Archive for 20 de janeiro de 2014

Municípios do Ceará aderem ao Garantia-Safra

O Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), realizou nesta segunda-feira (20), solenidade com os municípios cearenses para a adesão ao Programa Garantia-Safra em 2014. O benefício será pago caso seja confirmada a perda igual ou superior e 50% da safra de grãos. Mais de 56 municípios estiveram representados no evento.

“A adesão das prefeituras é essencial para o sucesso do Programa, pois o Garantia-Safra foi a segurança para os agricultores nesses dois anos de seca”, afirmou o secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins. Cada Prefeitura deverá contribuir com R$ 38,25 por agricultor cadastrado. “Estamos esperando um bom inverno em 2014, mas precisamos aderir ao Garantia-Safra, pois ainda não temos a confirmação oficial de um bom inverno”, apelou o vice-presidente da Aprece e Prefeito de Piquet Carneiro, Expedito José do Nascimento.

Adesão dos agricultores

O Ceará tem 335 mil agricultores aptos a receber o Garantia-Safra, entretanto, eles precisam fazer a adesão ao Programa nos escritórios da Ematerce, nas Prefeituras Municipais ou nos Sindicatos Rurais. “O prazo para adesão ao Programa termina no dia 31 de janeiro e não será prorrogado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA)”, afirmou o coordenador estadual do Garantia-Safra no Ceará, Arimatéa Gonçalves.

As prefeituras municipais que ainda não fizeram a adesão devem procurar a Coordenadoria de Crédito Rural e Políticas Afins (COCRED) até o final desta semana, das 8h às 12h ou das 13h às 17h, na sede da SDA.

Fonte: Assessoria de Comunicação da SDA

Sesa divulga boletim sobre os sintomas do sarampo

Ceará tem um caso confirmado de sarampo. Foto Divulgação

Um caso confirmado e quatro casos suspeitos de sarampo no Ceará, conforme boletim elaborado e divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado na sexta-feira (17) reforçam a importância da prevenção. Os três pacientes adultos, moradores de Fortaleza (homens de 21, 26 e 27 anos), não apresentaram comprovação de vacina. A vacina tríplice viral é disponível em todos os postos de saúde dos municípios há mais de quatro décadas. O caso confirmado foi do médico, de 27 anos, que ainda está em repouso domiciliar, porém já sem febre, sem as manchas vermelhas no corpo e tosse, os principais sinais da doença. Os outros dois adultos também estão em repouso domiciliar. As duas crianças de 11 meses estão recebendo cuidados hospitalares. Na rotina de vacinação, não há indicação de vacina para crianças com menos de 1 ano. Somente em situações de transmissão do vírus, a vacina é aplicada nessa faixa etária para efeito de bloqueio.

Com o surgimento de três casos de pacientes que não haviam sido vacinados  as pessoas devem correr para serem vacinado nos postos de saúde? Não. ” A grande maioria da população não corre mais risco de ser contaminada pelo vírus do sarampo porque foi vacinada e em outros milhares de casos porque já teve a doença quando criança ou jovem”, afirma a coordenadora de imunização da Sesa, Ana Vilma Leite Braga. O paciente só tem a doença uma vez em toda a vida e para ficar imune basta ter sido vacinado. Não importa há quantos anos. Ana Vilma informa que em 2008, no Ceará, 2.641.509 pessoas de 20 a 39 anos foram vacinadas. Essas pessoas não precisam ser vacinadas novamente. Outro bom indicador de imunização é que no ano passado a cobertura da campanha de vacinação foi além da meta. Atingiu 102,66 das crianças com 1 de vida. A meta de cobertura estabelecida pelo Ministério é de 95%. A coordenação de epidemiologia da Sesa volta ainda mais no tempo e destaca que em 1991 quem tinha entre 12 e 49 anos, incluindo homens e mulheres, foram vacinados contra o sarampo. Há 15 anos não era registrado nenhum caso da sarampo no Estado.

Além de alertar os profissionais de saúde que trabalham em hospitais, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs 24 horas), clínicas e postos de saúde sobre a importância do diagnóstico rápido da doença, e de orientar sobre a conduta diante de casos suspeitos, a Secretaria da Saúde do Estado observa que os pais e toda a população devem também ficarem atentos aos sintomas e sinais do sarampo. É bom observar o aparecimento de manchas vermelhas no corpo, febre, acompanhadas de tosse ou de coriza ou de conjuntivite. Diante desses sintomas e sinais, a orientação é procurar uma unidade de saúde. A partir do diagnóstico do médico, seguir a principal recomendação do médico: ficar em repouso.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Sesa

Previsão da Funceme para a quadra chuvosa de 2014

A divuilgação do prognóstico de chuva será feito no dia 21 de janeiro. Foto - Arquivo

A previsão climática para os meses de fevereiro, março e abril de 2014 será divulgada pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) nesta terça-feira (21), às 18 horas, no Hotel Luzeiros (Avenida Beira Mar, 2600 – Meireles  – Fortaleza). O prognóstico a ser apresentado mostrará a tendência de chuvas para três dos quatro meses que formam o período chuvoso no Ceará, sendo, dessa forma, de fundamental importância para nortear ações do Governo do Estado que são impactadas pelo regime de precipitações.

A divulgação do prognóstico encerra o XVI Workshop Internacional de Avaliação Climática para o Semiárido Nordestino, evento que começa nesta segunda-feira (20), reunindo meteorologistas dos estados do Nordeste, além de especialistas do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e de institutos dos Estados Unidos (IRI) e Reino Unido (UK Met Office). Nas reuniões, serão avaliadas condições termodinâmicas dos oceanos Pacífico e Atlântico, condições da atmosfera e apresentadas previsões de modelos atmosféricos globais.

Previsão objetiva

A Funceme busca diminuir as subjetividades que possam influenciar no resultado da previsão, reforçando a importância das análises técnicas e dos modelos atmosféricos nas avaliações. “Desde o ano passado, temos no Ceará um modelo global que simula a atmosfera do planeta todo. Também acessamos às informações de vários outros modelos de instituições parceiras do Brasil e de outros países. Nossa meta é fazer uma previsão objetiva com esses dados, evitando a interferência de fatores externos como a crença de que ano terminado em 4 é chuvoso ou as subjetividades dos próprios meteorologistas”, afirma Eduardo Sávio Martins, presidente da Funceme.

Depois do Workshop, a Funceme permanecerá monitorando e avaliando as condições dos oceanos e da atmosfera. “O prognóstico não é definitivo e faremos nova reunião no fim de fevereiro para emitirmos uma previsão atualizada, que mostrará a tendência das precipitações até maio, último mês da quadra chuvosa. Se percebermos que os sinais desse outro período estão diferentes, a nova previsão será divulgada contemplando essas mudanças”, adianta o presidente.

Comitê da Seca

Na terça-feira, dia 21, antes da divulgação da previsão climática, será realizada uma discussão com instituições que formam o Comitê Integrado de Combate à Seca no Ceará, como Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), Secretaria de Recursos Hídricos (SRH), Defesa Civil, dentre outras. “Apresentaremos, no mesmo dia, o prognóstico para a sociedade, através de coletiva de imprensa, e para os tomadores de decisão, de forma que eles possam planejar suas ações ainda antes de começar o período oficial das chuvas”, explica o presidente da Funceme.

Serviço:

Divulgação do prognóstico da quadra chuvosa de 2014 no Ceará
Data: 21 de janeiro de 2014
Hora: 18 horas
Local: Hotel Luzeiros (Avenida Beira Mar, 2600 – Meireles –  Fortaleza)

Fonte: Assessoria de Comunicação da Funceme

janeiro 2014
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031