Archive for janeiro 2014

Chuvas: Zona de Convergência Intertropical atua no Ceará

Funceme tem registro de chuva em 59 municípios do Ceará. Foto - Arquivo

Desde o fim da noite de quarta-feira (29), um ramo da Zona de Convergência Intertropical atua no Ceará fazendo chover em várias regiões do Estado. A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou precipitações em 59 municípios. A maior chuva foi em São Gonçalo do Amarante (104,5 milímetros), seguido por Pentecoste (57mm) e Granja (46mm). Em Fortaleza, o registro foi de 16,8mm.

A meteorologista Cláudia Rickes lembra que a Zona de Convergência Intertropical é o principal sistema causador de chuvas durante a quadra chuvosa no Ceará e adianta que há previsão de chuvas isoladas ao longo desta quinta-feira e também para sexta-feira (31), em todas as regiões do Estado. “Aqui na faixa litorânea, teremos predomínio de céu parcialmente nublado, com algumas ocorrências de chuva. No Sertão Central, os modelos apontam precipitações com intensidade pouco maior”.

Abaixo da média

Apesar dos registros de chuva, a Funceme ratifica o prognóstico divulgado no último dia 21, com maior probabilidade de precipitações abaixo da média nos meses de fevereiro, março e abril. “Com essa previsão climática, não estamos dizendo que não choverá. Haverá sim algumas precipitações em todas as regiões do Ceará, mas o acumulado das chuvas nos três meses deve ser menor que a média histórica”, explica Cláudia Rickes.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Funceme

Solenidade de posse dos novos dirigentes do TCE

Posse dos novos dirigentes do TCE será na quinta-feira,30. Foto - Divulgação

O presidente Valdomiro Távora, reeleito para o cargo no biênio 2014/2015, será empossado em solenidade oficial que acontecerá nesta quinta-feira (30/1), às 17 horas, no Plenário do TCE-CE (Rua Sena Madureira, 1047 – Centro).

Junto a Valdomiro Távora, tomam posse o conselheiro Edilberto Pontes como vice-presidente e o conselheiro Rholden Queiroz, eleito para o cargo de Corregedor.

“Nossa grande meta para 2014 é agilizar o julgamento das prestações de contas e dos processos que aqui entrarem. Vamos buscar mecanismos para otimizar as instruções e levar finalizados os processos para o Pleno, julgando mais rapidamente e dando uma resposta célere à sociedade”, disse o presidente Valdomiro Távora.

Eleição

Os novos dirigentes foram eleitos durante sessão ordinária realizada em 17 de dezembro passado. Aplaudido pelos membros e servidores presentes ao Plenário, o presidente Valdomiro Távora agradeceu a confiança depositada em sua pessoa e renovou o compromisso de continuar o trabalho que vem realizando, preservando o nome do Tribunal e fazendo com que se cumpra o papel de bem fiscalizar a aplicação dos recursos públicos. Távora destacou a importância de cada um dos conselheiros, bem como da parceria fundamental com o Ministério Público junto ao TCE.

Fonte: Assessoria de Comunicação TCE

Fumacê faz controle da dengue em 43 bairros de Fortaleza

A operação teve início no dia 27 de janeiro. Foto - Divulgação

A Secretaria da Saúde do Estado está realizando desde terça-feira (27) trabalho especial de bloqueio da transmissão de dengue em 43 bairros das regionais I, III e IV de Fortaleza, com 10 carros fumacês. A pulverização espacial acontecerá em 5.514 quarteirões, com aplicação de 304,8 ml de inseticida por quarteirão para o combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença. São três ciclos de pulverização. O primeiro até este sábado, 1º de fevereiro, o segundo ciclo de 3 a 7 de fevereiro e, o terceiro, de 10 a 14. Os carros fumacês fazem a pulverização, diariamente, das 5 às 8h30min e das 17 às 20h30min. O trabalho especial de bloqueio foi solicitado pelo Centro de Controle de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza. Além da capital, a Sesa está também combatendo o mosquito em Tauá, na região dos Inhamuns, onde concluirá nesta quarta-feira, 29 de janeiro, o terceiro ciclo de pulverização.

O controle químico do mosquito é feito com inseticidas fornecidos exclusivamente pelo Ministério da Saúde e deve ser utilizado somente em situações de emergência e de forma racional e segura. O inseticida atinge o mosquito adulto, única forma de ter eficácia. A ação do produto só é efetiva quando o inseticida está em suspensão no ar e só mata o mosquito adulto. Com a ventilação a uma velocidade de 6 km/h, a ação do produto dura de 40 minutos a uma hora e meia.  Atendendo à solicitação dos municípios, o fumacê é utilizado para matar o mosquito na fase adulta e impedir que ele se reproduza e gere mais mosquitos e focos de infecção.

Mobilizar a população

O fumacê consiste na liberação via aérea de gases, que agem, por contato, atingindo os mosquitos adultos em voo. Por isso, as famílias devem deixar as janelas e portas abertas para que o fumacê entre na residência e consiga ser mais efetivo no combate ao mosquito. O fumacê é uma estratégia necessária, mas na prevenção e controle da dengue, porém nada é mais importante do que a mobilização permanente da população. As famílias devem evitar o surgimento das larvas do Aedes aegypti que estão em caixas d’água, potes, baldes, pneus, lajes. Os cuidados são simples e já velhos conhecidos da população mas que precisam virar hábitos. Não podem ser feitos nesta semana e na outra semana serem esquecidos. Todo mundo cuidando fica mais fácil prevenir e controlar a dengue no Ceará.

Como prevenir a dengue

– Mantenha a caixa d’água limpa e bem fechada.

– Faxina pelo menos uma vez por semana nos quintais, com eliminação de garrafas, depósitos que podem servir de criadouros para o mosquito.
– Os sacos com lixo devem estar sempre fechados.
– Nunca deixe pneus em locais descobertos que podem acumular água, inclusive de chuva.
– Jogar lixo nas ruas, praças e jardins, além de poluir a cidade, traz doenças, entre elas a dengue porque serve de criadouros para o Aedes aegypti.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Sesa

CNPq lança terceira edição das Pioneiras da Ciência

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) lançou, na quinta-feira (23), a terceira edição das Pioneiras da Ciência no Brasil, em parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR). Foram selecionadas cientistas de diversas áreas do conhecimento que tiveram relevante atuação como pesquisadoras e contribuíram para a formação das suas áreas e desenvolvimento da ciência.

O objetivo é dar visibilidade às mulheres e suas contribuições para determinada área de conhecimento, tendo em vista que, muitas vezes, as participações femininas foram menos reconhecidas em função das relações de gênero. Esta iniciativa faz parte do Programa Mulher e Ciência, cujo objetivo é estimular a produção científica e a reflexão acerca das relações de gênero, mulheres e feminismos no país e promover a participação das mulheres no campo das ciências e carreiras acadêmicas.

Para a primeira edição das Pioneiras, o CNPq contou com a contribuição das pesquisadoras Hildete Pereira de Melo e Ligia Rodrigues que disponibilizaram os resultados de suas pesquisas sobre as pioneiras nas ciências que atuaram nas décadas de 30 e 40. Este trabalho foi publicado primeiramente pela SBPC, em 2006, com o título Pioneiras da Ciência no Brasil. Acesse a publicação.

Na segunda e terceira edições, o CNPq recebeu indicações de nomes e informações de vários pesquisadores e instituições. Na segunda, a seleção das contribuições ainda foi realizada em ordem cronológica, com a inserção de informações de pesquisadoras das décadas de 50 e 60. Também foram consultadas as informações do Setor de Documentação do CNPq e das associações científicas, particularmente, o arquivo da Academia Brasileira de Ciência (ABC) e da Academia Nacional de Medicina (ANM).

O CNPq e a SPM pretendem continuar com a homenagem às mulheres pioneiras, destacando aquelas que foram precursoras em cada área do conhecimento.

Acesse o Pioneiras da Ciência no Brasil – 3a. edição

Acesse a página do Programa Mulher e Ciência.

Fonte: Coordenação de Comunicação Social do CNPq

Temas e metodologia dos Seminários UVA, URCA e UECE

Reunião na Secitece, em Fortaleza. Foto - Divulgação

A Secitece recebeu na manhã de sexta (24/1) representantes da administração superior, dos sindicatos dos docentes e dos servidores e dos movimentos estudantis da Urca, Uece e UVA para mais um encontro que definiu os últimos detalhes para a realização dos seminários nas universidades. Os eventos irão discutir temas relacionados às três instituições estaduais. A reunião aconteceu no gabinete do secretário René Barreira.

No encontro foi definido o tema central dos seminários, “O papel das universidades estaduais frente ao desenvolvimento do Estado do Ceará”, e ainda a metodologia a ser utilizada durante os eventos. Grupos de trabalho serão formados para a discussão dos cinco pontos que foram acordados em relação à pauta emergencial da greve, que resultará na definição de critérios objetivos, como a quantificação da demanda real no número de vagas para realização de concurso público pelo Governo do Estado.

Cada grupo de trabalho terá um total de 05 (cinco) participantes, sendo 01 (um) representante da Secitece;  01 (um) representante da administração superior da universidade;  01 (um) representante do sindicato dos docentes;  01 (um) representante do sindicato dos servidores; e  01 (um) representante do movimento estudantil.

Ao final de cada evento, os resultados serão consolidados em um documento oficial. Neste documento deverão constar ainda diretrizes para os seguintes assuntos que também entrarão na pauta de discussão nos três seminários: qualificação docente; gestão de pessoas; infraestrutura; força de trabalho; autonomia administrativa e financeira das universidades; política estudantil; mobilidade acadêmica; ampliação de políticas de inclusão e acessibilidade; articulação da graduação e pós-graduação; articulação da educação superior e educação básica; avaliação institucional; cotas para egressos de escolas públicas; ocupação de vagas ociosas; aumento na oferta de vagas para o período noturno; compromissos das universidades para redução das taxas de evasão.

Os seminários estão agendados para os seguintes dias:

– 3 e 4 de fevereiro: UVA (evento em Sobral)
– 10 e 11 de fevereiro: Urca (evento no Crato)
– 17 e 18 de fevereiro: Uece (evento em Fortaleza)

A coordenação geral dos eventos será da Secitece, sendo da responsabilidade de cada universidade a organização operacional e logística do seminário a ser realização em sua instituição.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Secitece

Funcap lança edital de Cooperação Internacional 2014

O Governo do Estado, por meio da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), lança nesta segunda-feira (27) o edital nº 02/2014 – Programa de Cooperação Internacional Funcap/Capes. A chamada tem como objetivo apoiar, de forma complementar, o desenvolvimento de projetos conjuntos de pesquisas científicas, tecnológicas e de inovação, por meio do financiamento a atividades de cooperação entre pesquisadores vinculados a instituições sediadas no Ceará e pesquisadores vinculados a instituições sediadas no exterior.

O apoio destina-se ao financiamento da mobilidade de cientistas e pesquisadores com atuação em projetos conjuntos de pesquisa científica, tecnológica e de inovação, no âmbito de acordos bilaterais de cooperação científica e tecnológica.

As propostas aprovadas serão financiadas com recursos no valor global de R$ 460 mil, oriundos dos recursos do Tesouro Estadual, a serem liberados em até duas parcelas, de acordo com a disponibilidade orçamentária e financeira da Funcap. Os projetos terão o valor máximo de até R$ 40 mil.

Poderão apresentar propostas pesquisadores e especialistas que tenham vínculo empregatício/funcional com instituições de ensino superior (IES), centros e institutos de pesquisa e desenvolvimento públicos e privados. O proponente será, necessariamente, o pesquisador coordenador do projeto e deverá ser docente permanente de programa de pós-graduação sediado no Ceará.

As propostas devem ser apresentadas sob a forma de projeto e encaminhadas à Funcap exclusivamente via Internet, por intermédio de Formulário Eletrônico disponível na página www.funcap.ce.gov.br, por meio da Plataforma Montenegro.

Cronograma

– Lançamento do edital na página da Funcap: 27 de janeiro de 2014;

– Postagem do Formulário de Solicitação para submissão de proposta na página da Funcap (Plataforma Montenegro): 27 de janeiro de 2014;

– Data limite para submissão das propostas: até as 17 horas do dia 13 de março de 2014;

– Data limite para apresentação da documentação complementar: até as 17 horas do dia 14 de março de 2014;

– Divulgação do resultado na página da Funcap: a partir do dia 2 de junho de 2014;

– Início da contratação dos projetos: a partir do dia 2 de junho de 2014.

Confira o edital: http://montenegro.funcap.ce.gov.br/sugba/edital/197.pdf

Fonte: Assessoria de Comunicação da Funcap

Começa a Campanha de Vacinação contra o Sarampo

A campanha tem início na cidade de Fortaleza. Foto - Divulgação

Começa nesta segunda-feira (27), nos postos de saúde, a campanha de vacinação contra sarampo em crianças de seis meses a menores de cinco anos. A campanha começa por Fortaleza, onde surgiram os primeiros casos, depois de 15 anos sem registro da doença no Estado. O dia “D” da campanha será no sábado, 1º de fevereiro, com a vacinação ampliada para os postos de saúde dos 14 municípios da Região Metropolitana: Caucaia, Maracanaú, Maranguape, Aquiraz, Eusébio, Pacajus, Horizonte, Pacatuba, Cascavel, Chorozinho, Guaiúba, São Gonçalo do Amarante, Itaitinga e Pindoretama.

De acordo com o boletim epidemiológico, elaborado e divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado, no final da tarde desta sexta-feira, 24 de janeiro, há 10 casos confirmados de sarampo do total de 75 casos que foram notificados entre o dia 1 º ao dia 24 de janeiro. São casos de pacientes de Fortaleza. Há 10 casos suspeitos em investigação. Por critérios clínicos e exames laboratoriais os outros 55 foram descartados. Não deram positivo para sarampo.

Na campanha de vacinação, as crianças receberão a vacina tríplice viral, que também protege contra rubéola e caxumba, e faz parte do calendário básico da vacinação. A expectativa é imunizar 160.551 crianças só em Fortaleza. Incluindo os 14 municípios da Região Metropolitana, a expectativa aumenta para 246.036 crianças vacinadas. Os pais ou responsáveis não podem esquecer de levar aos postos os cartões de vacinação das crianças.

Os casos confirmados em Fortaleza apresentaram o vírus do sarampo do genótipo D8, um tipo viral que está circulando em países como a Inglaterra, Estados Unidos, Canadá e China, onde há uma elevada incidência da doença. No Brasil, os vizinhos estados de Pernambuco e Paraíba e os estados de São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina também estão com registros de casos. A entrada de estrangeiros facilita a transmissão entre os territórios. Desde 1999, o Ceará não registrava casos autóctones, com transmissão ocorrida dentro do território. Por isso, é importante manter o calendário de vacinação sempre atualizado. A vacina protege, com eficácia de 97%.

O QUE É SARAMPO

Doença infecciosa aguda, causada por vírus. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa através das secreções respiratórias, como gotículas expelidas ao tossir, falar ou respirar. O período de incubação é, geralmente, de 10 dias, desde a data da exposição até o aparecimento da febre, e cerca de 14 dias até o início do exantema (manchas vermelhas em todo o corpo)

SINTOMAS E SINAIS

Febre alta, acima de 38,5ºC, exantema generalizado, tosse, coriza,conjuntivite. As complicações mais comuns aos pacientes são pneumonia, otite, doenças diarreicas e neurológicas.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Sesa

Reitor da UFC recebe representante de instituto português

Professor Jesualdo Farias, reitor da UFC. Foto - Arquivo

O Reitor da Universidade Federal do Ceará, Prof. Jesualdo Farias, recebeu na manhã de quinta-feira (23), em seu gabinete, grupo encabeçado pelo coordenador da área de Estudos Estratégicos e do Desenvolvimento no Instituto Marquês de Valle Flor, de Portugal, Fernando Jorge Cardoso.

Ele está em Fortaleza como parte de iniciativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) de possibilitar o conhecimento, por parte da entidade portuguesa, do potencial que estados brasileiros do Norte e Nordeste dispõem para futuras parcerias envolvendo instituições acadêmicas e industriais. Além do Ceará, o representante português visitará os estados de Rondônia e Amapá.

Para a visita à UFC, vieram com Fernando Jorge Cardoso, Eliana Nicoline, representante da CNI;
Mírian Fialho, do Instituto de Desenvolvimento Industrial do Ceará (INDI), ligado à Federação das
Indústrias do Estado do Ceará (FIEC); Fernando Nunes e Antonio Salvador, ambos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), do Ceará, também ligado ao sistema FIEC. O encontro foi acompanhando pelo diretor do Centro de Tecnologia da UFC, José de Paula Barros Neto.

No encontro, o Reitor Jesualdo Farias falou sobre iniciativas da UFC envolvendo inovação
tecnológica, expansão da universidade para o Interior do Estado, bem como outras medidas voltadas para a internacionalização das ações por meio de intercâmbio. Lembrou ainda que a UFC foi tutora da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), sediada em Redenção, a 60 quilômetros de Fortaleza.

Fernando Jorge Cardoso falou sobre sua missão de vir conhecer as potencialidades e identificações entre o Ceará e Portugal, com vistas à transferência de conhecimentos através de parcerias nas áreas acadêmica e industrial. Expôs também diversos desafios enfrentados por Portugal, em decorrência da crise econômica. Entre os problemas, citou o aumento do desemprego naquele país.

Segundo ele, a taxa de desemprego era em torno de 7% em 2007, e hoje beira os 17%. Isso tem
obrigado pesquisadores e outros trabalhadores altamente qualificados a emigrarem. Quis saber do Reitor em que áreas o Ceará poderia ter interesse em receber profissionais portugueses.

O Reitor citou as áreas de Geofísica e a Espacial, que apresentam carência de pessoal não só no Ceará, como no Brasil em geral. Quanto à Geofísica, o Reitor informou que há um projeto para formar um grupo forte, com o apoio da Petrobras, com a perspectiva de criação de cursos de graduação e pós-graduação na área.

Com relação à área Espacial, o Reitor explicou que, com o apoio do Ministério da Educação (MEC), o Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), referência nacional no setor e responsável por formar grandes profissionais, vai começar a trabalhar em rede com outras universidades (UFC, Universidade Federal de Santa Catarina, Universidade Federal de Itajubá, Universidade de Brasília, Universidade Federal do Pará).

Já existe a sinalização de cooperação com um instituto internacional, visitado recentemente pelo Prof. Barros Neto. O ITA é vinculado à Empresa Brasileira de Aeronáutica – Embraer e conta com uma infraestrutura de mais de 50 anos.

O Reitor disse que outra área também aberta à colaboração de profissionais de fora é a de
Engenharia de Minas. Um desafio para a UFC será criar um curso nesta área no futuro Campus de Crateús. Após o encontro na Reitoria, os visitantes foram conhecer unidades e laboratórios no Campus do Pici.

Fonte: Gabinete do Reitor – fone: 85 3366 7305

Mais de 150 mil atendimentos nas emergências HRC e HRN

Hospital Regional Norte (HRN), em Sobral. Foto - Arquivo

As duas maiores emergências da rede pública no Interior do Ceará superaram a marca de 150 mil atendimentos. Até o dia 10 deste mês, os serviços de emergência do Hospital Regional do Cariri (HRC) e do Hospital Regional Norte (HRN), em Sobral, somavam, juntos, 154.332 atendimentos. No HRC, a emergência funciona desde o dia 23 de agosto de 2011. Lá já foram realizados 123.454 atendimentos de emergência. Com 38 leitos e 15 consultórios, a emergência do HRN começou a funcionar em 20 de maio do ano passado e realizou 30.878 atendimentos. Os dois hospitais se aproximam de 1,5 milhão de atendimentos e já realizaram juntos o total de 1.491.654 atendimentos nos diversos serviços, sendo 1.088.247 no HRC e 303.407 no HRN.

Construído em Juazeiro do Norte, o Hospital Regional do Cariri assiste a população dos 44 municípios da macrorregião do Cariri, que contempla as regiões de saúde de Juazeiro, Crato, Brejo Santo, Iguatu e Icó. O HRC é o primeiro hospital público da rede estadual construído no interior do Ceará. Com 27.126,47 metros quadrados, o HRC tem 294 leitos. Desses, 174 são de enfermarias, 49 leitos na emergência, 28 no hospital-dia, 20 leitos na unidade de terapia intensiva adulto, 15 leitos na unidade de cuidados semi-intensivos, distribuídos em seis pavimentos. Fica em Juazeiro do Norte, na Rua Catulo da Paixão Cearense, s/n, no triângulo que liga Juazeiro aos municípios de Crato e Barbalha.

O HRN é o maior hospital do interior da região Nordeste, com 57.813,70 metros quadrados de área construída, 382 leitos. A emergência começou a atender em maio deste ano. Construído pelo governo do Estado em Sobral para atender o total de 1,6 milhão de habitantes dos 55 municípios da macrorregião de saúde da região Norte do Ceará, o HRN abriu as portas no dia 28 de fevereiro deste ano, com o agendamento de exames especializados. Como hospital de média e alta complexidade, o HRN faz atendimento em diferentes especialidades, entre elas cirurgia neurológica, cirurgia geral, pediatria e radiologia. Fica na Rua John Sanford, 1.500, no bairro Junco, em Sobral.

Os dois hospitais são os primeiros da rede pública estadual construídos no interior. O governo do Estado está construindo o terceiro hospital regional. Fica em Quixeramobim e vai atender a população de todo o Sertão Central.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Sesa

TJCE participa de reunião sobre combate ao crack

Evento na Assembleia Legislativa do Ceará. Foto - Divulgação

O desembargador Paulo Airton Albuquerque Filho, do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), participou da reunião sobre combate ao crack na Assembleia Legislativa do Estado nessa segunda-feira (20/01). O magistrado representou o presidente do Tribunal, desembargador Luiz Gerardo de Pontes Brígido.

O encontro discutiu as ações do programa federal “Crack, é Possível Vencer” no âmbito estadual. O evento teve como objetivo aumentar a oferta de tratamento de saúde e atenção aos usuários, enfrentar o tráfico e as organizações criminosas, além de ampliar as atividades de prevenção.
O desembargador Paulo Airton elogiou a iniciativa e ressaltou que o Judiciário cearense está engajado em “prestar apoio institucional aos governos Federal, Estadual e Municipal no que se refere ao combate às drogas, principalmente ao crack”. Citou também o convênio do TJCE firmado, em dezembro de 2013, com o Instituto Venelouis Xavier Pereira em apoio ao projeto “Amor à vida, Crack Não”. Participaram da reunião parlamentares, autoridades das áreas de saúde, assistência social e segurança pública.

Fonte: Site TJCE

janeiro 2014
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
Tags