Archive for 22 de dezembro de 2015

Fernando Rosa lança no Estoril o livro “Fazenda Poema”

O lançamento do livro foi marcado por um show de Fernando Rosa. Foto - Divulgação

O lançamento do livro foi marcado por um show de Fernando Rosa. Foto – Divulgação

Um dos mais aplaudidos compositores cearenses da nova geração, o também cantor, violonista e poeta Fernando Rosa lançou no dia 11 de dezembro, às 21h, no Estoril, na Praia de Iracema, em Fortaleza, seu novo livro, “Fazenda Poema”, premiado pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult).

O lançamento do livro foi marcado por um show de Fernando Rosa, entremeando canções e poemas em uma apresentação de seu universo lírico e musical, calcado na influência regional, dialogando com harmonias elaboradas e arranjos bem cuidados, em uma mescla de influências que vai além dos estereótipos e classificações.

No show “Encantorias”, Fernando Rosa contou com a companhia de Jeferson Portela (percussão) e Jair Dantas (acordeom). O livro chega depois de dois discos autorais bastante aplaudidos na cena musical cearense: “Guaramiranga” e “Embornal do Tempo”, e de um disco infantil que abriu novas veredas para o cantor e compositor, premiado em diversos festivais no Ceará e em outros estados.

Fernando Rosa é parceiro de nomes como Alan Mendonça, Lenine Rodrigues, Cleilson Ribeiro e Paulo César Oliveira, além de contar em seus discos com convidados como Xangai, Maciel Melo, Edmar Gonçalves e o grupo Cinco em Ponto. O clipe de sua canção “Coivara” foi exibido com regularidade na TV Ceará. Dedica-se também ao ensino de música, formando novas gerações de instrumentistas e cantores, na escola Cante e Toque, no bairro do Benfica, em Fortaleza.

Com inversor fotovotaico usuário não paga energia elétrica

Eletrotécnico Alírio Macedo consegue zerar o seu custo de energia elétrica em sua casa. Fotos - Divulgação

Alírio Macedo consegue zerar  custo de energia elétrica. Fotos – Divulgação

Na tarde desta sexta-feira, 18 de dezembro, a Energisa ligou o padrão do primeiro consumidor de Chapadão do Sul com On-Gride, inversor fotovoltaico. O eletrotécnico Arírio Macedo, de Chapadão do Sul preparou e conduziu o seu próprio projeto e nesta tarde recebeu a equipe da Energisa, vinda de Paranaíba (MS), que executa a ligação.

Novo medidor de energia que alimenta a rede com energia gerada a partir do sol

Novo medidor de energia que alimenta a rede com energia gerada a partir do sol

Trata-se o sistema de geração própria de energia elétrica, que insere na rede a energia gerada durante o dia e excedente, através de placas fotovoltaica. Um aparelho do sistema On-Gride faz a inversão e insere na rede a energia gerada e não gasta durante o dia.

Equipe da Energisa liga o padrão reversor na primeira residência urbana de Chapadão do Sul

Equipe da Energisa liga o padrão reversor na primeira residência urbana de Chapadão do Sul

O excedente gera um bônus, que o consumidor tem até três anos para consumir. No caso da casa de Alírio, o seu consumo médio mensal é de 104 Kwh e o seu On-Gride vai gerar 150 Kwh/mês. Com esse excedente de 50Mwh/mês, Alírio disse que pretende melhorar a sua qualidade de vida e ainda gerar bônus para alguma eventualidade. Assim, aquele consumidor terá a sua conta de energia zerada.

Passado o período de três anos do Bônus, ele é zerado e novo acúmulo é iniciado. E ainda, pode o gerador de energia usar o bônus, do mesmo pondo gerador, para outros imóveis que estejam cadastrados na concessionária de energia local ou até de outros estados, em seu CPF.

O Prefeito de Chapadão do Sul, Dr. Luiz Felipe Barreto Magalhães mandou iniciar um projeto para instalação de um On-Gride em um prédio público municipal. Este primeiro projeto é experimental, ele não deverá gerar energia para sobrar bônus, mas vai ser o suficiente para grande economia. No futuro o projeto pode ser alterado para que gere ainda mais energia e mais bônus.

A vida útil do sistema é de 25 a 30 anos e de 07 a 08 anos, em média, ele cobre os custos do projeto e implantação, disse o Eletrotécnico Alírio Macedo.

O eletrotécnico Alírio disse que o seu aparelho conversor é de última geração. Nele existe uma saída USB para computador, que quando conectado, passa todas as informações sobre a geração e consumo da energia. Ele ainda é capaz de passar os dados através do Wi-Fi próprio.

Trata-se de um sistema com dois principais benefícios, o econômico ao consumidor, que tem a sua conta zerada e o ambiental, pois contribui para a geração de energia elétrica totalmente limpa, já que é gerada a partir do sol, a fonte inesgotável e abundante de energia no Brasil.

Para a cidade de Chapadão do Sul o sistema é novidade, mas no campo, várias fazendas já implantaram o sistema e gozam do bônus gerado.

Lembrou Alírio que há linhas de créditos bancários para a elaboração, condução e instalação do On-Gride.

Fonte: Jovemsulnews (Norbertino Angeli)

Exposição “Acidum Project” em Fortaleza

Exposição "Acidum Project",_Espaco Cultural Correios de Fortaleza. Foto - Divulgação

Exposição “Acidum Project”,Espaco Cultural Correios Fortaleza. Foto – Divulgação

Segue até o dia 9 de janeiro, no Espaço Cultural Correios, no Centro de Fortaleza, a exposição “Acidum Project“, do Acidum, um dos mais atuantes coletivos de arte urbana de Fortaleza, encabeçado por Robézio Marques e Tereza Dequinta. Aberta de segunda a sábado, a visitação tem horários adaptados para o período do Natal e Ano Novo. Nos dias 24 e 31 de dezembro (quintas-feiras), o funcionamento será excepcionalmente das 8h às 12h. Nos sábados 26 de dezembro e 02 de janeiro, não haverá funcionamento.

 Depois do feriado do Ano Novo, a Galeria terá horário normal de visitação a partir do dia 4 de janeiro (segunda-feira), que é de segunda a quinta, das 8h às 17h e aos sábados das 8h às 12h.

 A Exposição

 Cerca de 40 obras compõem a exposição “Acidum Project“, que tem o patrocínio dos Correios. A mostra inclui também um painel pintado pelo grupo na avenida Domingos Olímpio, no Benfica, próximo à Av. da Universidade, chamando a atenção da população por sua grandeza e criatividade. 

 Técnicas mistas ajudam a definir o centro das obras do Acidum, num ousado equilíbrio de forças. Como característica essencial, os trabalhos são marcados pela fulgurante presença das cores, um balé cromático de forte tensão enunciativa. Mas que nessa exposição também é possível visualizar rascunhos, esboços, desenhos de base para essas criações.

 O Coletivo Acidum vem conquistando públicos no Brasil e mundo afora, através de intervenções em espaços públicos e expositivos. As formas abstratas e surreais de suas obras compõem uma leitura inventiva das intensidades do mundo contemporâneo. A matéria comum de seus trabalhos é um espírito crítico em relação à vida e seus acontecimentos, abrindo espaço para um imaginário criativo de grande potência humana.

 

dezembro 2015
S T Q Q S S D
« nov   jan »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031