Obra de juiz federal cordelista é adaptada para o cinema

Cordel é adaptado para o cinema e será lançado em Fortaleza.Foto- Divulgação

Um senador vaidoso convida seus pares para a “5ª reunião da celebração anual da aliança republicanista”. Mas a lista de penetras e o talento de uma dupla de repentistas acabam transformando a esbórnia dos políticos em um verdadeiro vexame para o anfitrião com direito a escândalos bem típicos dos tempos que vivemos hoje no Planalto Central. Esse é o roteiro do curta-metragem “Diz A Lenda”, que será lançado no próximo dia 11 de outubro, às 19h, no Cineteatro São Luiz, durante a Semana do Audiovisual Cearense com mostras de filmes exclusivos da Terra da Luz.

O curta, como o nome sugere, poderia ser uma lenda urbana, mas é apenas uma caricatura da nossa mais crua e dura realidade. O filme conta uma história ficcional que traz como base um desafio de cordel, ácido e bem humorado.

O cordel que inspirou o roteirista e diretor Márcio Del Picchia é “Cantoria de Excelência” do escritor, poeta, cordelista, compositor e juiz federal cearense, Marcos Mairton. O juiz ficou famoso ao proferir a primeira sentença em formato de cordel e logo se notabilizou por outras publicações.

De acordo com Del Picchia, a intenção foi levar através da sétima arte o que pensam e dizem os nossos poetas populares sobre o cotidiano da política. “É um dos poucos filmes nacionais que se inspiram na literatura de cordel como mote. E ainda mais um cordel que aborda as mazelas dos nossos políticos, quer dizer, dos políticos em geral de um país fictício”, enfatiza.

Serviço

Lançamento do filme “Diz a Lenda” no Cineteatro São Luiz, 11 de outubro, às 19h, na Semana de Audiovisual Cearense. A classificação etária é livre e a entrada é gratuita.

Fonte: G1 CE

Leave a Reply

outubro 2017
S T Q Q S S D
« set   nov »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031