Archive for 20 de outubro de 2011

Familia,educação e juventude em debate na Assembleia

             

O bispo de Camaçari, na Bahia, dom João Carlos Petrini, proferiu palestra na Assembleia Legislativa. Foto - Divulgação AL

O bispo de Camaçari, na Bahia, dom João Carlos Petrini, proferiu, na tarde de quarta-feira (19/10), uma palestra sobre “Família, Educação e Juventude”. O evento faz parte das atividades da Subcomissão em Defesa da Família e aconteceu no Complexo de Comissões Técnicas da Assembleia Legislativa do Ceará.

                O presidente da Subcomissão, deputado Professor Teodoro (PSD), destacou a importância da palestra para alertar a necessidade da defesa da família. “É a família que passa aos jovens a moral, a ética e os valores fundamentais. Nas escolas onde há participação da família os alunos têm melhor aproveitamento. O Estado tem que criar instrumentos para apoiar, valorizar e capacitar as famílias”, defendeu o parlamentar.

                 Dom Petrini destacou a necessidade de criar e fortalecer políticas e ações que priorizem a família e a tornem mais presente na vida dos jovens. “O Estado não cria cidadãos e sim as famílias. Quanto melhor estiverem as famílias melhor estarão os cidadãos de amanhã”, afirmou o religioso.

            O bispo disse que a modernidade tem desvalorizado o passado e reduzido o papel da família e afirmou que “a esfera pública enxerga somente indivíduos, como se eles estivessem fora da rede de relações familiares”.

           Dom Petrini lembrou a preocupação da Igreja Católica com o tema, a criação do Instituto João Paulo II de Estudos do Matrimônio e da Família, e defendeu que “o debate político e social no Brasil deve ser relacionado à família”.

Programada para novembro Semana Nacional da Conciliação

               

Juízes das Varas de Família participam de reunião em Fortaleza sobre Semana Nacional da Conciliação. Foto - Divulgação

A coordenadora da Central de Conciliação do Fórum Clóvis Beviláqua,  em Fortaleza (CE), juíza Jane Ruth Maia de Queiroga, esteve reunida, na tarde de terça-feira (18/10), com magistrados das Varas de Família e Sucessões da Capital, para planejar a participação das unidades na Semana Nacional de Conciliação, de 28 de novembro a 02 de dezembro de 2011.

            No encontro, a juíza, responsável pela coordenação do evento no âmbito da 1º Grau do Judiciário estadual, buscou motivar os magistrados para o alcance do objetivo proposto pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), de superar os resultados obtidos nos anos anteriores.

             Práticas de conciliação desenvolvidas individualmente pelas unidades judiciárias também foram destacadas durante a reunião. “A partir de um levantamento, identificamos que a maioria das Varas já realiza seus próprios mutirões, ou dedicam dias específicos à conciliação. Devemos compartilhar essas iniciativas, para que a partir delas possam surgir boas ideias e sugestões a serem disseminadas”.

              Segundo a coordenadora, as conciliações reduzem o tempo de espera para a solução do litígio e evitam a judicialização dos conflitos. “Nas Varas de Família, em especial, a conciliação traz um efeito benéfico muito importante, pois promove o restabelecimento de vínculos e o resgate da harmonia entre os membros da família”.

            Na quarta-feira (19/10), a coordenadora se reunirá com juízes das Varas Cíveis. Já na quinta-feira (20/10), será a vez dos titulares dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais de Fortaleza.

outubro 2011
S T Q Q S S D
« set   nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31