Archive for 12 de junho de 2015

Etapas do Circuito de Quadrilhas Juninas em 14 cidades

 

Circuito de Quadrilhas Juninas Sesc-Foto_Jr Panela

Circuito de Quadrilhas Juninas Sesc-Foto_Jr Panela

Durante o meses de junho e julho, o Sesc, em parceria com a Federação dos Eventos Juninos e Culturais do Ceará (FEJUC), realiza o Circuito de Quadrilha Juninas Sesc Ativo, que reúne cerca de 180 grupos da Capital e do Interior. A programação, gratuita, vai até o dia 19 de julho.

Este ano, a competição tem 14 etapas classificatórias, divididas por Macro Regiões do Estado, em que os campeões de cada seletiva e final recebem prêmios. Os quesitos individuais (noivos, casamento, marcador e rainha) também serão premiados com troféus em suas respectivas etapas.

A iniciativa acontece há 6 anos, com o objetivo de difundir, fomentar e manter vivas as tradicionais festas juninas, defendendo a cultura e a manutenção do folclore e as tradições nordestinas.

Os grupos selecionados em cada etapa participam da grande final, realizada nos dias 18 e 19/7, na Colônia Ecológica Sesc Iparana. Os vencedores levam para casa troféu e premiação em dinheiro.

 Programação

 12 e 13/6 – Ibiapina, 13/6 – Quixeré. 19 e 20/6 – Irauçuba, 20 e 21/6 – Mundaú, 25 e 26/6 –Juazeiro do Norte, 26 e 27/6 – Quixeramobim e Jaguaribe, 25/6 – Cascavel e Crateús, 1 a 5/7- Fortaleza, 3 e 4/7- Pentecoste e São Gonçalo do Amarante, 9 e 10/7- Aracati, 11/7- Tejuçuoca, 18 e 19/7- Final – Colônia Ecológica Sesc Iparana (Caucaia).

 

Projeto ALcance celebra quatro anos de conquistas

Deputado Professor Teodoro, presidente da Universidade do Parlamento. Foto - Arquivo

Deputado Professor Teodoro, presidente da Universidade do Parlamento. Foto – Arquivo

O projeto ALcance, iniciativa da Universidade do Parlamento Cearense (Unipace), presidida pelo deputado Professor Teodoro, já chega a 16 municípios do interior do Estado, além de Fortaleza. Agora, os estudantes têm acesso às aulas telepresenciais e, assim, não precisam mais se deslocar até Fortaleza para acompanhar o conteúdo.

Cerca de 1.500 alunos se inscreveram para participar das aulas do Alcance neste ano. Elas ocorrem todos os sábados, das 7h30 às 11h30, e podem ser assistidas presencialmente, no anexo II da Assembleia Legislativa, ou por meio do site da AL.

As aulas on-line podem ser acompanhadas individualmente de qualquer lugar, desde que o aluno tenha uma conexão de internet. Para isso, basta acessar o site da Casa e clicar no banner “Projeto Alcance – aulas ao vivo”, onde é possível assistir às aulas em tempo real.

Sucesso

“O Projeto Alcance celebra quatro anos e é um sucesso que se mede, principalmente, pelo brilho do olhar daqueles que chegam de diversas locais de Fortaleza e cidades vizinhas para assistir às aulas no auditório da Unipace”. É o que destaca o deputado Professor Teodoro, presidente da Instituição, enfatizando que qualquer um que tenha um computador ligado à internet pode acompanhar as aulas ao vivo e fazer o download do material.

“É a tecnologia a serviço da aprendizagem. O projeto é muito mais que apenas transmissão de conhecimento, é uma oportunidade de inclusão para aqueles que não têm acesso a um cursinho preparatório, da rede privada, para chegar ao ensino superior. Igualar oportunidades é o meio mais eficaz de fazer justiça social”, ressalta o deputado Professor Teodoro, ao mesmo tempo em que os parabéns a todos os que fazem do Projeto Alcance um sucesso.

O projeto é um curso preparatório para o Enem e destina-se alunos e egressos da escola pública e já alcança 16 municípios: Aracoiaba, Banabuiú, Camocim, Cruz, Fortaleza, Guaramiranga, Horizonte, Ipaumirim, Itapiúna, Milagres, Mombaça, São Benedito, Sobral, Tauá, Tianguá e Uruburetama.

Segundo diretora de Gestão e Ensino da Unipace, Lindomar Soares,  a transmissão via internet torna possível que novos polos venham a ser instalados em escolas, câmaras municipais, secretarias e ONGs, atendendo assim a quem não tem acesso à internet. “Qualquer pessoa pode também acessar às aulas do projeto. Basta entrar na página da Assembleia Legislativa e clicar no ícone do projeto. No site, estão disponibilizadas as aulas online e as apostilas didáticas para download”, explicou.

O Projeto ALcance Enem atendeu, desde 2012 quando foi criado, mais de seis mil alunos. Até o ano passado, o projeto, por meio de aulas de videoconferência, abrangia apenas a Capital e um polo em Tauá.

Serviço

Em Fortaleza, as aulas do projeto são ministradas aos sábados no auditório do Anexo II da Assembleia, das 8h às 12h30, com presença média de cerca de mil alunos.

Além do site, os alunos podem assistir ás aulas também na TV Assembleia, aos sábados, das 6h às 10h.

O material didático do projeto pode ser acessado através do site www.al.ce.gov.br/index.php/alcance-enem

Fonte: Jornal Correio da Semana – 14 de Maio de 2015 18:42

Intercâmbio educacional entre Sobral e Ontário-Canadá

Palavra do prefeito de Sobral Veveu Arruda. Fotos - Divulgação

Palavra do prefeito de Sobral Veveu Arruda. Fotos – Divulgação

Para buscar a excelência na educação pública, a Prefeitura de Sobral promoveu, na quinta-feira (11), o seminário “A Transformação de Sistemas Educacionais: Ontário-Canadá e Sobral-Ceará”. Numa parceria com o Governo do Estado e o Instituto Natura, o encontro é uma das ações para reformulação curricular de Sobral e reuniu educadores, gestores e população, no Centro de Educação a Distância do Ceará.

 prefeito Veveu Arruda e vice-governadora Izolda Cela

Vice-ministra Mary  Gallagher, prefeito Veveu e vice-governadora Izolda Cela

Na palestra magna do seminário, a vice-ministra de Ontário, Mary Jean Gallagher, destacou a importância do professor na formação dos alunos. “Vocês são os anjos da esperança e têm em suas mãos o poder de transformar a vida das crianças para melhor”, disse se dirigindo aos educadores presentes. “Vocês aqui em Sobral tiveram um início muito bom e estão fazendo um bom trabalho aqui. Fiquei muito impressionada com a homogeneidade dos bons resultados das suas escolas”, avaliou a canadense.

“A experiência de Sobral tem uma importância muito grande no que aconteceu no Ceará, ao longo desses anos, com o PAIC que tem uma semente muito vinculada ao que já estava acontecendo aqui e que repercutiu positivamente em tantos municípios do Estado”, afirmou a Vice-Governadora do Ceará, Izolda Cela, reafirmando a importância do evento: “o encontro entre Ontário, com sua experiência reconhecida internacionalmente como uma reforma educacional de resultados muito importantes, e Sobral, com nossa experiência da rede municipal, é muito simbólico porque mostra a capacidade de se superar permanentemente”.

O Prefeito Veveu destacou a educação como o caminho para superar as desigualdades existentes no país. “Todo esforço que faço como prefeito de Sobral para melhorar o nosso sistema de educação é para construir um lugar mais justo, solidário, democrático, onde as pessoas sejam felizes”.

Na ocasião, o Prefeito Veveu e a Vice-Governadora do Ceará, Izolda Cela, presentearam a vice-ministra de educação de Ontário com o livro ‘Sobral Solar’ e entregaram uma placa de homenagem em agradecimento pela contribuição para com a construção de um novo currículo para a educação de Sobral. O prefeito propôs, ainda, a formalização de convênio de cooperação científica entre Ontário e Sobral e convidou a vice-ministra para voltar ao Município para falar aos professores.

Com informações do Blog de Sobral

Doador de sangue ajuda a salvar 2 milhões de bebês

14 de junho é o Dia do Doador de Sangue. Foto - Divulgação

14 de junho é o Dia do Doador de Sangue. Foto – Divulgação

O Dia Mundial do Doador de Sangue é comemorado em 14 de junho. Desde criança aprendemos que doar sangue é um ato de solidariedade que salva vidas.  Embora em todo o mundo abnegados doadores contribuam diariamente para garantir que pacientes recuperem a saúde, a história de um doador australiano surpreende.  Morador da costa central da Austrália, James Harrison, 78 anos, conhecido como “O homem do braço de ouro” foi tema de reportagem da CNN por ter ajudado a salvar mais de dois milhões de bebês.

Jemma Falkenmire, do Serviço Australiano de Sangue da Cruz Vermelha, contou à CNN que naquele país, até cerca de 1967, milhares de bebês morriam a cada ano sem que os médicos entendessem a causa. “As mulheres estavam tendo numerosos abortos e bebês nasciam com danos cerebrais”, disse à emissora.

Com o tempo se descobriu que as mortes eram ocasionadas pela eritroblastose fetal, também conhecida como “doença de Rhesus”, resultado de uma incompatibilidade sanguínea entre mãe e feto.  Esse mal ocorre quando uma mulher grávida tem sangue Rh-negativo (RhD negativo) e o bebê em seu ventre tem sangue Rh-positivo (RhD positivo), herdado de seu pai. Se a mãe tiver tido sensibilidade ao sangue Rh-positivo, geralmente durante uma gravidez anterior com um bebê – Rhesus positivo, ela pode produzir anticorpos que destroem as células sanguíneas “estranhas” do bebê.

E como James Harrison entra na história? Ele explicou à CNN que, em 1951, quando estava com 14 anos de idade, teve de remover um pulmão, precisou tomar 13 litros de sangue doados por desconhecidos. “Então eu disse que quando eu tivesse idade suficiente, iria tornar-me um doador de sangue”, relatou James.

Na década de 60, o novo doador chamou a atenção dos médicos que descobriam que seu sangue tem um anticorpo incomum. Ele passou, então a colaborar  com os médicos para usar os anticorpos no desenvolvimento de uma injeção chamada Anti-D. Ela impede que as mulheres com sangue Rh-negativo possam desenvolver anticorpos RhD durante a gravidez. “A Austrália foi um dos primeiros países a descobrir um doador de sangue com este anticorpo, por isso foi bastante revolucionário na época”, disse Falkenmire.

O Serviço de Sangue da Cruz Vermelha Australiana credita a James e ao Anti-D o salvamento das vidas de mais de 2 milhões de bebês. “Ele terá que se aposentar nos próximos dois anos e eu acho que para nós a esperança é de que haverá pessoas que vão doar, que também… tenham este anticorpo e se tornarão protetores da vida da mesma forma que ele”.

Considerado herói nacional, James já recebeu vários prêmios. Segundo a CNN, ele já fez mais de  1.000 doações. Mas o herói tem um ponto fraco: Na hora da picadHarrison é considerado um herói nacional, e já ganhou inúmeros prêmios. Ele até agora doou seu plasma mais de 1.000 vezes.

Conheça a história no original, em inglês: http://is.gd/PnEP4a

junho 2015
S T Q Q S S D
« maio   jul »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930