Archive for 20 de abril de 2016

Concurso em Caucaia tem 401 vagas e salário de R$ 3,5 mil

Cidade de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. Foto-Arquivo

Cidade de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. Foto-Arquivo

A Prefeitura de Caucaia, na Grande Fortaleza, no Ceará, divulgou edital de concurso público com 401 vagas e salários de até R$ 3.534,03, para jornada de trabalho de 40 horas semanais. Conforme estabelecido em lei, 5% das vagas são destinadas a pessoas com deficiência.

CONFIRA O EDITAL COMPLETO

Os interessados devem fazer inscrição no site da Cetrede, responsável pelo concurso, até 16 de maio. A taxa de inscrição é de R$ 85 a R$ 125, dependendo da vaga em que o candidato se inscreve. A solicitação de isenção pode ser feita até 22 de abril.

Os cartões dos candidatos serão entregues em 2 de junho, com informações sobre local de prova de cada pessoa inscrita. Já as provas estão agendadas para 12 de junho.

Para os candidatos de nível superior, os exames de seleção serão aplicados das 8h às 12h; as provas para os inscritos de nível médio são das 14h às 18h.

O concurso estabelece vagas para os cargos de Agente de Suporte a Fiscalização, Agente Municipal de Trânsito, Analista de Planejamento e Gestão, Arquiteto, Assistente Social, Auditor do Tesouro Municipal, Biólogo, Enfermeiro, Engenheiro Civil, Engenheiro de Recursos Ambientais, Engenheiro Químico, Geógrafo, Geólogo, Guarda Municipal, Médico em diversas especialidade, Pedagogo, Professor em diversas áreas, Psicólogo, Técnico Administrativo, Técnico de Suporte Gerencial , Técnico em Enfermagem, Técnico em Suporte em Saúde.

Fonte: G1- CE

 

Instalação da Comissão do impeachment no Senado

Leitura da denúncia de crime de responsabilidade contra a presidente Dilma. Foto - Waldemir Barreto/Agência Senado

Leitura da denúncia de crime de responsabilidade.Foto-Waldemir Barreto/Agência Senado

O presidente do Senado, Renan Calheiros, anunciou que a comissão especial que analisará o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff será instalada na  segunda-feira, 25 de abril, quando elegerá presidente e relator. Os blocos partidários têm até o fim desta semana para indicar seus 21 representantes — e igual número de suplentes. Veja aqui os representantes que já foram indicados.

O anúncio deu início à tramitação oficial do impeachment no Senado. Na sessão plenária de terça-feira, 19, o 1º Secretário da Casa, senador Vicentinho Alves (PR-TO), fez a leitura da denúncia de crime de responsabilidade contra a presidente Dilma e da autorização da Câmara dos Deputados para abertura do processo.

Foi aberto também o prazo de 48 horas para indicação dos membros da comissão especial, que se estenderá até sexta-feira, 22, devido ao feriado do dia 21 de abril. Renan fez um apelo para que os líderes partidários entreguem os nomes o mais rápido possível e avisou que, caso as indicações não cheguem no prazo, ele mesmo preencherá as vagas restantes.

STF

O presidente do Senado ressaltou ainda que o processo de impeachment será regido por uma hierarquia de normas, começando pela Constituição Federal e seguindo pelo acórdão do Supremo Tribunal Federal (STF) de dezembro de 2015, pela Lei dos Crimes de Responsabilidade (Lei 1.079/1950), pelo Regimento Interno do Senado e pelo rito adotado no caso do ex-presidente Fernando Collor, em 1992.

Renan informou também que antecipará a participação do presidente do STF, Ricardo Lewandowski. Uma vez aprovada a admissibilidade do impeachment, todas as questões e dúvidas sobre o processo deverão ser dirigidas a Lewandowski. O presidente do tribunal também comandará as votações em Plenário posteriores à admissibilidade, e não apenas o julgamento final.

O presidente Renan Calheiros garantiu que manterá a sua imparcialidade durante toda a tramitação e julgamento do processo, e que não vai “se prestar ao papel” de fazer concessões para qualquer um dos lados.

Fonte: Agência Senado
abril 2016
S T Q Q S S D
« mar   maio »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930