Archive for 14 de julho de 2015

Sobral integra grupo G20 Semiárido

Sobral, na zona Norte do Ceará. Foto - André Adeodato

Sobral, na zona Norte do Ceará. Foto – André Adeodato

O município de Sobral foi escolhido para integrar o G20 Semiárido, grupo que reunirá os 20 municípios com maior desenvolvimento econômico entre os localizados no semiárido nordestino. A criação do grupo será articulada pela Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), com o objetivo de potencializar as vocações econômicas e políticas desses municípios, que juntos têm um PIB em torno de R$ 50 bilhões e reúnem 4,6 milhões de habitantes.

Em agosto, deverá ser realizado um encontro com lideranças políticas das cidades que integram o grupo, além de representantes de ministérios, instituições financeiras e universidades do Nordeste para debater estratégias, planos de trabalho e outras iniciativas que impulsionem e fortaleçam os debates sobre desenvolvimento social, organização política e economia relacionados ao semiárido nordestino.

Integram o “G20 Semiárido” municípios de Alagoas (Arapiraca); Bahia (Feira de Santana, Jequié, Juazeiro, Paulo Afonso e Vitória da Conquista); Ceará (Caucaia, Crato, Itapipoca, Juazeiro do Norte, Maranguape, Iguatu e Sobral); Paraíba (Campina Grande e Patos); Pernambuco (Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe, Garanhus e Petrolina) e Rio Grande do Norte (Mossoró).

Fonte: Blog de Sobral

Campanha de doação de leite para o Iprede nas redes sociais

No Facebook: https://www.facebook.com/events/905495546156583/

No Facebook: https://www.facebook.com/events/905495546156583/

Já pensou na necessidade de ter 450 latas de leite por dia para atender a mais de 1200 crianças? Pois essa é a realidade do Instituto da Primeira Infância (Iprede) localizado na Rua Professor Carlos Lobo, 15, Cidade dos Funcionários, em Fortaleza. Houve uma baixa no estoque e, para reforçar as doações, pela primeira vez uma campanha por meio de redes sociais foi realizada. Há leite para garantir a distribuição até meados de agosto próximo, mas a gerente administrativa da instituição, Vilani Sousa Aguiar, explica que, como o trabalho de assistência às crianças é permanente, é preciso que as doações continuem.

Por mês, entre 1.200 e 1.500 crianças são atendidas no Iprede. O “carro-chefe’ do trabalho com elas tem foco no combate à desnutrição, sendo que assistência vai além do fornecimento de alimento. Elas recebem atendimento ambulatorial com pediatra, nutricionista e assistente social e é feito um trabalho também envolvendo psicologia e psicomotricidade. Vilani esclarece que desde 2005 não há mais internamentos no Iprede, portanto os casos de desnutrição mais graves são encaminhados para o Hospital Infantil Albert Sabin.
Apesar da principal demanda ser por leite, o Iprede também recebe outros tipos de doações como brinquedos, roupas, móveis, livros, material de informática, notas fiscais e alimentos da cesta básica. No local, existe um bazar onde os produtos são vendidos e a renda é revertida para os projetos da instituição. Quem desejar fazer doações pode entregar os produtos na sede do Iprede ou entrar em contato com os fones abaixo e combinar a forma de encaminhar o que for doar. No Facebook, você pode aderir à campanha acessando https://www.facebook.com/events/905495546156583/
As mães, que normalmente acompanham as crianças, também recebem atenção especial com cursos de capacitação profissional. O projeto Mãe Colaboradora disponibiliza cesta básica e ajuda de custo. Vilani informa que o Senac tem levado cursos em parceria com o Pronatec nas áreas de corte e costura, cabeleireira, manicure, maquiadora e salgadora,entre outros. “As mães muitas vezes chegam aqui sem identidade e a proposta do Dr. Sulivan Mota, presidente do Iprede, é colaborar para que essas mães se autovalorizem”, diz Vilani.
Mais informações: Iprede – (fone:  85 3218 4000) / e-mail: iprede@iprede.org.br
julho 2015
S T Q Q S S D
« jun   ago »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031