Archive for 2 de agosto de 2017

Funcap lança edital para 30 bolsas de pós-doutorado

Propostas devem ser encaminhadas à Funcap até 15 de setembro.Foto-Arquivo

Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), lançou nesta terça-feira (1º) o edital nº 02/2017, para concessão de 30 bolsas de pós-doutorado para pesquisadores atuarem no Ceará. O resultado será divulgado a partir do dia 25 de setembro e o início de vigência, a partir do dia 1º de outubro. (veja edital)

Podem concorrer às bolsas pesquisadores sem vínculo empregatício e com título de doutor obtido há, no máximo, cinco anos. Cada candidato deverá estar sob a supervisão de um pesquisador cadastrado como docente em um programa de pós-graduação stricto sensu sediado no Ceará, cabendo ao supervisor a submissão da proposta.

O edital prevê a concessão de 30 bolsas de pós-doutorado destinadas a jovens pesquisadores doutores, com benefícios distribuídos da seguinte forma:

  • Bolsa de pós-doutorado com duração de até dois anos e valor mensal de R$ 4.100,00
  • Bolsa complementar de pós-doutorado com duração de até dois anos e valor mensal de R$ 900,00
  • Auxílio financeiro para custeio de despesas do projeto de pesquisa desenvolvido pelo bolsista, no valor anual de R$ 12.000,00

As propostas devem ser apresentadas sob a forma de projeto de pesquisa e encaminhadas à Funcap via internet por meio do Formulário Eletrônico próprio na Plataforma Montenegro, acessível através da página www.funcap.ce.gov.br. O prazo de recebimento será entre 15 de agosto e 15 de setembro.

Serviço
Bolsas Funcap
pd@funcap.ce.gov.br
Telefone: (85) 3275-2942, de segunda a sexta-feira, no horário das 8h00 às 12h00 e das 13h00 às 17h00.
Edital pode no endereço http://montenegro.funcap.ce.gov.br/sugba/edital/295.pdf.

Fonte: G1 CE

Inscrições para mestrado e doutorado em Psicologia UFC

Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC), em Fortaleza. Foto-Arquivo

O Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Ceará (UFC) receberá inscrições, no período de 14 de agosto a 1º de setembro, para seleção ao mestrado acadêmico e ao doutorado em Psicologia (área de concentração: Psicologia), com ingresso no período letivo 2018.1.

MESTRADO – Para o mestrado, as linhas de pesquisa e respectivas vagas ofertadas são as seguintes: Psicanálise e Práticas Clínicas (até 5 vagas), Sujeito e Cultura na Sociedade Contemporânea (até 13 vagas) e Processos Psicossociais e Vulnerabilidades Sociais (até 16 vagas).

Poderá se inscrever o candidato diplomado em curso de graduação plena em Psicologia ou em áreas afins, desde que reconhecido pelo Ministério da Educação/Conselho Nacional de Educação, mediante documentação apresentada de acordo com o item 4.1 do Edital nº 01/2017.

DOUTORADO – As linhas de pesquisa com as respectivas vagas do doutorado são: Sujeito e Cultura na Sociedade Contemporânea (até 12 vagas) e Processos Psicossociais e Vulnerabilidades Sociais (até 6 vagas).

Para o doutorado, poderá se inscrever o candidato diplomado em curso de mestrado em Psicologia ou em áreas afins, desde que reconhecido pelo Ministério da Educação/Conselho Nacional de Educação, mediante apresentação da documentação solicitada no item 4.2 do mencionado edital.

Outras informações sobre inscrição, documentos necessários, datas, etapas e critérios da seleção podem ser encontradas no Edital nº 01/2017 e aditivo correspondente, disponíveis na página do Programa de Pós-Graduação em Psicologia e no Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA).

O endereço do Programa de Pós-Graduação em Psicologia é Av. da Universidade, 2762 – bloco didático Prof. Ícaro de Sousa Moreira – Benfica – Fortaleza/CE – CEP 60020-180.

Fonte: Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFC – fones: 85 3366 7661 e 3366 7651/Portal da UFC

IFCE abre 500 vagas para cursos técnicos gratuitos

Cursos serão realizados nos campi de Crato, Iguatu e no Pecém.Foto-Divulgação

O Instituto Federal do Ceará (IFCE) está com inscrições abertas para 500 cursos técnicos gratuitos em diferentes áreas nos campi de Crato, Iguatu e no Pecém. Os cursos são voltados para quem já terminou o ensino médio e busca uma formação profissional.

Em Iguatu e no Crato são 260 vagas no total, distribuídas em sete áreas. O campus de Iguatu oferece os cursos técnicos de agroindústria (40 vagas), zootecnia (40 vagas), nutrição e dietética (40 vagas), comércio (40 vagas), agropecuária (40 vagas) e informática (30 vagas). Já o campus de Crato oferece 30 vagas para o curso técnico em agropecuária.

As inscrições podem ser feitas pelo site do IFCE (http://qselecao.ifce.edu.br), em que também está disponível o edital com todas as informações sobre o processo. A seleção é feita por meio da análise do histórico escolar dos candidatos.

Depois da inscrição pela internet, o candidato tem até às 17h do dia 14 de agosto para se apresentar no campus escolhido levando o protocolo gerado no ato da inscrição online e toda a documentação prevista no edital. A pré-matrícula dos candidatos aprovados ocorre nos dias 28 e 29 de agosto, no campus de Crato, e 29 e 30 de agosto, no campus de Iguatu.

Pecém

Já o campus do Pecém está com inscrições abertas até o dia 6 de agosto para sete cursos de extensão na modalidade Formação Inicial e Continuada (FIC). As inscrições também ocorrem apenas pela internet. Depois o candidato passa por umaa prova escrita – 20 questões de Língua Portuguesa e Matemática – que está marcada para 10 de agosto.

As formações são para eletricista industrial (35 vagas), operador industrial eletromecânico (35), inglês básico/manhã (35), inglês básico/tarde (35), instrumentista industrial (30); operador de processos químicos industriais (25), operador de tratamento de águas e efluentes (25), soldador em aço carbono (20). As aulas começam em 22 de agosto.

Fonte: G1 CE

Inaugurado o Colégio Maria Dias Ibiapina em Sobral

Colégio de Tempo Integral está localizado no bairro Coahb III.Foto-Divulgação

O prefeito Ivo Gomes, a vice-governadora Izolda Cela e o secretário da Educação, Herbert Lima, inauguraram, na noite de sexta-feira (28), o Colégio Sobralense de Tempo Integral Maria Dias Ibiapina, na Cohab III. Este foi o 4° equipamento vinculado à Rede Pública de Educação, entregue pelo prefeito Ivo Gomes, só neste mês, à população sobralense, que também recebeu um Centro de Educação Infantil na Cohab II, um ginásio poliesportivo, no Sinhá Sabóia, e um outro Colégio de Tempo Integral, no distrito de Caracará.

“Queremos que a educação das nossas crianças seja cada vez mais uma educação de excelência. Para isso precisamos nos desafiar. Além disto, há a necessidade de a escola assumir a responsabilidade com a formação integral das nossas crianças, pois o mundo precisa cada vez mais de pessoas que sejam capazes de dialogar, de respeitar os outros, de serem solidárias, de conviver bem em sociedade”, afirmou a vice-governadora Izolda Cela.

Para o prefeito Ivo Gomes, “inaugurar uma escola é sempre motivo de grande alegria. Mais difícil que construir o prédio é manter o ritmo da educação pública de Sobral, que ostenta os melhores indicadores de educação do Brasil. É muita coisa chegar onde chegamos, mas Sobral almeja agora subir nos padrões internacionais de educação. A escola de tempo integral vai olhar para os seus alunos não só do ponto de vista dos conhecimentos, mas também das competências socioemocionais. Tratar o coração, a mente e o comportamento dos nosos jovens para construirmos de forma sustentável uma sociedade mais pacífica”.

Segundo o secretário da Educação de Sobral, Herbert Lima, “esse é o 4° Colégio de Tempo Integral em Sobral, mas com uma característica especial.  Identificamos uma demanda de estudantes do Nova Caiçara que se deslocavam diariamente para outras 26 escolas em vários bairros. Para aumentar a qualidade no atendimento e a segurança dessas crianças, essa escola inicia, no dia 1° de agosto, atendendo a essas crianças e adolescentes mais perto de casa, desde o berçário até o Ensino Fundamental II”.

O novo colégio sobralense atenderá, inicialmente, a 1.199 crianças e adolescentes, do berçário ao Ensino Fundamental II, moradores da Cohab III e do Residencial Nova Caiçara, além de outros territórios vizinhos. Com a conclusão de mais um Colégio de Tempo Integral no Nova Caiçara até o fim do ano, a partir de 2018, o Colégio Maria Dias Ibiapina atenderá a um número menor de alunos, estudando em dois turnos.

Maria Dias Ibiapina

Nasceu em Sobral em 19 de setembro de 1922, filha de Antônio Felix Ibiapina e Filomena Dias Ibiapina. Foi professora e escritora, tendo lecionado nos Colégios Patronato, Santana, Dom José, entre outros. Em 1983, ingressou na Academia Sobralense de Estudos e Letras (ASEL). Recebeu diversos comendas e homenagens no Município, entre elas, a Comenda Educadora Notável pela Câmara Municipal. Faleceu em 2005.

Fonte: Blog de Sobral

Projeto cearense representará o Brasil em Londres

Criado por alunos do IFCE, o programa foi o vencedor entre os 68 times.Foto-Divulgação

Ensinar a comunidade cearense a evitar o desperdício de alimentos por meio de palestras sobre a produção de frutas e hortaliças e a fabricação de bolos, polpas e doces é a proposta do Projeto Mudas. Criado por alunos do IFCE-Iguatu (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará), o programa foi o vencedor entre os 68 times participantes do Campeonato Nacional Enactus Brasil 2017 em premiação ocorrida na noite da última sexta-feira, dia 21, no Rio de Janeiro. O grupo será o representante brasileiro na Enactus World Cup, que acontece em setembro em Londres.

 

O time foi um dos quatro brasileiros a receberem, este ano, o incentivo de US$ 5 mil cada do Ford Motor Company Fund, braço filantrópico da Ford que promove ações sociais e de empreendedorismo social no Brasil e no mundo. “No começo, o projeto era voltado ao pequeno produtor rural. Com a parceria da Ford, conseguimos expandi-lo com cursos profissionalizantes e a criação de uma fábrica para a produção de polpa, doce e geleia que empoderou mais de 30 mulheres. Temos certeza de que a conquista do prêmio Enactus só foi possível graças a esse apoio. A Ford acreditou e acredita no nosso potencial, e vamos escrever uma linda história juntos”, afirma Kevin Brasil, líder do IFCE-Iguatu. O Projeto Mudas também promove cursos de informática para jovens e feiras de comercialização de produtos e assistência técnica especializada nas áreas de saúde, agricultura e estética.

 

“Nossa estratégia de Responsabilidade Social está baseada nos pilares de educação e sustentabilidade. A parceria com a Enactus nos permite unir essas duas premissas, com impacto positivo nas comunidades e no meio ambiente”, explica Adriane Rocha, gerente de Relações Corporativas da Ford Brasil. “O fato de o projeto vencedor ter sido o time do Ceará torna essa iniciativa ainda mais gratificante, pois conseguimos dar suporte a uma região de grande importância para nós – as operações da Troller estão baseadas na cidade de Horizonte – e com grande demanda por projetos de empreendedorismo social. ”

Com informações da assessoria de comunicação/Agência da Boa Notícia (ABN)

Livro O Cearense será relançado no dia 8 de agosto

Livro do político e escritor José Parsifal Barroso. Foto – Divulgação

Muito se fala do jeito de ser do povo cearense, a chamada “cearensidade”. As características particulares e formação da gente do “Siará” foram estudadas ao longo dos anos, mas muitas obras a esse respeito se perderam ou sofreram por esquecimento. Com esse intuito, o Instituto Myra Eliane relança um dos mais importantes livros sobre o assunto: “O Cearense”, de José Parsifal Barroso, originalmente publicada em 1967. A publicação é editada pela Escrituras Editora. A segunda edição do livro será lançada em Fortaleza, no próximo dia 08 de agosto, às 19 horas, na Assembleia Legislativa do Ceará. Antes disso, a obra será lançada na Livraria Travessa Ipanema, no Rio de Janeiro, em 3 de agosto.

“Embora o cearense se pareça com o brasileiro a muitos respeitos, sua presença sempre se assimila por uma modalidade própria de ser, de falar, de agir e de afirmar-se, que se não confunde com qualquer outra”, diz Parsifal Barroso no livro. A obra aborda a “civilização cearense”. A conformação geográfica do Estado, em forma de ferradura, deixando o estado como se fosse insular, segundo o autor, já seria uma característica que teria influência no modo de ser do cearense, na nossa formação cultural e política.
A segunda edição manterá o prefácio original da primeira, produzido pelo intelectual e escritor cearense Djacir Menezes, também acrescido de um prefácio de Igor Queiroz Barroso, presidente do Instituto Myra Eliane e neto de Parsifal. À época do lançamento, o livro teve grande repercussão, inclusive na imprensa nacional, com reportagem na revista O Cruzeiro, a mais relevante do país.
“Não é somente a pesquisa de fontes históricas e sociais que realça o valor deste livro. É também o amor radical à gente do nordeste das secas. E sobretudo à terra, que está circundada […] por uma vasta ferradura pétrea de serras, que a configuram de modo específico, diferenciando o trecho nordestino como ‘Ceará'”, destaca Djacir Menezes no prefácio da edição original.
Para Igor Queiroz Barroso, a obra é uma das maiores demonstrações de carinho e paixão de Parsifal Barroso por sua terra natal. Além disso, lança pioneiramente um conceito bastante difundido atualmente “Pioneiramente, Parsifal desenvolve o conceito de ‘cearensidade’ considerando, inclusive a geografia das chapadas em forma de ferradura e, ao norte, o litoral. Também especula sobre as etnias bases de nossa raça e inclui, entre elas, a figura do cigano mediterrâneo”, destaca.
Em 1976, Parsifal Barroso falou sobre a obra à professora Luciara Silveira de Aragão, para o projeto de História Oral produto do Convênio da Universidade Federal do Ceará com o Arquivo Nacional do Rio de Janeiro. “Considero o livro ‘O Cearense’, que publiquei quando ainda estava como professor de Sociologia da Universidade Federal do Ceará, um roteiro básico para o entendimento do Ceará e do cearense. […] Quando provei a uns e outros a necessidade de nos conhecermos melhor a nós mesmos. A nossa realidade telúrica e a nossa realidade humana, para entendermos então o que é o problema social em nosso Estado. O livro ‘O Cearense” foi o toque de clarim, a primeira abertura para que viessem outros na mesma direção em busca dessas fontes que ainda estão por ser pesquisadas”, explicou.
Sobre Parsifal Barroso 
José Parsifal Barroso nasceu em Fortaleza no dia 5 de julho de 1913. Era casado com Raimunda Olga Monte Barroso, com quem teve cinco filhos. Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais, pela Faculdade de Direito do Ceará, atuou como advogado, professor, jornalista e político.
Exerceu importantes cargos na vida pública, como deputado classista (1936-1937), deputado constituinte (1945-1949), deputado federal (1951-1955 e 1971-1977), inistro do Trabalho (1956-1958), senador (1958-1959), governador do Ceará (1959-1963) e presidente do Tribunal de Contas do Distrito Federal (1979).
Além de “O Cearense”, Parsifal Barroso publicou diversas obras como Pedro, nosso irmão, Na casa do barão de Studart, Um francês cearense (1973), e Senador Pompeu, um cabeça-chata autêntico (separata da Revista do Instituto do Ceará), Vivências Políticas e Uma história política do Ceará.
Com informações da Assessoria do Evento/Agência da Boa Notícia (ABN)
agosto 2017
S T Q Q S S D
« jul   set »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031