Archive for 1 de setembro de 2019

Daíra realiza show em homenagem a Belchior em Sobral

Cantora e compositora Daíra Sabóia, no Theatro São João, em Sobral. Foto-Blog do Edilson

A cantora e compositora Daíra Sabóia apresentou, pela primeira vez em Sobral, o show “Amar e Mudar as Coisas”, inspirado na obra do artista sobralense Belchior, com participação da banda Trovador Eletrônico, na noite de 31 de agosto, no Theatro São João. O disco que dá nome ao show e à turnê foi lançado em 2017 pelo selo Porangareté e desde então vem alcançando fãs por todo o Brasil. A turnê, que já passou por Recife, Salvador, Brasília e Belo Horizonte e tem previsão de chegar em outras capitais, como São Paulo, é resultado de um bem sucedido projeto de financiamento coletivo, que permitiu a aproximação da artista com seu público.

Em “Amar e Mudar as Coisas”, suas interpretações únicas e viscerais dão vida a diversos sucessos do cancioneiro de Belchior, como “Coração Selvagem” e “Alucinação”, além de músicas consideradas “lado B”, caso de “Princesa do Meu Lugar”, que nunca chegou a ser gravada oficialmente por ele. O trabalho conquistou não apenas a admiração do público, como também da família do próprio Belchior e de artistas como Elba Ramalho, com quem Daíra passou a dividir o palco em algumas ocasiões, como em seu trio elétrico no último carnaval em Recife.

Carreira

Após vídeos de suas apresentações viralizarem no YouTube, a cantora passou a receber constantemente pedidos dos fãs por shows em suas cidades. Nascida em Niterói (RJ),
Daíra começou sua carreira ainda criança, cantando na TV e no teatro. Lançou em 2014 seu primeiro disco “Flor”, que foi selecionado pelo Prêmio da Música Brasileira, e contou com a participação de Roberto Menescal. Nessa ocasião, a artista chegou a se apresentar em Brasília com o co-produtor do disco, Rafael Barata e com o violonista Lula Galvão.

Com informações – https://www.sympla.com.br/

Cine Ceará homenageia a atriz Lilia Cabral

Atriz Lilia Cabral, protagonista do filme “Maria do Caritó”, recebeu o troféu Euselio Oliveira.Foto: JL Rosa

Após uma movimentada noite de abertura na sexta-feira, o Cine Ceará – Festival Ibero-americano prosseguiu com a festejada programação. O sábado (31) começou com o lançamento de “A História do Cinema Para Quem Tem Pressa”, de Celso Sabadin, no Hotel Oásis Atlântico. 

Já o Cinema do Dragão foi palco para a Mostra “Olhar do Ceará”. Celebrando dois anos de programação, foram exibidos os curta-metragens “Espavento”, de Ana Francelino, e “Tremor iê”, de Elena Meirelles e Lívia de Paiva. Após a apresentação, as realizadoras dos filmes se fazem presente em debate sobre as obras para trocas com o público.

Homenagem

Destaque do sábado foi a estreia nacional do longa “Maria do Caritó”, de João Paulo Jabur. Estiveram presentes o diretor, o autor Newton Moreno, responsável pela peça homônima de sucesso; a produtora executiva Elisa Tolomelli e a atriz Lília Cabral. A protagonista do filme subiu ao palco para receber a segunda homenagem do Cine Ceará. 

O troféu Euselio Oliveira foi entregue pelo ator José Loreto. “Quero que o cine Ceará inspire outros estados”, explicou o convidado. Chamada ao palco do Cineteatro São Luiz, a atriz explicou que gostaria de ter feito mais produções deixadas ao cinema. 

Na ocasião, Lilian relembrou o cinema que frequentava na infância. “Foi com o cinema que eu comecei. A minha vida só existiria se eu estivesse naquela tela”, dividiu a artista sobre o sonhos de infância. Citou as memoria afetivas de filmes estrelados por Marcello Mastroianni. Citou os.mestres Fellini, Mazzaropi. Teve de Dercy Gonçalves a desenhos de Walt Disney.

Dona de inúmeros trabalhos na TV e cinema, a artista citou a felicidade de ser lembranda pelo Cine Ceará. “Quando olhamos para trás e vem essas lembranças. Estar aqui e receber essa homenagem nesse cinema deslumbrante,nessa cidade, é algo especial”, destacou.

Cinema é trabalho

Lilia Cabral reforçou a força da produção “Maria do Caritó”. “Estou muito feliz, trazer esse filme de uma autor pernambucano, que começou no teatro e foi para o cinema. Essa pequena caixa de música faz da minha história. O elenco é de amigos”, apontou a paulistana.

A.homenageada ressaltou o poder transformador da cultura. “Os governos passam. A arte permanece”, concluiu a homenageada.

Na mesma noite, o primeiro dos sete longas que concorrem ao troféu Mucuripe foi exibido, “Canção Sem Nome” (Peru), de Melina León, que estreou no Festival de Cannes. 

No domingo, a Mostra Competitiva ibero-americana de longa-metragem prossegue com a exibição de “Ressaca”, de Patrizia Landi e Vincent Rimbaux. Na sequência, o público  pode conferir a estreia do aguardado longa “Notícias do Fim do Mundo”, do cearense Rosemberg Cariry.

Com informações – Diário do Nordeste 01/09/2019

UFC divulga edital de concurso com 25 vagas de servidor

Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC), em Fortaleza.Foto-Arquivo UFC

A Universidade Federal do Ceará divulgou o Edital nº 129/19, de concurso público para preenchimento de vagas em Fortaleza, Crateús, Quixadá e Russas. Ao todo, são 25 vagas distribuídas entre os diferentes campi, em cargos de nível médio e superior.

Em Fortaleza, as vagas são para administrador (4 vagas), arquivista (2 vagas), nutricionista (1 vaga), pedagogo (2 vagas) e roteirista (1 vaga), todas com exigência de nível superior.

Para o Campus de Crateús, há ofertas, de nível superior, para administrador (2 vagas), analista de tecnologia da informação (1 vaga), assistente social (1 vaga) e bibliotecário/documentalista (1 vaga). Também há 6 vagas, de nível médio, para o cargo de técnico de laboratório e 1 para assistente em administração.

Já Quixadá tem 1 vaga para técnico de laboratório e outra para técnico em eletroeletrônica, ambas com exigência de nível médio profissionalizante.

O Campus de Russas, por fim, tem oferta para assistente social (1 vaga), com exigência de curso superior, e técnico de laboratório (1 vaga), para nível médio.

As inscrições poderão ser feitas no período de 22 de janeiro a 2 de fevereiro de 2020, por meio do site da Coordenadoria de Concursos (CCV).

Para nível médio, a taxa é de R$ 90,00 e a remuneração, de R$ 2.904,96. Já para nível superior, a taxa é de R$ 120,00 e a remuneração é de R$ 4,638,66.

Detalhes sobre datas das provas, atribuições de cada cargo e conteúdo programático estão disponíveis no Edital nº 129/19.

Fonte: Coordenadoria de Concursos da UFC – fone: (85) 3366 9522

setembro 2019
S T Q Q S S D
« ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30