Archive for 29 de agosto de 2018

Defesa Civil do Ceará lança cartilha sobre tremores de terra

Registro de tremor de terra. Foto – Arquivo

O Laboratório Sismológico da UFRN (LabSis/UFRN) registrou somente em julho de 2018 cinco tremores de terra no Ceará. De acordo com o laboratório, todos de baixa intensidade com variações de magnitude entre 1,0 e 1,5. O último tremor de terra registrado pela Defesa Civil do Ceará aconteceu na última segunda-feira (27), na cidade de Palhano, Região Jaguaribana do Estado, onde foi registrado tremor de magnitude 2,0.

Com objetivo de proporcionar segurança da população durante terremotos, a Defesa Civil do Ceará preparou uma cartilha com orientações diretas para deixar o cearense ciente do que fazer em eventuais tremores de terra. Segundo o coordenador de Sismologia da Defesa Civil do Ceará, Francisco Brandão, não há como prever tremores de terra, mas é importante saber como agir em momentos de terremoto.

“Vamos ao local onde a terra tremeu e vamos nas escolas, nas comunidades para saber o que a população sentiu no momento do tremor de terra. Vamos com o objetivo de responder as perguntas dessas pessoas e de que maneira elas foram prejudicadas”, explica Brandão.

Ainda de acordo com Brandão é comum ocorrer tremores no Ceará. Mais de 50 cidades já tiveram tremores.

“É comum a terra tremer no Ceará. Nós já temos 52 municípios que a terra já tremeu. E o mais significativo são dois tremores na cidade de Pacajus, na Grande Fortaleza. O maior deles em 1980 quando foi verificado 5,2. Houve vítimas de toda a ordem nesta época”, recorda.

Maiores tremores do Ceará

  1. Pacajus – 5,2 (1980)
  2. Palhano – 4,5 (1989)
  3. Aracati – 4,3 (1928)
  4. Cascavel – 4,1 (2000)

Tremor de Sobral completa dez anos

Moradores do distrito de Jordão, em Sobral, ainda lembram do tremor ocorrido em 2008. A aposentada Laíca Barbosa da Silva diz que jamais vai esquecer do dia que a terra balançou em Jordão. “Foi terrível. Jamais vou esquecer. Não tem como esquecer. Um barulho grande e tudo tremendo”, relembra.

Outro morador afirma que passou quase uma semana dormindo na rua, pois as autoridades proibiram a população retornar para suas casas. “O que aconteceu é que a gente foi morar na rua por causa dos tremores. Uma semana fora das casas”, recorda o morador.

Brandão lembra que um tremor de 1,5 e 2,0 já é possível uma pessoa sentir. “Algo em torno entre 1,5 e 2,0 já é possivel um morador sentir, caso ocorra em sua cidade. O cuidado da Defesa Civil é fazer essa recomendação. Tremor ocorreu lá trás e vai acontecer de novo. Nosso trabalho é de orientar a população”.

Causa dos tremores

Tremores de terra são comuns no Ceará. Segundo o Laboratório de Sismologia da UFRN, os tremores ocorrem devido a fossas subterrâneas que estão constantemente em atividade sismológica.

As fossas são ligadas ao encontro das placas tectônicas no Oceano Atlântico, que ligam a América do Sul ao continente africano. Os tremores também podem estar relacionados à atividade sismológica das placas tectônicas.

Fonte: G1 CE

Rede de ensino de Sobral é homenageada pela Assembleia

Homenagem na Assembleia Legislativa, no dia 27 de agosto.Foto-Divulgação

A rede pública municipal de ensino de Sobral foi homenageada, durante sessão solene realizada nesta segunda-feira (27/08), no Plenário 13 de Maio, da Assembleia Legislativa do Ceará, pelas medalhas conquistadas pelos estudantes nas olimpíadas científicas nacionais em 2017 e 2018. O secretário da Educação de Sobral, Herbert Lima, recebeu o certificado de honra ao mérito concedido à Prefeitura de Sobral, em reconhecimento pelo desempenho institucional nas competições acadêmicas.

 O secretário parabenizou todos os gestores, professores e estudantes pelos resultados e destacou que os avanços são fruto de 22 anos em que a gestão pública municipal trata a educação como prioridade. “É possível, a partir de investimentos e gestão eficiente, promover educação pública de qualidade. Como parte das ações do Ano Municipal das Ciências, todas as escolas municipais de Sobral estão empenhadas em participar do maior número de olimpíadas científicas, para elevar e qualificar ainda mais o aprendizado”, disse Herbert Lima.

 Também estiveram presentes na solenidade o titular da Secretaria de Educação do Ceará (Seduc), Rogers Mendes; o coordenador nacional da Olimpíada Brasileira de Química, professor doutor Sérgio Melo; o coordenador regional da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), Fabius Bonnet; e Pedro Grandson, diretor da Escola Municipal Professora Maria José Santos Ferreira Gomes.

Fonte: Portal da Prefeitura de Sobral

agosto 2018
S T Q Q S S D
« jul   set »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031