acervo do Museu de Fósseis de Santana do Cariri. 

Artefato preservado

O artefato recuperado pelo MPF pertence ao grupo de formação fóssil Santana, um dos principais sítios paleontológicos do mundo e reconhecidamente uma das jazidas fossilíferas com a maior diversidade de material excepcionalmente preservado.

Na peça, por exemplo, é possível notar a riqueza de detalhes de tecido mole e até as escamas do peixe.

Devolução

A devolução do espécime ao País é resultado de procedimento instaurado pelo Ministério Público Federal (MPF) emJuazeiro do Norte (CE), em 2020.

Segundo o MPF, o peixe fossilizado estava sendo comercializado de forma ilegal em um site de leilões na Itália, com valor inicial de 3 mil euros, o equivalente a 16 mil reais, aproximadamente. 

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 16:54 – 11 de Maio de 2022. Ceará

Festival gastronômico reúne mais de 800 restaurantes brasileiros

Prato Arroz de Carneiro (risoto de carneiro com queijo coalho e salada de tomate, a R$ 79,90), da Terra do Sol, integra o festival Brasil Sabor. Evento reúne restaurantes com pratos inspirados na culinária local de 20 estados do Brasil a preços promocionais(foto: Divulgação/Terra do Sol)
Prato “Arroz de Carneiro” (risoto de carneiro com queijo coalho e salada de tomate, a R$ 79,90), da Terra do Sol, integra o festival Brasil Sabor. Evento reúne restaurantes com pratos inspirados na culinária local de 20 estados do Brasil a preços promocionais(foto: Divulgação/Terra do Sol)

O 16º festival de gastronomia “Brasil Sabor” acontece de 12 a 29 de maio. O evento reúne 847 restaurantes brasileiros, localizados em 20 estados e no Distrito Federal. Do Ceará, 30 empreendimentos, de Fortaleza, Eusébio, Caucaia, Viçosa e Tianguá, integram a edição.

Com o tema “Brasil Sabor – Maior do Mundo, Original do Brasil”, as casas devem lançar pratos, com inspiração na culinária local, a preços promocionais. O festival ocorre em formato híbrido: os pratos podem ser adquiridos presencialmente, nos restaurantes; ou com pedidos por meio de serviço de entregas ou retirada no local.

Insumos como peixe, carne de sol, porco, camarão, manteiga da terra e mais possibilidades da culinária feita do Ceará integram os pratos dos restaurantes desta terra. Segundo Taiene Righetto, presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel no Ceará), organizadora do festival, os restaurantes unem seus estilos próprios à elementos da cultura alimentar cearense.

Quem for apreciar os pratos participantes do “Brasil Sabor” nos restaurantes, também pode concorrer a prêmios. Mais itens dos menus e passeios da rota turística do Estado compõem as premiações. No festival, garçons dos restaurantes também podem ser premiados.

A organização convida o público a interagir nas mídias sociais, registrando em fotografias ou vídeos a ida aos restaurantes. Em publicações no Instagram, os clientes podem compartilham os registros com a hashtag #BrasilSabor2022. O evento conta com apoio da Ambev.

Brasil Sabor

Quando: de 12 a 29 de maio
Onde: 20 estados brasileiros e Distrito Federal; no Ceará, 30 restaurantes participam
Mais info: brasilsabor.com.br

O POVO online – 17:43 | Mai. 11, 2022 Autor Luiza Ester Luiza Ester Repórter do núcleo de Cultura e Entretenimento do O POVO

Existe um Museu da Escrita em Fortaleza e você precisa conhecer

Seis mil objetos relacionados ao universo da escrita estão presentes no museu dedicado ao segmento Foto: Fabiane de Paula

Quem passa em frente, pode não saber. Mas, se arriscar entrar, custará a sair. Localizado na estreitíssima Rua Dr. Walder Studart, no Dionísio Torres, o Museu da Escrita é espécie de santuário. Aberto há quase dez anos, resguarda parte da História do mundo e da nossa. Um recanto de possibilidades, tendo a linguagem por signos gráficos como bandeira.

A fachada do lugar – amarela com detalhes em vermelho – reluz. Lá dentro, mais cores. Um painel em azul, verde e roxo exibe a frase “Bem-vindos ao Museu da Escrita”. Está em vários idiomas. Antecipa o fluxo linguístico. “É uma verdadeira viagem nesse pequeno labirinto”, introduz a pedagoga e educadora da casa, Polyanna Marques.

Ela quem nos conduz pelo equipamento, que se agiganta a cada corredor. A dita “viagem” – e é mesmo – inicia por onde tudo começa: na Pré-História. O recorte do museu não é cronológico. Mas é bonito perceber assim o princípio das coisas.

Antes de adentrar a primeira das 15 salas do equipamento, uma representação em tamanho real do ambiente pré-histórico convida o olhar. As pinturas rupestres são uma das mais antigas manifestações estéticas do ser humano. A sensação, portanto, é de transporte. Uma mulher, três homens e uma criança reconstroem o passado. Gênese nossa e da escrita.

Passinhos adiante, uma ala toda dedicada à imprensa. O salto temporal destaca mesas para encadernação de livros e outros trabalhos tipográficos. Há também máquinas de impressão fabricadas em diversos países; réplica em miniatura da prensa de Gutenberg (1400-1468) e, falando nelas, prensas e mais prensas tipográficas, além de obras sobre o tema. Uma riqueza.

Corta para outro capítulo. A Sala 3 é conhecida como a sala do Egito. Pudera: mais representações em tamanho real mergulham o público na exata dimensão do ofício. Fico fascinado ao ver os primeiros objetos de escrita – o cálamo e a cunha. Esta última palavra remete a outra: cuneiforme. Criada pelo sumérios, é dos primeiríssimos tipos conhecidos de representação gráfica. Entre quadros, papiros reais e tábuas de argila, encontro um relicário.

Conversa íntima

Todo o acervo do museu pertence ao fundador, José Luiz Gomes Morais, 74. Algumas peças chegaram à casa também por meio de doações. Não chego a conhecer pessoalmente seu José no dia da visita. Mas é possível senti-lo em cada recinto. É a coleção de um apaixonado.

O próprio nome do equipamento dialoga com o economista. Leva o nome da mãe dele, Maria Isaurita Gomes Morais. “Ela foi professora de uma escola em Sobral durante 35 anos. O museu surgiu como forma de homenageá-la”, explica Polyanna.

Seis mil objetos dão conta de prestar esse tributo. As crianças – principais frequentadoras do espaço, junto às escolas – adoram. Vou me arrebatando também. É fácil favoritar o lugar

Corro para a sala das máquinas de escrever. Pupilas dilatam, sorriso enlarguece. Lembro, emocionado, da que ganhei de minha tia – uma Remington 25 novinha. No ambiente, várias outras de diferentes nacionalidades, da Inglaterra à Alemanha, passando pela Itália. Fartura.

Aos mais religiosos ou pesquisadores, aquele bônus: um conjunto de 36 Bíblias editadas, cada uma delas em idiomas distintos. Já pensou conferir o livro mais lido do mundo em ucraniano, guarani ou cantonês? Oportunidade.

As surpresas seguem. Representações de monges copistas enobrecem o passeio, ao passo que a disponibilidade de documentos datilografados nos faz viver o tempo que foi há tão pouco tempo. Eis uma beleza do Museu da Escrita: quanto mais se envereda por ele, mais percebemos que aquela trajetória é nossa também.

Ainda conseguimos escrever?

Já são quase duas horas de percurso. Polyanna confidencia que a maioria dos visitantes fica mesmo até o horário-limite de funcionamento. Compreensível. Salas com enciclopédias, listas telefônicas, réguas e a evolução de instrumentos como grampeadores, apontadores e canetas geram identificação. “Olha só, eu tinha um desses”, suspiro, em vários momentos.

A coleção de lápis – maior do Brasil já registrada, com 3430 itens – é um espetáculo à parte para mim. Vibro feito criança ao recordar de um modelo cinza, com detalhes ora verde, ora laranja. Um dos meus lápis favoritos da infância. Ali toco o eterno ao recordar a ânsia de iniciar um novo ano escolar, conhecer gente, desbravar conteúdos. Era (é) bom.

Na sala com fotografias dos escritores prediletos do fundador do museu, os visitantes podem escrever algo na máquina de datilografar Foto: Fabiane de Paula

Na sala com fotografias dos escritores prediletos do fundador do museu – Jorge Amado (1912-2001), Cecília Meireles (1901-1964), José de Alencar (1829-1877) e Fernando Pessoa (1888-1935) são alguns – me permito a experiência de tentar escrever algo na máquina de datilografar, bem próximo às antigas e pesadas escrivaninhas. Arrisco “A arte existe porque a vida não basta”, de Ferreira Gullar (1930-2016). Pouca habilidade. Preciso melhorar.

A travessia finaliza com passagem pela sala de publicações em Braille; outra dedicada apenas a cadernos de caligrafia e coleção de selos e cartas; e a reconstituição de uma sala de aula, rememorando o ofício da professora que inspirou a criação do museu. Uma lojinha com mais de 50 itens relacionados à escrita completa o trajeto. Impossível levar apenas uma peça.

Antes da despedida – o céu fecha nesse momento, deveras choroso pela partida – escrevo algo numa folha, munido de uma caneta de pena. O pensamento vem forte: ainda conseguimos escrever assim, a próprio punho, na superfície das coisas? Que traço tem a nossa caligrafia, que curva faz a nossa emoção? 

O Museu da Escrita nos recupera esse fôlego. E ainda chama para mais perto: é preciso conhecê-lo. Arriscar entrar e custar a sair. Percebê-lo. Tem um pedaço da gente lá.

Serviço
Museu da Escrita Profª Maria Isaurita Gomes Morais
Rua Dr. Walder Studart, 56 – Dionísio Torres. Funcionamento: de terça a sábado, das 9h às 17h. Após às 14h, é necessário agendamento via WhatsApp ((85) 98695-3244). Ingresso: R$40 (inteira). Valor especial para grupos escolares (R$15 por criança). Perfil nas redes sociais: @museudaescrita_

Diário do Nordeste – Verso – Escrito por Diego Barbosa, diego.barbosa@svm.com.br 09:00 / 04 de Maio de 2022.

Biquini Cavadão e Paralamas do Sucesso fazem show em Sobral

Bandas também se apresentam no Festival I'Music, em Fortaleza(foto: Reprodução/Instagram)
Bandas também se apresentam no Festival I’Music, em Fortaleza(foto: Reprodução/Instagram)

A comemoração dos 249 anos de Sobral terá duas atrações nacionais: Biquini Cavadão e Os Paralamas do Sucesso. A notícia foi compartilhada pelo prefeito Ivo Gomes em publicação do Twitter na segunda-feira, 9.

“Paralamas do Sucesso e Biquini Cavadão juntos e misturados. Um super show”, escreveu na rede social. O evento acontece no dia 4 de julho e demais detalhes ainda serão divulgados. No ano de 2021, o aniversário do município foi realizado em formato virtual, com sorteio de brindes.

O POVO online – Vida & Arte – 17:30 | Mai. 10, 2022 Autor Lara Montezuma Tipo Notícia

“Prejuízo de diversas ordens”, diz Izolda após reunião no STF sobre litígio entre Ceará e Piauí

 Governadora Izolda Cela revoga tarifa de contingência da conta de água(foto: FERNANDA BARROS)
Governadora Izolda Cela este no Supremo Tribunal Federal (STF). Foto: FERNANDA BARROS

A governadora do Ceará, Izolda Cela (PDT), esteve no Supremo Tribunal Federal (STF) nesta terça-feira, 10, para tratar sobre o litígio territorial entre o Ceará e o Piauí. Izolda participou de numa audiência com a ministra Cármen Lúcia. Ela classificou que a perda dos municípios seria “incalculável” para o Ceará, mas que “nós temos uma posição de confiar no bom senso, naquilo que a realidade evidencia, na possibilidade que o diálogo oferece, nas boas relações que nós temos, relações republicanas, muito cordiais com o estado do Piauí”.


Segundo a pedetista, o prejuízo seria “muito especialmente” no tocante “às pessoas na sua história, no seu pertencimento, nas suas raízes”. 
Na semana passada, Izolda havia informado que iria solicitar uma audiência no STF para discutir a polêmica relativa ao litígio entre Ceará e Piauí. O objetivo da reunião seria “defender” o estado. A disputa já dura mais de 20 anos, após ação do estado vizinho, e envolve 13 municípios cearenses, o que corresponde a uma área de 2.821 quilômetros quadrados.

Segundo Izolda, a Procuradoria Geral do Estado, em parceria com o Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), já vêm realizando a defesa do estado. Agora, ela quer ir além, se envolvendo diretamente no processo. “Solicitarei uma audiência no Supremo Tribunal Federal (STF) para tratar sobre o caso e defender nosso Ceará”, destacou.

Parte da região que hoje pertence à Serra da Ibiapaba e regiões próximas, no extremo oeste cearense, estão em processo de litígio por causa de ação ajuizada pelo Governo do Piauí. O estado vizinho reclama para si um território de aproximadamente 3.000 km² (cerca de 1,9% do território cearense), onde atualmente vivem 244 mil pessoas.

O Piauí acusa o Ceará de avançar sobre seu território e ignorar documentos históricos, como o assinado pelo imperador dom Pedro II, em 1880, cuja afirmação é de que a região da Serra da Ibiapaba pertence ao Piauí. Para tanto, em 2011, os piauienses ingressaram com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF), reivindicando essa área que fica na divisa entre os dois estados. São 13 municípios envolvidos, dos quais seis podem passar a ser piauienses e sete podem perder parte de sua atual extensão territorial.

O POVO online – 16:42 | Mai. 10, 2022 Autor Marcelo Teixeira Tipo Notícia

Escola de Gastronomia Social oferta 140 vagas gratuitas em cursos profissionalizantes presenciais

Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco. — Foto: Divulgação

Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco. — Foto: Divulgação

Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco, em Fortaleza, realiza inscrições para o processo seletivo dos cursos profissionalizantes de Cozinha BásicaPanificação e Confeitaria, até o dia 10 de maio no site da instituição. No total, são 140 vagas distribuídas entre os três cursos nos turnos manhã e tarde. Todos os cursos são gratuitos, presenciais e têm carga horária de 260 horas.

O público preferencial da Escola é composto por jovens entre 18 e 29 anos, inseridos em ações afirmativas ou em situação de vulnerabilidade social. Para participar da seleção, os candidatos devem ter a partir de 18 anos, ensino fundamental completo e disponibilidade por quatro meses, de segunda-feira a sexta-feira no turno escolhido (manhã ou tarde).

Após a inscrição no site, o processo seletivo será seguido de avaliação do perfil dos candidatos e entrevista presencial. As aulas terão início no dia 1º de junho.

Serviço:

  • Inscrições para o processo seletivo dos Cursos Profissionalizantes 2022.1: Até 10 de maio no site da Escola de Gastronomia.
  • Mais informações: (85) 99972 5507 | (85) 3263 4596 ou coordenacaopedagogica.gastronomiasocial@idm.org.br | instagram.com/escolagastronomiasocial.

Por g1 CE – 05/05/2022 15h07  

Papa Francisco nomeia novo padre para cargo de bispo da diocese em Iguatu

Papa Francisco nomeia novo bispo da Diocese de Iguatu, no Ceará(foto: Reprodução/CNBB )
Papa Francisco nomeia novo bispo da Diocese de Iguatu, no Ceará(foto: Reprodução/CNBB )

O Papa Francisco nomeou o padre Geraldo Freire Soares para o cargo de novo bispo da diocese do município de Iguatu, 361,4 km de distância de Fortaleza. O cargo estava vago desde o ano passado. O novo bispo assumirá o governo pastoral da Igreja Particular. A designação foi oficializada nesta quarta-feira, 4 de maio. Padre Geraldo sucederá a dom Edson de Castro Homem, que teve o pedido de renúncia aceito pelo Papa Francisco em 24 de fevereiro de 2021. Será o quinto bispo de Iguatu.

Sobre o padre

Geraldo Freire nasceu no dia 6 de janeiro de 1967, na cidade de Sertânia, em Pernambuco. O padre Geraldo é o terceiro filho de 10 irmãos. Atualmente, ele é pároco na Santíssimo Redentor, na diocese de Penedo, em Alagoas. Além disso, ele é formador da comunidade Redentorista, em Arapiraca, em Alagoas.

No ano de 1995, o padre fez o noviciado – período da formação de um religioso, que precede a emissão de seus votos – na cidade de Tietê, em São Paulo. A primeira profissão religiosa ocorreu em 1996, na igreja matriz de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Garanhuns. Logo em seguida, Geraldo iniciou os estudos de Teologia no Instituto Franciscano de Teologia (Ifto), em Olinda, no Pernambuco.

Em 1997, ele foi transferido para a Província de São Paulo para continuar os estudos no Instituto Teológico São Paulo (Itesp). No ano de 1999, na igreja matriz de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Madalena, Recife, Geraldo fez sua consagração perpétua na Congregação do Santíssimo Redentor. Terminados os estudos em São Paulo, retornou para a Vice Província no ano de 2000. Desde então o padre tem se dedicado a atividades exclusivamente religiosas.

O POVO online – 10:36 | Mai. 04, 2022 Autor Levi Aguiar

Artista plástico e arquiteto Antônio Carlos Campelo Costa morre aos 83 anos em Fortaleza

Campelo Costa em 2018 celebrava 50 anos de sua carreira com exposição na Galeria Vestigium.(foto: Fabio Lima/ O POVO)
Campelo Costa em 2018 celebrava 50 anos de sua carreira com exposição na Galeria Vestigium.(foto: Fabio Lima/ O POVO)

O artista plástico, arquiteto e urbanista Antônio Carlos Campelo Costa morreu nessa terça-feira, 3, em Fortaleza. Campelo Costa nasceu em 1939 em Pernambuco e radicou-se ainda jovem no Ceará, onde se formou em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Ceará (UFC).

Segundo o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU), o pernambucano foi autor e coautor de projetos e obras de arquitetura em Fortaleza e outras regiões do Brasil, além de projetos de requalificação urbana para sítios históricos tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no Ceará. Recebeu prêmios, distinções e homenagens outorgadas por diversas instituições tanto das artes quanto da arquitetura e urbanismo, tendo atuado nas três esferas do poder público.

“Campelo soube como ninguém traduzir a luta pela democracia e pela cultura, dizer o que nosso ofício pode ser, o que o Brasil ainda será”, afirma nota de pesar do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), instituição da qual o pernambucano foi presidente. “As palavras, na sua mão, eram armas agudas, e, ainda assim, doces, da doçura da verdade conhecida, vivida, esperançada. Vá em paz, amigo, que aqui continuaremos seu sonho de um país justo, alegre, de um povo altaneiro, que você desenhou tão bem”, conclui o texto.

Nas redes sociais, a governadora Izolda Cela manifestou seu pesar pela morte de “um dos grandes arquitetos e urbanistas do nosso estado”. “Fica sua presença na beleza da sua obra, permeada pela força de seus princípios republicanos. Sua presença segue forte na memória de tantos amigos e amigas a quem cativou e inspirou, e alegrou e ajudou”, afirmou. “Siga na paz! Que a querida Alja, sua companheira inseparável, e toda a sua família, sejam iluminados pela Luz da Conformação”, completa a governadora.

O POVO online – 07:56 | Mai. 04, 2022 Autor Redação O POVO

5 anos sem Belchior: o retrato do Brasil na obra do artista

Belchior em reprodução de frame do documentário "Apenas um Coração Selvagem"(foto: Mario Luiz Thompson/ Divulgação)
Belchior em reprodução de frame do documentário “Apenas um Coração Selvagem”(foto: Mario Luiz Thompson/ Divulgação)

“As velas do Mucuripe/ Vão sair para pescar/ Vou mandar as minhas mágoas/ Pras águas fundas do mar”. Quem conhece a paisagem detalhada na canção “Mucuripe” sabe que a descrição remete a uma das principais áreas litorâneas de Fortaleza. Próximo ao cais do porto, é possível vislumbrar várias jangadas de pescadores, meio de transporte de mercadorias e mensagens. Os versos, que viriam a ser gravados também por Elis Regina e Roberto Carlos, começaram a ser escritos por Antônio Carlos Belchior num guardanapo em uma das mesas do Anísio, bar das redondezas que se tornou local de encontro entre músicos e boêmios cearenses por volta dos anos 1970.

A letra retrata o movimento contínuo e usual da praia entre as primeiras horas da manhã e do fim da tarde, sendo finalizada em uma parceria com Raimundo Fagner e se tornando uma das principais faixas do repertório vasto de Belchior. Assim como em demais canções, o artista cearense narra os pormenores da vida e traça uma ligação entre a arte e as paisagens. “O contato com todos esses ambientes do Ceará formaram a identidade do sujeito Belchior e muitos deles aparecem mencionados em sua obra cancional”, destaca a pesquisadora da Universidade de São Paulo (USP), Josy Teixeira, com doutorado sobre Belchior e pós-doutorado em Análise do Discurso e Música. 

Ela menciona “Bela“, do disco “Paraíso” (1982), que fala: “Ela/ Sensibilidade de Fortaleza à luz do dia” e “Pequeno Mapa do Tempo” (1980), com o trecho: “Eu tenho medo/ (Estrela do Norte, paixão! Morte é certeza!)/ Medo-Fortaleza, Medo-Ceará”. As palavras remetem a uma vivência de Nordeste que começa ainda no município de Sobral, no Ceará, onde o cantor explorou a infância com banhos no rio Acaraú e nas saídas para as feiras de música. Logo depois, veio o encontro com Fortaleza para os estudos no tradicional colégio Liceu do Ceará, no Centro, para desembocar em uma desistência acadêmica para ir ao mosteiro de Guaramiranga, onde ficaria conhecido como frei Francisco Antônio de Sobral.

Na reclusão da serra, era considerado disciplinado e cortês, com facilidade para escrita e notável senso de humor. Demorou três anos para concluir que não tinha vocação para a vida religiosa e decidiu retornar para a rotina fortalezense, na qual se dedicou por quatro anos ao curso de Medicina na Universidade Federal do Ceará (UFC). Foi neste período em que se aproximou da música local, por meio da áurea boêmia universitária, ao lado de Fausto Nilo e Jorge Mello. Foi o momento de ter certeza que, como entoa em “Como Nossos Pais”, não iria voltar para o sertão.

“Na maioria das vezes, o Ceará não é citado nominalmente nas letras de Belchior, sendo inferido pelo ouvinte dentro de uma classificação mais genérica, ligadas aos termos ‘interior’, ‘norte’ e ‘sertão’. Seja de forma explícita ou implícita, a relação com o espaço geográfico do Estado é essencial no cancioneiro de Belchior”, acrescenta Josy. Desta forma, o compositor fincou a identidade de “rapaz latino-americano”, esse “nordestino que migra para a cidade grande”. Esta relação, pontua a pesquisadora, é vista em versos como o da canção “Baihuno” (1993): “Diz àqueles da província que já me viste a perigo, na cidade grande enfim/ Conta aos amigos doutores que abandonei a escola para cantar em cabaré/ Baiões, bárbaros, baihunos, com a mesma dura ternura que aprendi na estrada e em Che”.

Sucesso nacional 

A transição até a vida artística se deu, em grande parte, pela companhia próxima de personalidades como Amelinha, Rodger Rogério e Ednardo, integrantes do movimento conhecido como Pessoal do Ceará. “Esse foi o primeiro cenário de desenvolvimento dele”, explica o jornalista Jotabê Medeiros, autor do livro “Belchior: Apenas um Rapaz Latino-Americano“, publicado em 2017. “Tinha muita gente do interior, de Quixeramobim, Orós, Piripiri. Você tinha ali uma amostragem do sertão, ao mesmo tempo muito focado nas referências literárias mais sofisticadas. Eles tinham uma visão muito ampla. Porque, na verdade, naquela época as cidades eram províncias. Eles fizeram da província um lugar universal”.

Medeiros explica que a poética de Belchior nunca se distanciou das vivências que começaram ainda na faculdade de Medicina e atravessaram pelas temporadas na Capital, sendo base para sucessos como “Na Hora do Almoço” e “Galos, Noites e Quintais”. A expansão deste panorama aconteceu a partir da ida do artista para o Rio de Janeiro, em 1971, e consequentemente para São Paulo, onde gravou discos. “Ele aprofundou outros tipos de linguagens, com as vanguardas concretistas visuais, de artes plásticas”, exemplifica.

O jornalista aponta que o trabalho do cearense tem uma grande ligação com os cenários e reforça a letra de “Passeio” (1974) como uma das principais composições sobre a metrópole paulista: “Por entre os carros de São Paulo/ Meu amor, vamos andar e passear/ Vamos sair pela rua da Consolação”. O motivo é claro: “Parece que está tudo lá, os lugares, as pessoas, e principalmente as influências”, assimila Jotabê. Para ele, o cantor tirava muita força poética de cenários, aparentemente, não tão marcantes. “A música de Belchior é muito cronista, um relato do cotidiano. São canções com apego universal, que falam da condição humana. Todo mundo sabe que ele é um poeta extraordinário que produziu uma das obras mais singulares da musica brasileira”.

Exílio 

O estrelato nacional chegou com o álbum “Alucinação” (1976) e permaneceu durante a trajetória que rendeu mais de 18 títulos, sendo 12 LP’s e seis CDs. Entretanto, em 2008, o artista saiu de cena para viver em auto-exílio. O destino foi incerto. Meses depois, turistas o viram no Uruguai, onde concedeu entrevista para a TV Globo: “Vou lançar um disco com canções novas e tenho certeza que vai ser a continuidade do amor que o povo do Brasil sabe que eu tenho por ele”, disse na reportagem de 2009. O desejo, todavia, nunca aconteceu. O compositor faleceu no anonimato em 2017, na cidade de Santa Cruz do Sul, em decorrência de infarto.

Esses dez anos de afastamento motivaram os jornalistas Chris Fuscaldo e Marcelo Bortoloti a produzirem o livro “Viver É Melhor Que Sonhar: Os Últimos Caminhos de Belchior” (2021), um “road book” construído na revisitação dos passos do artista, entre Nordeste, Sudeste e Sul. “O livro resgata a história desde que ele nasceu, mas com esse foco que todo mundo tem: por que ele fez isso?”, explica Chris. Entre as entrevistas, os escritores descobriram de tudo um pouco. “A gente ouviu de tudo. Era unânime que Belchior era um cara muito gentil, interessante, engraçado, mas a gente também ouviu que ele tinha mágoas, porque as pessoas tinham expectativas diferentes”.

Esse movimento transitório, de reclusão, sempre foi algo presente na vida do cearense. Desde a infância, cercada pelo mundo dos livros, até as partidas inesperadas da adolescência e as renúncias da vida adulta, que culminaram em distanciamento dos filhos, acúmulo de dívidas e polêmica com a imprensa. “O que me deixou mais feliz foi perceber que ele não estava sofrendo, ele estava se divertindo. Ele já tinha feito isso antes, o irmão dele falou que talvez ele aparecesse. A parte triste foi perceber os tempos difíceis, como nos dias que ele dormiu na rua porque as pessoas não estenderam a mão para ele. A maioria das pessoas não estava disposta a ajudar um ser humano normal, estava disposta a ter um artista em casa”.

Após tanta peregrinação ele conseguiu, finalmente, uma rotina tranquila nos últimos anos de vida. As poucas pessoas que sabiam de seu paradeiro cumpriam um acordo velado de silêncio e permitiam que ele vivesse tranquilamente. “Muita gente simplifica esse sumiço dele. O que a gente queria, com o livro, era complexificar para que as pessoas pudessem entender. Nós temos um turbilhão de emoções. Ele canta: ‘Eu sou como você’. Ele não é diferente de tanta gente, ele só teve a oportunidade e a coragem”, diz Chris. A jornalista considera a obra de Belchior um “divisor de águas” e afirma: “Eu sei que ele se via também, por isso ele tinha tanta mágoa com o mercado. A mensagem dele era muito direta”.

Anos depois, a música de Belchior ganha um destaque, até então, inédito. Àqueles que só conseguiam apreciar as discografias internacionais de repente revisitam as letras e melodias do cearense, que ganham destaque em novelas nacionais e novos trabalhos de releituras, a exemplo do que fizeram as cantoras Ana Cañas, Daíra e Amelinha. “Acho importante, saudável, necessário. Mas se a gente tivesse isso em 2016, a gente poderia ainda ter visto ele vivo em palco. Porque era isso que ele queria. Como diria algumas fontes do meu livro, ele também queria virar ‘santo’. E falava sobre esse reconhecimento, não à toa, durante o exílio, ele falava que estava preparando um disco melhor que ‘Alucinação’”, frisa a escritora.

O POVO online – Vida&Arte – 10:00 | Abr. 30, 2022 Autor Lara Montezuma

Menina Benigna: data oficial de beatificação é divulgada pela Igreja Católica

Beatificação da Menina Benigna será em 24 de outubro de 2022(foto: Guilherme Carvalho/O POVO CBN Cariri)
Beatificação da Menina Benigna será em 24 de outubro de 2022(foto: Guilherme Carvalho/O POVO CBN Cariri)

A beatificação de Benigna Cardoso, de Santana do Cariri, foi confirmada pela Santa Sé, em Roma, e será realizada no dia 24 de outubro deste ano. A solene celebração será presidida pelo cardeal Marcello Semararo, prefeito da Congregação das Causas dos Santos, na Praça da Catedral de Nossa Senhora da Penha, no Crato, situado a 502,3 km de Fortaleza. A data foi oficializada e divulgada nesta segunda-feira, 2, em coletiva de imprensa virtual da Diocese do Crato. 

A data para a beatificação, dia 24 de outubro de 2022, foi uma resposta do Cardeal a uma carta escrita pelo bispo diocesano Dom Magnus Henrique e enviada no final do mês de fevereiro. No documento, ele propôs três datas para a beatificação.

A resposta chegou à Diocese de Crato no último dia 28 de abril. No documento, o Cardeal apresenta a data como um dia de importante simbologia, pois marca “o martírio da Serva de Deus Benigna Cardoso”, quando ela se tornará a primeira beata nascida no Ceará a receber o título.

Durante a coletiva de imprensa realizada na tarde desta segunda, 2, a Igreja Católica recebeu ainda a informação sobre a reconstrução facial de Benigna. O perito forense doutor Cícero Moraes e equipe já iniciaram hoje esse trabalho com base nos dados oferecidos pela Igreja, provenientes dos parentes consanguíneos dela.

“Acredito que essa será uma outra notícia especial que daremos nos próximos meses, de poder apresentar, com embasamento científico, a face de Benigna Cardoso”, anunciou o padre Wesley Barbosa.

Sobre a Menina Benigna

No ano de 1941, Benigna Cardoso da Silva, conhecida como Menina Benigna, foi assassinada brutalmente após negar ter relações sexuais com um adolescente, ambos com 13 anos na época. Devota fiel, a jovem teve sua morte associada à recusa sexual e passou a ser vista como heroína da castidade na região. Apesar de ainda não ter sido beatificada, muitos católicos de Santana do Cariri a tratam como Santa, chegando a rezar pela sua intercessão e a visitar seu túmulo.

O POVO online – 21:08 | Mai. 02, 2022 Autor Bruna Lira

Eclipse lunar total 2022 acontece em maio e poderá ser visto de todo o Brasil; veja datas

eclipse lunar total 2022
 Fenômeno atingirá o ápice na madrugada do dia 16 de maioFoto: Reprodução/Nasa

O primeiro eclipse lunar total de 2022 começará às 22h32 do dia 15 de maio, atingirá o seu ápice à 1h11 do dia 16 de maio e chegará ao fim às 3h51. 

Nesse evento astronômico, a lua ficará mais escura com tom de vermelho sangue. A coloração é causada por um efeito óptico chamado de dispersão de Rayleigh, quando a luz solar é refratada e dispersada na atmosfera da Terra. 

O fenômeno poderá ser visto a olho nu no Brasil, incluindo o Ceará. Ao todo, conforme o site Time and Date, acompanharão o eclipse a América do Norte e do Sul, além de partes da Europa e da África.

Dicas para aproveitar o Eclipse

  • O olho nu fará o trabalho, mas se você tiver binóculos, use-os , especialmente para as nuances de cor;
  • Não saia apenas uma vez para dar uma olhada. Monitore tudo. Mecânicas celestes e clima tornam um evento dinâmico. Cada eclipse lunar é diferente, e as surpresas e delícias estão nos detalhes;
     
  • Observe um diagrama da passagem da Lua pela sombra da Terra e tente adivinhar como a Lua ficará no eclipse máximo.

Calendário dos principais eventos astronômicos do mês de maio de 2022

06/05: Máxima atividade da chuva de meteoros eta-Aquáridas

08/05: Lua em Quarto Crescente

10/05: Pico da atividade da chuva de meteoros eta-Lirídas

16/05: Lua Cheia; Eclipse total da Lua

22/05: Conjunção entre Saturno e Lua; Lua em Quarto Minguante

24/05: Conjunção entre Marte e Lua e entre Júpiter e Lua

27/05: Conjunção entre Vênus e Lua

29/05: Conjunção entre Marte e Júpiter e entre Mercúrio e Lua

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 09:12 / 02 de Maio de 2022

Receita paga lote de restituição da malha fina; veja se você recebe e como consultar

imposto de renda
Os lotes residuais são referentes aos contribuintes que caíram na malha fina, mas que acertaram as irregularidades posteriormente Foto: Fabiane de Paula

As restituições de lotes residuais de exercícios anteriores do Imposto de Renda 2022 começam a ser pagas nesta sexta-feira (29). Segundo a Receita Federal, os valores serão liberados para 210 mil contribuintes, totalizando R$ 180,5 milhões.

Dentre os recursos liberados, 40% são destinados a contribuintes com prioridades legais, como idosos, pessoas com deficiência física, mental ou moléstia grave e contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério. 

Os recursos são de contribuintes que caíram na malha fina, mas regularizaram as pendências. Os valores serão depositados diretamente nas contas bancárias informadas durante o envio da declaração retificadora.

Ao todo, foram contemplados ainda 170.448 contribuintes não prioritários.

Para saber se a restituição está disponível, o contribuinte deve acessar o site da Receita na internet, clicar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, em “Consultar a Restituição”.

A página apresenta orientações e os canais de prestação do serviço, permitindo uma consulta simplificada ou uma consulta completa da situação da declaração, por meio do extrato de processamento, acessado no e-CAC.

Se identificar alguma pendência na declaração, o contribuinte pode retificar a declaração, corrigindo as informações que porventura estejam equivocadas.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que possibilita consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

Como será feito o pagamento? 

O pagamento da restituição é realizado diretamente na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda. Se, por algum motivo, o crédito não for realizado (por exemplo, a conta informada foi desativada), os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil.

Neste caso, o cidadão poderá reagendar o crédito dos valores de forma simples e rápida pelo Portal BB, acessando o endereço: https://www.bb.com.br/irpf, ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição no prazo de um ano, deverá requerê-lo pelo Portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu Declarações.

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 05:00 – 29 de Abril de 2022. Negócios

Concurso UVA: edital com 145 vagas para professor é publicado

Fachada da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA)
Oportunidades devem contemplar os cursos de Agronomia, Engenharia de Pesca, Ciências Biológicas, Zootecnia, Ciências da Computação, entre outros. Foto: divulgação

O Governo do Ceará publicou, nessa segunda-feira (25), no Diário Oficial do Estado (DOE) o edital de abertura do concurso público para a Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Ao todo, são ofertadas 145 vagas para o cargo de professor em diversas áreas, com salários de até R$ 11.237,96.

Conforme o documento, as inscrições para o certame devem ser abertas 15 dias após a divulgação do edital, e devem permanecer disponíveis pelo período de 10 dias. Os selecionados serão lotados nos campi Sobral, São Benedito, Acaraú e Camocim.  

Segundo o edital, as inscrições terão início às 8 horas do primeiro dia útil, após decorrido o prazo de 15 dias ininterruptos, contados a partir desta segunda-feira, ficando abertas por um período de 10 dias corridos, com término às 23h59 horas do último dia.

Os interessados podem se candidatar exclusivamente pela internet, através do portal de concursos da UVA. É necessário pagar uma taxa de R$ 250 referente à participação no certame. Servidores públicos estaduais, doadores regulares de sangue, egressos de entidades de ensino público, além de pessoas em situação de vulnerabilidade econômica têm direito a solicitar isenção do valor no ato da inscrição. 

As oportunidades ofertadas pelo certame são para diversos cursos e exigem diferentes níveis e especializações. Confira a lista deles abaixo:

  • Administração;
  • Agronomia;
  • Ciências Biológicas;
  • Ciências Contábeis;
  • Ciências da Computação;
  • Ciências Sociais;
  • Direito;
  • Educação Física;
  • Enfermagem;
  • Engenharia Civil;
  • Engenharia de Pesca;
  • Filosofia;
  • Física;
  • Geografia;
  • História;
  • Letras;
  • Matemática;
  • Pedagogia;
  • Química;
  • Zootecnia.

As 145 oportunidades são dividas em três categorias, com remunerações diferentes. São elas:

  • Professor Auxiliar/Nível A: R$ 5.717,99; 
  • Professor Assistente/Nível D: R$ 7.767,94;
  • Professor Adjunto/Nível I: R$ 11.237,96.

Confira as especialidades de cada vaga no edital divulgado pelo Governo Estadual.

QUEM PODE PARTICIPAR

É necessário se encaixar nos seguintes requisitos, entre outros, para poder realizar o concurso. São eles:

  • ser brasileiro nato ou naturalizado;
  • ter idade mínima de 18 anos completos na data de inscrição;
  • estar em dia com as obrigações do Serviço Militar, se do sexo masculino;
  • estar em situação regular com a Justiça Eleitoral;
  • possuir escolaridade/pré-requisitos exigidos para o cargo, apresentando para isso os documentos referentes à sua comprovação (certificado ou diploma);
  • não registrar antecedentes criminais impeditivos do exercício das atribuições para as quais for selecionado, devendo estar no pleno gozo de seus direitos civis e políticos;
  • não receber proventos de aposentadoria ou remuneração de cargo, emprego ou função pública, ressalvados os casos previstos na Constituição Federal;

PROVAS

A seleção pública será dividida em três fases. São elas: 

  • 1ª Fase — Prova Escrita Dissertativa (caráter eliminatório e classificatório);
  • 2ª Fase — Prova Didática (caráter eliminatório e classificatório);
  • 3ª Fase — Prova de Títulos (caráter classificatório).

Segundo o edital, as provas serão aplicadas somente em Sobral, em data, local e horário a serem divulgados no portal de concursos da UVA. Não serão enviados cartões de convocação, então os candidatos só podem consultas essas informações através do endereço eletrônico.

Diário do Nordeste | Escrito por Carol Melocarolina.melo@svm.com.br 08:12 / 26 de Abril de 2022.

Campanha arrecada doações para custear cirurgias infantis no Hospital de Olhos

O Hospital já atendeu 39.384 crianças, sendo que 3.370 foram submetidas a procedimentos cirúrgicos(foto: Caviver/Reprodução)
O Hospital já atendeu 39.384 crianças, sendo que 3.370 foram submetidas a procedimentos cirúrgicos(foto: Caviver/Reprodução)

Neste mês é realizado o movimento Abril Marrom, que faz alerta para a conscientização de diversos tipos de cegueira. Em alusão à data, o Hospital de Olhos Caviver realiza uma campanha social para a arrecadação de recursos. A ação, intitulada “Sua Doação Salva uma Visão”, tem como objetivo viabilizar o custeio de 150 consultas e cirurgias em crianças atendidas pela Instituição, muitas com quadros clínicos que podem levar à cegueira, caso não sejam tratadas a tempo. As doações podem ser realizadas por meio da chave Pix: 08.222.387/0001-32 (CNPJ).

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), existem aproximadamente 1,4 milhão de crianças com deficiência visual no mundo, sendo que 90% dessas crianças vivem em países em desenvolvimento ou muito pobres. No Brasil, a estimativa é a de que existem 83 mil crianças com baixa visão e 40% destes casos poderiam ter sido evitados ou tratados.

Segundo o Caviver, as doenças mais comuns entre as crianças atendidas são a catarata congênita, glaucoma congênito e retinopatia da prematuridade. A campanha “Sua Doação Salva uma Visão” busca convocar a sociedade a ser um agente de transformação na vida dessas crianças e famílias. Além disso, visa conscientizar a população de que toda criança precisa ir ao oftalmologista, pelo menos em seu primeiro ano de vida, para garantir a saúde da visão.

Em prol da campanha de arrecadação de recursos, o Hospital também anunciou o lançamento de camisetas especiais do projeto bem como a realização de um jantar beneficente no começo do segundo semestre deste ano. Os ingressos serão destinados para a realização das consultas e cirurgias. Ainda será realizado, novamente, a parceria com o grupo de oração Exército de Deus, com a pretensão realizar mais uma live no YouTube do Caviver. A ação deve ocorrer no próximo mês de junho, conduzida pela apresentadora Ana Clara Rocha e com a participação do compositor e instrumentista Ítalo Poeta.

Hospital de Olhos Caviver

Centro de Aperfeiçoamento Visual Ver a Esperança Renascer é uma OSC (Organização da Sociedade Civil), com sede em Fortaleza, que realiza consultas e cirurgias gratuitas para as crianças socialmente desfavorecidas e que enfrentam diagnósticos que podem levar à cegueira. “O Caviver surge para diminuir as barreiras de acesso aos tratamentos de prevenção à cegueira infantil através de um atendimento humanizado e em tempo hábil, facilitando assim o desenvolvimento global dessa criança, já que aproximadamente 85% dos estímulos que chegam ao cérebro são encaminhados pela visão”, explica a fundadora e atual presidente, a médica oftalmologista Islane Verçosa.

Desde o início dos atendimentos, em 1992, até dezembro de 2021, o projeto já atendeu 39.384 crianças, onde 3.370 foram submetidas a procedimentos cirúrgicos e 7.642 realizaram terapias visuais para habilitação e reabilitação visuais. Os pacientes chegam de todos os municípios do Ceará e de outras cidades de estados vizinhos.

Serviço

Banco do Brasil
Ag: 3473-8
CC: 26.910-7
CAVIVER – Centro de Aperfeiçoamento Visual Ver A Esperança Renascer
CNPJ: 08.222.387/0001-32

PIX: (CNPJ) 08.222.387/0001-32

Endereço: Rua Antônio Augusto, 761. Meireles. Fortaleza, Ceará.
Telefone: 85 3099.2187
Instagram: @vemcaviver
Site: www.caviver.org.br

O POVO online – 23:58 | Abr. 25, 2022 Autor Lara Vieira

Curso de fotografia da Casa Amarela recebe inscrições até 2 de maio

Casa Amarela Eusélio Oliveira recebe inscrições para curso básico de fotografia(foto: AURÉLIO ALVES/ O POVO)
Casa Amarela Eusélio Oliveira recebe inscrições para curso básico de fotografia(foto: AURÉLIO ALVES/ O POVO)

A Casa Amarela Eusélio Oliveira, em Fortaleza, segue com inscrições abertas para o Curso Básico de Fotografia até segunda-feira, 2 de maio. Os interessados devem se inscrever por meio do site oficial da instituição.

A formação apresenta conceitos básicos e ferramentas importantes para a profissionalização dos fotógrafos iniciantes. Atividades são ministradas por Fernando Jorge, fotógrafo, professor de fotografia e mestre em Comunicação e Artes pela Universidade Nova Lisboa.AdChoicesPUBLICIDADE

Para participar do curso do equipamento cultural mantido pela Universidade Federal do Ceará (UFC), é necessário pagar uma taxa de inscrição de R$400.

O programa, que será dividido em duas turmas, acontecem em dois horários: à tarde, das 14h às 16 horas, e à noite, das 19h às 21 horas. As aulas ocorrem sempre às terças, quartas e quintas, com início a partir de 3 de maio. Curso termina no dia 28 de junho.

Para se inscrever, os interessados devem ter, no mínimo, 16 anos. Mais informações estão disponíveis no site ou nos canais de comunicação da instituição.

O Curso Básico de Fotografia será a primeira edição presencial do ano e terá 60 horas de duração. Casa Amarela está localizada na avenida da Universidade, no Benfica.

Serviço

Inscrições: até segunda-feira, 2 de maio
Onde: no site da Casa Amarela
Mais informações: pelo e-mail cursoscaeo@ufc.br ou pelo Whatsapp (85) 3366-7772

O POVO online4 – Vida & Arte – 17:17 | Abr. 26, 2022 Autor Clara Menezes

Músico Tarcísio Sardinha morre aos 58 anos em Fortaleza

Músico e mestre de tantos artistas cearenses, Tarcísio Sardinha faleceu nesta segunda-feira (25), em Fortaleza. Ele esteve internado em hospital da Capital desde o dia 9 de janeiro.

Considerado um dos maiores nomes da música instrumental, Tarcísio Sardinha imortalizou seu dom em diferentes áreas da cultura. Além de referência ao choro contemporâneo, o violonista, compositor, arranjador e multi-instrumentista foi um mestre para inúmeras gerações de músicos e musicistas.

Em mais de 40 anos de carreira, tornou-se especialista na execução e harmonização de diversos estilos musicais, sendo um dos profissionais mais completos e requisitados da cena musical cearense. Com o parceiro violão encantou salas de aula, rodas de choro, bares e lares.

Trajetória

Tarcísio de Lima Carvalho nasceu em uma família de músicos. Aos 11 anos, Sardinha passa aprender música como autodidata. Era um adolescente quando se profissionalizou no meio cultural. Com apenas 15 anos participava de grupos de baile e rodas de choro, paixão que herdou do avô e do pai. 

Na casa dos familiares, cresceu ouvindo choro e temas clássicos de  nomes como Altamiro Carrilho (1924-2012) e Jacob do Bandolim (1918/1969). O apelido “Sardinha” é alusivo ao famoso violonista Aníbal Augusto Sardinha (1915-1955).

A alcunha foi presente do amigo e flautista José Tróglio Filho, criador do Grupo “O Pixinguinha”, do qual Sardinha participou na década de 1980 ao lado de nomes como Pedro Ventura, Macumba, Joãzinho do Violão e Zivaldo.

Mestre carinhoso

Desde o final da década de 1990 Sardinha realiza trabalho voltado a oficinas de choro e de música brasileira. Nas quatro décadas de estrada, dividiu palcos e sessões de gravação com imortais da MPB. Trabalhou com Dominguinhos, Belchior, Fagner, Ednardo, Amelinha, Altamiro Carrilho, Yamandu Costa, Zé da Velha, Silvério Pontes, Maurício Tapajós e Sílvio Caldas.

O talento do mestre também se direcionava à direção musical de shows, assinando espetáculos de Zé Menezes, Clementina de Jesus, Zé Renato, Falcão, Fausto Nilo, Waldick Soriano, Zeca Baleiro, entre outros nomes. 

Parceiro de Belchior, Sardinha foi responsável por levar aos palcos a caçula do artista sobralense. Vanick Belchior estreou na música ao lado do mestre em 2020. “Origada por segurar na minha mão, liberar tanta coisa que tava aqui guardada só pra mim e me levar para o meu próprio destino, que tão ansiosamente me esperava!”, escreveu a artista em homenagem nas redes sociais.  

Vanick foi uma das artistas que subiu ao palco do Cineteatro São Luiz no dia 20 de março para um show solidário de homenagem ao multintrumentista. O espetáculo dirigido por Adelson Viana reuniu amigos e parceiros de Sardinha, como Macaúba do Bandolim, Mateus Farias, Theresa Rachel e Pantico Rocha.

Diário do Nordeste – Verso – Escrito por Redação, 11:37 / 25 de Abril de 2022.

Marisa Monte faz show em Fortaleza e se posiciona: ‘Seguirei fazendo resistência poética’

O show terá canções de todas as fases da carreira de Marisa – desde músicas antigas do primeiro disco até as novas faixas do álbum “Portas”Foto: Léo Aversa

Primeiro trabalho solo e inédito de Marisa Monte desde 2011, “Portas” desembarca em Fortaleza neste sábado (23) por meio de turnê homônima. Lançado no ano passado, o disco é um genuíno fruto marisiense. Carrega a indisfarçável leveza da artista, mas sobretudo o ímpeto de singrar mudanças. Acordes em pé de guerra mansa.

“Portas são elementos muito simbólicos que trazem vários significados. Passagem, transformação, escolha, opções, aberturas, fechamentos, mudanças. E essas aberturas podem ser externas ou internas”, divide a cantora e compositora em entrevista ao Verso por e-mail. 

Ela diz compartilhar todos os sentimentos de incerteza, angústias e medos do trágico momento atual. Contudo, por meio da arte, quer oferecer resistência poética, criativa e amorosa. “Isso é política civil, campo onde percebo os movimentos mais inspiradores”. 

No palco do Centro de Eventos do Ceará, a jornada lírica será bandeira. O show terá canções de todas as fases da carreira de Marisa – desde músicas antigas do primeiro disco até as novas faixas do “Portas”. Fortaleza, segundo ela, nunca ficaria de fora desse trânsito afetivo. Vários amigos da cantora e as raízes familiares pelo lado paterno estão em território cearense.

“Me sinto em casa e adoro me apresentar e estar no Ceará sempre. Me sinto forte em Fortaleza”. Bravura acumulada até chegar ao agora. Durante o período sem lançar trabalhos solos e inéditos, Monte trabalhou bastante em projetos colaborativos. Manteve e renovou parcerias. Aprendeu convivendo com Paulinho da Viola, Arnaldo Antunes, Carlinhos Brown, Arto Lindsay, Seu Jorge, Chico Brown, Silva, Marcelo Camelo, entre outros nomes.

A pandemia de Covid-19, por sua vez, deixou a carioca com desejo intenso de reencontrar o público, embora não apenas. Celebrar a vida, semear a arte e a poesia e alimentar a imaginação e a criatividade em si e nos outros tornaram-se farol. “Tem sido emocionante estar de volta aos palcos, pé na estrada, cantando junto, acessando as memórias afetivas e potencializando as sensações coletivamente”, festeja.

TRANSPORTE AO SUBLIME

Com cancioneiro inteiramente dedicado ao sublime, Marisa entrega mais uma generosa parcela de ternura no mais recente disco. “Portas” segue a trajetória de transporte ao belo, beneficiado por versos como “Lá vem o sol/ Para derreter as nuvens negras/ Para iluminar o fim do túnel/ E a luz do céu/ Para inspirar os seus desejos/ Pra fazer você encher o peito e cantar”. Nada mais alentador.

Para Monte, apesar de todas as dificuldades e da retração democrática, estamos no processo evolutivo civilizatório, algo que o disco busca captar e traduzir. “Se avaliarmos uma curva de tempo mais larga, de 50 ou 100 anos, certamente perceberemos os avanços no campo da ciência, do comportamento, dos direitos civis e das liberdades individuais, e das questões de gênero e raciais”, analisa.

Ao mesmo tempo, ela compreende que todos os passos são construção coletiva social – infelizmente não tão rápida quanto gostaríamos, mas que segue sempre no fluxo constante em direção ao progresso. “Gostaria de conectar as pessoas com esse senso de esperança e com a certeza histórica do progresso e da evolução civilizatória”.

Diário do Nordeste – Escrito por Diego Barbosadiego.barbosa@svm.com.br 10:50 / 22 de Abril de 2022.


Dia da Terra: Nova Acrópole disponibiliza conteúdo em canais digitais

Nova acrópole e o dia da terra(foto: Divulgação)
Nova acrópole e o dia da terra(foto: Divulgação)

De acordo com a ONU, o mundo enfrenta a maior taxa de extinção desde que se perderam os dinossauros, há mais de 60 milhões de anos. Em consonância com o tema eleito pelas Nações Unidas para o Dia da Terra este ano – “Proteja nossas Espécies”, – a Organização Internacional Nova Acrópole propõe a mudança do ser humano como chave de preservação da natureza e de todos os grandes problemas que afetam a humanidade, estabelecendo um pacto de amor e respeito por todas as formas de vida.

O Dia da Terra foi instituído pela Unesco em 22 de abril de 1970 com a finalidade de criar uma consciência comum sobre os problemas da contaminação, conservação da biodiversidade e outras preocupações ambientais necessárias para a proteção do planeta Terra.AdChoicesPUBLICIDADE

Como organização de caráter consultivo especial junto ao Conselho Econômico e Social (ECOSOC) da ONU, cujo papel é discutir e encaminhar políticas relativas ao desenvolvimento sustentável, Nova Acrópole promove campanha de sensibilização para o despertar do Ser Humano em relação à sua responsabilidade com o Meio Ambiente.

“Um ser humano, na plenitude da condição humana, preserva todo o seu entorno. A falta de seres humanos completos é um verdadeiro acidente ecológico da natureza”, afirma a filósofa Lúcia Helena Galvão, professora voluntária da organização há mais de 30 anos.

Lúcia Helena lembra que a massificação não é uma lei universal, mas inventada pelo homem na perspectiva de que entre semelhantes não se geram conflitos, uma visão contrária à manifestação diversificada das formas de vida encontradas na Terra.

Um exemplo de biodiversidade é o próprio funcionamento do corpo humano, que serve como caminho para entender as diferentes formas de vida: trata-se de uma grande lição de convivência entre variados órgãos com funções singulares que, juntos, representam a unidade de um indivíduo operando em harmonia.

Poder enxergar isso na natureza e em outros seres humanos é um sinal máximo da inteligência uma vez que, segundo explica a filósofa, representa a valorização da identidade de cada um ao mesmo tempo em que desperta a oportunidade do crescimento de todos de forma unificada.

“Quando esse movimento se dá sem imposição, vamos crescendo juntos e, embora sejamos muitos, acabamos nos tornando um. No meio da multiplicidade entra todo tipo de conflito, mas no meio da unidade não entra nada e a unidade é uma potência capaz de guiar o ser humano para onde ele quiser”, afirma Lúcia Helena Galvão.

O POVO online -Tecnologia – 09:39 | Abr. 22, 2022 Autor Hamilton Nogueira

Em novo álbum, Ednardo resgata as origens do “Pessoal do Ceará” e mostra seus sonhos inquietos

Cantor e compositor Ednardo completa 77 anos e lança “Sarau Vox 72” com gravações antigas, mas inéditas do grande público. Foto Kid Júnior

Luã Diógenes

No fim da década de 1960, jovens universitários alçavam seus primeiros voos na carreira artística. Começaram em apresentações amadoras nos centros acadêmicos e nas mesas de bares, depois esses locais ficaram pequenos diante tanto talento. O “Eixo Rio-São Paulo” era o pódio mais certeiro, mesmo que para alcança-lo a corrida tenha sido árdua. 

Chegando lá, ainda que tenham estilos diferentes de composições, foram categorizados como um grupo que carregava o nome do seu estado. Essa classificação permitiu que em 1973, Ednardo, Rodger Rogério e Teti, lançassem o disco inaugural da agremiação “Pessoal do Ceará – meu corpo, minha embalagem, todo gasto da viagem”. Desde então passaram quase cinco décadas de forma oficial, mas na verdade a comemoração das bodas de ouro com a carreira acontece em 2022 para eles, afinal o longplay foi gravado um ano antes do lançamento. 

Para não deixar dúvidas do tempo percorrido de muita luta, poesia e canção, o aniversariante deste domingo, o ilustre compositor e cantor cearense Ednardo, estreia álbum resgatando gravações do ano de 1972 no qual interpreta suas músicas e de parceiros. “Sarau Vox 72” registra a última apresentação do artista entre amigos antes de ir tentar carreira no Sudeste.

Em uma espécie de Sarau na antiga loja de discos “Vox”, Ednardo entoou cantos que logo ganharam o olhar atento do público. Agora nas plataformas digitais e com lançamento da forma física marcado para o próximo dia 30 de Abril, nosso eterno Pavão Mysteriozo desafia o tempo e mostra que tem muito de fênix ao saber o momento de renascer para se imortalizar.

Sarau Vox 72

Quando citei a palavra resgate, é porque penso que seja a mais adequada diante desse novo trabalho de Ednardo. Não somente pela história das fitas preservadas por tanto tempo e sim pela proposta que ele carrega. São vários momentos em que o admirador da música cearense pode reviver o tempo da delicadeza, onde a criatividade, poesia e sons não se limitavam a modismos tecnológicos. Um dos primeiros fatos que me faz pensar assim é a mixagem do material. Como ele foi gravado de forma quase que amadora, por certos momentos o violão parece mais alto do que a voz do cantor. Para muitos isso pode parecer estranho mas não é, muito pelo contrário só reforça a relíquia que agora temos acesso. 

Outro ponto que achei interessantíssimo e preciso mencionar antes mesmo de entrar na seara das músicas, é o gostoso “chiado” das faixas mesmo as escutando por meio das plataformas de streams. Dessa forma, não sei se intencional ou não, o trabalho fonográfico nos leva para o pé de uma vitrola e nos faz sentir até gostinho de quem aprecia os antigos “bolachões”. 

Mesmo quando se fala que a crítica deve ser isenta de afeições, é difícil como fã de Ednardo falar qualquer coisa sobre o “Sarau Vox 72”, porém justifico cada um de meus elogios a começar pela ideia do álbum e as 17 faixas que cantam muito da nossa história e de onde tudo começou. https://www.youtube.com/embed/BF6La50XCP8

A abertura do trabalho é com a forte “Ausência” que tem letra e música do próprio artista. A composição, está no disco célebre “Romance do Pavão Mysteriozo” de 1974, que viria a ganhar notoriedade somente em 1976 quando seu tema principal marcou a trilha da novela “Saramandaia” da TV Globo.

Também integram o álbum a provocante “Varal” (Ednardo e Tânia Cabral) e “Mais Um Frevinho Danado”. A primeira carrega a inquietação melancólica de tempos de desesperança, já a segunda mescla o frevo com a marcha carnavalesca, ambas erguendo uma nostalgia de um tempo de romantismo de versos, independentes se tristes ou alegres.

As gravações também revelam interpretações tocantes de obras do nosso eterno rapaz latino americano. “Bip bip” é uma das interpretações que Ednardo fez com Belchior mas se tornou inédita para o grande público. Essa faz parte de uma lista de canções do fortalezense que foram censuradas pelo Regime Militar de 1964 como às “Momentos”, “Além Muito Além” e “De areia e vento” também presente no álbum. Esta última também é uma parceria da artista com Tânia Cabral.

Ainda voltando para a relação do novo trabalho com Belchior, Ednardo interpreta lindamente “Mucuripe” (Belchior e Raimundo Fagner) e “Hora do Almoço”(Belchior). Outra gravada pelo artista e essa chamou atenção é “Paralelas” (Belchior), onde nosso Pavão Mysteriozo canta ainda a primeira versão da letra nos versos de início “No karmann ghia, pelo trevo, a cem por hora”.

Na primeira versão conhecida oficialmente e interpretada pela cantora Vanusa, os versos já haviam sido modificados para “dentro do carro, pelo trevo, a cem por hora”. A mudança, segundo a cantora Lúcia Menezes, aconteceu pois Belchior não queria temporalizar a canção colocando o nome da marca de um veículo.

Essa viagem que o “Sarau Vox 72” causa é mágico, exemplo disso é o pré-anúncio de faixas que em 1973 integrariam o já mencionado “Pessoal do Ceará – Meu corpo, minha embalagem, todo gasto da viagem”. São de parceiros a empolgante “Cavalo Ferro” (Fagner e Ricardo Bezerra) e a delicada “Curta Metragem” (Rodger Rogério e Dedé Evangelista). https://www.youtube.com/embed/MNC5eE7K1so

Outra que participou dos dois trabalhos, essa de autoria de Ednardo e que merece ter a história contada é a linda “Beira-Mar”. Na verdade, a canção foi feita (ou pelo menos finalizada) nas mesas do Bar do Anísio, no Mucuripe, e foi feita em tom de declaração para uma namorada que exigia muita atenção dele pois o jovem estudava e trabalhava muito. 

Faixas que também comovem são as “Desembarque”, “Tranquilamente” e “Agarradinho”, todas essas seguem a tendência de estudantes que ganhariam notoriedade nacional em pouco tempo. Elas fazem jús ao hino “Carneiro” de Ednardo e Augusto Pontes, um dos grande formadores do “Pessoal do Ceará”, quanto esta diz que “se amanhã der carneiro, vou mi’mbora daqui pro Rio de Janeiro” e assim aconteceu há cinquenta anos.

O sopro “Terral”

Navegar pelo “Sarau Vox 72” é entender um pouco sobre o surgimento do principal grupo musical cearense de todos os tempos que foi “Pessoal do Ceará”, base inclusive para outros momentos importantes da história do nosso cancioneiro popular como “Massafeira Livre”.

Tornar público essas gravações da década de 1970 só engrandece a nossa história e nos revela um Ednardo que segue inquieto em todos os tempos. Ressaltar a genialidade do artista pode parecer comum nas minhas linhas, mas é incrível adentrar na força que ele carrega seja em composições ou ideias.

Hoje aquele menino da Arthur Timóteo, que trocou o piano pelo violão e encantou gerações, completa 77 anos. Além do desejo de muita saúde física e inquietude da mente, para que continue sendo nosso poeta que necessitamos tão bem, torço para que “Sarau Vox 72” seja bastante reproduzido, pois o registro é histórico e fala muito desta cidade que na semana passada completou 296 anos.

Diário do Nordeste – Verso – Escrito por Luã Diógenes, lua.diogenes@svm.com.br 07:00 / 17 de Abril de 2022.

Prêmio Sesc de Artes Cênicas abre inscrições para propostas de espetáculos

Prêmio Sesc de Artes Cênicas abre inscrições para espetáculos inéditos(foto: Divulgação)
Prêmio Sesc de Artes Cênicas abre inscrições para espetáculos inéditos(foto: Divulgação)

O Prêmio Sesc de Artes Cênicas recebe propostas de espetáculos até o dia 8 de maio. Os interessados podem inscrever projetos inéditos de teatro, dança, circo e outras modalidades.

Cinco propostas serão contempladas: uma receberá o valor de R$100 mil, duas ganharão R$70 mil e outras duas terão R$50 mil. O dinheiro deverá ser destinado à montagem de seus trabalhos.

As premiações são divididas em: espetáculos de média complexidade de produção; espetáculos de baixa complexidade de produção; e espetáculos nos formatos solo ou monólogo, em que há equipe reduzida.

A oportunidade está aberta para artistas, produtores e coletivos que residem em território nacional. Os interessados devem ter, no mínimo, 18 anos para se inscrever.

O resultado provisório será divulgado no dia 31 de maio. Depois disso, haverá período de aplicação de recursos. As propostas finalistas serão anunciadas no dia 21 de junho.

Prêmio Sesc de Artes Cênicas

Quando: inscrições até dia 8 de maio
Onde: site do Sesc
Edital: disponível on-line

POVO online Vida & Arte – 16:32 | Abr. 19, 2022 Autor Clara Menezes

Ceará no streaming: 10 filmes cearenses para assistir na Amazon, Globoplay e Netflix

Cabras da Peste
O Festival da Rapadura, retratado no filme “Cabras da Peste”, acontece de forma semelhante em Pindoretama, a 20 Km de Guanacés

A produção cinematográfica do Ceará ultrapassou as salas de cinema e marca presença também no streaming. Diferentes plataformas contam com estes filmes disponíveis no catálogo. Com poucos cliques é possível assistir trabalhos que revelam a cena criativa do Estado. 

Além de registrar e divulgar os cenários da região para o mundo, as obras comprovam o trabalho de toda uma série de profissionais do setor audiovisual. Da direção ao roteiro. Do elenco às equipes de edição, som, luz ou produção. É o Ceará na tela grande.

A lista inclui gêneros como a comédia, drama, horror, experimental e até documentário. Dentre os destaques está o premiado “Cabeça de Nêgo“. O filme de Deo Cardoso foi eleito pela Associação Paulista de Críticos de Artes (APCA) como o melhor filme de 2021. Uma ótima sessão! 

Cine Holliúdy 2: A Chibata Sideral (2018) 

Continuação do fenômeno de bilheteria lançado em 2012, o filme dirigido por Halder Gomes traz de volta o  mágico universo de Francisgleydisson (Edmilson Filho). Dessa vez, o personagem se vê obrigado a fechar o Cine Holliúdy.

Com a situação difícil, ele e a família passam a morar na casa da sogra. Tudo muda quando o protagonista vive uma experiência alienígena. E o que o herói faz? Como fã do cinema, ele investe na realização de um filme sobre o tema e ganha o apoio do prefeito da cidade.

Em cartaz aqui

Currais (2019)

O longa-metragem dirigido por David Aguiar e Sabina Colares une documentário e ficção. A obra revela a história de um capítulo triste da história do Ceará. Acompanhamos Romeu, personagem fictício que viaja pelo sertão nordestino em busca de respostas e vestígios dos campos de concentração.

Em 1932, inúmeros flagelados da seca foram aprisionados nestes lugares. Romeu vai costurando as memórias a partir da coleta de relatos reais, documentos e fotos.

Em cartaz aqui

Greta (2019)

Estreia de Armando Praça na direção, “Greta” foi exibido na Mostra Panorama da 69ª edição do Festival de Berlim. Outro feito da produção foi ganhar o Troféu Mucuripe de “Melhor Longa-metragem” na 29ª edição do Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema.

Pedro (Marco Nanini) é um enfermeiro de 70 anos. Ele precisa liberar uma vaga no hospital onde trabalha para Daniela (Denise Weinberg), sua melhor amiga.

Para salvá-la, ele decide ajudar Jean (Demick Lopes), um jovem que acaba de ser hospitalizado e algemado por cometer um crime. Pedro esconde-o em sua própria casa. Nesse período, eles se envolvem afetiva e sexualmente.

Em cartaz aqui.

Inferninho (2018)

Guto Parente e Pedro Diógenes assinam a criação deste universo cinematográfico. Deusimar (Yuri Yamamoto) é dona do bar “Inferninho”, espaço que é um refúgio de sonhos e fantasias.

Ela quer deixar tudo para trás e ir embora, para um lugar distante. Jarbas (Demick Lopes) é um marinheiro que acaba de chegar e sonha em fincar raízes. O amor entre os dois deve alterar o cotidiano do bar.

Em cartaz aqui.

Bate Coração (2019)

Rodado em Fortaleza, o filme dirigido por Glauber Filho envolveu cerca de 300 profissionais de forma direta e outras mil pessoas indiretamente. Nessa comédia de costumes conhecemos Sandro (André Bankoff), um publicitário preconceituoso e metido a conquistador. 

Na Noite de Ano Novo, ele sofre um ataque cardíaco e precisa urgentemente de um coração novo. É quando entra em cena o coração doado pela cabeleireira Isadora (Aramis Trindade), recém-falecida devido a um acidente.

Assistir aqui.

O Clube Dos Canibais (2018)

Pelo título da produção, o filme promete agradar os fãs de horror e suspense. Dirigido por Guto Parente, “O Clube dos
Canibais” apresenta Otavio (Tavinho Teixeira) e Gilda (Ana Luiza Rios). Eles são membros do secreto e perigoso grupo que nomeia o longa.

Tudo muda quando Gilda descobre um segredo de Borges (Pedro Domingues), um poderoso congressista e líder do Clube. Ela acaba colocando a vida dela e do marido em perigo.

Assistir aqui.

Clarisse ou alguma coisa sobre nós dois (2015)

Clarisse (Sabrina Greve) mora em Fortaleza, longe do pai, mas decide ir até sua casa para visitá-lo. Chegando lá, ela descobre segredos da sua infância.

A partir desse processo, o diretor Petrus Cariry adentra um clima tenso e claustrofóbico. A história passeia pelo turbilhão emocional da protagonista.

Assistir aqui.

Viajo porque Preciso, Volto porque te Amo (2009)

Marcelo Gomes e Karim Aïnouz assinam esse sensível “road movie”. José Renato (Irandhir Santos) é um geólogo enviado para uma pesquisa que atravessa todo o sertão nordestino.

À medida que a viagem acontece, o profissional percebe que possui muitas coisas em comum com os lugares por onde passa. Lhe acompanham a sensação de abandono, isolamento. Gradualmente vamos fazendo parte do cotidiano dessa viagem

Assistir aqui.

“Cabeça de Nêgo” 2020

Inspirado pelos Panteras Negras, o introvertido aluno Saulo Chuvisco (Lucas Limeira) luta por mudanças em sua escola, mas acaba entrando em conflito com alguns colegas e professores.

Após reagir a um insulto racista em sala de aula, ele é expulso da escola. Saulo recusa-se a sair e acaba realizando uma ocupação no lugar. Ele usa as redes sociais para expressar todo o seu descontentamento com a direção da escola e com o sistema educacional.

Assistir aqui

Cabras da Peste (2021)

Gravada no interior cearense de Guanacés, a comédia rodada por Vitor Brandt conquistou o público da Netflix. Na trama, Bruceuilis (Edmilson Filho), um policial do interior do Ceará, viaja até São Paulo para resgatar Celestina, uma cabra considerada patrimônio da cidade.

Na capital paulista, ele encontra Trindade (Matheus Nachtergale), um escrivão da polícia que decide sair do marasmo de seu trabalho e ajudá-lo na aventura, mesmo não sendo essa a sua especialidade.

Assistir aqui.

Diário do Nordeste Verso – Escrito por Redação, verso@svm.com.br 09:00 / 17 de Abril de 2022.

Cine Miau: Crianças com deficiência visual e auditiva participam de oficina

Cine Miau realiza oficina para crianças com deficiência visual ou auditiva(foto: Luiz Alves/ Divulgação)
Cine Miau realiza oficina para crianças com deficiência visual ou auditiva(foto: Luiz Alves/ Divulgação)

O Cine Miau – Mostra Internacional Infantil de Audiovisual realiza uma oficina sobre técnicas de cinema de animação para 20 crianças com deficiência auditiva ou visual. O evento acontece desta segunda-feira, 18, até sexta-feira, 22.

Nas aulas, o público vai participar da produção de um curta-metragem que terá até dois minutos de duração. Com o tema “Acessibilidade”, conteúdo será ministrado por Clayton Bochecha, realizador e produtor de animação.

Durante a atividade, as crianças trabalharão com a técnica stop motion, que consiste em utilizar materiais para elaborar uma narrativa animada. Nos cinco dias, elas usarão massinhas de modelar para formar personagens e outros objetos.

“Com essa atividade as crianças terão a percepção da mudança que está acontecendo, do movimento que foi criado e com isso vão gerar um filme de animação. Nós vamos ter o privilégio de enxergar a animação da forma como essa criança enxergou com as mãos”, explica Clayton Bochecha em material divulgado para a imprensa.

A mostra do Cine Miau acontecerá entre maio e junho desde ano, nas cidades de Fortaleza, Maracanaú e Itapipoca. Os locais receberão filmes nacionais e internacionais, além de debates sobre produção voltada para o público infantil.

O POVO Online – Vida & Arte – 16:33 | Abr. 18, 2022 Autor Clara Menezes

A história do livreiro de 25 anos que transformou garagem em livraria no interior do Ceará

Legenda: O apoio dos pais de Alexandre de Almeida oportunizou a realização do sonho de abrir uma livraria, justamente em um difícil momento para o mundo e o mercado editorial Foto: Arquivo pessoal

As velhas paredes deram lugar a novas, coloridas e vibrantes. E o lugar que parecia galpão agora tem perfume de oportunidade. No município de Pentecoste, interior do Ceará, um jovem de 25 anos abriu uma livraria onde antes era a garagem de casa. A Raiz de Livro nasceu durante a pandemia de Covid-19, e tem rendido frutos para o entorno.

Foi entre agosto e setembro de 2020 que tudo começou. “Comprei alguns livros novos e seminovos, comecei a divulgar para conhecidos na cidade e foi chegando mais gente. Foi só em dezembro daquele ano que abrimos a loja física. Digo ‘abrimos’ porque minha família deu uma força nisso”, explica Alexandre de Almeida, à frente da iniciativa.

O sonho de lançar algo no segmento era antigo. Caminhava com o multiartista desde muito cedo – apesar de ele não saber quando nem como faria isso. O apoio dos pais oportunizou a realização do desejo justamente em um difícil momento para o mundo e o mercado editorial. “Resolvemos trabalhar juntos pra fazer acontecer”, d

“O interior do Ceará tem muitos leitores. Eu até usaria ‘por incrível que pareça’ nessa colocação, mas não faz sentido. Estar rodeado de leitoras e leitores é algo que se espera. O público da Raiz é tão variado que imagino aonde eu estava que ainda não havia feito isso”.

Segundo ele, Pentecoste possui uma ampla biblioteca pública, bibliotecas nas escolas e bibliotecas comunitárias. A cidade necessitava de um lugar onde a população também pudesse encontrar obras para ter por perto, dentro de casa. A Raiz de Livro surge nesse contexto, batizada assim por conta da paixão de Alexandre por plantas

Tanto é que, se observarmos o logotipo com atenção, notamos que ele traz um livro do qual brotam raízes para baixo. “Criei essa identidade visual, o nome e a livraria para mostrar que podemos nos permitir criar raízes na literatura a partir da diversidade”.

Refúgio

O estabelecimento é pequeno e aconchegante. Um verdadeiro refúgio para conversar, estudar e fazer pequenos eventos. Hoje, o maior acervo é de literatura cearense contemporânea, com cerca de 150 títulos – passeando por editoras e escritores independentes. Mas também há livros usados e seminovos, romances e clássicos nacionais e estrangeiros. HQs, livros infantis, religiosos e material de papelaria igualmente ocupam as prateleiras.

“Para esse tipo de negócio se sustentar e crescer aqui, o viés da venda sempre está presente. Mas espero que, daqui há algum tempo, não seja o principal. A Raiz é um lugar para acolher e dispersar literatura de todas as formas, enraizar mesmo”.

Legenda: Hoje, o maior acervo da Raiz de Livro é de literatura cearense contemporânea, com cerca de 150 títulos – passeando por editoras e escritores independentes Foto: Arquivo pessoal


Serviço
Livraria Raiz de Livro
Localizada em Pentecoste (CE). Aberta a programações culturais. Aceita doações – sejam para a livraria ou para repassar às bibliotecas do município – além de receber livros de autoras, autores e editoras independentes em consignação. Mais informações: por e-mail (raizdelivro@hotmail.com), pelo WhatsApp (85) 98129-7483 ou pelas redes sociais.

Diário do Nordeste – Verso – Escrito por Diego Barbosa, Diego.barbosa@svm.com.br 08:08 / 08 de Abril de 2022.

Gilberto Gil toma posse na Academia Brasileira de Letras

Legenda: Gil foi ministro da Cultura do Brasil, entre 2003 e 2008 Foto: Reprodução/Instagram

O cantor, compositor instrumentista e ex-ministro da Cultura, Gilberto Gil tomou posse como “imortal” na Academia Brasileira de Letras (ABL), aos 79 anos. A celebração ocorreu nesta sexta-feira (8), no Petit Trianon, no Centro do Rio.

Após posse, Gil ocupa a Cadeira 20 da Academia, que ficou vaga após a morte do advogado, escritor e jornalista Murilo Melo Filho, em maio de 2020. Em novembro de 2021, Gil foi eleito para a posição da ABL com 21 votos. 

Acadeira 20 da ABL foi fundada pelo advogado, jornalista e romancista Salvador de Mendonça. Além disso, tem como patrono o médico e escritor Joaquim Manuel de Macedo

A posição também foi ocupada por Emílio de Meneses, Humberto de Campos, Múcio Leão, Aurélio de Lyra Tavares e Murilo Melo Filho, segundo a ABL.

Gil é o segundo negro a ocupar uma cadeira na ABL, do quadro atual de 36 membros da instituição. A primeira posse ocorreu com o professor de literatura carioca Domício Proença Filho, na ABL desde 2006.

Trajetória de Gilberto Gil

O soteropolitano Gilberto Gil passou a infância em Ituaçu, no interior da Bahia, onde o pai exercia a medicina, mas começou de fato a carreira artística em Salvador. Lá, ele se apresentava em escolas e clubes, chegou a compor jingles e escrever músicas para outros grupos.

O sucesso que se seguiria ainda não era certo para o jovem, então ele dividia o tempo entre os estudos e a música.

Em 1965, formou-se em administração na UFBA e chegou a participar de um programa de trainee na multinacional Gessy Lever, atualmente conhecida como Unilever.

Na época, porém, Gil já conhecia parceiros que levaria para o resto da vida, como Caetano Veloso, Vinicius de Morais, Chico Buarque, Gal Costa, Maria Bethânia, Nana Caymmi e Elis Regina.

Ainda nos anos 1960, ele abandonaria a carreira de administrador de empresas e lançaria “Procissão”, seu primeiro single oficial.

Movimento tropicalista

A partir daí, sua trajetória artística apenas ascenderia: Gil foi um dos criadores do movimento tropicalista e se tornou uma das vozes mais marcantes da música popular brasileira.

O artista virou símbolo de resistência contra a ditadura militar, exilou-se do Brasil, fez um retorno triunfal e ganhou prêmios como o Grammy e o Grammy Latino.

Entre álbuns de estúdio, discos gravados ao vivo e compilações, Gil soma mais de 50 CDs lançados, com grandes clássicos da MPB como “Tropicalia ou Panis et Circensis”, “Refazenda”, “Expresso 2222”, “Refavela” e “Realce”. 

Cenário cultural brasileiro

Fora dos palcos, Gil também se notabilizou na política. Foi vereador de Salvador entre 1989 e 1992 pelo então PMDB e ministro da Cultura do governo Lula entre 2003 e 2008 pelo PV, partido ao qual é filiado até hoje.

Em 1999, foi nomeado pela Unesco como Artista pela Paz. No âmbito da ONU, foi embaixador para agricultura e alimentação.

Além de ter sido um dos principais defensores da livre circulação de informação na internet.

Diário do Nordeste – Verso – Escrito por Redação, 21:47 / 08 de Abril de 2022.

Com salários de até R$ 8,1 mil, unidades de saúde no Ceará abrem mais de 60 vagas

Legenda: Aquisição da unidade hospitalar fundamental ocorreu durante o início da pandemia no Estado Foto: Camila Lima

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) abriu processo seletivo com mais de 60 vagas em unidades no Ceará. São oportunidades para profissões como médico, enfermeiro, porteiro e eletricista. As inscrições começam nesta quinta-feira (14) e seguem até o dia 12 de maio

Os salários variam entre R$ 1.212 até R$ 8.142, divididos em cargos de níveis médio, técnico e superior. Todas as unidades fazem parte da rede da Sesa e são administradas pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH).

Inscrições no processo seletivo

As inscrições acontecerão no site do Instituto Consulplan, organizador do certame, e incluem vagas imediatas e formação do cadastro de reserva.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 120 para os cargos de nível superior e R$ 60 para os de nível médio e técnico.

>> Confira o edital do processo seletivo

Unidades hospitalares contempladas

  • Hospital Estadual Leonardo Da Vinci (Helv)
  • Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara (HGWA)
  • Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (Sede)
  • Casa de Cuidado do Ceará (CCC)
  • Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Messejana
  • UPA Praia do Futuro
  • UPA Autran Nunes 
  • UPA Canindezinho 
  • UPA Conjunto Ceará
  • UPA José Walter
  • UPA Jangurussu
  • UPA Cristo Redentor
  • UPA Itaperi
  • Unidades de atendimento primário de saúde (UAPS/CAPS)
  • Primilab

Além dos equipamentos de saúde, o edital detalha a denominação das funções, os requisitos exigidos, o vencimento básico, a carga horária semanal e o número de vagas para ampla concorrência (AC) e para as reservadas às pessoas com deficiência (PcD).

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 19:51 / 12 de Abril de 2022.

Uece abre inscrições para Vestibular 2022.2 com oferta de 1.974 vagas

Universidade Estadual do Ceará (Uece), Campus do Itaperi. Foto-Arquivo

A Universidade Estadual do Ceará (Uece), por meio da Comissão Executiva do Vestibular (CEV), está com inscrições abertas, até 11 de abril, para o Vestibular 2022.2. O processo visa selecionar candidatos para os cursos de graduação no segundo período letivo de 2022. As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pela internet, no site www.uece.br/cev.

Estão sendo oferecidas 1.974 vagas, das quais 1.196 destinam-se aos cursos da Uece que funcionam em Fortaleza e 778 aos cursos que funcionam em unidades do interior do Estado, localizadas nos municípios de Quixadá, Limoeiro do Norte, Itapipoca, Iguatu e Crateús.

A ficha eletrônica de inscrição e o Documento de Arrecadação Estadual (DAE), para pagamento da taxa, poderão ser gerados até às 23h59 do dia 11 de abril. O DAE terá como vencimento o dia 12 de abril. A taxa de inscrição será de R$ 140 (valor para pagamento integral).

As provas da primeira fase acontecerão no dia 1º de maio. Já as provas da segunda fase serão realizadas em 22 e 23 de maio, domingo e segunda-feira, respectivamente.

Na primeira fase será aplicada a prova de Conhecimentos Gerais, de múltipla escolha, composta pelas três áreas de conhecimentos:

Ciências Humanas: Filosofia, Geografia, História e Sociologia
Ciências da Natureza e Matemática: Biologia, Física, Matemática e Química
Linguagens e Códigos: Educação Física, Língua Estrangeira (Espanhol, Francês ou Inglês) e Língua Portuguesa.

Na segunda fase serão aplicadas quatro provas, sendo uma de Redação e três Específicas, de acordo com o curso escolhido pelo candidato.

A CEV/Uece informa que o processo do Vestibular seguirá os protocolos sanitários em vigência, como medida contra a Covid-19. Assim, os candidatos só terão acesso permitido ao local de realização das provas mediante o uso de máscara de proteção individual e portando uma máscara reserva acondicionada em embalagem transparente. O candidato deverá, obrigatoriamente, permanecer de máscara durante todo o período de realização das provas, devendo cobrir adequadamente o nariz e a boca do participante, retirando apenas para identificação em sala e ingestão de água, sucos e similares.

Mais informações podem ser obtidas no Manual do Candidato, clicando aqui, ou pelo site www.uece.br/cev ou pelos telefones 85 3101-9710 / 3101-9711.

Com informações do portal da Uece

Departamento de Computação da UFC oferece  Residência em Segurança Cibernética

Reitoria da Universidade Federal do Ceará(UFC), em Fortaleza. Foto-Arquivo

Estão abertas, até 14 de abril, as inscrições para a seleção da primeira turma da Residência em Segurança Cibernética ‒ pós-graduação lato sensu (especialização) oferecida pelo Departamento de Computação da Universidade Federal do Ceará, em parceria com a empresa Lenovo Brasil. Os alunos residentes selecionados farão um curso de 22 meses de duração, com início em maio de 2022 e carga horária total de 528 horas-aula, divididas em aulas teóricas, trabalhos individuais ou em grupo e Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

As aulas teóricas, que apresentarão conceitos básicos e avançados na área de segurança cibernética, ocorrerão no Departamento de Computação. As atividades práticas serão realizadas em projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação desenvolvidos no Laboratório de Sistemas e Bancos de Dados (LSBD/UFC). Durante as ações práticas, o aluno contará com a orientação acadêmica de um preceptor e o acompanhamento de um gerente de projeto.

De acordo com o coordenador do curso, Prof. Javam Machado, o objetivo é “capacitar profissionais das áreas de Tecnologia da Informação (TI) e afins para que possam atuar na segurança cibernética de instituições públicas ou privadas, utilizando metodologias e ferramentas reconhecidas com base nas melhores práticas fornecidas pela família ABNT ISO/IEC 27000” ‒ conjunto de certificações de segurança da informação e proteção de dados para empresas e órgãos públicos. 

O curso é totalmente gratuito para os alunos selecionados. São ofertadas 10 vagas para ampla concorrência e uma vaga é direcionada a servidores da UFC (conforme estabelece o artigo 34/caput da Resolução nº 11/2017, do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) da UFC). Os estudantes selecionados em ampla concorrência receberão uma bolsa no valor de R$ 3.000,00 durante um período de 20 meses. 

Podem concorrer profissionais que tenham diploma de graduação ou demais cursos superiores nas áreas de Ciência da Computação, Engenharia de Computação, Informática, Sistemas de Informação, Engenharia de Software, Sistemas e Mídias Digitais, Redes de Computadores e áreas afins.

INSCRIÇÕES ‒ Os interessados poderão realizar a inscrição até as 23h59min do dia 14 de abril. O preenchimento da ficha de inscrição deverá ser feito por meio do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA), na aba “processos seletivos ‒ lato sensu”. Adicionalmente, o(a) candidato(a) deverá enviar os documentos solicitados no edital de seleção, no qual constam outros detalhes do processo. Mais informações no site do Laboratório de Sistemas e Bancos de Dados (LSBD/UFC). Eventuais dúvidas devem ser enviadas para o e-mail rsc@lsbd.ufc.br.

Fonte: (Portal da UFC) – Prof. Javam Machado, coordenador do curso ‒ e-mail: javam.machado@lsbd.ufc.br

Exposição fotográfica do povo Tremembé é destaque na Espanha

Exposição Iandé Atã Joaju – Juntos Somos Fortes retrata o povo Tremembé(foto: Divulgação/Marcos Vieira)
Exposição “Iandé Atã Joaju – Juntos Somos Fortes” retrata o povo Tremembé(foto: Divulgação/Marcos Vieira)

Iandé Atã Joaju” quer dizer “juntos somos fortes” no tupi-guarani. Esse é título da exposição do fotógrafo Marcos Vieira que reúne 40 fotografias com elementos significativos da vida e perspectivas do povo Tremembé, da Barra do Mundaú, em Itapipoca. O projeto será exposto , na Espanha, a partir do dia 19 de abril

O trabalho foi selecionado pelo Centro de Estudios Brasileños da Universidad de Salamanca no programa “Residência Artística de Fotografia“. Marcos Alberto de Oliveira Vieira é fotógrafo, sociólogo e professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE).

O interesse pelo tema surgiu a partir da ida de Marcos à festa do Murici e Batiputá, tradicional do povo Tremembé. “O povo Tremembé é uma etnia que trabalha muito com artesanato e pesca”, diz em entrevista ao O POVO. “A partir dessa ida à festa, comecei a fotografar. Foram mais ou menos três meses de trabalho durante o ano de 2018”, relata.

A seleção das imagens foram feitas pelo próprio povo Tremembé e para o fotógrafo isso deixou o trabalho ainda mais rico. “Essa é a minha 18ª exposição e a primeira experiência de não selecionar as fotografias. Para mim foi muito rico. Mas de qualquer maneira, também foi uma maneira deles se sentirem mais ainda pertencentes e presentes na exposição”, declara.

Ele explica que entre o povo há três comunidades e deixar a seleção da curadoria nas mãos deles permitiu que ninguém ficasse de fora. “Melhor que eles fizessem a seleção para que tivesse uma diversidade, tivesse a representatividade das três comunidades”, pontua. “Não deixaram nenhuma comunidade de fora e eu correria o perigo de fazer isso, fazer uma seleção e priorizar mais uma comunidade a outra”, acredita.

Marcos ainda destaca que exposição aborda a questão de demarcação da terra e a importância da cultura indígena no Ceará, que para ele ainda é desconhecida por boa parte da população. O fotógrafo ressalta que a realização da curadoria feita pelos próprios Tremembés também enfatiza a maneira pela qual querem ser vistos.

POVO online – Vida & Arte – 12:19 | Abr. 08, 2022 Autor Ana Flávia Marques

Detran-CE realiza leilão público virtual em Sobral

Ao todo, serão ofertados 257 lotes, com motocicletas, automóveis e sucatas

O Detran-CE realizará, nesta sexta-feira (8), um leilão público de veículos no município de Sobral, entre sucatas, motocicletas e veículos, de forma 100% virtual. Ao todo, serão ofertados 257 lotes. Nesta quinta-feira (7), será possível realizar visitação presencial, das 8h às 17h, no pátio do Detran de Sobral, respeitando os protocolos sanitários exigidos. Os lances iniciais serão de R$ 50 até R$ 3 mil.

Para participar, é necessário seguir os critérios dispostos no edital do certame. Os lotes de sucata só podem ser arrematados por sucateiros (pessoa jurídica) cadastrados previamente no Detran-CE.

Este será o leilão de nº 75 e incluirá veículos que foram apreendidos até dezembro de 2021 no município, e que já estavam em procedimento de leilão.

Interessados devem se inscrever no site da Montenegro Leilões (www.montenegroleiloes.com.br) e podem obter mais informações através do telefone: (85) 3066.8282. A realização do leilão virtual permite a participação dos interessados, evitando aglomerações e a propagação do coronavírus, além de evitar a propagação das arboviroses, como dengue, zikavírus e chikungunya, com a venda dos lotes de sucatas.

O arrematante receberá o veículo adquirido sem nenhum débito anterior ao leilão, sendo de sua responsabilidade efetuar apenas o mesmo procedimento de um veículo comprado em concessionária, como taxa de transferência e confecção de placas.

Todos os veículos foram apreendidos pelo órgão por circularem irregularmente na via pública. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) determina que órgãos de trânsito façam leilão de veículos recolhidos, quando não são resgatados pelos proprietários, em 60 dias.

Serviço

Leilão On-line de Veículos do Detran-CE em Sobral
Data: 8 de abril de 2022 (sexta-feira)
Visitação presencial: Quinta-feira (7), no Pátio do Detran-CE de Sobral
Participação e visitação on-line: www.montenegroleiloes.com.br

Irailton Menezes – Ascom Detran-CE – Texto
Ascom Detran-CE – Foto

Com Fagner, aniversário de Fortaleza volta a ter show público após três anos

Prefeitura anunciou show gratuito com Fagner para marcar o aniversário de Fortaleza(foto: Divulgação)
Prefeitura anunciou show gratuito com Fagner para marcar o aniversário de Fortaleza(foto: Divulgação)

a próxima semana, quarta-feira, 13 de abril, Fortaleza chega aos seus 296 anos. Para comemorar a data, a Prefeitura anunciou programação com shows de artistas locais no Aterro da Praia de Iracema, a partir das 18 horas. A entrada é gratuita e é necessário apresentar o comprovante vacinal completo. O último aniversário da Capital comemorado com show público ocorreu em 2019, antes da pandemia.

O cantor e compositor Fagner será a principal atração da noite e promete entregar um repertório com seus principais sucessos. A homenagem para a Capital cearense também inclui no show de abertura os artistas Bárbara Sena, Maria Antonia, Camila Marieta, Erivan Produtos do Morro, Nayra Costa e Nickão, baterista da banda Selvagens à Procura de Lei.

A Prefeitura ainda anunciou que outros eventos serão realizados ao longo da semana em alusão ao aniversário de Fortaleza. Em breve, mais detalhes sobre a logística de toda a programação serão divulgados.
POVO online Vida & Arte – 12:18 | Abr. 07, 2022 Autor Ana Flávia Marques

Projeto com lançamento de podcast e livro celebra 110 anos de Luiz Gonzaga

Luiz Gonzaga celebra 110 anos em dezembro; projeto em sua homenagem contempla lançamento de site, podcast e livro(foto: Reprodução)
Luiz Gonzaga celebra 110 anos em dezembro; projeto em sua homenagem contempla lançamento de site, podcast e livro(foto: Reprodução)

Luiz Gonzaga (1912 – 1989), um dos principais nomes da história da música popular brasileira, completará 110 anos em dezembro. E, para comemorar a data, Paulo Vanderley, que desenvolve pesquisas sobre a vida e a obra do artista, prepara uma série de ações.

Um dos lançamentos é o podcast “Luiz Gonzaga – 110 anos de Nascimento”, que está disponível nas plataformas de streaming Spotify e Anchor. Os dois primeiros episódios já podem ser escutados.

O objetivo do programa, que contará com 50 edições durante o ano, é dialogar com pessoas próximas do artista e de seu trabalho. Nos conteúdos de estreia, houve conversas com Lenine, Fábio Passadisco, Breno Silveira e Chambinho.

Nos próximos lançamentos, outros convidados participarão, como Elba Ramalho, Waldonys, Fagner e Espedito Seleiro. Os episódios são lançados sempre às quartas-feiras.

Além do podcast, o pesquisador Paulo Vanderley planeja a publicação do livro “Luiz Gonzaga – 110 anos de nascimento” para junho deste ano, no período do São João. A obra apresentará documentos sobre a carreira do cantor de “Asa Branca”, além de ter trechos de entrevistas concedidas por ele a jornais de sua época.

Os textos mesclarão relatos pessoais e perspectivas profissionais de nomes consagrados da música brasileira que conviveram com o compositor. Fagner, Lenine, Santana e Maciel Melo são alguns desses artistas.

site sobre Luiz Gonzaga também foi reformulado. Na página, é possível conhecer fotografias raras, discografia completa do cantor, além de ler curiosidades e ver vídeos antigos.
O POVO online Vida & Arte – 18:10 | Abr. 07, 2022 Aut

Receita prorroga prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda para 31 de maio

Prazo para declarar imposto de renda foi prorrogado do dia 29 de abril para 31 de maio(foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Prazo para declarar imposto de renda foi prorrogado do dia 29 de abril para 31 de maio(foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A Receita Federal prorrogou o prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda 2022 para 31 de maio. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta terça-feira, 5 de abril. Antes, a data final para transmissão do documento era 29 de abril.

Além disso, o limite de entrega para quem pretende quitar imposto a pagar por meio de débito automático a partir da primeira parcela também foi adiado, para 10 de maio – anteriormente, o estabelecido era 10 de abril. A opção de pagamento agendado ficará disponível a partir da segunda parcela para quem apresentar a prestação de contas ao Fisco a partir de 11 de maio – e até 31 de maio.

Este é o terceiro ano consecutivo que a Receita adia a data limite para entrega da declaração de IR.

Quem é obrigado a declarar o Imposto de Renda?

– O primeiro item a ser observado é: indivíduos que tenham obtido rendimentos tributáveis cuja soma foi superior a R$ 28.559,70. Neste caso, podem ser utilizados como exemplo salário, pró-labore, rendimento de MEI – desde que não seja lucro -, pensão, entre outros.

– Pessoas que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, com soma foi superior a R$ 40 mil. Como exemplo, podem entrar aqui lucros e dividendos, lucro imobiliário, FGTS, poupança, doações e heranças.

– Se obteve, em qualquer mês do ano-calendário, ganho de capital na venda de bens ou direitos. Neste caso, haverá incidência de imposto. Se obteve ganho de capital em venda de imóvel residencial, mas comprou outro de mesmo valor ou superior, em um prazo de 180 dias após a venda, haverá isenção do pagamento do Imposto, mas não da declaração.

– Pessoas que tiveram, em 31 de dezembro do ano-base, patrimônio com valor acima de R$ 300 mil.

– Se passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês do ano-calendário e nessa condição encontrava-se em 31 de dezembro; Aqui, podem entrar um estrangeiro que veio morar no País ou um brasileiro que havia feito saída definitiva, mas que voltou em 2021.

O POVO online – 08:03 | Abr. 05, 2022 Autor Agência Estado


Professora é a única cearense a integrar lista do Top 100 de cientistas da Educação da América

Professora Sofia Lerche Vieira(foto: ARQUIVO PESSOAL)
Professora Sofia Lerche Vieira(foto: ARQUIVO PESSOAL)

A pesquisadora e orientadora do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (PPGE/Uece), professora doutora Sofia Lerche Vieira, é a única representante da instituição e cientista cearense a figurar na lista Latin America Top 100 Education Scientists, ocupando a 74ª posição no ranking. A publicação visa demonstrar reconhecimento internacional da produção científica no campo da Educação.

As colocações da lista são conferidas seguindo o sistema AD Scientific, o qual “mostra os coeficientes de produtividade de cientistas e pesquisadores de todo o mundo com base nos perfis públicos no Google Scholar, tendo como base a produção total, atividade nos últimos cinco anos e número de citações”, conforme a Associação Nacional de Pesquisa em Educação (ANPEd).

Em entrevista ao O POVO, Sofia Lerche conta como recebeu a notícia de ocupar a 74ª posição na Latin America Top 100 Education Scientist em reconhecimento aos seus trabalhos de pesquisa científica em Educação.

“Produzir conhecimento em um país como o Brasil, sobretudo nos últimos anos, é tarefa árdua e desafiante. O reconhecimento, nesse sentido, indica que, apesar das dificuldades, é empreitada possível. Sou grata à Uece, aos meus colegas e alunos, por me possibilitarem essa trajetória. Estou muito feliz”, afirmou.

Professora da Uece há mais de 40 anos e aposentada há dez anos, Sofia Lerche Vieira segue atuando de forma voluntária na pós-graduação, orientando alunos, ministrando disciplinas e desenvolvendo pesquisas que têm contribuído para entender e aperfeiçoar as políticas educacionais do Estado.

Além da conquista de integrar a relação dos 100 cientistas da Educação com produção em maior destaque na América Latina, a nível global, a professora também é a única representante da Uece na lista dos World Top 100 Education Scientists in Brazil 2022, ocupando a posição 48ª posição, o que significa estar classificada entre os 50 maiores cientistas da educação brasileira.

Para Sofia, “a educação tem o poder de transformar vidas e reescrever trajetórias”. Atuando como peça importante na formação de pesquisadores com foco na pós-graduação em programas de Mestrado e Doutorado acadêmico da Uece, a professora compartilha seus desejos para o futuro desses estudantes.

“Anseio que sejam profissionais comprometidos e capazes de contribuir para a melhoria da educação no País, de modo especial, no Ceará. E isso tem acontecido. A pós-graduação em educação tem oferecido grande contribuição à superação de problemas no Ceará. A universidade pública é o lugar por excelência desta transformação”, destacou.

O POVO online – 20:31 | Abr. 04, 2022 Autor Bruna Lira

Concurso do Tribunal de Justiça abre inscrições; salários chegam a R$ 10,8 mil

concurso tjce
 Certame também selecionará candidatos para cadastro de reservaFoto: Divulgação

O Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) abre virtualmente, às 14h desta segunda-feira (4), as inscrições para o concurso com 51 vagas e formação de cadastro de reserva para Analista Judiciário e Oficial de Justiça

Os interessados com nível superior obrigatório devem se inscrever no site da Fundação Carlos Chagas (FCC), organizadora do certame, até o próximo dia 6 de maio. A taxa custa R$ 112. 

A vaga de Analista Judiciário oferta salário de R$ 8,795,28, enquanto a de Oficial de Justiça os rendimentos aumentam para R$ 10.824,96.

PROVAS E RESULTADOS

Os participantes serão submetidos a até três etapas de avaliação. São elas:

  • Prova objetiva de conhecimentos básicos e específicos de caráter habilitatório e classificatório;
  • Prova discursiva — Estudo de Caso, de caráter habilitatório e classificatório;
  • Prova de Títulos, de caráter classificatório, apenas para o cargo de Analista Judiciário — Área Judiciária.

As provas objetivas estão previstas para acontecer no dia 19 de junho, na cidade de Fortaleza, com horários e locais exatos ainda a serem divulgados, através dos cartões informativos que serão encaminhados aos candidatos em 1º de junho. Os gabaritos preliminares devem ser disponibilizados no dia posterior, em 20 de junho. 

As avaliações discursivas com estudo de caso acontecem no mesmo dia 19 de junho paras os cargos de Oficial de Justiça e Analista Judiciário — Especialidade em Ciências da Computação. Já os candidatos a função de Analista Judiciário — Área Judiciária realizam a prova discursiva somente no dia 7 de agosto.  

Veja mais informações nos editais disponíveis no Diário da Justiça

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 12:23 / 04 de Abril de 2022 

Morre escritor cearense Carlos Emílio Correia Lima

Primeiro livro de Carlos Emílio foi publicado quando ele tinha apenas 14 anos; escritor era conhecido pela articulação na cena cultural de Fortaleza(foto: Divulgação/Felipe Palhano)
Primeiro livro de Carlos Emílio foi publicado quando ele tinha apenas 14 anos; escritor era conhecido pela articulação na cena cultural de Fortaleza(foto: Divulgação/Felipe Palhano)

Morreu neste sábado, 2, o escritor cearense Carlos Emílio Correa Lima. Ele sofreu uma infecção generalizada após uma intervenção odontológica. Nascido em 1956, Carlos Emílio publicou oito livros. O primeiro, “Solário – contos infantis para adultos” foi editado em 1970, quando ele tinha 14 anos.

Ele era irmão de Emília Correa Lima, morta em fevereiro de 2022, aos 87 anos. Ela foi eleita miss Brasil em 1955, sendo a primeira cearense a ganhar o título de mulher mais bonita do País.  

“O Carlos foi um grande literato. Fui bastante impactado quando li seu livro ‘Além, Jericoacoara’ (1982). Além disso, era reconhecido nacionalmente,” afirma Fabiano Piúba, secretário de Cultura do Ceará.

Além dos livros publicados, Piúba também destaca a participação de Carlos Emílio no cenário cultural de Fortaleza. “Ele movimentava bastante a cena cultural da Cidade, participando da criação de rodas de conversa sobre poesia e do projeto Leitura no palco sob a passarela, do Dragão do Mar. Carlos deixa uma herança literária e cultural muito importante não só para o Ceará, mas também para o Brasil”, finaliza.

Também escritor e amigo do artista, Oswald Barroso salienta o pioneirismo de Carlos Emílio na criação de revistas literárias. “Conheci o Carlos na época da revista ‘O saco’, e ele sempre foi um grande articulador cultural. Ele também foi um dos primeiros cearenses a publicar um livro por uma editora nacional, tornando-se conhecido no Brasil. Seu livro ‘Cachoeira das eras’ (1979) foi um marco para a literatura cearense,” afirmou. A revista “O saco” circulou no Brasil nos anos 1970 e foi uma das principais publicações literárias do período.

Como grande articulador cultural, Carlos Emílio também destacou-se por ajudar na formação de novos artistas. É o caso de Ylo Barroso, sobrinho de Oswald. “Conheci o Carlos no final dos anos 1990. Ele me ligou para falar sobre meu avô, Antônio Girão Barroso. Queria informações para realizar uma homenagem a ele no ‘Leitura no palco sob a passarela’, projeto que ele coordenava no recém-criado Dragão do Mar. A partir daí, nos tornamos muito amigos. Como eu começava a escrever naquela época, Carlos me deu muitas dicas. E fez isso com outros novos artistas, não só da literatura, mas também da música e teatro,” relembra Ylo.

A Secretaria da Cultura do Ceará também lamentou a morte do cearense. Em nota, o órgão destacou a criatividade e talento do escritor: “Com seus textos intensos e densos, ocupava as rodas de leitura, calçadas, palcos, corações e mentes dos amantes da leitura e escrita”.

O POVO online – Vida & Arte – 14:07 | Abr. 02, 2022 Autor Carlos Viana

Izolda Cela assume o Governo do Ceará neste sábado (2); acompanhe a cerimônia

Izolda na assembleia legislativa
Izolda Cela durante leitura do termo de posse na Assembleia Legislativa do Ceará Foto: Thiago Gadelha

A cerimônia de posse de Izolda Cela (PDT) como governadora do Ceará ocorre neste sábado (2). A solenidade começou às 16h15min, com a abertura da sessão extraordinária na Assembleia Legislativa do Ceará para a leitura da carta de renúncia do agora ex-governador Camilo Santana (PT) –  publicada no Diário Oficial do Estado ainda na sexta-feira (1º).

Em seguida,aconteceu a sessão solene para o compromisso e posse de Izolda Cela como chefe do Executivo estadual. Camilo Santana não participou da solenidade na Assembleia Legislativa do Ceará.

Ao chegar à AL-CE, Izolda foi recebida por três das cinco deputadas estaduais: Érika Amorim (PSD), Augusta Brito (PCdoB) e Aderlânia Noronha (SD). 

Em seu primeiro discurso no cargo, Izolda ressaltou a representatividade de ser a primeira governadora do Ceará e reforçou compromissos de sua gestão, seguindo os princípios que herda da gestão do ex-governador Camilo Santana (PT).

“A primeira palavra é de agradecimento, gratidão ao Poder Legislativo estadual, pelo inarredável compromisso com aquilo que deve nortear a politica e seus agentes, as mais genuínas e republicanas causas projetos e ações direcionadas às necessidades da população, ao crescimento econômico e desenvolvimento sustentável, a elevação do perfil educacional e cultural da população, a redução da deigualdade e da justiça social”, pontuou Izolda.

A governadora se emocionou ao agradecer o apoio da família em sua trajetória. Ela também fez elogios a Camilo Santana e reforço o desejo de manter a parceria com os outros poderes.

Izolda, Ciro e Evandro Leitão
Izolda Cela ao lado do ex-governador do Estado Ciro Gomes e do presidente da AL-CE, Evandro Leitão Foto: Thiago Gadelha

Na sequência, Izolda Cela e os parlamentares estaduais seguem para o Palácio da Abolição, onde, a partir das 17 horas, ocorre a cerimônia de transmissão do do governador Camilo Santana para Izolda Cela.

É possível acompanhar a posse na AL-CE por meio do perfil da Assembleia Legislativa do Ceará no Youtube: https://www.youtube.com/embed/c9enUW3KH1I

Os eventos também serão transmitidos pela TV Assembleia (canal 31.1) e FM Assembleia (96,7MhZ) e YouTube da TV Assembleia.

Primeira mulher governadora

Nascida e crescida em Sobral, na Região Norte do Ceará, Izolda Cela é a primeira mulher a efetivamente governar o Ceará. Eleita vice-governadora, ela assume o cargo por conta da renúncia de Camilo Santana (PT) ao cargo de governador para se viabilizar como possível candidato ao Senado em 2022.

Secretária de Educação do governo de Cid Gomes nos dois mandatos, Izolda concorreu pela primeira vez a um mandato eletivo em 2014, quando foi eleita vice-governadora junto de Camilo Santana – chapa que foi reeleita em 2018.

Carta de renúncia

Na sessão extraordinária da Assembleia Legislativa do Ceará, iniciada às 16h15, para a leitura da carta de renúncia do agora ex-governador Camilo Santana. O texto foi lido pelo primeiro secretário da Casa, deputado Antônio Granja (PDT). 

Com o plenário lotado, a solenidade conta com a presença de deputados estaduais e federais, além de lideranças partidárias, como o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) e o ex-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT). A presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, segunda na linha de sucessão do Governo do Estado, também está presente assim como o prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT).  

O presidente da Casa, Evandro Leitão (PDT), aproveitou para elogiar a gestão de Camilo Santana. 

“Fica o agradecimento para aquele que foi, sem dúvidas, um dos melhores governadores que o Estado já teve. Pelo esforço, pela dedicação, pelo talento, enfrentando momentos dificílimos, momentos desafiantes, mas que com serenidade, com muita prudência, com muito equilíbrio, conseguiu superar”, ressaltou.

Diário do Nordeste – Escrito por Luana Barros, Jéssica Welma, 15:30 / 02 de Abril de 2022.

Novo Aeroporto Regional de Sobral é entregue para impulsionar o desenvolvimento regional

Estado investiu R$ 70 milhões no moderno equipamento que consolida Sobral como polo de atração de investimentos e geração de oportunidades

Conquista para população da Região Norte cearense, o novo Aeroporto Regional de Sobral foi entregue pelo Governo do Ceará, por meio da Secretaria Estadual da Infraestrutura (Seinfra), nesta sexta-feira (1°). O empreendimento, localizado a cerca de 25 km da sede do município, tem capacidade para receber aeronaves de porte médio.

Participaram da inauguração o governador Camilo Santana; a vice-governadora Izolda Cela; o prefeito de Sobral, Ivo Gomes; o titular da Seinfra, Lucio Gomes; o ex-governador do Ceará e ex-Ministro da Fazenda, Ciro Gomes; e outras autoridades, entre prefeitos de cidades vizinhas, deputados cearenses, lideranças locais e representantes do setor produtivo.

O Estado do Ceará investiu R$ 70 milhões para construir e equipar o Aeroporto, além de oportunizar melhorias viárias para o acesso. Iniciativa que eleva a um novo patamar econômico uma região com mais de 800 mil habitantes – somando o quantitativo populacional do Sertão de Sobral e do Litoral Norte.

“A região já merecia um bom aeroporto que pudesse ter voos comerciais. Entregamos hoje este belo equipamento dentro do padrão exigido pela Anac [Agência Nacional de Aviação Civil]. Já solicitamos a regulamentação e temos conversado com companhias aéreas nacionais para criar voo comercial para cá, como criamos para Jericoacoara e Aracati. Este equipamento traz desenvolvimento e oportunidades. Esse é o papel do Estado”, afirmou o governador Camilo Santana.

“Esta obra é um exemplo daquelas ações que muito nos desafiam, que são obras estruturantes, que têm serventia no presente, mas também pavimentam a estrada para o futuro. Muitas coisas para o crescimento só podem acontecer, como crescimento econômico, quando as condições existem. O aeroporto para nós e para nossa região tem um valor muito grande”, reforçou a vice-governadora Izolda Cela.

Impulsionando o desenvolvimento

Instalado numa área de 180 hectares, o empreendimento conta com pista de pouso e decolagem de 1.800m de extensão por 30m de largura. Também possui estacionamento, pátio de aeronaves, pistas de taxiamento, balizamento noturno e um Terminal de Passageiros, com área construída de aproximadamente 2 mil m².

Para o conforto de profissionais e passageiros, o terminal dispõe de salas de espera, embarque e desembarque, administração, balcões de check-in, controle de voo, além de banheiros e espaço para quiosques e lanchonete.

A área abriga também uma unidade de combate a incêndios, além de uma usina fotovoltaica. A usina vai assegurar sustentabilidade energética ao empreendimento e será capaz de alimentar toda a demanda operacional do equipamento.

O novo Aeroporto homenageia Luciano de Arruda Coelho, advogado, intelectual e um dos entusiastas da criação da Fundação Universidade Vale do Acaraú, que posteriormente foi transformada em universidade estadual.

“Uma obra acalentada pelo povo de Sobral há muito tempo. O aeroporto é uma porta para o futuro que não está distante. Muitas coisas e desejos de empreendimentos eram impedidos de se instalarem aqui pela falta de aeroporto [do porte]”, pontuou Ivo Gomes, abraçando os familiares do homenageado.

O acesso ao empreendimento ficou mais fácil com a construção da CE-555, que homenageia a educadora sobralense Maria José Santos Ferreira Gomes, que se dedicou também às obras sociais. A estrada, de 2,7 km, liga o aeroporto à CE-178, na altura do acesso ao distrito de Patriarca.

Operação

A entrega marca um novo momento para o Aeroporto, que deve receber vistoria da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o que faz parte do processo de homologação para operação de voos comerciais. Simultaneamente, o Estado iniciará a transição na administração do equipamento, passando da Seinfra, responsável pela implantação, para a Superintendência de Obras Públicas (SOP), que é a administradora dos aeroportos estaduais.

Portal do Governo do Ceará – Larissa Falcão – Ascom Casa Civil (Texto)
Thiago Stille (Fotos)

Governo do Estado inaugura Complexo Cultural Estação das Artes Belchior

Estação das Artes Belchior, no Centro de Fortaleza, reúne diversos espaços ligados à Cultura, como Pinacoteca, Centro de Design e sedes da Secult e do Iphan(foto: Felipe Abud / divulgação)
Estação das Artes Belchior, no Centro de Fortaleza, reúne diversos espaços ligados à Cultura, como Pinacoteca, Centro de Design e sedes da Secult e do Iphan(foto: Felipe Abud / divulgação)

O Complexo Cultural Estação das Artes Belchior, do governo do Estado, será inaugurado nesta quarta-feira, 30 de março, com programação que contará com solenidade oficial. Estarão presentes o governador Camilo Santana, a vice-governadora Izolda Cela e o secretário da Cultura Fabiano Piúba.

Ocupando a área da antiga Estação João Felipe e entorno, o local reunirá a Pinacoteca do Estado do Ceará, o Centro de Gastronomia e Cultura Alimentar, o Centro de Design do Ceará, o Mercado Criativo do Ceará e as sedes da Secretaria da Cultura e do Instituto Nacional do Patrimônio Histórico e Artístico.

De acordo com a Secult, o complexo irá iniciar os trabalhos com uma programação formativa semanal, aos domingos, e o funcionamento dos equipamentos que o compõem será gradual.

No começo do mês, o Vida&Arte apurou que a intenção do Governo do Estado era entregar o equipamento até o final de março, ainda com Camilo Santana à frente do cargo. O governador deixará a função no sábado, 2 de abril, para concorrer ao Senado Federal.

O projeto é um dos principais da ação cultural do governo Camilo. A gênese dele vem, pelo menos, desde 2011, quando ainda na gestão Cid Gomes foi apresentada a ideia de instaurar a Pinacoteca do Estado na área da Praça da Estação. Com o atual govenador, a ideia foi ampliada para o complexo Estação das Artes.

O POVO online Vida & Arte – 17:20 | Mar. 29, 2022 Autor João Gabriel Tréz

Padre João Batista Frota completa 56 anos de sacerdócio

Padre João Batista Frota foi ordenado em Roma, no dia 26 de março de 1966.Foto- Hudson Costa/Arquivo

Monsenhor João Batista Soares Frota está celebrando 56 anos de sacerdócio. Ordenado em Roma, em 26 de março de 1966, Padre João, como é tratado por todos, desenvolve trabalho social, de promoção humana e evangelização na Diocese de Sobral. Em 2011, ele recebeu o Prêmio Nacional de Direitos Humanos, na categoria “Enfrentamento à Pobreza”, concedido pela Presidência da República. Padre João também é escritor, com quatro livros publicados: Marcos de Esperança (1995), Construindo o Amanhã (1997), Procurando as Pegadas de Jesus (2009/2016) e Recados (2018), com uma coletânea de mensagens de paz.

O desejo de servir, a disponibilidade de querer colocar-se como irmão ao lado do povo, para guiá-lo em busca de valores eternos e imutáveis, o espírito de ajuda permanente, são princípios e ideais que marcam a vida do monsenhor João Batista Frota. É profundo conhecedor da alma humana e dos problemas sociais. Sua vida é um testemunho de humildade, fé e trabalho. Tem sempre uma palavra que conforta e um gesto que reanima a esperança.

Sua formação foi aprofundada no Seminário São José em Sobral, no Seminário Maior de Fortaleza e na Universidade Gregoriana de Roma. No curso de Ciências Sociais, em Paris, na França, sistematizou o conhecimento sobre o homem. Nos Kibutz de Israel trabalhou na agricultura, procurando encontrar uma nova maneira de ser padre.

O seu trabalho de irmão consagrado ao serviço dos demais, especialmente dos pobres e dos pequenos, vem contribuindo para a formação de uma comunidade de luta, com melhores condições de vida e fraternidade. Sua atividade pastoral nas paróquias de Santana do Acaraú, Massapê e em Sobral, na zona Norte do Ceará, tem sido marcada de ações que retratam um líder comprometido em construir entre os homens o projeto do Reino de Deus, fazendo da promoção humana a sua evangelização.

Documentário homenageia Ednardo e mostra outras facetas do artista

O filme revela habilidades do cantor como artista plástico, e suas novas canções, além de depoimentos emocionantes de vários artistas e amigos.  — Foto: Reprodução

O filme revela habilidades do cantor como artista plástico, e suas novas canções, além de depoimentos emocionantes de vários artistas e amigos. — Foto: Reprodução

No ano de 2022, um dos maiores nomes da música cearense completa 50 anos de carreira, o cantor e compositor Ednardo. Responsável por sucessos como Pavão Mysteriozo, Terral, Beiramar e Ingazeiras, o artista ganhou uma homenagem do Sistema Fecomércio Ceará

em forma de documentário, lançado no último mês de novembro, durante a Mostra Sesc Cariri de Culturas. “Ednardo – Conectames: Canções & Caminhos” revela habilidades do cantor como artista plástico, e suas novas canções, além de depoimentos emocionantes de vários artistas e amigos.

Ednardo, que assina o roteiro, apresenta o conceito “Conectames”, junção da palavra “conect” ao sufixo “ames” com a proposta de criar e comunicar nas diversas formas de expressão humana e artística, que é um dos caminhos de sua canção. Afeito ao sentimento de coletividade, ele fala através da linha do tempo de sua carreira sobre o Pessoal do Ceará, Massafeira e do show dos 40 anos de carreira que gerou um DVD, com a participação de vários artistas.

O cantor e compositor revela para o espectador sua faceta de artista plástico, entre pincéis, tintas e telas eletrônicas. Entre desenhos e pinturas, conta sua relação com a arte desde a adolescência e como esse interesse se mesclou com sua música. Vários depoimentos de artistas parceiros e amigos queridos pontuam as falas de Ednardo, demonstrando a importância do artista e de sua obra, lembrando de fatos marcantes ao lado dele.

O presidente do Sistema Fecomércio Ceará, Luiz Gastão Bittencourt, ressalta a importância de Ednardo para a cultura do estado: “Creio que nunca houve uma voz que cantou tão bem o Ceará para todo o mundo, músicas que são referências e verdadeiros hinos. Para todo cearense, Ednardo não cantou apenas as dunas brancas ou o sertão florindo, ele cantou o jeito de ser cearense de uma forma humana e universal”.

Ednardo espalha sua música e poesia pelo mundo. E traz consigo a marca da cearensidade, a mesma que faz de sua obra universal.

Veja aqui o documentário completo:

https://youtube.com/watch?v=3rG4JT1HEtg%3Forigin%3Dhttp%3A

Por Sistema Fecomércio – 03/01/2022 18h10  Atualizado há 2 meses

Belchior é perfilado na primeira pessoa em documentário que estreia em abril em festival no Rio

16/03/2022 13h44  Atualizado há 20 horas

Belchior é perfilado na primeira pessoa em documentário que estreia em abril em festival no Rio

Mario Luiz Thompson / Divulgação

♪ Cineastas debutantes na direção de documentário, Camilo Cavalcanti e Natália Dias tentam expor as contradições e o peso da cabeça de Antonio Carlos Belchior (26 de outubro de 1946 – 30 de abril de 2017) no filme Belchior – Apenas um coração selvagem (2022).

Programado para estrear em abril, em sessões agendadas na 27ª edição do festival de documentários É tudo verdade, o filme perfila o artista cearense na primeira pessoa por meio de entrevistas do cantor e compositor – nome destacado na corrente migratória que deslocou artistas nordestinos para o eixo Rio de Janeiro-São Paulo ao longo dos anos 1970, década do apogeu da MPB – e também de letras e poemas de Belchior, declamados no filme pelo ator Silvero Pereira, conterrâneo do artista.

Assinado pelos diretores Camilo Cavalcanti e Natália Dias com Paulo Henrique Fontenelle, o roteiro do filme Belchior – Apenas um coração selvagem é costurado com imagens de arquivo do cantor em momentos diferentes de trajetória artística que contabilizou 40 anos de carreira, se incluído na soma o período seminal na cidade de Fortaleza (CE).

Produção da Clariô Filmes, o documentário começou a ser feito em 2016, com Belchior ainda vivo, embora já sumido e isolado há anos entre o Uruguai e o sul do Brasil.

A trilha sonora de Belchior – Apenas um coração selvagem inclui canções como A palo seco (1973), Paralelas (1975) e Como nossos pais (1976), entre outros sucessos do cancioneiro autoral do compositor.

G1.GLOBO.COM – 16/03/2022 13h44 – Por Mauro Ferreira

Show solidário arrecada fundos em prol da recuperação do músico Tarcísio Sardinha

Reconhecido nos palcos e salas de aula do Brasil,  Tarcísio Sardinha é violonista, cavaquinista, guitarrista, pianista, compositor, arranjador, produtor, diretor musical e professor
Reconhecido nos palcos e salas de aula do Brasil, Tarcísio Sardinha é violonista, cavaquinista, guitarrista, pianista, compositor, arranjador, produtor, diretor musical e professor. Foto: Luiz Alves

Uma rede solidária e carinhosa em prol de um dos grandes nomes da cultura no Ceará. Reconhecido pelo talento nos palcos e salas de aula, mestre Tarcísio Sardinha necessita de apoio para o tratamento de sua saúde. Para ajudar o multi-instrumentista e compositor, o Cineteatro São Luiz promove, com a filha do artista, a também violonista e compositora Bárbara Sena, o show “Amigos do Sardinha”.

No dia 20 de março (domingo), às 18h, o tradicional espaço da arte cearense reúne amigos e amigas de Sardinha, representantes de várias gerações da cena musical do Estado. Todo valor arrecadado com o projeto “São Luiz Solidário” será destinado ao músico.

O maestro Adelson Viana assina a direção musical. Entre os cantores e cantoras participantes, o encontro de importantes nomes da canção. A noite terá Chico Pessoa, Neo Pi Neo, Bárbara Sena, Vannick Belchior, Theresa Rachel, Juruviara, Freitas Filho (também acordeonista), Fernando Rosa, Ciribáh Soares, Lídia Maria, Marina Cavalcante, Ingrid Sales, Gabriela Mendes.

A banda-base contará com Adelson (acordeom e teclado), Eduardo Holanda (violão), Lu D´Sosa (guitarra), Filipe Mota (contrabaixo), Lauro César (cavaquinho), Rômulo Santiago (trombone), Hoto Jr. (percussão) e Pantico Rocha (bateria). Quem não puder comparecer ao evento ou desejar contribuir pode fazer transferência para a chave PIX tarcisiosardinha@gmail.com. 

Hora de união

Responsável pela formação de várias gerações de músicos e musicistas, Tarcísio Sardinha luta contra problemas de saúde que o levaram a ser internado no começo deste ano. A batalha do mestre exige atenção de uma equipe de profissionais de saúde e a situação clínica inspira cuidados.

Diário do Nordeste – Escrito por Antonio Laudenir, laudenir.oliveira@svm.com.br 19:11 / 11 de Março de 2022.

Secult abre inscrições para o Edital Cultura Viva 2022

FORTALEZA, CE, BRASIL, 30.12.2019: Reisado Nossa Senhora da Saude.Varjota.  (Fotos: Fabio Lima/O POVO)(foto: FÁBIO LIMA/O POVO)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 30.12.2019: Reisado Nossa Senhora da Saude.Varjota. (Fotos: Fabio Lima/O POVO)(foto: FÁBIO LIMA/O POVO)

A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult/CE) abriu inscrições gratuitas para o Edital Cultura Viva 2022 na última terça-feira, 15. Com o objetivo de potencializar iniciativas culturais já desenvolvidas em suas comunidades, articular e garantir a disponibilidade de espaços públicos e/ou privados para ações de arte e cultura, o edital deste ano destina R$ 1,5milhão para o setor. Os interessados podem se inscrever até às 23h59min do próximo dia 15 de abril.

Coordenadora de Artes e Cidadania Cultural na pasta, Valéria Cordeiro destaca: “O edital é sobretudo uma oportunidade de contribuir e fortalecer as ações que já são desenvolvidas nos territórios, reconhecendo e valorizando essa atuação dos pontos de cultura de forma descentralizada por todo o Estado e, principalmente, de forma diversificada em seus temas, propósitos e objetos”.

Os recursos do edital são oriundos do Fundo Estadual da Cultura (FEC). Do valor total, R$ 1.481.760 são destinados ao pagamento de projetos selecionados e R$ 18.240, ao custeio da comissão de avaliação e seleção.

Podem concorrer ao fomento pessoas físicas representando os Coletivos Culturais Certificados maiores de 18 anos, nascidas e com domicílio no Ceará ou não nascidas no Ceará, mas com domicílio no Estado há pelo menos dois anos e com atuação comprovada na área cultural há pelo menos 2 dois anos também; e pessoas jurídicas certificadas como Pontos de Cultura, com sede e foro no Estado há pelo menos dois anos.

De acordo com o art. 15 da Lei 13.811/2006, 50% do total de recursos previstos Edital Cultura Viva 2022 devem ser destinados a propostas advindas do interior do Estado. Mais informações pelo e-mail editalculturaviva@secult.ce.gov.br.

As inscrições são exclusivamente on-line. Clique aqui para se inscrever gratuitamente

17:05 | Mar. 16, 2022 Autor O Povo

Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa Oceanos recebe inscrições até 24 de abril

Oceanos - Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa abre inscrições nesta segunda-feira, 14 de março(foto: Fernanda Barros/ Especial Para O Povo)
Oceanos – Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa abre inscrições nesta segunda-feira, 14 de março. (foto: Fernanda Barros/ Especial Para O Povo)

Você publicou uma produção literária no ano passado? O Oceanos – Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa recebe inscrições a partir desta segunda-feira, 14 de março.

Os trabalhos devem ser ter sido escritos originalmente em língua portuguesa em alguns dos gêneros de romance, poesia, conto, crônica e dramaturgia.

Os interessados podem se inscrever até o dia 24 de abril, às 23h59min. As obras devem ser submetidas em formato PDF, no site do Itaú Cultural. O regulamento com mais detalhes também está disponível on-line.

Os livros inscritos serão avaliados por júris internacionais compostos por poetas, professores, críticos e escritores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Os vencedores receberão um prêmio em dinheiro: R$120 mil para o primeiro lugar; R$80 mil para o segundo; e R$50 mil para o terceiro.

O POVO on-line – Vida & Arte – 10:00 | Mar. 13, 2022 Autor Clara Menezes

Projeto oferece cursos gratuitos de música para crianças e adolescentes

Cursos de música acontecem no Theatro José de Alencar(foto: Divulgação)
Cursos de música acontecem no Theatro José de Alencar(foto: Divulgação)

O Projeto Musicou acontece em Fortaleza com o objetivo de oferecer educação musical a jovens. As atividades, que são gratuitas, serão focadas em crianças e adolescentes de 6 a 18 anos.

Os cursos serão: iniciação musical, canto coral, percussão e acordeon. As inscrições começam na próxima segunda-feira, 14 de março, e podem ser realizadas no Theatro José de Alencar ou em formato on-line.

As aulas ocorrerão no contraturno do horário escolar, sempre às terças-feiras e quintas-feiras, das 13h30min às 16h30min.

No total, serão 143 vagas divididas em quatro cursos. Os estudantes não precisam de conhecimento prévio nem possuir instrumentos musicais.

“O objetivo da Sustenidos é levar a nossa experiência cultural, educacional e social para outros lugares fora de São Paulo. E continuar mostrando que a música é um poderoso instrumento de identidade, inclusão e transformação”, ressalta Alessandra Costa, diretora executiva da Sustenidos, em texto divulgado para a imprensa.

Projeto Musicou

Quando: às terças e quintas, das 13h30min às 16h30min

Onde: Theatro José de Alencar, Fortaleza (rua Liberato Barroso, 525 – Centro)

Inscrições: a partir de segunda-feira, 14, no Theatro José de Alencar ou on-line

O POVO online – Vida & Arte – 17:10 | Mar. 09, 2022 Autor Clara Menezes

‘Revisão da vida toda’ volta à estaca zero no STF, após placar favorável a aposentados; entenda

Carteira
 Essa revisão é uma ação judicial para calcular todas as contribuições feitas ao INSS ao longo da vida do contribuinteFoto: Shutterstock

Após 12 dias da decisão favorável, a definição sobre a revisão da vida toda para aposentados pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) volta à estaca zero. Pedido feito pelo ministro Kassio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), fará com que o processo saia do plenário virtual para o físico e todas as etapas recomecem. 

A solicitação ocorre nos últimos minutos para o julgamento da pauta. O processo foi a plenário ainda em junho de 2021, mas teve de ser adiado devido ao pedido de vista do ministro Alexandre de Moraes. No começo da manhã de 25 de fevereiro, contudo, o voto dele foi decisivo, formando maioria favorável à pauta. O placar ficou 6 a 5. 

No entanto, com a nova solicitação desta quarta-feira (9), esse processo recomeça agora de forma presencial.

O presidente da Comissão de Direito Previdenciário e Assistência Social da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE), João Italo Pompeu, explica que todos os processos gerados antes e depois da decisão do último dia 25 deverão aguardar esse novo trâmite. 

“O fato de ser reiniciado pode mudar tudo. Por exemplo, o ministro Celso de Mello, que já se aposentou, não terá mais o voto contado”, inicia.

“Por outro lado, entra o André Mendonça, que poderá ser contrário devido ao impacto estimado em R$ 46 bilhões que essa medida pode gerar ao longo de 10 anos”, avalia.

A “revisão da vida” toda é uma ação judicial para calcular as contribuições feitas ao INSS ao longo da carreira do contribuinte, incluindo aquelas antes da criação do Plano Real, em 1994. 

Quem tem direito 
 

Atualmente, os aposentados que recebem o benefício há menos de 10 anos e possuem contribuições anteriores a julho de 1994.

O ganho viria a partir da inclusão das contribuições previdenciárias anteriores a este período, que acabaram sendo desconsideradas do cálculo durante a concessão da aposentadoria. 

Para quem vale a pena a revisão?
 

A decisão beneficia trabalhadores que tiveram salários maiores no início da carreira em comparação com os anos finais de atividade profissional.

De acordo especialista ouvido pelo Diário do Nordeste, é importante fazer os cálculos primeiro. Em alguns casos, o recálculo pode até dobrar o valor de aposentadorias do INSS, mas também há o risco de reduzi-lo. 
 

Mudança na lei é base para a revisão

Ao fazer a reforma da Previdência em 1999, o governo criou duas fórmulas de cálculos para a média salarial:

  1. Para quem já era segurado do INSS até 26 de novembro de 1999: média salarial calculada sobre 80% das maiores contribuições feitas a partir de julho de 1994;
  2. Para quem começou a contribuir com o INSS a partir de 27 de novembro de 1999: média calculada sobre 80% dos mais altos recolhimentos desde o início das contribuições (sem definir a data de início). 

Período a ser revisado
 

O governo aprovou uma nova reforma da Previdência em 13 de novembro de 2019 e modificou novamente o cálculo da média salarial.

A nova regra diz que, para todos que atingem condições de se aposentar a partir do dia 13 de novembro de 2019, a média salarial é calculada com todas as contribuições a partir de julho de 1994. 

Ou seja, a nova regra é clara quanto ao período das contribuições que entram no cálculo dos benefícios previdenciários pagos pelo INSS.

Por isso, a revisão da vida toda só poderia ser aplicada para quem completou os requisitos para se aposentar até 13 de novembro de 2019.

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 08:20 – 09 de Março de 2022. Atualizado às 08:48NEGÓCIOS

Aluna cearense de 16 anos conclui análise sobre tamanho e luminosidade de 1.400 galáxias

Larissa
Larissa se dedica com maior intensidade à atividade desde que ganhou um computador no início deste ano Foto: Arquivo pessoal

Entre nomes japoneses e norte-americanos, o “clássico” brasileiro Maria surge no topo da lista de uma iniciativa internacional para análise astronômica, como conta a estudante Maria Larissa Pereira Paiva, de 16 anos. A estudante cearense, que já descobriu um asteroide em programa da Nasa, agora é responsável pela classificação de 1.450 galáxias.

Ela faz parte do projeto “Galaxy Cruise”, ou Cruzeiro das Galáxias, do Observatório Astronômico Nacional do Japão (NAOJ na sigla em inglês). São recebidas imagens feitas por uma câmera de alta tecnologia (Hyper Suprime-Cam) com apoio do Telescópio Subaru.

Larissa analisa características como tamanho, luminosidade, formato e comprimento de ondas das galáxias e registra as informações em um software do projeto. Com os dados, é possível até prever alguns fenômenos como a colisão de galáxias.

“Eu fiz um curso e só depois comecei a usar o programa, que vem do observatório nacional do Japão, para pesquisar. Eu recebi o certificado para começar e aprendi a deduzir as informações”, explica a futura astrônoma do Ceará.

O objetivo do Cruzeiro das Galáxias é incentivar a participação dos cientistas cidadãos, sem exigência de formação, na produção de dados. Em conjunto com profissionais, são analisadas informações sobre a interação dos conjuntos de estrelas, gases e matéria escura.

Em Pires Ferreira, cerca de 350 km distante de Fortaleza, Larissa recebe as imagens de galáxias reais em diversos ângulos e preenche dados sobre as particularidades vistas. “É um formulário bem dinâmico, o mais complicado é analisar”, observa.

Mas difícil mesmo foi o período em que ficou sem dar continuidade às atividades na astronomia por falta de equipamento. Depois da repercussão do feito de ter descoberto um asteroide, Larissa ganhou dois notebooks para os estudos. No início deste ano, voltou a analisar com cuidado as imagens encantadoras que recebe.

“Não é só colorido e divertido, porque temos que colocar os filtros. Realmente é uma análise de dados astronômicos que está vindo de um telescópio no Japão”, pondera. A dedicação para o trabalho voluntário também exige esforço na tradução dos textos. No ranking, eu não vi nenhum outro nome brasileiro, estive no topo por muito tempo. Eram só nomes japoneses, alguns ingleses, e o meu estava alí com o clássico Maria Maria Larissa Pereira Paiva Estudante

A estudante entende, na prática, a estrutura e o funcionamento da interação entre os conjuntos de estrelas. “Algumas galáxias elas têm a tendência de colidir, esse processo a gente chama de canibalismo galáctico, quando a gravidade acaba sendo muito intensa. Elas atraem uma a outra”, destaca.

Esse é um exemplo das possibilidades de análise do software treinado pelos participantes do projeto. “Participar deste programa traz muito resultado para mim, porque eu estou tendo acesso a imagens reais de galáxias no universo e eu estou tirando proveito, aprendendo com isso”, avalia.

Conhecimento acumulado no caminho até a entrada em um curso superior na área, que pode acontecer no exterior, como almeja. As possibilidades de se aperfeiçoar fora do País fascinam a cearense. Isso, contudo, não a faz esquecer o grande sonho: ensinar astronomia para crianças.

“Conhecimento não é nada se não for compartilhado”

Quem se dedica à astronomia pode conhecer a cearense como Larittrix, junção de Larissa com Bellatrix – estrela admirada pela estudante devido ao brilho. Integramte do InSpace Group, ela também estabelece parceria com o Planetário Rubens de Azevedo.

Mas trabalho de classificação das galáxias começou há um ano, quando ela recebeu o desafio de escrever um artigo científico. No projeto Meninas e Mulheres das Galáxias, a empolgação despertou o desejo de atuar na área de forma prática.

Com acesso ao computador e o apoio de amigos, como o Leon Lucas, e professores, embarcou na missão. Larittrix já pensa em como envolver mais pessoas, porque “conhecimento não é nada se não for compartilhado”. Quando a gente está entrando na adolescência, que a escola começa a ficar mais complicada, a gente começa a se afastar da Ciência. Eu luto contra isso e sinto que eu posso fazer muito mais Maria Larissa Pereira Paiva Estudante

“Eu quero abrir inscrições para liderar algumas equipes de crianças e adolescentes para dar oportunidade de elas pesquisarem também. Não é tão difícil para uma criança saber dos conceitos”, compartilha sobre a ideia que pretende aplicar nos próximos meses.

Compartilhar o alcance dos estudos com a família também acontece com as aulas que já dá para o irmão menor e o desejo de homenagear a avó Raimunda Alcidia de Paiva, conhecida como Mundinha, na possibilidade de dar nome ao asteroide que descobriu. O processo ainda está em análise.

Diário do Nordeste – VERSO – Escrito por Lucas Falconery, lucas.falconery@svm.com.br 16:05 – 07 de Março de 2022. Ceará

De Quixeramobim para Paris: filme de Halder Gomes estreia em festival francês

Max Petterson e Monique Alfradique compõem o elenco da comédia Bem-vinda a Quixeramobim(foto: divulgação)
Max Petterson e Monique Alfradique compõem o elenco da comédia “Bem-vinda a Quixeramobim”(foto: divulgação)

Nova comédia do cineasta cearense Halder Gomes, o longa-metragem “Bem-vinda a Quixeramobim” terá estreia em abril, dentro da programação do 24º Festival do Cinema Brasileiro de Paris. Com nomes como Edmilson Filho, Max Petterson, Silvero Pereira e Falcão no elenco, a produção é protagonizada por Monique Alfradique. O evento francês, que terá abertura no próximo dia 29 de março, exibirá no total 30 filmes brasileiros.

A comédia cearense, que estreará no evento em 3 de abril, acompanha Aimée, uma empresária rica e esnobe que precisa viajar ao sertão cearense para conhecer uma fazenda que herdou como patrimônio e que pode salvá-la da falência.

Preconceituosa, ela esconde a viagem dos amigos e dos seguidores das redes sociais enquanto passa por um choque de realidade no município. Além do elenco cearense, “Bem-vinda a Quixeramobim” conta também com as participações de Luís Miranda e Chandelly Braz, entre outros nomes.

O filme será uma das produções nacionais exibidas neste ano no 24º Festival do Cinema Brasileiro de Paris, sendo a única cearense da edição. Na seleção do ano, entre longas inéditos ou que já estrearam no Brasil, estão “Deserto Particular”, de Aly Muritiba, “Marighella”, de Wagner Moura, “Medusa”, de Anita Rocha da Silveira, e “Os Primeiros Soldados”, de Rodrigo de Oliveira.

Recentemente, outra obra assinada por Halder Gomes, a série “O Cangaceiro do Futuro”, foi anunciada pela Netflix.

POVO online – Vida & Arte – 12:46 | Mar. 07, 2022 Autor João Gabriel Tréz

Concurso do Metrofor: edital com 150 vagas é publicado; salários vão até R$ 3,7 mil

As inscrições poderão ser realizadas pelo site da Fundação Universidade Estadual do Ceará Foto: Divulgação/Metrofor

O Metrofor lançou edital de concurso com oferta de 150 vagas em áreas para perfis diversos, contemplando nível técnico, superior e médio. O documento foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta sexta-feira (5), detalhando que os salários chegam a R$ 3.731,61.

As inscrições serão realizadas pelo site da Fundação Universidade Estadual do Ceará, responsável pela seleção, a partir de 21 de março. Ao todo, o edital ainda aponta a formação de Cadastro Reserva de até 676 candidatos.

“Vamos ter vagas para a operação do Metrofor, como assistente de condutor, assistente operacional, mas tem também cargos para segurança do trabalho, contador, advogado, engenheiro mecânico, engenheiro eletricista. Enfim, é um concurso bem eclético“, compartilhou o diretor-presidente do Metrofor, Igor Vasconcelos Ponte. 

ÁREAS CONTEMPLADAS

Nível superior

  • Analista de gestão
  • Analista técnico

Nível médio

  • Assistente condutor
  • Assistente controlador de movimento
  • Assistente operacional
  • Assistente segurança
  • Auxiliar operacional

Nível técnico

  • Assistente técnico (segurança do trabalho)

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 18:41 / 05 de Março de 2022.

Criada a Área de Proteção Ambiental Berçários da Vida Marinha em Icapuí

Preservação ambiental
Gestão da APA Berçários da Vida Marinha se dará através de Conselho Consultivo Foto: Eduardo Lacerda (Sema)

O Ceará ganhou, na tarde de ontem (1), mais uma Área de Proteção Ambiental (APA). Desta vez, localizada no município de Icapuí, a área de proteção de vida marinha tem mais de 13 mil hectares e o objetivo de proteger as aves limícolas e os locais de reprodução e alimentação do peixe-boi marinho.

A área batizada de APA Berçários da Vida Marinha, que corresponde a 13.230 hectares total de área entre as APAs da Praia de Ponta Grossa e a do Manguezal da Barra Grande,  é a 34ª do Estado e tem quase 50 mil metros de perímetro.

Para o secretário do Meio Ambiente, Artur Bruno, a iniciativa é importante não apenas para o meio ambiente, mas também para a sustentabilidade e economia do Estado. “Esta é mais uma unidade de conservação para assegurar a proteção dos ecossistemas marinhos que possuem um importante valor ambiental, social e econômico para o Ceará”, pontua. 

Corredor de preservação

Com a assinatura do decreto na última terça-feira (1º), se forma um corredor ecológico costeiro, que segundo o governador do Ceará, Camilo Santana, em suas redes sociais, é  “importante para garantir a preservação de todo o ecossistema local”. 

Além da proteção de aves e locais de reprodução da vida marinha, a APA também busca garantir a sobrevivência da vegetação local e a proteção de animais terrestres e marinhos da região, assim como a redução de efeitos das mudanças climáticas

Atividades permitidas

Por se tratar de uma área de conservação ambiental, o número de atividades econômicas no local ficam reduzidas, permitindo apenas atividades de uso sustentável. 

Na APA Berçários da Vida Marinha, estão permitidas apenas atividades econômicas tradicionais sustentáveis da região, como a pesca e o extrativismo; também fica permitido atividades turísticas voltadas à efetivação do turismo comunitário e sustentável, que tenha como um dos pontos a conservação da cultura dos povos da região.  

Beleza natural 

Localizada no município há 205 km de Fortaleza, a APA Berçários da Vida Marinha guarda belezas naturais características da zona costeira do Ceará. Veja abaixo algumas imagens do local recentemente protegido por lei estadual. 

Diário do Nordeste – Escrito por Isabella Campos, ceara@svm.com.br 14:32 – 02 de Março de 2022.

Estudantes de escolas públicas de Fortaleza vão exibir curta no Cine Ceará

Estudantes da rede pública de ensino em Fortaleza farão uma animação para o 32º Cine Ceará(foto: Divulgação)
Estudantes da rede pública de ensino em Fortaleza farão uma animação para o 32º Cine Ceará(foto: Divulgação)

Estudantes de escolas públicas de Fortaleza apresentarão um curta-metragem no 32º Cine Ceará, que acontece entre junho e julho deste ano. Os alunos, que foram selecionados entre os mais de 200 participantes da primeira fase, produzirão a animação durante um mês de atividades.

O projeto “Compartilha Animação” ocorrerá no Núcleo de Cinema de Animação da Casa Amarela Eusélio Oliveira (Nuca), da Universidade Federal do Ceará (UFC), nos meses de março e abril.

Os selecionados terão aulas teóricas e práticas, além de acesso aos equipamentos e programas de computador utilizados em estúdios cinematográficos.

A temática da produção audiovisual será sobre a segurança e os cuidados com a rede elétrica. Durante a ação desenvolvida pela Enel, o trabalho terá até cinco minutos e contará com orientação do professor de animação Clayton Bochecha.

Filme será apresentado na noite de abertura do 32º Cine Ceará, marcado para acontecer de 25 de junho a 1º de julho, no Cineteatro São Luiz.

O POVO online – 20:44 | Mar. 02, 2022 Autor Clara Menezes

Detran-CE realiza leilão virtual de veículos nos dias 3 e 4 de março; veja como participar

Veículos
Detran-CE faz leilão virtual de veículos nos dias 3 e 4 de março. Foto: Divulgação Detran-CE

O Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE) realizará na quinta-feira (3) e sexta-feira (4) um leilão público 100% virtual de veículos, entre carros, motocicletas e sucatas. Serão ofertados 588 lotes. Os lances iniciais serão de R$ 50,00 até R$ 3 mil. 

A visitação presencial será possível nesta quarta-feira (2), de 8h às 17h, no pátio do leiloeiro, a Montenegro Leilões, respeitando os protocolos sanitários exigidos.

COMO PARTICIPAR 

Qualquer pessoa pode participar, seguindo os critérios dispostos no edital do certame, mas antes é preciso se inscrever no site da Montenegro Leilões. Os lotes de sucata, no entanto, só podem ser arrematados por sucateiros em pessoa jurídica, e cadastrados previamente no Detran-CE.

VEÍCULOS APREENDIDOS

O leilão incluirá veículos apreendidos por circularem irregularmente em via pública até outubro de 2021 e que já estavam em procedimento de leilão, removidos ao pátio do Leiloeiro Oficial. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) determina que órgãos de trânsito façam leilão de veículos apreendidos, quando não são resgatados pelos proprietários em 30 dias.

O arrematante receberá o veículo adquirido sem nenhum débito anterior ao leilão, sendo de sua responsabilidade efetuar apenas o mesmo procedimento de um veículo comprado em concessionária, como taxa de transferência, confecção de placas, entre outros.

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 14:55 / 01 de Março de 2022. 

STF decide que aposentados do INSS têm direito à revisão da vida toda; veja quem tem direito

Carteira
Essa revisão é uma ação judicial para calcular todas as contribuições feitas ao INSS ao longo da vida do contribuinteFoto: Shutterstock

Aposentados pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) agora terão direito a recalcular os valores previdenciários “da vida toda”, conforme decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), durante plenário virtual, na manhã desta sexta-feira (25). As informações são da Folha de S. Paulo

O processo foi a plenário ainda em junho de 2021, mas teve de ser adiado devido ao pedido de vista do ministro Alexandre de Moraes. No começo da manhã de hoje, contudo, o voto dele foi decisivo, formando maioria favorável à pauta. O placar ficou 6 a 5. 

A “revisão da vida” toda é uma ação judicial para calcular as contribuições feitas ao INSS ao longo da carreira do contribuinte, incluindo aquelas antes da criação do Plano Real, em 1994. Com a decisão do STF de hoje, os processos já abertos avançarão.

Quem tem direito 

Os aposentados que recebem o benefício há menos de 10 anos e possuem contribuições anteriores a julho de 1994.

O ganho viria a partir da inclusão das contribuições previdenciárias anteriores a este período, que acabaram sendo desconsideradas do cálculo durante a concessão da aposentadoria. 

Para quem vale a pena a revisão?

A decisão beneficia trabalhadores que tiveram salários maiores no início da carreira em comparação com os anos finais de atividade profissional.

De acordo especialista ouvido pelo Diário do Nordeste, é importante fazer os cálculos primeiro. Em alguns casos, o recálculo pode até dobrar o valor de aposentadorias do INSS, mas também há o risco de reduzi-lo. 

Mudança na lei é base para a revisão

Ao fazer a reforma da Previdência em 1999, o governo criou duas fórmulas de cálculos para a média salarial:

  1. Para quem já era segurado do INSS até 26 de novembro de 1999: média salarial calculada sobre 80% das maiores contribuições feitas a partir de julho de 1994;
  2. Para quem começou a contribuir com o INSS a partir de 27 de novembro de 1999: média calculada sobre 80% dos mais altos recolhimentos desde o início das contribuições (sem definir a data de início). 

Período a ser revisado

O governo aprovou uma nova reforma da Previdência em 13 de novembro de 2019 e modificou novamente o cálculo da média salarial.

A nova regra diz que, para todos que atingem condições de se aposentar a partir do dia 13 de novembro de 2019, a média salarial é calculada com todas as contribuições a partir de julho de 1994. 

Ou seja, a nova regra é clara quanto ao período das contribuições que entram no cálculo dos benefícios previdenciários pagos pelo INSS.

Por isso, a revisão da vida toda só poderia ser aplicada para quem completou os requisitos para se aposentar até 13 de novembro de 2019.

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 09:12 – 25 de Fevereiro de 2022. 

Uece lança edital de matrícula para candidatos que optaram por ingresso pelo Enem

Campus Itaperi, da Universidade Estadual do Ceará (Uece). Foto-Arquivo

A Universidade Estadual do Ceará (Uece) divulga edital de matrícula, do período letivo 2022.1, voltado para os candidatos que optaram pela seleção por meio da nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O candidato concorrerá a uma vaga no curso escolhido (sujeito à disponibilidade de vagas no curso), utilizando a nota de uma das duas últimas edições do Enem, desde que tenha feito todas as provas da edição indicada, não tenha zerado em nenhuma das provas objetivas e tenha alcançado, no mínimo, 200 pontos na prova de redação. As vagas ofertadas serão preenchidas pelos candidatos com as maiores notas.

Nesta sexta-feira, 25 de fevereiro, a partir de 13h, será disponibilizado o quadro de vagas, no site https://ingressantesenem.uece.br.

Nos dias de 25 e 28 de fevereiro, o candidato que pretende ingressar nos cursos de graduação da Uece com a nota do Enem deverá acessar o mesmo site e preencher o cadastro, informando todos os dados solicitados, e imprimir o comprovante.

Em 4 de março, o candidato deverá verificar o resultado de sua intenção de matrícula e conferir se foi convocado para a Primeira Chamada dos Ingressantes Enem, a partir das 13h.

No dia 13, o candidato convocado na primeira chamada deverá realizar sua solicitação de matrícula na Plataforma SIGMA, das 8h às 16h, através do site https://sigma.uece.br, acessando-a com o número de seu CPF e a sua data de nascimento.

No dia 9 de março, o candidato não convocado na primeira chamada dos ingressantes Enem poderá verificar o site https://ingressantesenem.uece.br e ver se foi convocado na Segunda Chamada, caso persistam vagas remanescentes.

Leia o edital completo para saber as demais datas e orientações

Com informações do Portal da Uece – 23 fevereiro 2022

UFC inscreve para nova turma de mestrado em Engenharia Agrícola até 4 de março

Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC), em Fortaleza.Foto-Arquivo

O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola (PPGEA) da Universidade Federal do Ceará divulgou o Edital nº 01/2022 com a abertura de inscrições, no período de 17 de fevereiro a 4 de março, para sua nova turma de mestrado. O processo seletivo prevê o preenchimento de até seis vagas nas áreas de concentração de Irrigação e Drenagem; e Manejo e Conservação de Bacias Hidrográficas no Semiárido.

As inscrições deverão ser efetuadas por meio do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA), anexando a documentação exigida pelo edital dentro do prazo estabelecido. O processo seletivo ocorrerá remotamente em duas etapas: avaliação de projeto de pesquisa com arguição por meio de webconferência, de cunho eliminatório; análise de currículo e do histórico escolar, de caráter classificatório.

Mais informações sobre documentação exigida, cronograma e critérios de seleção podem ser obtidas no edital, no site do programa e através do e-mail ppgeainforma@ufc.br.

Fonte: Portal da UFC/ Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola da UFC – e-mail: ppgeainforma@ufc.br

Amelinha entrega mensagem de amor em disco versátil e repleto de canções inéditas

Novo trabalho passeia pelo jazz , blues e arranjos que flertam com a música pop
Novo trabalho passeia pelo jazz , blues e arranjos que flertam com a música pop Foto: Marcello Castelo Branco

“Eu guardei tudo em segredo. Mas agora vou dizer”. É com este recado que Amelinha inicia o repertório de “Todo Mundo Vai Saber”. Ícone da canção brasileira, a cantora celebra a chegada de um disco repleto de composições inéditas e muita história para contar.  

Gravado há 10 anos, o álbum estava muito bem guardado, na espera do instante ideal de chegar até o público. As 12 músicas do novo trabalho são assinadas pelos cearenses Caio Silvio e Ricardo Alcântara.  

Além dos conterrâneos, Amelinha contou com a produção de Robertinho de Recife e um time de músicos de primeira. “É um filho. Um nascimento de algo que aconteceu de forma natural”, descreve em entrevista. 

A memória da cantora nos leva até 2007. Durante uma das muitas passagens pela Fortaleza querida, aconteceu o reencontro com Caio Silvio. “Ele me disse, olha eu estou com umas músicas…”, faz questão de pontuar a intérprete.

A poesia de Caio Silvio já fazia parte do universo sonoro de Amelinha. É o caso da composição “Sertão da Lua”, gravada no LP “Romance da Lua Lua” (1983). Em 2022, a obra ganhou nova roupagem e pode ser apreciada em “Todo Mundo Vai Saber”.  

Após ouvir e se encantar com o material apresentado, a cearense entendeu ser preciso a ponte com o amigo Robertinho. As gravações, descreve, aconteceram em meio à tranquilidade do estúdio criado pelo pernambucano no Rio de Janeiro. “Ele é um mago. Fez tudo, só não masterizou”, contabiliza e se diverte. 

Em família 

“Todo Mundo Vai Saber” ilumina temas como a noite da metrópole, o sertão, o desejo, amor e a solidão. Tem jazz, blues, MPB e arranjos que flertam com a música pop. Para costurar essa mistura de influências, as sessões contaram com Chico Chagas (acordeom), Francisco Casaverde (teclados e programação de bateria), Jorge Helder (baixo), Luiz Antônio (teclados), Mingo Araújo (percussão) e Pantico Rocha (bateria). 

Diário do Nordeste – Escrito por Antonio Laudenir, laudenir.oliveira@svm.com.br 15:00 / 22 de Fevereiro de 2022.

Sefaz-CE convoca aprovados em concurso para auditor

fotografia
 Sede da Sefaz-CE, em Fortaleza. Foto: Fabiane de Paula

VICTOR XIMENES

Após a homologação do concurso público para auditor fiscal, a Secretaria da Fazenda do Ceará (Sefaz-CE) convocou os aprovados no certame. A medida consta no Diário Oficial do Estado (DOE).

A publicação convida os futuros auditores a comparecer à Célula de Gestão de Pessoas (CEGEP) da Coordenadoria de Gestão de Pessoas (COGEP), na sede da Secretaria da Fazenda, em Fortaleza, no prazo 10 dias.

O concurso teve 94 vagas, com salário inicial de R$ 16.045,30 para uma jornada de 40 horas semanais. Os cargos foram: 

  • 50 para Auditor Fiscal;
  • 20 para Auditor Fiscal Jurídico;
  • 13 para Auditor Fiscal Contábil-Financeiro;
  • 11 para Auditor Fiscal de Tecnologia da Informação.

O certame foi o primeiro da Sefaz-CE em 15 anos.

Diário do Nordeste – Escrito por Victor Ximenes, 10:00 / 22 de Fevereiro de 2022.

Defensoria Pública do Ceará lança concurso público com 60 vagas; salário é de R$ 26 mil

Prova
Publicado edital de concurso para Defensoria Pública Geral do Estado do Ceará (DPCE) Foto: Shutterstock

A Defensoria Pública Geral do Estado do Ceará (DPCE) publicou nesta segunda-feira (21) o edital de seu novo concurso público para a Entrância Inicial da carreira de defensor público do Estado, com 60 vagas disponíveis.

As inscrições serão iniciadas às 10 horas do próximo dia 3 de março de 2022 e seguirão até 14 horas de 5 de abril de 2022, exclusivamente pelo site da Fundação Carlos Chagas, organizadora do certame. 

A remuneração de um Defensor Público de Entrância Inicial no Ceará é de R$ 26.127,17segundo o portal da transparência do Estado.

Podem concorrer candidatos com diploma de bacharel em Direito, devidamente registrado e fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e na data do pedido de inscrição definitiva, além de ter dois anos, pelo menos, de prática forense. 

Etapas do concurso

O certame terá quatro fases, sendo a primeira a aplicação da prova escrita objetiva; a segunda a aplicação de provas escritas dissertativas; a terceira será a aplicação de prova oral, todas de caráter eliminatório e classificatório; A última fase consistirá na apresentação e avaliação dos títulos.

A prova escrita preliminar objetiva está prevista para ocorrer no dia 5 de junho de 2022, e a prova escrita discursiva, que acontece em dois dias, previstas para os dias 30 e 31 de julho.

A data prova oral ainda será definida pela Comissão Organizadora do Edital. Os candidatos aprovados nesta fase deverão apresentar os títulos para a última etapa do certame. 

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 19:07 / 21 de Fevereiro de 2022.