Archive for 23 de setembro de 2011

Hospital César Cals realiza primeira cirurgia fetal do Ceará

Andréa Capistrano da Silva, 33 anos, grávida de gêmeos, passou por uma cirurgia que interrompeu uma ligação sanguínea entre os dois fetos. Foto – Natinho Rodrigues/DN

Na madrugada do dia 22 de setembro, foi realizada  em Fortaleza, no Hospital Geral Dr. César Cals,  a primeira cirurgia fetal do Ceará. O procedimento, que contou com a participação de médicos de São Paulo e do Ceará, é realizado com o feto ainda na barriga da mãe. 

 O problema na gravidez de gêmeos de A.C.S. foi detectado com um exame de ultrassonografia realizado no próprio HGCC, durante o pré-natal. Os dois bebês mantinham uma ligação na qual um gêmeo passava sangue para o outro, tornando-se anêmico e com baixo peso. Além disso, o outro bebê passava a apresentar sinais de insuficiência cardíaca.

De acordo com o médico obstetra do Serviço de Medicina Fetal do HGCC, Everardo Guanabara, a cirurgia era o procedimento indicado para salvar as crianças, permitindo assim que a gestação transcorresse de maneira saudável para a mãe e para os bebês. Durante o procedimento, a ligação entre os dois fetos foi cortada, impedindo a passagem de sangue. “Se o procedimento não tivesse sido realizado, pelo menos um dos fetos morreria, quando não os dois. E se houvesse um sobrevivente, este poderia apresentar sequelas neurológicas, podendo chegar a uma paralisia cerebral”, explica o obstetra.

 Agora, após a cirurgia, os bebês passam a se desenvolver de forma independente. A mãe será acompanhada semanalmente para que a gestação seja monitorada e não aconteçam outras complicações.

Projeto sobralense será aplicado em todo o Brasil

Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, durante visita a Sobral conheceu o projeto Trevo de Quatro Folhas. Foto - Arquivo

O programa Trevo de Quatro Folhas de mães cuidadoras que ajudam mães e crianças carentes em risco e que não têm apoio familiar vai ser aplicado em todo o país, começando pelo Nordeste, especialmente em municípios onde a mortalidade infantil é mais alta, informou na sexta-feira (23) a coordenadora de um concurso promovido pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), María Elisa Bernal, para selecionar iniciativas empreendedoras em inovação social que inspiraram políticas públicas regionais.

Implantado em 2001, no município de Sobral, no Ceará, o programa Trevo de Quatro Folhas conta com a participação das chamadas mães sociais, que são mulheres da própria comunidade com a função de acompanhar mães e crianças em risco e sem o apoio da família. Elas recebem capacitação como cuidadoras nas residências ou hospitais e trabalham para promover saúde, prevenir complicações e partos prematuros, além de dar apoio à amamentação e trabalhar pelo fortalecimento da autoestima das mulheres e dos vínculos familiares.

Segundo a representante do Trevo de Quatro Folhas, Francisca Júlia dos Santos Souza, os trabalhos do grupo começaram com o apoio às mães carentes que não tinham com quem deixar seus filhos quando davam à luz a outro bebê.

Cepal

A Cepal selecionou 25 projetos entre 4.800 inscritos. Eles serão detalhados numa publicação da comissão que será difundida com o objetivo de replicar os programas em diversas regiões. As características dos projetos são a alta participação da comunidade, os baixos custos de implementação e o objetivo de superar a pobreza e a desigualdade, em países como o Haiti, Belize, o Peru, Chile, a Bolívia, Colômbia, Argentina e o Brasil.

Fonte: Portal Verdes Mares

Teodoro quer ampliação da carga horária do ensino estadual

Deputado Professor Teodoro (PSDB) na tribuna da Assembleia. Foto - Divulgação

O deputado Professor Teodoro (PSDB) comunicou na sexta-feira (23/09), em sessão plenária, que apresentou projeto de lei defendendo a ampliação em 25% do número de aulas da rede estadual de ensino. A ideia é passar de quatro horas diárias para cinco, como já ocorre nas escolas privadas.Conforme justificou, a proposta vai melhorar o desempenho dos alunos. “Quanto mais estudo, mais aula, melhor a performance do aluno”, argumentou.

Ele lembrou que esta também é a intenção do Ministério da Educação. O ministro Fernando Haddad afirmou que o Governo Federal trabalha com a ampliação máxima de 20 dias letivos no ano. “Isso não teria impacto na carreira do professor, que tem 30 dias de férias por ano, além de 15 dias de recesso. Mas não está descartada a possibilidade de, ao mesmo tempo, aumentar o número de horas por dia e de dias letivos por ano”, disse.

“Isso representa um beneficio enorme e vai sinalizar que cada vez mais precisamos colocar as crianças mais tempo na sala de aula”, afirmou. Segundo observou, o objetivo é caminhar em sentido à escola de tempo integral, uma vez que vai proporcionar ao estudante mais tempo para estudar, ler e pesquisar, possibilitando condições de prepará-lo melhor na escola de educação básica para entrar na universidade.

 

Professores do Ceará decidem manter greve

Professores da rede estadual de ensino estão em greve desde o dia 5 de agosto. Foto - Arquivo

Os professores estaduais do Ceará decidiram, em assembleia na manhã de sexta-feira (23), no ginásio Aécio de Borba, em Fortaleza, manter a greve da categoria. De acordo com o Sindicato dos Professores do Estado do Ceará (Apeoc), a maioria dos cerca de 1.500 profissionais presentes votou a favor da continuidade da greve. Na quinta-feira (22), o Governo do Estado apresentou uma nova proposta aos professores que foi levada para discussão.

A greve dos professores estaduais do Ceará completa 50 dias. Segundo o sindicato, o grupo que votou por continuar a greve defende que o Governo do Estado deve negociar com os professores mesmo que a categoria esteja parada. Uma nova assembleia será realizada na próxima sexta-feira (30), de acordo com o sindicato dos professores.

O sindicato pede um plano de cargos e carreiras e o cumprimento da Lei Federal do Piso. Os professores pedem que a aplicação do piso atinja todos os integrantes da carreira, sejam profissionais de nível médio, graduados ou pós-graduados.

Fonte: G1 CE

Santa Casa na Campanha Nacional de Doação de Órgãos

Santa Casa de Sobral é referência na captção de órgãos para transplante no Ceará. Foto - Arquivo

No período de 26 a 29 deste mês, a Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS), através da Comissão de Organização de Procura de Órgão e Tecidos (OPO), estará realizando a Semana do Doador, em comemoração a XIII Campanha Nacional de Doação de Órgãos e Tecidos, realizada em todo País.

A abertura do evento acontece na segunda-feira, dia 26, a partir das 9h, no Auditório Dr. Pessoa no próprio hospital. A programação da campanha contempla várias atividades durante a semana, como palestras e seminários, divulgação na mídia local, além de mobilizações nos cursos das universidades federal e estadual (UFC e UVA), bem como momentos de sensibilização no Boulevard do Arco e no Beco do Cotovelo.

 O objetivo da Semana do Doador na SCMS é sensibilizar a população sobre a importância da doação de órgãos e tecidos, além de divulgar as atividades desenvolvidas no hospital, que hoje é referência na zona Norte na captação de órgãos e transplante de córnea.

2011 tem a pior epidemia de dengue da história do Ceará

Aedes Aegypti. mosquito transmissor da Dengue. Foto - Arquivo

No Ceará, 2011 já figura como o ano de maior epidemia de dengue em número de casos em 25 anos, desde quando a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) deu início à série histórica da doença. Os registros passaram de 47.789, em 1994, para 49.017, em 2011. No último boletim epidemiológico da dengue, a Sesa confirmou 47.763 casos da doença em 175 dos 184 municípios do Ceará, mas com os casos de Fortaleza, que foram 1.254 nesta semana, esse número vai para 49.017 registros.

Entre a semana passada e esta, a Capital passou de 28.240 para 29.494 dos totais confirmados, independente dos registros mensais. As informações foram retiradas da comparação entre os boletins da Sesa, do dia 16 de setembro, e o relatório da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), desta semana. Os números não querem dizer, no entanto, que sejam casos novos, mas os que só agora foram confirmados, já que o laudo de comprovação da doença demora entre 30 e 60 dias para sair. Foram 24 óbitos em Fortaleza.

O coordenador de Promoção e Proteção à Saúde da Sesa, Manoel Fonseca, esclarece que, em 2011, o Ministério da Saúde mudou a notificação dos casos, que hoje não é feita apenas com a sorologia positiva, mas a confirmação é também feita por critério epidemiológico, daí o aumento no número de casos.

Fonte: Diário do Nordeste

setembro 2011
S T Q Q S S D
« ago   out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930