Archive for 9 de janeiro de 2014

HM realiza primeiro transplante de pulmão de 2014

Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes. Foto - Arquivo

O Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes (HM), da rede pública estadual, realizou na última segunda-feira (06), o primeiro transplante de pulmão de 2014, no Estado. O homem de 62 anos, residente em Fortaleza, diagnosticado com fibrose pulmonar, recebeu o pulmão novo de uma doadora de 18 anos. O paciente transplantado está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), tem boa recuperação, e permanecerá internado no HM de duas a três semanas, até receber alta. Com essa cirurgia, chega a 17 o número de transplantes de pulmão realizados no Ceará desde 14 de junho de 2011, quando o HM iniciou o procedimento.

Para 2014, a expectativa do coordenador do Programa de Transplante de Pulmão do HM, o médico Antero Gomes Neto, é realizar um transplante por mês. No ano passado, foram realizados no Ceará oito transplantes de pulmão. Em 2011 e 2012 foram realizados quatro transplantes em cada ano. O HM, unidade da Secretaria da Saúde do Estado referência na assistência de alta complexidade em pneumologia e cardiologia, é o único hospital das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país a fazer transplante de pulmão. Por isso, entre os transplantados de pulmão do HM há também pacientes de outros os estados, como de Pernambuco, Rio Grande do Norte e da Bahia.

Antero Gomes Neto destaca a qualidade dos transplantes realizados no HM. “Nossos resultados são iguais aos de qualquer lugar do mundo”, afirma. Dos 17 pacientes transplantados de pulmão no Ceará, dois faleceram em decorrência de complicações após a cirurgia. O processo de captação e transplante do órgão é bastante complexo. O pulmão é o primeiro órgão a se deteriorar no processo de morte encefálica.

Nessa condição, geralmente o potencial doador necessita de suporte respiratório que, muitas vezes, compromete a qualidade do órgão. Além disso, boa parte dos doadores com morte cerebral por acidente tem os pulmões comprometidos por trauma torácico, o que inviabiliza a doação. O pulmão é também um órgão sujeito à contaminação direta pelo ar, tanto no caso do doador quanto no do receptor. Todos esses fatores inviabilizam a captação de cerca de 80% dos pulmões doados.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Sesa

Estado garante apoio para a Santa Casa de Sobral

 

Santa Casa de Misericórdia de Sobral. Foto - Arquivo

O secretário da Saúde, Ciro Gomes, visitou nesta quarta-feira (08) o bispo de Sobral, Dom Odelir Magri, e garantiu apoio para modernizar a Santa Casa da cidade. Foi criado um grupo na Secretaria da Saúde para que, em parceria com o hospital e com a prefeitura de Sobral, estude e trabalhe por melhorias na unidade. “A Santa Casa, que presta há muitos anos um grande serviço para Sobral e toda a região Norte, contará com nosso apoio para se desenvolver e se modernizar”, afirmou Ciro.

Entre as demandas da instituição, estão algumas obras, a compra de novos equipamentos e uma parceria cada vez mais efetiva com o Hospital Regional Norte. “O Governo do Estado tem sido um parceiro importante da Santa Casa de Sobral. Tenho certeza que com Ciro à frente da Secretaria da Saúde,  esta relação será ainda melhor”, ressaltou Dom Odelir.

Coração

Com o aprofundamento das parcerias, a Santa Casa poderá ampliar seu apoio também ao Hospital de Messejana, em Fortaleza. A excelência da unidade do Coração contribuirá para redistribuir e atender mais pacientes, desafogando o hospital da Capital.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Sesa

janeiro 2014
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031