Archive for 8 de setembro de 2011

Governador Cid Gomes representa o Brasil em Cabo Verde

             

A designação do governador Cid Gomes partiu da presidente Dilma. Foto - Iana Soares

O governador Cid Gomes vai representar o Governo Brasileiro na posse do novo presidente de Cabo Verde, na África, nesta sexta-feira, 9. O evento será em Praia, capital do país. A designação partiu da presidente Dilma Rousseff.

               Segundo a assessoria do Governo do Estado, o Governo mantém laços comerciais e culturais com Cabo Verde, dentre eles, estão o comércio têxtil e a recente implantação da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, no município de Redenção.

             Cid Gomes viaja na noite desta quinta-feira, 8, e retorna ao Ceará na sexta-feira, 9.

             O novo presidente caboverdiano é o advogado Jorge Carlos Fonseca, de 60 anos. Ele é o quarto chefe de Estado em 36 anos de História do país, após Aristides Pereira (1975/91), Antônio Mascarenhas Monteiro (1991/2001) e Pedro Pires (2001/11).

 Fonte: O POVO Online

 

 

Completa um mês a greve do IFCE em Sobral

           

Greve dos professores e dos técnico-administrativos do Campus de Sobral. Foto - Divulgação

  A greve dos professores e dos técnico-administrativos do Campus de Sobral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) completa um mês, nesta quinta (08). Para celebrar a data, os servidores realizarão uma manifestação pública, às 19h, no Arco do Triunfo, em Sobral.

            A paralisação nacional é encabeçada pelo Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica Profissional e Tecnológica e já atinge 70% da rede federal de ensino. São 61 institutos e 225 campi em greve por tempo indeterminado. “A greve não tem por objetivo prejudicar os alunos nem a comunidade, mas caracteriza-se como um instrumento para exigir-se que sejam respeitados os direitos dos servidores”, informa Luiz Alcides Picanço, do Comando de Greve do IFCE – Campus Sobral.

            Eles reivindicam a retirada de três projetos de lei (PL) que tramitam na Câmara Federal. O primeiro deles (PL Nº549/2009) congela até 2019 os investimentos no serviço público, inclusive salários dos servidores. O PL Nº248/98, por sua vez, possibilita a demissão de servidores públicos. Já PL 1992/2007 institui o regime de previdência complementar para os servidores federais.  

            Além disso, reivindicam um reajuste salarial de 15% relativo às perdas da inflação, a discussão de um plano de carreira para os profissionais da educação e a realização de novos concursos. “Independente da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), quando o Governo Federal quiser, ele pode propor um acordo. Um exemplo disso é o aumento concedido ao Judiciário após o 31 de agosto”, acrescenta Luiz Alcides Picanço.  

 Negociações

             A greve foi deflagrada após cinco meses de negociações frustradas com o Ministério do Planejamento e Orçamento (MPOG). Os diálogos com o Governo Federal foram retomados após intervenção do Presidente do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), professor Cláudio Ricardo Gomes de Lima. O Ministério da Educação (MEC) reuniu-se três vezes com sindicato nacional. No entanto, o MPOG mantém uma postura intransigente e não sinalizou nenhuma proposta de acordo com os servidores. 

 

José Linhares defende dois salários para idoso com 100 anos

Deputado federal Padre José Linhares (PP-CE) é sobralense. Foto - Arquivo

O deputado federal Padre José Linhares apresentou, na Comissão de Seguridade Social e Família, parecer favorável ao PL 4.400/2008, de autoria do Senado, que Altera a Lei nº 10.741, de 1º de outubro de 2003 (Estatuto do Idoso) para estabelecer a concessão de dois salários mínimos de benefício mensal ao idoso carente com 100 anos ou mais.

Segundo o parlamentar, “a medida proposta, que trará um aumento não considerável aos gastos públicos, confere mais dignidade a esses cidadãos que alcançaram uma idade que apenas diminuta parcela da população brasileira consegue atingir. Não há como negar que, no estágio final da vida aumentam as necessidades de cuidado e de dependência que nem sempre podem ser supridas por familiares. Assegurar, portanto, aos idosos carentes com 100 anos ou mais, uma existência com mais dignidade revela a importância e a relevância social do Projeto de Lei em análise”.

 

setembro 2011
S T Q Q S S D
« ago   out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930