Archive for 18 de março de 2019

Plano de Arborização beneficia todo município de Sobral

Prefeitura já plantou 90 mil mudas e distribuiu outras 60 mil,Foto-Divulgação

O Plano de Arborização de Sobral, iniciado no ano passado, está em plena execução em todo o município. O foco dos plantios atualmente está nas obras de novos parques, praças e equipamentos públicos que estão sendo inaugurados pela Prefeitura, especialmente no novo parque Pajéu.

A meta é plantar 40.000 mudas anualmente, para atingir a marca de uma árvore por habitante (o mínimo recomendado pela Organização Mundial de Saúde). De acordo com a Agência Municipal do Meio Ambiente de Sobral (AMA), em 2018, essa meta já foi superada. Também no ano passado foram distribuídas mais de 50.000 mudas para a população.

De acordo com Bruno Ary Ferreira, diretor de parques, jardins e unidades de conservação da AMA, no primeiro trimestre de 2019, já foram plantadas aproximadamente 10.000 mudas e distribuídas outras 6.000 à população sobralense. “Isso significa que do ano passado para cá nós já disponibilizamos aproximadamente 90.000 mudas plantadas e mais de 60.000 distribuídas”, enfatizou Bruno Ary. Ele informa, ainda, que todos os bairros de Sobral já foram contemplados com o plantio de novas mudas. Diversas ações de distribuição de mudas, preferencialmente nativas, já aconteceram durante eventos ambientais e culturais. As mudas também são permanentemente disponibilizadas para os cidadãos que podem se dirigir até o novo Horto Municipal e na sede da AMA para receber as mudas.

A próxima fase de execução do plano de arborização irá acontecer também através do Programa de Desenvolvimento Socioambiental de Sobral (Prodesol), atuando diretamente na abertura de canteiros nas calçadas, ciclovias e canteiros centrais de avenidas, além de eixos conectando áreas verdes. Está prevista também a arborização de todo o Centro Histórico de Sobral e do Residencial Nova Caiçara.

Segundo o diretor, o Plano de Arborização Urbana de Sobral vem sendo elaborado e executado desde o início da gestão. O objetivo é aumentar o índice de cobertura vegetal urbana, deixando a cidade mais verde, amenizando a temperatura, tornando os espaços públicos mais atrativos à ocupação pelos moradores e pedestres. Além disso, busca resgatar e enriquecer a biodiversidade na zona urbana.

Com informações – Portal da Prefeitura de Sobral

Inscrições para a Olimpíada Brasileira de Cartografia

3ª edição da Olimpíada Brasileira de Cartografia (OBRAC).Foto-Arquivo

Visando promover a difusão do conhecimento cartográfico e estimular o interesse dos estudantes pelas Ciências, Matemática, Geografia e Física, a 3ª edição da Olimpíada Brasileira de Cartografia (OBRAC) está com inscrições abertas. Poderão participar, alunos do 9º ano ao 3° ano do Ensino Médio de escolas públicas e privadas. As inscrições estão abertas até o dia 24 de abril, no site oficial da Olimpíada.

Cada escola poderá inscrever uma equipe ou mais, composta por quatro alunos e um professor responsável. A competição será constituída de três etapas, nas quais os estudantes concorrem com alunos de todos os estados brasileiros. As provas das etapas I e II serão realizadas de forma online nas escolas por meio da plataforma moodle de ensino a distância. A terceira etapa será realizada no Rio de Janeiro, no dia 20 de novembro.

A Olimpíada Brasileira de Cartografia (OBRAC) é um evento bianual e tem participação de todos os estados brasileiros. Nesta terceira edição, o tema da Olimpíada tem enfoque na questão dos refugiados, mas serão também abordados os demais aspectos relativos aos elementos e propriedades cartográficas. O projeto é desenvolvido pela Universidade Federal Fluminense, Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

– Leia o regulamento, clicando aqui.
– Inscrições, clicando aqui.

Açude Acaraú Mirim atinge lâmina de 25 cm de sangria

 

Açude Acaraú Mirim está localizado no distrito de Ipaguaçu, em Massapê

O açude Acaraú Mirim, de 52 milhões de m³, atingiu uma lâmina de 25 cm de sangria  nesta segunda-feira, 18 de março, em virtude de fortes chuvas na região. O reservatório sangrou na noite de  5 de março, às 21h, com ocorrência de uma lâmina de 5 cm na manhã do dia 6. Fica localizado no distrito de Ipaguaçu, município de Massapê, na Bacia do Acaraú.

Açude tem capacidade de 52 milhões de m3

O aumento da lâmina de sangria foi comemorado pelos moradores. O açude é de propriedade do Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs), sendo monitorado pela Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh).

Tem como finalidade o abastecimento da cidade de Massapê, do distrito de Ipaguaçu e outras localidades do município.

Seu principal afluente é o rio Canto, que nasce na Serra da Meruoca. Também é alimentado pelo rio Contendas.

É um dos açudes mais antigos do Estado. A construção teve início em 1901 e foi concluída em 1907. Sangrou pela primeira vez em abril de 1910. No ano de 2018, sangrou no dia 12 de março, com uma lâmina de 2 cm.

 

março 2019
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031