Archive for 12 de outubro de 2011

Menino de 12 anos comanda programa de rádio no Cariri

Alan Cardoso, na FM Casa Grande: ''Toco de tudo, mas não deixo de colocar reggae'' . Foto: Fundação Casa Grande/Divulgação

O Dia das Crianças para Alan Cardoso dos Santos será de brincadeiras, mas também de muita responsabilidade. Na quarta-feira 12, o menino interrompe os festejos pela data às 14h para comandar o Som na Rua, programa que ele apresenta na rádio Casa Grande FM, de Nova Olinda, no Cariri (Ceará). “Aqui posso brincar e aprender coisas novas”, diz ele, que se diverte com os compromissos de adulto.

A emissora pertence a uma ONG (a Fundação Casa Grande) que mantém um museu e atende a 60 crianças  – entre elas Alan – com programas sobre história, comunicação, arte e turismo. Na Fundação, que funciona desde 1992, os pequenos aprendem, produzem e transmitem conteúdo.

O garoto produz e apresenta o Som da Rua há seis meses. Em duas horas diárias de programa, Alan seleciona músicas de vários gêneros sem dispensar as preferências. “Toco de tudo, mas nunca deixo de colocar reggae”, confessa.

Alan também é guia do museu Memorial do Homem Kariri, gerente da Gibiteca (biblioteca de gibis) e integrante da equipe técnica do teatro da ONG, o Violeta Arraes. Para cumprir toda a agenda, durante a semana Alan fica meio período na Fundação por causa das aulas.  

Fonte: G1 CE

Marcha contra corrupção reúne ‘caras-pintadas’ em Fortaleza

             

Manifestantes protestaram em meio a músicas como 'Brasil' e 'Para não dizer que eu não falei de flores'. Foto - André Teixeira/G1

A Marcha contra a Corrupção de Fortaleza, evento promovido por meio de redes sociais e realizado na tarde de quarta-feira (12), reuniu cerca de 500 pessoas, segundo os organizadores. Em um trio elétrico, pessoas cobraram a aplicação da Lei da Ficha Limpa, melhorias na saúde, educação e segurança. Em seguida, marcharam da Praça da Imprensa até o Parque Urbano do Cocó, em um trajeto de cerca de meio quilômetro, ao som de músicas como “Brasil”, “Para não dizer que eu não falei de flores” e o Hino Nacional Brasileiro.

            “A gente está querendo que a sociedade do Ceará discuta a questão da corrupção. A corrupção é o câncer desse país, são recursos desviados para o que seria usado na educação, saúde e segurança. Hoje a gente sai de casa com medo de ser assassinado na esquina”, diz Teixeira Neto, um dos organizadores do evento.

            A Marcha Contra a Corrupção de Fortaleza foi organizada por meio de redes sociais, como Facebook e Twitter, e contou principalmente com jovens entre os participantes. “O povo está indo nas ruas nos países árabes e estão derrubando governo que estavam há 20, 30 anos no poder. E os instrumentos são as redes sociais”, avalia Teixeira.

                   O estudante de história Raimundo Tavares, 22 anos, ficou sabendo do evento por meio de redes sociais e convidou os amigos para participar. “É bom saber que as pessoas, os estudantes principalmente, estão revoltados com a corrupção e a impunidade. Foram desviados mihões no ‘escândalo dos banheiros’ e ninguém foi punido”, protesta o aluno.

                O escândalo dos banheiros é o suposto esquema de corrupção que desvia dinheiro que seria usado para construção de banheiros populares. De acordo com o Tribunal de Contas do Estado do Ceará, R$ 16 milhões foram desviados com o esquema.

              Os estudantes que participaram da Marcha contra a Corrupção em Fortaleza estavam com os rostos pintados, em referência ao movimento “Caras-pintadas”, em que jovens pediram o impeachment do então presidente do Brasil Fernando Collor.

 

Fonte: G1 CE

Camocim é uma das áreas cotadas a receber estaleiro

              

Camocim é uma das opções para instalação de estaleiro no Ceará. Foto - Divulgação

Camocim é uma das cinco áreas que poderão vir a receber um dos três estaleiros que ainda serão construídos no País. A praia, de acordo com fonte ligada à Transpetro que não quis identificar-se, está incluída em estudo elaborado pela estatal, e entregue ao governador Cid Gomes na segunda-feira, dia 10,  para a identificação de possíveis espaços adequados a receber um empreendimento deste porte no litoral cearense.

   Exclusão

               Fortaleza sequer foi incluída no levantamento da estatal justamente pela polêmica do Estaleiro Promar Ceará, que dominou a agenda política do 1º semestre de 2010 devido ao embate político entre Cid, a favor do projeto; e da prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, que se posicionava contra por já ter um projeto para a área do Serviluz, a qual, em 2010, era a única opção à indústria.

               “A Transpetro apresentou ao governo do Ceará estudo sobre possíveis locais para a instalação de um estaleiro no estado, com exceção de Fortaleza. O estudo apontou cinco alternativas. A escolha da melhor área será feita pelo governo do estado”, posicionou-se em nota a Transpetro .

           Atualmente, o País precisa de mais um estaleiro de grande porte e dois de tamanho médio para dar conta das encomendas que devem ser feitas, especialmente para a exploração do pré-sal. O Brasil possui a quinta maior carteira de navios do mundo e a quarta maior de petroleiros; e a frota ainda deve dobrar até 2020.

Professor Teodoro explica filiação partidária ao PSD

           

Deputado Professor Teodoro (PSD) na tribuna da Assembleia. Foto - Arquivo

O deputado Professor Teodoro (PSD) se pronunciou na terça-feira (11/10) na Assembleia Legislativa, para explicar as razões que o levaram a deixar o PSDB. Segundo ele, o atual Governo está adotando as mesmas diretrizes tucanas e, portanto, a troca de legenda não teria o caráter ideológico, mas apenas uma questão de acomodação partidária, uma vez que a sigla do PSDB no Legislativo se diz atualmente oposição ao Executivo.

              O parlamentar fez um relato sobre a história dos partidos políticos, que remonta ao século XIX, tendo por objetivo fazer a intermediação entre a sociedade e o estado. Porém, ao longo dos anos, segundo Teodoro, esse papel foi sendo esquecido, notadamente no Brasil, onde há 29 siglas partidárias absolutamente semelhantes entre si. “Fazemos a intermediação do eleitor com o Poder Legislativo, transformando os anseios da comunidade em leis e beneficiando o dia a dia da sociedade”, acentuou.

                Porém, o papel dos partidos políticos, na opinião de Teodoro vem sendo desviado desde os anos 1960. Ele diz que constatou que os partidos estavam a margem da vida societária. “Não acompanharam a evolução da sociedade. Por isso, surgiram movimentos, como o estudantil de maio de 1968, que criticavam a ação dos partidos, porque não havia mais essa intermediação”, frisou.
          Para o parlamentar, não há necessidade de tantos partidos no Brasil, por isso agora precisamos de uma reforma política. “Sempre que se aproximam das eleições luta-se por uma reforma e ela não sai. Urge mais que nunca uma reforma”. Para Teodoro, seis ou oitos partidos poderiam representar todos os pensamentos da sociedade.

                 Teodoro defendeu que todos os partidos tenham uma ideologia. “Todos os projetos sociais dos tucanos continuam no Governo, houve mudança no poder só de ordem eleitoral, por isso tomei a decisão de me filiar ao PSD, dando continuidade a um projeto da social democracia.

Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa

Isenção de IPVA para portadores de deficiência

O governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), autorizou na terça-feira (11), Dia do Deficiente Físico, a isenção do pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para portadores de deficiência física.

De acordo com o Governo do Estado, o benefício será válido a partir de 2012. No Ceará, os portadores de deficiência física já são isentos do pagamento do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) desde dezembro de 2001.

A medida deve beneficiar 7.010 pessoas cadastradas no Departamento de Trânsito do Ceará (Detran) como deficientes físicos e têm a carteira nacional de habilitação. De acordo com o Detran, desse total, 3.472 têm visão em apenas um dos olhos, e devem receber a isenção do IPVA em 2012.

A matéria está sendo elaborada pela Procuradoria Geral do Estado (PGE) e em seguida deve ser votada na Assembleia Legislativa do Ceará para ser votada. O governador Cid Gomes pediu urgência da votação da matéria. Para ter a isenção, o contribuinte deve ter notificação na carteira nacional de habilitação de que é portador de deficiência física e dirige em condições especiais.

Fonte: G1 CE

outubro 2011
S T Q Q S S D
« set   nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31