Archive for 27 de dezembro de 2011

Inadimplente com IPTU e ISS pode ir para o SPC ou Serasa

Refinanciamento da dívida de IPTU e ISS ocorrerá até o próximo dia 30 de março. Foto - Alex Costa/DN

Os contribuintes de Fortaleza que estiverem inadimplentes com a Prefeitura no que concerne ao pagamento de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e ISS (Imposto sobre Serviços) terão seus nomes incluídos em instituições de proteção ao crédito, como SPC e Serasa. A novidade foi informada,  na segunda-feira 26, pelo titular da Secretaria de Finanças da Capital (Sefin), Alexandre Cialdini.

“A Prefeitura está autorizada a inscrever os devedores junto às instituições de proteção ao crédito (no exercício de 2012). Aquele devedor de IPTU e ISS, nós iremos inscrever nessas empresas”, ressalta.

De acordo com ele, alguns municípios já adotam esse procedimento, que está dentro da legislação, segundo garante. “Com isso, vamos estabelecer uma premissa de responsabilidade fiscal. Junto com o comércio, conciliaremos informações para reduzir o endividamento dos devedores para com Prefeitura”, comenta Alexandre Cialdini.

Refinanciamento

A Sefin informou também que os contribuintes que possuem dívida com a Prefeitura de Fortaleza até o ano de 2010 poderão, a partir da semana que vem, ficar em dia com o Fisco através de um financiamento dos débitos em condições especiais.

Já aprovado na Câmara dos Vereadores, o Prorefor (Programa de Refinanciamento de Fortaleza e de Incentivo à Adimplência de Sujeitos Passivos no Município) valerá até o dia 30 de março, e está direcionado aos devedores do IPTU e ISS. A dívida com estes tributos chega a R$ 1,9 bilhão.

De acordo com a Sefin, os devedores precisarão se encaminhar à sua sede portando identidade, CPF e o papel da cobrança devida. No local, também haverá funcionários da Procuradoria Geral do Município (PGM), que agilizarão os casos de dívidas já inscritas no órgão.

Fonte: Diário do Nordeste

Sol e ventos atraem visitantes do mundo todo a Jericoacoara

           

Velejador Levi Lenz começou a frequentar a praia ainda criança. Foto - Richard Ström/Divulgação

Ventos fortes e águas mornas em um dos lugares mais encantadores do mundo. Assim velejadores que já descobriram Jericoacoara descrevem a praia, no município  de Jijoca,  na zona Norte do Ceará, a 284 quilômetros de Fortaleza. A antiga vila de pescadores é um dos principais destinos de praticantes de windsurfe e kitesurfe, mas em meio a sotaques de toda parte, esportista ou não, o visitante pode relaxar em paisagens paradisíacas ou cair no agito noturno da praia.

             Entre julho e janeiro, época dos ventos mais fortes no Ceará, o mar de Jericoacoara fica tomado por velas, pipas e pranchas. É só passear pela praia para encontrar grandes velejadores do mundo. Depois do Circuito Mundial de Windsurfe, em outubro, a maioria dos atletas da disputa passa uma temporada obrigatória em Jeri, seja para rever a família e amigos, renovar as energias ou treinar.

           “Além das condições para a prática do esporte, Jericoacoara tem um charme especial”, diz o velejador cearense Teka Lenz, um dos primeiros a descobrir esse verdadeiro “paraíso dos ventos”.

             Quem conhece o mar de Jeri conta que é quase impossível ficar um dia sem conseguir velejar no local. “Os ventos são muitos estáveis durante todo o ano. Os picos de vento ficam entre 20 e 30 nós e, no segundo semestre do ano, podem chegar a 40 nós. Poucos lugares no mundo são assim”, explica Lenz, presidente da Associação Brasileira de Windsurfe.

            Na alta temporada, um dos clubes de esportes aquáticos da praia, o Club Ventos, chega a receber 200 velejadores, de acordo com o gerente de marketing Nuno Martins. O local funciona há 25 anos oferecendo aulas e alugando equipamentos para a prática de windsurfe, kitesurfe, surfe e stand-up paddle, esporte praticado em uma espécie de prancha de surfe em que a pessoa rema em pé.

 Fonte: G1 Ceará

dezembro 2011
S T Q Q S S D
« nov   jan »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031