Archive for 23 de março de 2016

Seleção da Secretaria de Cultura e Turismo de Sobral

Sede da Secretaria da Cultura e Turismo de Sobral, Doto - Arquivo

Sede da Secretaria de Cultura e Turismo de Sobral. Foto – Arquivo

A Secretaria de Cultura e Turismo de Sobral (Secult) abre edital para seleção em diversos cargos. As vagas são para contratação imediata e cadastro de reserva. O edital 002 foi publicado na edição 735 do Impresso oficial do Município (22/03/2016).

Para efetivar a inscrição, o candidato deve se dirigir à sede da Secult nos dias 23 e 24 de março, à Avenida Dom José (Casa da Cultura, Praça São João), munido de documentação pessoal, comprovantes de cursos e experiências de trabalho.

Confira os cargos para os quais serão selecionados profissionais: Auxiliar de Instrutor Artístico Volante. Instrutor Artístico Volante, Assistente Administrativo Nível I e Nível II, Diretor de Espaço Cultural, Monitor de Arte-Educação, Operador em iluminação, Orientador cultural de exposições, Operador em maquinário, Operador em Sonoplastia, Técnico de Arte-Design, Assistente de Comunicação, Coordenador Administrativo, Coordenador de Ação Cultural e Assessor de Projetos.

Confira o edital no link (Impresso Oficial 735, a partir da pág. 8). Verifique as exigências para assumir cada cargo, quantidade de vagas e outras informações.

Com Informações do IOM

UFC oferta três vagas para professor substituto em Fortaleza

Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC), em Fortaleza. Foto - Arquivo

Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC), em Fortaleza. Foto – Arquivo

Estarão abertas, nos dias 23, 28 e 29 de março, as inscrições para seleção de professor substituto nos centros de Humanidades (CH) e de Tecnologia (CT) da Universidade Federal do Ceará (UFC), em Fortaleza, conforme o Edital nº 58/2016.

No CH, há uma vaga no Departamento de Letras Estrangeiras, setor de estudo “Língua Francesa”, em regime de 40 horas semanais de trabalho. No CT, são duas vagas no Departamento de Engenharia Mecânica: uma no setor de estudo “Projetos Mecânicos” e outra no setor de estudo “Sistemas Térmicos”, ambas em regime de 20 horas semanais de trabalho.

Para a vaga do CH, o candidato deve possuir, no mínimo, título de mestre. A taxa de inscrição é de R$ 94,00 e a remuneração inicial do aprovado será de R$ 3.799,70. Para as duas vagas do CT, é preciso ter título de doutor para concorrer; a taxa de inscrição é de R$ 74,00, e a remuneração inicial dos aprovados será de R$ 2.983,59.

Caso não haja candidatos inscritos ou aprovados nas seleções, elas serão reabertas conforme calendário contido no Edital nº 58/2016, disponível no site da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas da UFC.

Fonte: Divisão de Concursos e Provimentos da UFC – fone: 85 3366 7407 / Portal da UFC

Campanha de doação de sangue no Hemoce

Podem doar sangue pessoas entre 16 e 69 anos, com mais de 50 quilos. Foto - Arquivo

Podem doar sangue pessoas entre 16 e 69 anos, com mais de 50 quilos. Foto – Arquivo

Às vésperas do feriado da Semana Santa, o Hemoce (Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará) lembra aos voluntários que ainda há tempo de doar sangue e garantir estoque abastecido para o feriadão. Nesta quinta-feira (24), o atendimento será normal, das 7h30min às 18h30min. O Hemoce fornece sangue para 388 unidades de saúde do Ceará atendendo pacientes que necessitam de transfusão.

Para facilitar a doação, há opções de coleta em vários pontos na capital e no interior. Em Fortaleza, além da sede do Hemoce, na Avenida José Bastos, 3390, no bairro Rodolfo Teófilo, os voluntários podem doar no posto de coleta no IJF.  O Hemoce também recebe os voluntários nos hemocentros regionais nas cidades de Iguatu, Sobral, Quixadá, Crato e Juazeiro do Norte.

A doação de sangue é um gesto voluntário que não traz danos para o doador, já que o sangue doado é rapidamente reposto pelo próprio organismo. A quantidade coletada é de aproximadamente 450ml, ou seja, menos de 10% do volume em circulação no corpo. Quem estiver saudável, bem alimentado, com idade entre 16 e 69 anos, e apresentando um documento oficial e com foto, pode se candidatar à doação de sangue em uma das unidades do Hemoce. Os menores de idade devem apresentar o termo de consentimento assinado pelos pais ou responsável legal e anexar a cópia de documento oficial com foto do representante legal.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Hemoce

Ceará vai criar plano contra o trabalho escravo

Trabalhadores em condições degradantes. Foto - MPT/CE

Trabalhadores em condições degradantes. Foto – MPT/CE

O estado do Ceará vai elaborar um plano de combate ao trabalho escravo. O superintende do Ministério do Trabalho no estado se reuniu com o governador Camilo Santana e com representantes da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e definiram a criação de um grupo para atuar na criação do plano.

Para Camilo Santana, a intenção é atuar na prevenção e, assim, erradicar o trabalho escravo do Ceará. “É muito importante trabalhar na prevenção e, também, na reinserção das vítimas no mercado de trabalho. A ideia é incluí-las nas ações que o estado oferece. Vamos trazer essas pessoas para dentro dos nossos programas”, disse. A formatação do plano, segundo o governador, envolverá ainda instituições como o Ministério Público do Trabalho (MPT) e entidades da sociedade civil. “Precisamos da integração de todos nessa iniciativa”.

De acordo com Sérgio Carvalho, auditor fiscal do Ministério do Trabalho, o crime se caracteriza principalmente por dois pontos: trabalho degradante e jornada exaustiva. Ele citou a importância da pactuação com o Governo do Estado para atuar na prevenção e combate. “É fundamental o poder público estadual assumir esse compromisso de combater e erradicar o trabalho escravo. Precisamos muito avançar na prevenção e na reinserção de trabalhadores egressos e vulneráveis”, disse ele.

Ranking

O Ceará ocupa a 4ª posição no ranking nacional de trabalhadores resgatados. Os três estados recordistas em registros são: Minas Gerais (148), Maranhão (107) e Rio de Janeiro (73). Em 2015, as equipes do Grupo de Fiscalização Móvel de Combate ao Trabalho Escravo – formado por auditores fiscais do Trabalho, procuradores do Trabalho, policiais rodoviários federais e agentes da Polícia Federal –  resgataram 70 trabalhadores em condições análogas à escravidão.No ano anterior, foram 68.

Apesar da proximidade do número de vítimas, o total de recursos pagos em indenizações quase dobrou. Saltou de R$ 111.800, em 2014, para R$ 271.350, no ano seguinte. A explicação para o aumento pode ter relação com o tempo de serviço e o valor dos salários dos trabalhadores resgatados. Ao todo, foram lavrados 90 autos de infração.

Com informações do MPT-CE e do governo do Ceará

março 2016
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031