Archive for 5 de janeiro de 2019

SAAE de Sobral conserta 10.771 vazamentos de água no ano de 2018

SAAE trabalha para garantir água para todos os moradores.Foto-Divulgação

Durante os meses de janeiro a dezembro de 2018, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Sobral (SAAE) realizou o conserto de 10.771 vazamentos de água em diversos bairros da cidade, sendo 4.999 em ruas e 5.772 em caixas de hidrômetro (cavalete). Com estas intervenções, o desperdício diminui e melhora a pressão da água na rede de abastecimento.

Nas ocorrências de ruas, são usados equipamentos como retroescavadeira, martelo rompedor, picaretas e veículos de apoio. Determinados serviços podem demorar, como aqueles que incluem cortes de asfalto. A ocorrência de chuvas é outro fator que dificulta a execução dos trabalhos.

No ano de 2018 foram realizadas outras ações como a aferição de 5.568 hidrômetros, 5.430 novas ligações de água e 481 atendimentos para manutenção de ramais (tubulações). Também houve a substituição de 4.208 hidrômetros. Este procedimento garante maior precisão nos registros sobre o volume de água que é fornecido aos usuários, modernização desse sistema de medição e melhor controle das perdas dos recursos hídricos.

O SAAE trabalha para garantir água para todos os moradores de Sobral com regularidade, qualidade e segurança.

Serviço

O conserto de vazamentos na rede distribuidora externa (sob o asfalto e calçadas) e no cavalete, quando ocorrem antes do hidrômetro (sem que a água passe pelo aparelho), é de responsabilidade do SAAE. Quando o vazamento ocorre no cavalete, depois do hidrômetro (quando a água consumida foi registrada pelo aparelho), a responsabilidade do conserto é do usuário, assim como todos os demais vazamentos da rede interna do imóvel.

Para qualquer reclamação ou solicitação, o SAAE orienta aos moradores que entrem em contato pelos canais de atendimento: 0800.283.0195 – (88) 3677-9130 – www.saaesobral.com.br

Sobral (CE), 03 de janeiro de 2019

Assessoria de Comunicação do SAAE de Sobral

 

Uece forma educadores do campo para inclusão social

Solenidade ocorreu no dia 20 de dezembro de 2018.Fotos-Divulgação

A Universidade Estadual do Ceará (Uece) realizou no último dia 20 de dezembro, no Campus Itaperi, solenidade de Colação de Grau para 16 concludentes do Curso de Licenciatura em Educação do Campo (Procampo), com habilitação em Linguagens e Códigos e em Ciências da Natureza.

O curso nasceu em 2010 a partir da demanda de movimentos sociais

O curso nasceu em 2010 a partir da demanda de movimentos sociais, com aprovação do Conselho Universitário da Uece. Seu objetivo principal era a melhoria dos índices educacionais nas zonas rurais tanto no que toca a formação dos educadores, como na garantia de acesso ao ensino superior a jovens e adultos do campo.

O curso foi oferecido pela Faculdade de Filosofia Dom Aureliano Matos (Fafidam), unidade da Uece na cidade de Limoeiro do Norte-CE.

A cerimônia foi presidida pelo vice-reitor Hidelbrando Soares, à época de início do curso diretor da Fafidam. Na ocasião, falou o quanto estava feliz. “Quero dizer que estou muito alegre de dirigir essa solenidade para esses 16 novos professores que, eu sei, vão fazer a diferença aonde estiverem, seja na sala de aula ou na rua”.

O vice-reitor tinha ainda outro motivo a comemorar junto aos concludentes. A aprovação, pela Assembleia Legislativa do Ceará, de projeto do deputado estadual Renato Roseno, presente no evento, que visa a proibição da pulverização aérea de agrotóxicos no Estado.

Essa era a luta, inclusive, de José Maria de Tomé, homenageado pela turma concludente. Ele era ambientalista e líder comunitário na localidade de Tomé, em Limoeiro do Norte. Foi assassinado em 2010 por ser contra a pulverização aérea de agrotóxicos, denunciando ilegalidades na ocupação das terras por agroindústrias na Chapada do Apodi, onde muitas famílias, como a sua, foram desapropriadas de suas glebas em função da expansão do agronegócio.

“Esses dois eventos, a aprovação do projeto e a colação de grau de vocês, servem para reestabelecer nossas energias, bem como recarregar nossa bateria de esperança”, destacou Hidelbrando Soares. E continuou, “a responsabilidade de vocês, como professores do nosso Ceará e do nosso Brasil (…) é defender o estado democrático de direito, uma sociedade mais justa e um ambiente mais saudável para nós e para as futuras gerações”.

A coordenadora do Procampo/Uece e oradora docente, professora Sandra Gadelha, agradeceu a todos que contribuíram com o desenvolvimento do curso e ressaltou que, “reafirmamos nosso compromisso com a Educação do Campo, com a construção de políticas públicas que não só permitam a crianças e jovens o acesso e permanência na escolarização, mas, sobretudo, que haja vida nessa escola. A vida de quem vive e luta no campo! (…) A educação, portanto, do campo e não somente no campo”.

Com o mesmo pensamento, o orador discente, Antônio Nacelio dos Santos, reafirmou, em nome da turma, o seu compromisso. “Em nome das famílias sem terra, dos sem teto, de toda a classe excluída da sociedade, continuaremos firmes na luta e na defesa da educação no e do campo, e conspiraremos sempre contra a violência cometida pelas forças dominantes a qualquer trabalhador do campo. Seremos educadores e gestores comprometidos com uma educação que humanize e transforme”.

Estiveram também presentes na colação, o pró-reitor de Extensão, Fernando Roberto Ferreira Silva, representando todos os pró-reitores da instituição; o diretor da Fafidam, João Rameres Régis; a vice-diretora da Fafidam, Maria Lucenir Jerônimo Chaves; e a representante estadual do MST/CE, Maria Jesus dos Santos Gomes, que teve importante papel para criação do curso na Uece.

Com informações – Portal da Uece

SAAE de Sobral realiza 33.102 desobstruções em 2018 na rede de esgoto

 SAAE tem se empenhado para atuar em todas as ocorrências.Foto-Divulgação

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Sobral (SAAE) realizou, no período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2018, um total de 33.102 desobstruções na rede de esgoto e caixas de inspeção. A autarquia municipal disponibiliza três equipes dedicadas exclusivamente para estes procedimentos. Para otimizar as operações, foi adquirido um caminhão 0 km acoplado com equipamento para hidrojateamento de alta pressão e sucção a vácuo.

O veículo é equipado com bomba de alta pressão, vácuo-compressor, tanque reservatório e carretéis para mangueiras adaptáveis. Com a finalidade de atender a demanda da coleta e tratamento de esgoto da cidade de Sobral, o investimento de R$ 631.500,00, com recursos próprios, possibilita a expansão e modernização do atendimento prestado à população.

O SAAE tem se empenhado para monitorar e atuar em todas as ocorrências, mas reforça que a colaboração da população é importante para evitar vazamentos, mau cheiro e retorno de dejetos às residências, o que pode causar prejuízos materiais, transtornos e doenças. Os problemas de entupimento e retorno de esgoto se agravam, principalmente, nos períodos de chuvas.

Todos os dias os servidores do SAAE retiram grande quantidade de lixo e materiais inadequados lançados na rede de esgoto. São brinquedos, roupas, papel higiênico, restos de alimentos, absorventes íntimos, preservativos, sacolas e plásticos em geral, bem como tijolos e resíduos de obra civil. A autarquia também chama a atenção para o descarte de animais mortos nos poços de visita.

A grande quantidade de óleo de cozinha é outro agravante, pois em contato com determinados produtos, transforma-se em pedaços de sabão que obstruem os encanamentos. O uso correto da rede de esgoto é fundamental na promoção da saúde e na preservação do meio ambiente.

Serviço

 Para qualquer reclamação ou solicitação, o SAAE orienta aos moradores que entrem em contato pelos canais de atendimento: 0800.283.0195/ (88) 3677-9130 ou pelo site www.saaesobral.com.br.

Sobral (CE), 03 de janeiro de 2019

Assessoria de Comunicação do SAAE de Sobral

 

janeiro 2019
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031