Archive for fevereiro 2012

SESC leva projeto a crianças hospitalizadas em Sobral

            

Atividades na Santa Casa de Misericórdia de Sobral. Foto - Divulgação

Com o objetivo de facilitar a recuperação de crianças hospitalizadas, o SESC realiza desde 2010, em Sobral, o projeto “O Conto pela Cura”.

        A programação acontece às quartas-feiras, das 9h às 10h, na Santa Casa de Misericórdia. A participação é gratuita.

                  Durante as visitas, as crianças assistem a show de palhaço e participam de sessões de contação de história. As apresentações acontecem na pediatria, quimioterapia infantil e ao ar livre.

Açudes Junco e Valério atingem capacidade máxima

                

Açude Valério sangrou na terça-feira 28. Foto - Divulgação

Mais dois açudes atingiram a capacidade máxima no Ceará. O Junco, em Granjeiro, no Cariri, pertencente a Bacia do Salgado, sangrou na noite de segunda-feira (27); e o Valério, localizado no município de Altaneira, na Bacia do Alto Jaguaribe, sangrou na terça-feira (28). Com o Tijuquinha, que foi o primeiro açude a sangrar nesta ano, já são três o número de reservatórios que atingiram sua capacidade máxima.

                 O percentual de acúmulo até terça-feira (28), aumentou em 0,28%, perfazendo um total de 69,40%, nos 136 reservatórios monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), em parceria com o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS).

                  No momento, 14 açudes estão acima de 80% e três acima de 90%, sendo o mais próximo de sangrar o Açude Gavião, em Pacatuba, Bacias Metropolitanas, com 94,88%. Em seguida vem o Muquém, em Cariús, com 93,94% e o Trussu, em Iguatu, com 93,08%, ambos pertencentes a Bacia do Alto Jaguaribe.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Cogerh

Ceará terá dez centros 24h para tratar dependentes químicos

             

A meta para 2012 é implantar 134 unidades em todo o País, uma média nacional estabelecida de um total de dez centros por Estado. Foto - Divulgação

O Ceará ganhará dez Centros de Atenção Psicossocial de Álcool e Outras Drogas 24 horas (Caps AD III). Esta é a proposta inicial do Ministério da Saúde divulgada, na manhã de  segunda-feira 27, em reunião com membros da Secretária de Saúde do Estado (Sesa) e representantes de diversos municípios. Esteve como principal assunto em questão, os meios para a implantação e estruturação da Rede de Atenção Psicossocial, com cobertura regionalizada e ampliada.
           O Caps AD III é uma unidade de Atenção Psicossocial capacitado para oferecer assistência aos dependentes químicos e portadores de transtornos mentais. Sendo parte do plano integrado de enfrentamento ao crack do Governo Federal, o Caps corresponde a mais um dispositivo das prioridades da gestão estadual, que, por determinação, atuará no desenvolvimento de ações de promoção, prevenção, tratamento e redução de danos aos usuários de álcool e outras drogas.
          Existem no Ceará, hoje, 17 Caps AD, seis deles em Fortaleza, e outros 11 no interior do Estado. A proposta do Ministério da Saúde é transformar parte deles em Caps AD III, com funcionamento 24 horas, inclusive durante os fins de semana e feriados.

Meta
              A meta para 2012 é implantar 134 unidades em todo o País, uma média nacional estabelecida de um total de dez centros por Estado.  “Pensando no critério de número de habitantes existe ainda a possibilidade da criação de novos centros”, afirma Mariana Schorn, técnica do Ministério.
             A visita dos técnicos do Ministério da Saúde visa conhecer a realidade dos centros, verificar em cada o interesse no processo de qualificação e as possibilidades de adequação ao novo formato. A proposta de implantação dos Caps AD III atenderá, de início, os municípios de Fortaleza, Caucaia, Maracanaú, Limoeiro do Norte, Quixeramobim, Sobral, Camocim, Iguatu e Juazeiro do Norte. No entanto, diversos são os entraves para a viabilização dos centros, conforme apontaram membros de saúde presentes na reunião.
           De acordo com o médico psiquiatra Weimar Gomes, a realidade enfrentada pelos municípios está muito aquém do necessário para um projeto desse porte, que precisa trabalhar de forma articulada com as unidades básicas de saúde.
           “A proposta é boa, mas a nossa realidade é precária” diz. Para Karine Lima, coordenadora de Saúde Mental de Maracanaú, o Ministério da Saúde precisa realizar um acompanhamento mais próximo, que possibilite uma avaliação dos atendimentos como forma de pressionar a gestão municipal, que ainda não prioriza a saúde mental.

Incentivo
               Outro ponto apontado durante o encontro foi o incentivo financeiro repassado pelo Ministério para a implantação dos Caps AD III, que é de R$ 150 mil para cada nova unidade, e R$ 75 mil para os adaptados.
           Conforme a coordenadora de Políticas e Atenção à Saúde da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará, Vera Coelho, os valores são considerados insuficientes para a realidade atual, precisando o Estado agir como co-financiador, investindo assim nas políticas de saúde mental.
             Giselle Sodré, técnica do Ministério, admite que a tarefa não será fácil, mas que entrar em contato com a problemática de cada município é importante no sentido de conhecer as carências e trabalhar dentro das possibilidades existentes.
          “Assim discutimos as especificidades e criamos estratégias de implantação baseadas no que propõem o Ministério da Saúde”, afirma.

Dispositivos
             As Redes de Saúde Mental podem ser formadas por vários dispositivos assistenciais que visem promover a assistência psicossocial a pacientes com transtornos mentais, segundo critérios populacionais e demandas de cada município.
           A rede pode contar com ações de saúde mental na atenção básica, Centros de Atenção Psicossocial (Caps), serviços residenciais terapêuticos (SRT), leitos em hospitais gerais, além do Programa de Volta para Casa. Ela funciona de forma articulada, e tem o Caps como principal serviço estratégico.

Fonte: Diário do Nordeste

Piso Nacional do professor fica em R$1.451 para 2012

            

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação prepara paralisação nacional de professores para os dias 14, 15 e 16 de março . Foto - Divulgação

 O Ministério da Educação (MEC) definiu em R$ 1.451 o valor do piso nacional do magistério para 2012, um aumento de 22,22% em relação a 2011. Conforme determina a lei que criou o piso, o reajuste foi calculado com base no crescimento do valor mínimo por aluno do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) no mesmo período.
            A Lei do Piso determina que nenhum professor pode receber menos do que o valor determinado por uma jornada de 40 horas semanais. Questionada na Justiça por governadores, a legislação foi confirmada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no ano passado.
                Entes federados argumentam que não têm recursos para cobrir o valor estipulado. O dispositivo prevê que a União complemente o pagamento nesses casos, mas, desde 2008, nenhum estado ou município recebeu recursos porque, segundo o MEC, não conseguiu comprovar falta de verbas.
            Em 2011, o piso foi R$1.187 e em 2010, R$ 1.024. Em 2009, primeiro ano da vigência da lei, o piso era R$ 950. Alguns governos estaduais e municipais criticam o critério de reajuste e defendem que o valor deveria ser corrigido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), como ocorre com outras carreiras.
              Na Câmara dos Deputados, tramita um projeto que altera o parâmetro de correção do piso para a variação da inflação. A proposta não prosperou no Senado, mas na Câmara recebeu parecer positivo da Comissão de Finanças e Tributação.
                  A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) prepara uma paralisação nacional para os dias 14,15 e 16 de março com o objetivo de cobrar o cumprimento da Lei do Piso. Sindicatos de professores reclamam que a revisão salarial, por lei, vale a partir de janeiro. E que, do ponto de vista técnico, o MEC tem condições de calcular o reajuste já na virada do ano, e não esperar quase dois meses.

Impacto
                O aumento de 22% do piso do magistério anunciado pelo MEC terá um impacto de R$ 1,6 bilhão nas contas das prefeituras. Os dados constam de levantamento da Confederação Nacional dos Municípios (CNM). A estimativa, que leva em conta informações referentes a 2.039 cidades, foi feita a partir da diferença entre as médias salariais pagas hoje e o piso para 2012.
             “A lei do piso não precisa de dados do Tesouro Nacional. Cabe a prefeitos e governadores cumprirem. Infelizmente, neste País, o prefeito diz que não paga e fica por isso mesmo”, afirma o presidente da CNTE, Roberto Franklin de Leão. O piso corresponde ao salário mais baixo a ser pago a professores com formação de nível médio e jornada de 40 horas semanais.

Fonte: Diário do NOrdeste

Dia do Idoso reforça atenção redobrada com prevenção

               

Aplicação de vacinas para prevenção de doenças nos idosos. Foto - Arquivo

A atenção com a saúde dos idosos é redobrada no dia 27 de fevereiro, data comemorativa do Dia do Idoso. Pessoas com idade avançada precisam de cuidados especiais e a rede pública oferece algumas vacinas que diminuem as despesas com medicamentos.

                  Nos Postos de Saúde, por exemplo, é possível encontrar vacinas essenciais como contra a febre amarela e o reforço da difteria e do tétano (dT). Além destas, também é possível se prevenir contra a gripe (influenza) e as doenças pneumocócicas (DP), ambas apontadas pela Sociedade Brasileira de Imunizações (SBI) como as principais vacinas para pessoas acima dos 50 anos de idade.

               As DPs são complexas e conjugam um grupo de enfermidades causadas pela bactéria Streptococcus pneumoniae, também conhecida como pneumococo. “É importante esclarecer que a DP inclui meningite e pneumonia, é fundamental esclarecer que a DP pode e deve ser prevenida por meio da vacinação”, afirma o médico Renato Kfouri, presidente as SBIm Nacional.

               Um estudo da Organização Pan-Americana de Saúde em 31 países da América Latina mostrou que em pacientes com idade superior ou igual a 65 anos a Pneumonia Adquirida na Comunidade (PAC) é a terceira principal causa de morte. Ainda conforme a pesquisa, países mais pobres têm o risco de morte maior por pneumonia pneumocócica do que países ricos.

                 A pesquisa Prevenção na Maturidade, encomendada em 2012 por um laboratório e realizada em 11 capitais do Brasil, mostrou que 59% da população nas capitais brasileiras sabem da importância de se tomar vacinas, mas a grande maioria desconhece quais são as mais recomendadas para cada idade. O estudo apontou que 72% dos entrevistados já se vacinaram depois dos 50 anos de idade. Desse percentual, 58% contra a gripe H1N1 em épocas de campanhas governamentais, 32% se vacinaram contra o tétano, 5% contra a hepatite B e somente 4% contra a pneumonia, o número mais preocupante.

Fonte: Diário do Nordeste

Linha Leste do Metrô de Fortaleza receberá R$ 2 bilhões

                   

Presidenta Dilma com o governador do Ceará, Cid Gomes. Foto - Divulgação

O Governo Federal e o Governo do Estado firmaram na segunda-feira (27) a maior parceria em investimento da história do Ceará. Juntos, União e Estado destinarão o montante de R$ 2 bilhões para a construção da Linha Leste do Metrô de Fortaleza. A presidenta Dilma Rousseff fez o anúncio do investimento de R$ 1 bilhão para obra na manhã de segunda-feira (27), durante visita as obras da Linha Sul do Metrô, em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Segundo explicou a Presidenta, o Governo Federal entrará com esse valor, que faz parte do orçamento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), e o Governo Estadual entrará com o mesmo montante através de financiamento. “Vamos começar a Linha Leste que é do mais absoluto interesse do Governo Federal. Em parceria com o Governo do Estado, vamos fazer uma revolução no transporte de massa, isso é muito importante para o Brasil”, destacou Dilma Rousseff.

                Na ocasião, a Presidenta conheceu duas, das 20 estações que compõem a Linha Sul do Metrô de Fortaleza (Metrofor). Ela percorreu de trem o trajeto de cerca um quilômetro entre as estações Virgílio Távora (antiga Novo Maracanaú) e Rachel de Queiroz (antiga Pajuçara). Dilma aproveitou para destacar a importância que a conclusão dessa obra tem não só para o Ceará, mas para todo o Brasil. Dilma também conheceu o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), produzido na cidade de Barbalha, no Ceará, que vai funcionar no Ramal Parangaba-Mucuripe.

              Sobre a implantação da Linha Leste, que vai ligar a Estação Central Chico da Silva, no Centro de Fortaleza, ao Fórum Clóvis Beviláqua, no bairro Água Fria, o Governador Cid Gomes ressaltou que com sua implantação o Ceará terá “um dos melhores sistemas de transporte do Brasil”. “Essa é a nossa meta”, ressaltou. A Linha terá 12 estações e a extensão de 12,4 quilômetros, todos em subterrâneo. A nova linha deverá integrar-se com as Linhas Sul e Oeste do Metrô, já implantada, e  toda rede de transporte público de passageiros da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

               Cid Gomes também aproveitou a solenidade para anunciar a inauguração da Linha Sul do Metrô: No dia 15 de junho o Governo do Estado vai entregar a população a primeira etapa dessa Linha, que vai ligar o município de Pacatuba, na estação Carlito Benevides (antiga Vila das Flores), ao bairro Parangaba.

              No dia 15 Outubro será inaugurada a segunda etapa que vai ligar o bairro Parangaba ao Centro de Fortaleza, na Estação Central – Chico da Silva (antiga João Felipe), através das estações: Couto Fernandes, Porangabussu; Benfica; São Benedito e José de Alencar (antiga Lagoinha); “Essa obra foi iniciada em 1997, já se vão 15 anos e muita gente não tem esperança de andar no Metrô. Graças ao apoio do ex-presidente Lula e continuidade do seu governo com a Presidenta Dilma essa obra agora tem data começar a funcionar” comemorou Cid Gomes.

            A Linha Sul tem 24,1 km de extensão em via dupla, sendo 18 km de superfície, 3,9 km subterrâneo e 2,2 km em elevado. A obra está recebendo um investimento total de R$ 1,705 bilhão. Em 2013, serão feitos os ajustes finais. A expectativa é transportar 350 mil passageiros por dia, com a integração plena com os terminais de ônibus. A implantação do metrô de Fortaleza é considerada a maior obra estruturante da Capital. 

             Após realizar o percurso, a presidenta Dilma declarou que o Ceará hoje dá um exemplo para o País. “Hoje é um dia muito importante porque estamos vendo um das mais importantes obras de redes de Metrô do Brasil”, ressaltou. 

              A Presidenta finalizou a visita destacando o trabalho que vem sendo realizado durante a gestão do Governador. “Cid Gomes é um governante com muita sensibilidade e que consegue resolver difíceis problemas”, analisou. Ela também anunciou que ainda este ano volta ao Estado para tratar do andamento das obras da Refinaria Premium II.

  Fonte: Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

 

30 mil processos terão tramitação eletrônica até o dia 14

           Trabalho está sendo feito nas Varas Criminais em Fortaleza. Foto - DivulgaçãoCerca de 30 mil processos pertencentes às Varas Criminais do Fórum Clóvis Beviláqua, em Fortaleza (CE),  estão sendo migrados para o Sistema de Automação da Justiça (SAJ), software responsável pela gestão dos autos eletrônicos.
           Segundo Leila Derlange Dias Gonçalves, integrante do Grupo de Trabalho de Sistemas de Gestão Processual de 1º Grau, as ações já foram previamente digitalizadas e, desde o último dia 3, estão ocorrendo a migração dos dados processuais e a importação das imagens escaneadas para o novo sistema.
            A previsão é que o trabalho seja concluído até o próximo dia 14. “A medida em que os processos são migrados ficam disponíveis, por meio eletrônico, para as partes e os advogados”, explicou. A tarefa está sendo realizada pelos servidores Leila Derlange e Leandro da Silva Taddeo, integrantes do Grupo.
           Desde o dia 14 de novembro de 2011, as Varas Criminais da Comarca de Fortaleza estão recebendo novas ações por meio do sistema virtual. Está disponível, também, a ferramenta de peticionamento eletrônico, que pode ser acessada por meio do site do Tribunal de Justiça do Ceará (www.tjce.jus.br).

Governador inaugura Escola de Ensino Médio em Forquilha

               

Solenidade reuniu diversas autoridades em Forquilha. Foto - Divulgação

A preparação de jovens comprometidos com o futuro da sociedade é o principal objetivo de uma política voltada para a educação. Na noite de sábado 25, o governador Cid Gomes deu mais um exemplo do compromisso do Governo do Ceará com a educação. Em Forquilha, na zona Norte, ele inaugurou a Escola Estadual de Ensino Médio Elza Goersch. O Governador aproveitou a ocasião para anunciar a construção de uma Escola Estadual de Ensino Profissionalizante (EEEP) no município. “Sou eternamente grato à Forquilha e essa é mais uma demonstração do meu agradecimento”, afirmou Cid.

            A unidade inaugurada já funcionava em um prédio antigo cedido pelo Estado. O nome da escola é uma homenagem à professora Elza Goersch. Com esta, já são 132 escolas inauguradas em cinco anos de governo. “Construir uma escola é muito difícil, 132 nesse período é mais ainda. Mas o mais difícil é o que estamos conseguindo fazer, que é dar uma educação de qualidade aos jovens cearenses”, afirmou o chefe do gabinete do Governador, Ivo Gomes.

               Para a secretária da Educação Izolda Cela, a escola deve ser uma casa acolhedora, um espaço gerador de paz, além de educação. “É a liderança política do governador Cid Gomes que permite que grandes empreendimentos como esse possam acontecer na área da educação”, destacou a secretária.

              O deputado Professor Teodoro destacou as ações que o Governo do Estado vem realizando na área da educação; e enfatizou que com esta nova Escola de Ensino Médio, os jovens de Forquilha ganham uma unidade escolar com a mesma estrutura das construídas em outras cidades do Ceará na gestão do governador Cid Gomes.

O prefeito Edmundo Rodrigues  destacou a construção da Escola Elza Goersch como uma grande conquista do Município, com investimentos oriundos do Tesouro Estadual no valor de R$ 3.654.919,58. Ele disse que a nova escola, onde já estão matriculados 1.521 alunos, funcionará nos três turnos, com 12 salas de aula, além de laboratórios de química, física e biologia, biblioteca, sala de vídeo e informática,  dependências administrativas, ginásio poliesportivo e um anfiteatro.

A obra foi acompanhada pela Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra), por meio do Departamento de Arquitetura e Engenharia (DAE). O novo estabelecimento está sob a jurisdição da 6ª Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação (Crede), sediada em Sobral, e sob a administração do diretor Raimundo Nonato.

Solenidade

      O governador Cid Gomes foi recebido pelo prefeito Edmundo Rodrigues, o ex-prefeito José Antônio Dias Carneiro e outras autoridades de Forquilha. Participaram da comitiva do Governador a secretária Izolda Cela, da Educação, o Chefe de Gabinete, deputado licenciado Ivo Gomes, o ministro dos Portos, Leônidas Cristino e o deputado estadual Professor Teodoro.

Também prestigiaram a solenidade a orientadora da 6ª Crede, Valdízia Bezerra; os prefeitos Clodoveu Arruda (Sobral), Oswaldo Lemos (Reriutaba), Antônio Martins (Cariré), vereadores, secretários municipais e outras autoridades da zona Norte do Estado.

A homenageada

         Elza Goersch Andrade nasceu em 22 de fevereiro de 1936, em Fortaleza, filha de Jorge Goersch e Benedita Maia Goersch. Em 1950 mudou-se para Sobral, onde casou-se com José Jeová Andrade, com quem teve 10 filhos. Elza recebeu diploma de normalista no Colégio Sant´Ana em 1957. Graduou-se em Letras (1975) e Pedagogia em Administração Escolar em 1978, na universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Como pedagoga, trabalhou nas Escolas: Ribeiro Ramos, José da Mata e na Escola da Fazenda Vencedora.

             No ano de 1970 foi convidada para assumir a Diretoria da Escola de 1º Grau de Forquilha, onde permaneceu até 1986, hoje Escola Elza Goersch.

 

 

Açude Tijuquinha é o primeiro a sangrar em 2012

                    

Dos 136 açudes monitorados pela Cogerg, o Tijuquinha é o primeiro a sangrar neste ano. Foto - Divulgação

Dos 136 açudes monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos-Cogerh, em parceria com o DNOCS, o Açude Tijuquinha, localizado no município de Baturité, teve a sua sangria registrada no domingo (26), sendo o primeiro a sangrar em 2012, com uma lâmina de 11cm. Com capacidade para 974.000m³, pertence as Bacias Metropolitanas, também foi o primeiro a atingir a sua capacidade máxima, em janeiro de 2011.

                 Cinco reservatórios estão com um acúmulo acima de 90%. O Açude Valério, em Altaneira, Bacia do Alto Jaguaribe, é o que está mais próximo de sangrar, com 98,70%, seguido do Gavião, em Pacatuba, pertencente as Bacias Metropolitanas, com 94,70%; Muquém, em Cariús, Bacia do Alto Jaguaribe, com 93,90%; Trussu, em Iguatu, com 92,60 %; Bacia do Alto Jaguaribe e Junco, no município de Granjeiro, Bacia do Salgado, com 91,30%.

               Dez açudes estão acima de 80%, sendo o Orós, o que está mais próximo dos noventa por cento, com 88,60%. O Acúmulo de água encontra-se nesta segunda-feira (27), com 12.554.265.655m³ , o que representa 69,12%, dos 18.162.758.584, da capacidade total dos 136 reservatórios.

 Fonte: Assessoria de Comunicação da Cogerh

Coreaú e Alcântaras recebem obras de infraestrutura

              

Momento do pronunciamento do governador Cid Gomes. Foto - Armando Costa

O município de Coreaú, na zona Norte do Estado, foi beneficiado na sexta-feira (24) com inaugurações de importantes obras nas áreas de infraestrutura, educação e segurança. Na ocasião, o governador Cid Gomes inaugurou a Escola de Ensino Médio Maria Menezes Cristino, no distrito de Araquém; o novo trecho da CE-240, que liga a sede do município aos distritos de Araquém e Arapá; e a nova sede da delegacia de Polícia Civil. Alcântaras, também na zona Norte, foi beneficiada com uma estrada toda restaurada ligando o município a Coreaú.

            Cid Gomes aproveitou a ocasião para destacar a importância de inaugurar um equipamento educacional. “O distrito de Araquém, que recebeu a escola de ensino médio, coloca mais alunos na universidade que a própria sede, Coreaú. Estamos entregando hoje um direito de vocês. Educação é o único meio de mudar verdadeiramente uma condição social e um equipamento desse porte vai ajudar nesse crescimento”, comemorou o Governador.
 
                Serão 327 alunos beneficiados com as oito salas de aula, biblioteca, laboratórios de Línguas, Informática e de Ciências (Química, Biologia, Física e Matemática), espaço para o Grêmio Estudantil e quadra poliesportiva. A estrutura terá a mesma qualidade de uma unidade na área urbana. A Escola de Ensino Médio Maria Menezes Cristino beneficiará alunos da rede pública, nos turnos da tarde e noite, que antes estudavam na Escola Flora de Queiroz Teles, que funcionava em um prédio cedido pela prefeitura. A unidade recebeu aporte financeiro da ordem de R$ 3 milhões, oriundos do Tesouro e do Ministério da Educação.
 
               O ministro Especial dos Portos, Leônidas Cristino, destacou as ações que o Governo do Estado vem realizando nessas áreas. “Uma infraestrutura sólida, com projetos na área de saúde, educação e segurança é o que precisamos para que o estado do Ceará seja visto como referência, e é isso que o Governador está fazendo em todo o Estado e hoje aqui em Coreaú”, avaliou o Ministro.
 
                      Os dois trechos rodoviários inaugurados, a CE-241 e a CE-240, rodovias Iraldo Cristino de Menezes e Gerardo Cristino de Menezes, respectivamente, foram investidos o total de R$ 21 milhões em obras de pavimentação, sinalização horizontal e vertical, terraplenagem, proteção ambiental, obras d’arte correntes e especiais, revestimento em tratamento superficial duplo e urbanização. A obra, além de trazer benefícios aos motoristas e passageiros que trafegam pelos trechos, no quesito segurança viária, facilitará o escoamento de produção na região.
 
 Delegacia
 
           Já a nova delegacia da Polícia Civil de Coreaú, recebeu investimento no valor de R$ 1.107.106,80 para a construção do prédio e a compra dos equipamentos, da mobília e da viatura. O equipamento atenderá uma população de 22.018 habitantes, e à frente do equipamento estará a delegada Eveline Castro e Silva Sales.
 
               Prestigiaram as solenidades o ex-ministro Ciro Gomes; o chefe do Gabinete do Governador, Ivo Gomes; os secretários estaduais do Esporte, Gony Arruda, e da Educação, Izolda Cela; o superintendente do Departamento Estadual de Rodovias (DER), Sérgio Azevedo; prefeitos e autoridades da Região. 
  
Fonte: Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
fevereiro 2012
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
272829  
Tags