Archive for 29 de Janeiro de 2016

Ações de educação emocional na prevenção do bullying

No dia 9 de fevereiro, entrará em vigor a lei que estabelece o Programa de Combate à Intimidação Sistemática (Bullying). Foto - Divulgação

No dia 9 de fevereiro, entrará em vigor a lei  de combate ao bullying. Foto – Divulgação

No dia 9 de fevereiro, entrará em vigor a lei que estabelece o Programa de Combate à Intimidação Sistemática (Bullying), sancionada pela presidente Dilma Rousseff. A Associação pela Saúde Emocional de Crianças (Asec) avalia que ações de educação emocional contribuem para a prevenção do bullying nas escolas. A Asec destaca o caso bem sucedido do programa Amigos do Zippy, promovido pela própria entidade em 45 municípios brasileiros nos últimos 11 anos, e que já traz resultados positivos.

De acordo com avaliações do impacto do programa, é possível notar um aumento significativo no número de crianças que passam a evitar brigas após a conclusão das atividades (75% das crianças passam a evitar brigas muitas vezes. Antes do programa, cerca de 50% nunca ou quase nunca as evitavam).

Segundo a Asec, o programa Amigos do Zippy beneficiou, aproximadamente, 250 mil crianças com desenvolvimento de habilidades emocionais e sociais em 45 municípios brasileiros. Desenvolvido por um grupo multidisciplinar e internacional, o programa está presente em 30 países e é coordenado pela ONG inglesa Partnership for Children (PFC).

A iniciativa ensina crianças pequenas, independente de nível social, histórico de vida e habilidades, a lidar com as dificuldades do dia a dia, estimulando-as a identificar e a falar sobre seus sentimentos e a explorar várias maneiras de lidar com eles, a construir estratégias para resolver problemas e a fazer escolhas positivas que contribuam para sua qualidade de vida, levando em conta os sentimentos das outras pessoas.

Com informações da Associação pela Saúde Emocional de Crianças.
Mais informações: www.asecbrasil.org.br/blog/ www.amigosdozippy.org.br/

Banco de leite do Hospital César Cals precisa de doações

O atendimento acontece 24 horas por dia, inclusive finais de semana e feriados. Foto - Divulgação

O atendimento acontece 24 horas por dia. Foto – Divulgação

Com mais um feriado prolongado no início do mês de fevereiro, o banco de leite do Hospital Geral Doutor César Cals (HGCC). em Fortaleza, lembra às mães que estão amamentando sobre a importância de doar. Para não faltar leite durante o carnaval, é preciso reforçar o estoque com antecedência.

De acordo com a enfermeira do banco de leite, Cristina Rabelo, nos últimos dias, houve uma redução no número de doação. “Por dia, estamos com três doadoras apenas. Uma semana atrás, a gente contava com até 12 mães doando”, observa. Cristina pede para as mães não esquecerem de doar leite nesse período e também durante o ano todo.

Ligação gratuita

As mães que nunca doaram e também as que já fazem a doação podem ligar gratuitamente para o número 0800 286 567 e tirar todas as dúvidas. A doação é simples. Em casa mesmo, a doadora deve separar um recipiente de vidro ou de louça, nunca de plástico, para fazer a coleta, e outro recipiente de mesmo material, com tampa plástica, para guardar o leite no congelador ou freezer. Após a retirada dos rótulos, os recipientes devem ser lavados e fervidos em água por até 15 minutos, junto com as tampas. Em seguida, é só deixar escorrer sobre um pano limpo e começar a utilizar em seguida.

O atendimento acontece 24 horas por dia, inclusive finais de semana e feriados. Durante o carnaval, o funcionamento será normal. As mães que precisarem da ajuda do banco podem ser atendidas pessoalmente, a qualquer hora do dia. O banco de leite do HGCC está localizado na Avenida Imperador, 545, Centro de Fortaleza.

Com informações do Hospital Geral Doutor César Cals

Janeiro 2016
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031