Archive for 6 de novembro de 2015

Memórias de um menino nos tempos de Ditadura

Livro será lançado na próxima terça, 10 de novembro, às 19 h, no Museu do Ceará. Foto - Divulgação

Livro será lançado no dia 10 de novembro,19 h, no Museu do Ceará. Foto – Divulgação

O livro Na Estrada – Memórias de um menino nos tempos de Ditadura será lançado na próxima terça, 10 de novembro, às 19 h, no Museu do Ceará, em Fortaleza. Escrito por Adalberto Alencar e Klycia Fontenele, o livro traz as recordações de Adalberto da época em que seu pai – o antropólogo Francisco Alencar – foi para o exílio, fugindo da repressão cívico-militar. A obra traz prefácio da professora Lúcia Alencar, do Instituto Frei Tito de Alencar.

A história situa-se entre 1970 e 1975, quando Adalberto tinha entre 9 e 14 anos, e mostra como a opressão cívico-militar devastou as relações entre seus familiares. Fala como seu núcleo familiar foi desfeito, após o exílio forçado do pai e da irmã mais velha, Francisco e Bárbara Alencar; e da ida de sua mãe, Tereza, para São Paulo, fugindo das opressões intensificadas depois que o marido foi embora. Bem como as sucessivas prisões de seu tio – o também antropólogo José Alencar – contribuíram para um clima de tensão entre os familiares.

Com textos curtos, o livro se completa pelas narrativas que Adalberto ouviu do tio e do pai, quando criança e anos depois, já adulto. São os exílios de Francisco no México, Chile e, finalmente, na Suécia. Os maus tratos e as torturas que Alencar sofrera nas prisões do Rio de Janeiro e do Ceará. Os relatos contam, também, histórias que vivenciou criança – como as brincadeiras de rua, as diversas casas em que morou em Fortaleza e o período em que viveu em Itapipoca até sua ida para Suécia aos 14 anos.

Saiba mais

Adalberto Alencar é, atualmente, o presidente da Fundação Cepema (Fundação Cultural Educacional Popular em Defesa do Meio Ambiente), que promove ações para o desenvolvimento social e ecológico em comunidades urbanas e rurais, desde 1989. Apesar da ligação estreita com o Brasil, especialmente com o Ceará, Adalberto ainda mora na Suécia, onde vivem também seus quatro filhos e as duas irmãs Bárbara e Carla. Já Klycia Fontenele é jornalista e escritora.

Serviço

Na Estrada – Memórias de um menino nos tempos de Ditadura
Adalberto Alencar e Klycia Fontenele
104 páginas. R$ 20,00

Com informações da jornalista Klycia Fontenele

Fonte: Site Agência da Boa Notícia (ABN)

novembro 2015
S T Q Q S S D
« out   dez »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30