Archive for 29 de maio de 2012

Criatividade e conhecimento na feira do “Ceará Faz Ciência”

A UVA participou do evento que ocorreu no dia 23 de maio em Sobral. Foto - Divulgação

 Boulevard do Arco, em Sobral, serviu de palco para a realização de mais uma feira do “Ceará Faz Ciência”. O segundo evento do projeto foi direcionado aos estudantes e professores da zona Norte do Estado, que expuseram toda sua criatividade e conhecimento científico para os visitantes da feira,  no dia 23 de maio.

Dentre os 25 projetos expostos estava o de estudantes do município de Bela Cruz, que desenvolveram um sistema de recepção para sinal de celular utilizando materiais de baixo custo, como fios de cobre e uma tampa de panela. Na cidade já é possível visualizar diversas casas já com o aparato, que consegue captar o sinal das três maiores operadoras do Brasil, sendo uma alternativa para as famílias residentes na zona rural. “O sistema beneficia a nossa comunidade e está sendo utilizado em outros locais também, pois já há a comprovação do seu sucesso”, comemora a estudante do Ensino Fundamental II Paloma Beatriz de Lima, integrante do projeto.

Em outro trabalho, vindo cidade de Reriutaba, foi desenvolvido um robô que faz o papel de paparazzi, de modo a auxiliar jornalistas em suas atividades sem que estes coloquem a vida em risco para dar grandes noticias. E seguindo a vocação natural de Sobral, que envolve a Astronomia, uma equipe de estudantes demonstrou como se dá o lançamento de um foguete espacial, a partir de uma mistura de elementos que comprovam a lei da Física sobre ação e reação.

A feira recebeu uma grande quantidade de visitantes, que além de conferirem os 25 trabalhos expostos, também passaram pela tenda do Sistema Secitece, com projetos de destaque na área desenvolvidos por suas vinculadas, como uma mini-usina de biodiesel, do Nutec, e uma mini-estação para coleta de dados meteorológicos, da Funceme.

           As universidades estaduais também estiveram presentes no evento, com a exposição do “Concreto Translúcido”, criado pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) e uma mostra do Geopark Araripe, da Universidade Regional do Cariri (Urca). O Instituto Centec levou ao evento uma réplica da cientista Marie Curie, Prêmio Nobel em Química em 1911.

             Experiências interativas como o Pêndulo de Newton – que demonstra a conservação de energia, e o Sopro da Verdade, sobre a produção de ácido a partir da água e do gás carbônico, estiveram presentes no espaço do projeto Ciência itinerante. Iniciativa da Secitece, com a parceria do CNPq, o projeto conta com uma de monitores nas áreas de Física, Química, Biologia e Tecnologia da Informação, que fazem demonstrações de experimentos aliando o conhecimento teórico com práticas lúdicas e interativas, despertando a curiosidade e estimulando a gosto pela Ciência nos estudantes.

Prêmios

 A solenidade de premiação contou com a presença do prefeito de Sobral, Clodoveu Arruda; da pró-reitora de Planejamento da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Fátima Lúcia Martins Dantas; da secretária-adjunta da Tecnologia e Desenvolvimento Econômico de Sobral, Érika Frota Cristino; dos representantes da Secretaria da Educação, Gilvana Linhares e Ricardo Felipe; do Diretor do Planetário Rubens de Azevedo e consultor de Astronomia da Secitece, Dermeval Carneiro; e do coordenador do Museu do Eclipse, Emerson Ferreira de Almeida.

As equipes vencedoras ganharam tablets, netbooks, MP4 e jogos educativos. A Escola de Ensino Médio Professora Theolina de Murillo Zacas, da cidade de Bela Cruz, ganhou do projeto um mini-laboratório de Ciências, por ter sido a instituição mais participativa da Região Norte.

Fonte: Site da Secitece

 

Assembleia debate propostas do Fórum de Educação

O evento foi realizado na Assembleia Legislativa, em Fortaleza. Foto - Divulgação

O lançamento do Fórum Estadual de Educação do Ceará foi tema de solenidade na tarde de segunda-feira (28/05) na Assembleia Legislativa. O presidente da Casa, deputado Roberto Cláudio (PSB), abriu os trabalhos, destacando o objetivo do fórum, que passa pela discussão entre a sociedade civil das questões mais importantes relacionadas à educação cearense, pontuando que o debate irá fortalecer a luta pelo acesso a uma qualificação da educação pública cearense. Também ressaltou que ”a causa da educação diz respeito aos destinos do Brasil, e que se torna obrigatório um olhar atencioso e dirigido para ela”.

           A propositora da iniciativa, deputada Rachel Marques (PT), destacou a importância do evento “para dar visibilidade ao fórum como um espaço importante e privilegiado de mobilização popular e interlocução entre a sociedade civil e o Governo”.

               A parlamentar também apontou que “é necessário reafirmar os princípios importantes de uma educação pública de qualidade, que passarão por uma caminhada muito rica de ações e participação da sociedade que terá no fórum um elemento central”.

               A coordenadora do Fórum Estadual de Educação, Cristiane Carvalho Holanda, apresentou os objetivos do fórum que são: formular e monitorar o Plano Nacional de Educação (PNE); implementar e avaliar o Plano Estadual de Educação; acompanhar a tramitação de projetos legislativos referentes à política nacional e estadual de educação no Congresso Nacional e na Assembleia Legislativa; planejar e coordenar as conferências estaduais e sua implementação, além de zelar e apoiar as conferências municipais.

             O coordenador-geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Daniel Cara, apresentou por sua vez os desafios e as propostas do PNE em comparação ao que está estabelecido pelo Ministério da Educação (MEC).

             Segundo ele, se o país destinar 10% de seu Produto Interno Bruto (PIB) no investimento à educação, como é proposto no Plano, em um prazo de 30 anos o Brasil se aproximaria das principais nações do mundo no quesito. “A melhor política econômica que o Brasil precisa ter a longo prazo para se equivaler às grandes nações do mundo passa pela educação”, afirmou Daniel Cara.

                 Também estiveram presentes os deputados federais Artur Bruno (PT/CE) e Chico Lopes (PCdoB/CE); o secretário executivo adjunto do Ministério da Educação (MEC), Francisco das Chagas Fernandes; o secretário de Educação Básica do MEC, César Callegari; a secretária de Educação do Estado do Ceará, Maria Izolda Cela; o reitor da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), Paulo Speller, dentre outras autoridades.

 

Fonte: Agência de Notícias da Assembleia

 

maio 2012
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031