Archive for 25 de janeiro de 2012

Unimed é condenada a pagar mais de R$ 32 mil para paciente

O juiz afirmou que a empresa, ao negar o procedimento, pôs em risco a vida do paciente. Foto ilustrativa


O juiz José Barreto de Carvalho Filho, da 23ª Vara Cível do Fórum Clóvis Beviláqua, determinou que a Unimed Fortaleza pague R$ 22.218,00 para o engenheiro A.F.A.R.. O valor é referente a procedimento cirúrgico custeado pelo cliente. O plano de saúde terá ainda que pagar indenização de R$ 10 mil a título de reparação moral. A decisão foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico do dia 18 de janeiro.

Segundo os autos, A.F.A.R. sofre de doença coronária crônica e diabetes. Depois de realizar exames, foi informado de que precisava se internar, com urgência, em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para realizar cateterismo cardíaco e angioplastia com implantação de stent farmacológico de material importado.

A Unimed disse que só assumiria os gastos se fosse implantado stent comum, de material nacional. Tendo em vista a urgência do caso, o engenheiro precisou arcar com a operação, que custou R$ 22.218,00.

Sentindo-se prejudicado, ingressou na Justiça requerendo indenização por danos morais e materiais. Em contestação, o plano de saúde afirmou que a cobertura de tratamentos é limitada pelo contrato. Alegou ainda que disponibiliza materiais e medicamentos brasileiros, não estando incluído o exigido.

Ao julgar o processo, o juiz afirmou que a empresa, ao negar o procedimento, pôs em risco a vida do paciente. O magistrado determinou o pagamento integral da cirurgia, no valor de R$ 22.218,00, além de indenização por danos morais de R$ 10 mil.

Fonte: Site TJCE

93 médicos ampliam atendimento nos hospitais do Estado

                 

No Hospital Geral de Fortaleza (HGF), o aumento, só na área da neurologia, será de 13 especialistas. Foto - Divulgação

Os hospitais da rede estadual estão recebendo um reforço no número de médicos especialistas. No Hospital Geral de Fortaleza (HGF), o aumento, só na área da neurologia, será de 13 especialistas, que atenderão na Unidade de AVC. O HGF terá ainda sete novos anestesistas. Já o Hospital Geral Dr. César Cals, referência em assistência à maternidade, contará com mais sete obstetras. Na rede de urgência e emergência, serão acrescidos mais 24 médicos especialistas em clínica geral. Esses novos especialistas fazem parte da lista de 93 novos médicos nomeados pelo governador Cid Gomes. Na  quinta-feira (19), foram nomeados 81 especialistas; e na sexta-feira (20), com publicações no Diário Oficial do Estado, o Governador nomeou mais 12 médicos.

            A apresentação dos novos médicos na rede estadual já começou na segunda-feira (23). Devem se apresentar na Coordenadoria de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde da Secretaria da Saúde do Estado, em Fortaleza,  Avenida Almirante Barroso, 600, Praia de Iracema, no horário comercial.

              Os 93 médicos vão reforçar o atendimento em 22 especialidades: neurologia, anestesiologia, clínica médica, geriatria, ginecologia e obstetrícia, oncologia pediátrica, endocrinologia, neurologia pediátrica, pediatria, endoscopia digestiva, medicina do trabalho, radiologia, gastroenterologia, medicina intensiva, psiquiatria, cirurgia vascular, infectologia, patologia, ecocardiografia, cancerologia clínica, cirurgia geral e nefrologia.

              Em 2008, foram convocados 995 médicos concursados. Os 2.027 profissionais de nível médio também foram chamados ao trabalho desde 2008. Depois foi a vez da convocação de 600 enfermeiros, em 2010. No último dia 23 de dezembro o governador assinou a nomeação de 420 cirurgiões dentistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, farmacêuticos, médicos veterinários, nutricionistas, assistentes sociais, biólogos, psicólogos e fonoaudiólogos, que já estão trabalhando nos hospitais e unidades da rede estadual.

 Fonte: Assessoria de Imprensa da Sesa

janeiro 2012
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031