Archive for 9 de fevereiro de 2015

Abertas inscrições para Festival de Dança do Litoral Oeste

Ballet Cabo Verde-Aguarela. Foto - Divulgação

Ballet Cabo Verde-Aguarela. Foto – Divulgação

Depois da primeira etapa com a participação de companhias do Cabo Verde, o Festival de Dança do Litoral Oeste 2015, recebe inscrições até o dia 15 de fevereiro para a segunda parte, que acontecerá em abril nas cidades de Itapipoca e Trairi, no litoral oeste do Ceará. Podem participar artistas de dança independentes, grupos, companhias e coletivos cearenses e de outros estados.

Serão contemplados espetáculos nas áreas de Dança Contemporânea, Balé Clássico, Dança Moderna, Danças Populares Tradicionais, Danças de Salão, Danças afro-brasileiras, Danças indígenas, Flamenco, Sapateado e Danças Urbanas. Ao todo serão selecionados 12 trabalhos, 06 para cada cidade. O edital e a ficha de inscrição estão disponíveis no seguinte endereço: https://www.facebook.com/groups/festivallitoraloesteceara/.

Em sua sétima edição, o Festival este ano foi dividido em dois momentos: Final de janeiro/início de fevereiro, exclusivamente com a participação do Cabo Verde em Trairi, Paracuru e Itapipoca; e no mês de abril – Dias 17 e 18 em Itapipoca e 24 e 25 em Trairi – com apresentações dos selecionados a partir da convocatória.

Bancos de leite convidam mães para doação

O leite doado vai para os bebês internados. Foto - Divulgação

O leite doado vai para os bebês internados. Foto – Divulgação

Com a proximidade do carnaval, os bancos de leite do Hospital Geral Dr. César Cals, do Hospital Infantil Albert Sabin e do Hospital Geral de Fortaleza, todos do governo do Estado, estão à espera das mães que estão amamentando e têm excesso de leite para que ajudem a salvar vidas de bebês recém-nascidos. O leite doado por elas vai para os bebês internados nas unidades de terapia intensiva neonatal. Alguns são prematuros extremos, não têm força para sugar, por isso precisam do leite doado.

 

No Hospital Geral Dr. César Cals, há 52 recém-nascidos no centro de neonatologia. Todas precisam do leite humano. O estoque atual está baixo.  Durante o carnaval, para suprir a necessidade, o ideal são 25 litros de leite. O leite doado será essencial para ajudar na recuperação, fortalecimento e desenvolvimento dos bebês. Eles podem, inclusive, ter o tempo de internação reduzido pela metade. Para doar, é bem fácil e rápido. O banco de leite do Hospital César Cals funciona 24 horas, todos os dias da semana, de domingo a domingo. Então, a qualquer momento, a mãe ou alguém da família pode ligar gratuitamente para 0800 286 5678 ou enviar um e-mail parabancodeleite@hgcc.ce.gov.br , para fazer a doação, um gesto simples e que salva vidas. O hospital possui uma equipe especializada para atendimento e vai buscar o leite doado em casa, onde também faz atendimento.

 

O Hospital Infantil Albert Sabin está com 34 crianças em tratamento. São meninos e meninas com baixo peso, prematuros, pós-cirúrgicos e com dificuldades de mamarem diretamente no peito da mãe. Há um mês e 20 dias, Lívia Caroline da Silva Cabral acompanha o filho em tratamento no Albert Sabin. Paulo José Ubaldino da Silva, com um mês de vida, nasceu pesando somente 930 gramas. Para recuperar o peso e conquistar um desenvolvimento saudável, ele se alimenta exclusivamente do leite doado, enquanto sua mãe ainda não consegue produzir. Para garantir um estoque razoável que atenda a atual demanda de 34 crianças internadas nas unidades de terapia de alto e médio risco, o Albert Sabin precisa alcançar a meta de 50 doadoras. “A nossa preocupação é ter leite para distribuir durante o feriado de carnaval. Estamos com 40 doadoras e, no estoque, temos apenas 30 litros para um consumo diário de 3,5 litros”, diz Iraneide Velança, enfermeira do Banco de Leite do Albert Sabin.

 

O Banco de Leite do Hospital Geral de Fortaleza também está precisando de doações. Por dia, são necessários cerca de sete litros de leite para alimentar os pequenos prematuros que estão internados na Unidade de Terapia Intensiva e também nos leitos do Canguru. No período do carnaval, são necessários 40 litros de leite para atender toda a demanda, nos cinco dias do feriado. Atualmente, no estoque tem 23 litros, ou seja, esse número tem quase que dobrar. O Banco de Leite Humano do HGF atende uma média de 50 bebês por mês. As doações podem ser feitas no próprio hospital ou ainda, se a mãe não puder vir à unidade, a equipe do banco envia um carro para buscar o leite em casa.

 

Todos podem ajudar inclusive quem não é mãe ainda, pois também é necessária a doação de frascos de vidro com tampa de plástico para armazenar o leite pasteurizado. Com a doação, os bebês internados têm mais chances de recuperação e crescerão mais fortes e saudáveis. Cientificamente, está comprovado que o recém-nascido prematuro e ou doente tem as chances de recuperação mais elevadas e viver com qualidade, se a alimentação com  leite humano for proporcionada, durante o período de privação das mamadas no peito da mãe.

Ouvidoria Eletrônica do TCE-CE amplia atendimento

Iniciativa permite o atendimento online. Foto - Divulgação

Iniciativa permite o atendimento online. Foto – Divulgação

O Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE-CE) lançou o novo sistema de atendimento online: a Ouvidoria Eletrônica. A ferramenta faz parte do Programa TCE 100% Digital e foi desenvolvida internamente pela Secretaria de Tecnologia da Informação da Corte de Contas.

Através da Ouvidoria Eletrônica, o cidadão poderá registrar sugestões, reclamações, críticas, elogios, solicitações de informação, comunicações de irregularidade e problemas técnicos por meio de um servidor mais seguro, amigável e eficiente.

O novo sistema possibilita consultar o andamento da demanda pelo número de protocolo. Também será possível complementar informações sobre processos de seu interesse em andamento no Tribunal. Outra novidade é que a comunicação poderá ser dirigida, via sistema, a todos os órgãos fiscalizados pela Corte de Contas.

Para o público interno, há mudanças no que diz respeito aos métodos de operação e execução do trabalho da Ouvidoria. As unidades técnicas do Tribunal receberão e responderão as demandas dos cidadãos por intermédio do novo sistema virtual, o que vai facilitar e agilizar o andamento dos procedimentos de trabalho entre a Ouvidoria e os setores competentes.

“Esse programa foi realizado todo pelo Tribunal e traz soluções abertas ao público externo e interno”, disse Itacir Todero, agradecendo o apoio de todos os servidores que colaboraram para a implantação do novo sistema.Parabenizado pelos membros do colegiado, que destacaram a objetividade e a busca por soluções que facilitem o acesso do cidadão ao Tribunal, Itacir Todero disse que pretende divulgar os trabalhos da Ouvidoria do TCE em todo o Ceará. “Nossa meta é ampliar cada vez mais o acesso do cidadão ao TCE.”

Fonte: Assessoria de Comunicação do TCE-CE

fevereiro 2015
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728