Archive for 5 de Janeiro de 2016

2700 vagas gratuitas em mais de 40 cursos de capacitação

Os cursos são ofertados em diversas áreas. Foto - Arquivo

Os cursos são ofertados em diversas áreas. Foto – Arquivo

A Faculdade Maurício de Nassau Unidade Fortaleza está com inscrições abertas para 2.700 vagas em 45 cursos do Projeto Capacita. Os cursos de férias são gratuitos e com certificação. Eles serão realizados entre os dias 11 e 22 de janeiro, nos turnos da manhã, 8 às 11 horas, e noite de 18 às 21 horas, na sede da Instituição de Ensino Superior (IES), em Fortaleza, na Avenida Aguanambi – 251, Joaquim Távora.

Os cursos estão divididos em quatro seções, Formação Geral, Gestão, Saúde e Carreira, com aulas presenciais ministradas por professores da instituição nas dependências da sede da Faculdade.  Segundo a faculdade, o objetivo do projeto é ampliar a missão de qualificar o povo cearense, permitindo que qualquer pessoa possa participar de um curso de qualificação de excelência, com certificado reconhecido em todo o território nacional, e ministrado por um grupo composto de especialistas, mestres e doutores.

Saiba mais

Para inscrição, os interessados devem procurar presencialmente a Coordenação de Cursos da Faculdade Maurício de Nassau sede, mediante apresentação de RG ou CPF, ou realizar inscrição online através do endereço virtual: http://social.sereducacional.com/.

A taxa simbólica será a doação, no ato da matrícula ou no primeiro dia de aula, de 1kg de alimento não-perecível, que será destinado à instituições sociais parceiras da Faculdade. Para mais informações os interessados devem entrar em contato através do telefone: 3201-2411 ou pelo e-mail: nassaucapacita@gmail.com.

O Projeto Capacita consiste em uma ação de Responsabilidade Social da Faculdade Maurício de Nassau, com a finalidade de promover a disseminação da capacitação e formação dos cearenses em diferentes áreas do conhecimento.

Fonte: Agência da Boa Notícia (ABN)

Jubileu de padre Cícero – Artigo do Prof. Teodoro

Opinião/Professor Teodoro- Deputado estadual

Padre Cicero tem grande número de devotos em todo o Nordeste.Foto - Reprodução/Internet

Padre Cicero tem grande número de devotos no Nordeste.Foto – Reprodução/Internet

O papa Francisco proclamou um jubileu extraordinário, centrado na misericórdia de Deus. O jubileu teve início no Dia da Imaculada Conceição (8/12) e percorrerá todo o ano de 2016 – o Ano Santo da Misericórdia. Celebra o cinquentenário do Concílio Vaticano II, de 1965.

O papa alerta que “ninguém poderá ser excluído da misericórdia de Deus”. O ano será dedicado ao Evangelho da Misericórdia, com ênfase no evangelista Lucas, o que dedica mais espaço a histórias como a da pecadora que lava os pés de Jesus, a moeda perdida, da ovelha perdida, do pai misericordioso.

Nada mais alinhado ao pensamento desse extraordinário papa Francisco do que o perdão a Cícero, já santificado no altar dos católicos nordestinos. O papa que veio lá dos pampas, reconcilia Cícero Romão Batista, vítima histórica de uma visão eurocentrista da Igreja de então.

Um dos significados de jubileu, além da comemoração cinquentenária, é o perdão, ora concedido por Francisco ao nosso padre sertanejo, fundador de Juazeiro do Norte e um dos maiores propagadores da fé católica, com sua memória ainda muita viva entre os romeiros e os locais.

As palavras do papa Francisco revelam quão adiantado no tempo estava padre Cícero em seu evangelismo popular. É presente, por exemplo, sua preocupação com o meio ambiente, com cartilha que ensinava o manejo de plantas e a preservação da natureza e a convivência com a realidade do semiárido.

Num trecho da carta do Vaticano, o papa Francisco destaca a fé simples e a devoção a Nossa Senhora e destaca a atualidade de padre Cícero, que viveu no fim do século XIX e início do XX: “Atitude de saída, ao encontro das periferias existenciais, a atitude do padre Cícero em acolhere a todos, especialmente aos pobres e sofredores, aconselhando-os e abençoando-os, constitui, sem dúvida, um sinal importante e atual”.

Tornei-me devoto de padre Cícero logo nos primeiros momentos em que fui morar no Crato, como reitor da Universidade Regional do Cariri (Urca). Primeiro, o impacto de sua forte presença na cidade de Juazeiro, com ênfase nas festas santas, quando os romeiros vêm pedir bênçãos e reconhecer as graças alcançadas.

Depois, com mais estudo sobre sua personalidade. Realizamos dois seminários internacionais para discutir personagem histórico tão importante para a região. Ralph della Cava, autor de Milagre em Joazeiro, foi um dos expoentes. Os estudiosos mostravam que havia preconceito contra padre Cícero. Deus estaria muito ocupado com a Europa para permitir milagre em Juazeiro. O tempo muda, a Igreja também.

Em 1965, a Igreja encerrava o Concílio Vaticano II, que provocou profundas mudanças na Igreja, traduzidas no seu aggionarmento, sua atualização. Não se via um não europeu ocupando a cadeira da Pedro, agora há.

Papa Francisco é o próprio milagre que veio lá do Sul para o Vaticano, para realizar as mudanças necessárias na Cúria e na visão da Igreja, que passa a ser a da misericórdia. O Ano Santo da Misericórdia começa bem com o perdão a padre Cícero, que jamais deixou a Igreja – nem o coração de seus devotos.

 

Janeiro 2016
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031