Archive for 16 de agosto de 2017

Justiça debate transformações digitais para processos

Programação acontecerá em Florianópolis (SC), no dia 25 de agosto.

O grande desafio da Justiça brasileira, atualmente, é a gestão e solução para os mais de 102 milhões de processos que estão pendentes e tramitando em 90 Tribunais do País, de acordo com o relatório Justiça em Números 2016, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Com base nesse cenário, vai acontecer o Innovation Day Tribunais de Justiça. O evento, voltado para gestores das Cortes de todo o país, vai reunir referências da Computação Cognitiva e da transformação digital, no dia 25 de agosto, no Sapiens Parque, o Vale do Sicílio brasileiro, em Florianópolis (SC). Sete palestrantes vão apresentar tendências para promover inovação na Justiça. Os Tribunais de Justiça de Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Ceará,   Alagoas e São  Paulo estão à frente da organização do evento.

Hevertom Fischer, arquiteto de soluções da IBM, uma das grandes referências mundiais em Computação Cognitiva, garante que os robôs e os algoritmos já auxiliam a resolver questões do cotidiano. Fischer é um dos palestrantes do Innovation Day TJs e defende que a Computação Cognitiva é o caminho para a inovação na Justiça brasileira.

“A Computação Cognitiva facilita o trabalho de pesquisa para os processos, ajuda na busca de jurisprudências e analisa um enorme volume de dados. Esse tipo de tecnologia faz com que os magistrados ganhem muito mais tempo e isso, consequentemente, promove mais agilidade à Justiça”, explica Fischer.

O evento terá ainda a participação de Luis Mangi, vice-presidente de Pesquisa do Gartner, a mais respeitada empresa de consultoria estratégica do mundo. Ele falará sobre a próxima onda de transformação digital e inovação disruptiva na Justiça.

O Innovation Day TJs contará, ainda, com palestras sobre a transformação do serviço público, a confiança na Justiça e a aplicação de Big Data e Analytics no Judiciário. As discussões serão norteadas por palestrantes da Fundação Getúlio Vargas, da Microsoft, da Softplan e do WeGov, empresa especializada em promover a inovação em instituições públicas.

Inscrições: www.innovationdaytj.com.br

 

Ceará regulamenta lei que paga bolsa a universitários

Serão atendidos inicialmente mil estudantes. Foto-Arquivo

O governador do Ceará, Camilo Santana, sancionou na terça-feira (15) a lei que paga uma bolsa de um salário mínimo (R$ 937) a estudantes da rede pública que ingressam no Ensino Superior. A bolsa é paga durante os seis primeiros meses de ensino universitário.

Conforme o Governo do Estado, serão contemplados inicialmente mil alunos que já estão matriculados na rede superior de ensino do Ceará. Além de estarem matriculados numa instituição pública, os estudantes que receberão o benefício devem ter cursado todo o Ensino Médio em escolas públicas, serem membros do programa Bolsa Família e terem conseguido uma média de pelo menos 560 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

“Esta é uma importante conquista para a educação do nosso estado. Estou muito feliz com este momento. Quero dizer a todos os alunos do Ceará que não desistam do sonho do curso superior”, afirmou o governador Camilo Santana, ao sancionar a lei, em um chat ao vivo transmitido pelo Facebook.

Universidade Aberta

O gestor aproveitou o bate-papao para anunciar a criação da Universidade Aberta do Brasil. A universidade vai oferecer um sistema de educação e formação à distância. Serão criados e mantidos pelo governo do estado polos de apoio presencial aos estudantes.

Fonte: G1 CE

agosto 2017
S T Q Q S S D
« jul   set »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031