Archive for abril 2020

Boas práticas em prol da água:Inscrições do Prêmio ANA

Inscrições até 31 de julho no site da premiação para as oito categorias.Foto – Divulgação

A Agência Nacional de Águas (ANA) lançou o Prêmio ANA 2020. As inscrições para a premiação vão até 31 de julho e podem ser realizadas gratuitamente pelo hotsite www.ana.gov.br/premio. Os vencedores das oito categorias ganharão o Troféu Prêmio ANA. Uma novidade dessa edição histórica é que os três finalistas de cada categoria poderão utilizar em seus materiais de divulgação o “Selo Prêmio ANA: Finalista” ou o “Selo Prêmio ANA: Vencedor”, conforme o resultado final do concurso.

A premiação é realizada pela Agência Nacional de Águas para reconhecer trabalhos que contribuem para a segurança hídrica, gestão e uso sustentável das águas para o desenvolvimento sustentável do Brasil. Segundo o regulamento do Prêmio ANA 2020, as oito categorias em disputa são: Governo, Empresas de Micro ou de Pequeno Porte, Empresas de Médio ou de Grande Porte, Educação, Pesquisa e Inovação Tecnológica, Organizações Civis, Comunicação e Entes do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos (SINGREH).

Outra novidade foi a inclusão da categoria Entes do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos, acrescentada para valorizar as ações de órgãos gestores de recursos hídricos, conselhos de recursos hídricos, comitês de bacias hidrográficas, agências de água e entidades delegatárias das funções de agências de água.

O Prêmio ANA 2020 terá uma Comissão Julgadora composta por oito membros externos à ANA e com notório saber na área de recursos hídricos, meio ambiente ou comunicação. Um representante da Agência presidirá o grupo, mas sem direito a voto. Os critérios de avaliação dos trabalhos levarão em consideração os seguintes aspectos: efetividade, inovação, impactos social e ambiental, potencial de difusão, sustentabilidade e adesão social. Para a categoria Comunicação, o critério de sustentabilidade não será aplicável.

A Comissão Julgadora selecionará três iniciativas finalistas e a vencedora de cada uma das oito categorias. Os vencedores serão conhecidos em solenidade de premiação em data e local a serem definidos. Para recebimento do Prêmio ANA 2020, o participante deverá comprovar estar regularizado junto ao poder concedente, quando couber, no caso de regiões que tenham o sistema de regulação dos usos de recursos hídricos esteja implantado.

As inscrições devem ser realizadas totalmente pelo hotsite do Prêmio ANA e não serão aceitos materiais em meio físico, já que a Agência Nacional de Águas adota uma política de papel zero. Cada participante pode inscrever mais de uma iniciativa. Além disso, poderão ser apresentados trabalhos indicados por terceiros, desde que acompanhados de declaração assinada pelo indicado, concordando com a indicação e com o regulamento da premiação. Clique Aqui para acessar o regulamento.

Com informações de ana.gov.br

Hospital Regional Norte imuniza crianças contra doenças respiratórias graves em Sobral

Bebês prematuros e crianças com doença pulmonar crônica ou doença cardíaca congênita.Foto-Divulgação

Estratégia usada para evitar doenças respiratórias graves em crianças, o Hospital Regional Norte (HRN), em Sobral, potencializou a imunização de bebês contra o vírus sincicial respiratório. O organismo causa uma infecção grave capaz de afetar os pulmões e os brônquios do paciente. A medida atende, também, recomendação da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), que pediu o reforço nesta aplicação como estratégia importante em meio a pandemia.

Cerca de 80 crianças estão recebendo doses do medicamento,  que protege o bebê contra o vírus ao longo da quadra chuvosa (fevereiro a março). O ciclo de aplicação começou em fevereiro e segue até julho. Prematuros infectados no primeiro ano de vida geralmente desenvolvem bronquiolite aguda e pneumonia. Já nos prematuras com doença pulmonar crônica ou cardíaca congênita, o vírus pode piorar o quadro e ocasionar a internação da criança. 

“Descartamos a possibilidade de ela ser internada e, com isso, de adquirir outras doenças”, explica a coordenadora de enfermagem da Neonatologia do HRN, Cristiane Lemos. “A palivizumab (anticorpo utilizado) é uma estratégia que tem que ser fortalecida e funciona semelhante à vacina da H1N1, mas é um medicamento melhorado. Enquanto a vacina da H1N1 ajuda o corpo a desenvolver a imunidade, a palivizumab já aplica a imunidade pronta”. 

O HRN foi o primeiro hospital do Sistema Único de Saúde (SUS) no interior do Ceará a contar com a medicação. Este é o segundo ano seguido que a imunização é feita. Em 2019, mais de 70 crianças da região Norte foram imunizadas. 

Força-tarefa

Para evitar aglomerações, as doses do medicamento estão sendo aplicadas nesta segunda-feira (27) e amanhã (28), em horários previamente agendados pelo Hospital Regional. O público-alvo para aplicações são bebês prematuros nascidos com menos de 29 semanas e que tenham menos de um ano de idade, além de crianças menores de dois anos com doença pulmonar crônica ou doença cardíaca congênita.

A pequena Maria Teresa, de 2 anos, foi imunizada pela segunda vez. Ela tem uma doença cardíaca congênita e chegou a receber as primeiras doses em Fortaleza, apesar da família residir em Massapê, município 18 km distante de Sobral. “Desde o mês passado estamos vindo por hora marcada. A segurança é total, protege a gente, os nossos filhos e as profissionais que vão nos atender”, ressalta Jaqueline Gomes Pessoa, 42, mãe da menina. 

Ela ressalta que antes da vacina a filha gripava com facilidade.

Serviço

Um médico precisa fazer a indicação da palivizumab. Após isso, os pais ou responsáveis serão orientados pelas secretarias de saúde municipais sobre o acesso ao serviço no Hospital Regional Norte. Antes de ir à unidade, é recomendado entrar em contato para agendar a aplicação. Também será necessário apresentar a seguinte documentação na  recepção do hospital:

– Cartão SUS (cópia); Comprovante de residência (cópia); Certidão de Nascimento (cópia);  CPF da mãe (cópia); RG da mãe (cópia); Relatório de alta (2 cópias); Relatório Médico (2 cópias); Receita médica do palivizumabe (2 cópias); e Solicitação do palivizumabe (2 cópias).

Informações

Neonatologia do HRN: (88) 3677-9300

Cuidados básicos para evitar infecções respiratórias:

– Manter a higiene pessoal (lavar as mãos com frequência); Manter a amamentação; Ficar longe de fumaça de cigarro; e Evitar locais fechados e contato com pessoas gripadas.

Por Diário do Nordeste/Redação, regiao@svm.com.br 17:10 / 27 de Abril de 2020

Uece se destaca em 1° lugar entre as universidades estaduais no indicador “redução da desigualdade”

Uece teve destaque pelo ranking internacional Times Higher Education (THE). Foto-Bárbara Moira/O POVO

A Universidade Estadual do Ceará (Uece) conquistou o 1° lugar entre as universidades estaduais do Brasil no indicador “redução da desigualdade” do Times Higher Education (THE), um dos rankings educacionais mais respeitados do mundo. A instituição divide posição com a Universidade de São Paulo (USP) e se destaca também em outros indicadores, analisados entre as Instituições de Ensino Superior do País (IES).

A avaliação para o indicador “Redução da Desigualdade” levou em consideração, entre outros, a existência de políticas de admissão não-discriminatória e de políticas contra “assédio e discriminação”. Em comparação a todas as IES avaliadas no Brasil, a Uece ficou ainda em segundo lugar ao lado de outras cinco instituições do país. Sendo também a única representante do Norte, Nordeste e Centro-Oeste no resultado da avaliação.

Em relação ao indicador “Educação de Qualidade”, a Uece apareceu na segunda colocação entre as instituições brasileiras e alcançou o primeiro lugar entre as IES do Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Para essa avaliação, foram considerados, entre outros, o oferecimento de eventos abertos para o público, a realização de atividades de extensão e a implementação de políticas de acesso a essas atividades. No ranking geral do País, a Uece se destaca no 17° lugar.

O Times Higher Education (THE) é um avaliador de impacto educacional mundialmente reconhecido. O ranking utiliza indicadores para avaliar instituições e destaca o desempenho delas entre o país que pertencem e em relação a demais instituições no mundo. Entre as 766 universidades do mundo avaliadas pelo ranking, a Uece ainda alcançou a 11° posição no indicador “Educação de Qualidade”.

Por O POVO15:47 | 27/04/2020

Sangra o açude Araras no município de Varjota

Açude Paulo Sarasate (Araras) atingiu sua capacidade máxima nesta quinta-feira,23. Foto-Arquivo

O açude Paulo Sarasate (Araras), localizado no município de Varjota, atingiu o volume de 860 milhões de metros cúbicos na tarde de quinta-feira, 23 de abril, e se tornou o primeiro grande reservatório do Ceará com capacidade máxima em nove anos. Os últimos haviam sido o Orós e o próprio Araras em 2011.

O Araras, que integra a bacia hidrográfica do Acaraú, é o quarto maior reservatório do Ceará, ficando atrás apenas dos açudes Castanhão, Orós e Banabuiú. Foi construído pelo Departamento Nacional de Obras contra as Secas ( Dnocs) nos anos de 1951 a 1958.  Foi inaugurado em 31 de julho de 1958, pelo então Presidente da República Juscelino Kubitschek e pelo governador Paulo Sarasate, que deu seu nome à barragem.

Abastece Varjota, Reriutaba, Ipu, Hidrolândia e outras cidades da região, através de adutoras. Alimenta o perímetro irrigado Araras Norte; e, através da perenização do rio Acaraú, com ajuda da barragem Edson Queiroz, faz o suprimento de água para o projeto de irrigação Baixo Acaraú. Pelos seus múltiplos aproveitamentos, é um dos principais vetores do desenvolvimento da região Norte do Ceará.

INSS: Primeira parcela do 13º salário começa a ser depositada nesta sexta-feira (24)

Beneficiários do INSS no Ceará terão um acréscimo de R$ 775 milhões neste mês.Foto: Diário do Nordeste

Os beneficiários do INSS começam a receber a primeira parcela do 13º salário a partir desta sexta-feira (24). O período para os depósitos vai do dia 24 de abril a 8 de maio, conforme a Tabela de Pagamento 2020 disponível no site do INSS.

Além de pagar a primeira parte neste mês, o INSS vai antecipar a segunda parcela em maio. A iniciativa é uma medida emergencial do governo para reduzir a crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus.

Para aqueles que recebem mais de um salário mínimo, o depósito da antecipação começa apenas em 4 de maio. Para conferir o dia do pagamento, consulta pelo calendário no site, de acordo com o penúltimo número do benefício (último número antes do dígito verificador).

Os beneficiários do INSS no Ceará terão um acréscimo de R$ 775 milhões neste mês devido à antecipação da primeira parcela do 13º. Com o aumento dos recursos, que só viriam na metade do ano, o total pago pela Previdência Social no Estado em abril será de mais de R$ 2,4 bilhões.

Em todo o País, 35,6 milhões de pessoas receberão seus benefícios de abril. O INSS injetará na economia um total de R$ 71,7 bilhões. Desse total, 30,7 milhões de beneficiários receberão a primeira parcela do 13º, o equivalente a R$ 23,7 bilhões. Nesta primeira parcela, é realizado o desconto Imposto de Renda proporcional.

Quem tem direito

Por lei, tem direito ao 13º quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente ou auxílio-reclusão. Na hipótese de cessação programada do benefício, prevista antes de 31 de dezembro de 2020, será pago o valor proporcional do abono anual ao beneficiário.

Aqueles que recebem benefícios assistenciais (Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social – BPC/LOAS e Renda Mensal Vitalícia – RMV) não têm direito ao abono anual.

Por Diário do Nordeste/ Redação, 14:29 / 22 de Abril de 2020 ATUALIZADO ÀS 14:34

IFCE campus de Tianguá lança concurso literário

As inscrições acontecem no período de 20 de abril a 20 de maio. Foto- Divulgação

O IFCE Tianguá lançou o concurso literário “Um convite à escrita subjetiva” por meio de uma articulação conjunta entre o curso de Licenciatura em Letras Português/Inglês e a Coordenadoria de Assuntos Estudantis. Pode realizar a sua inscrição qualquer membro da comunidade acadêmica de todos os campi do IFCE (alunos, professores, técnico-administrativos e colaboradores terceirizados), na modalidade prosa ou poesia. As inscrições acontecem no período de 20/04/2020 a 20/05/2020. Os textos selecionados vão compor uma antologia literária. Mais informações podem ser obtidas no site https://umconviteaescrita.blogspot.com/

A professora do curso de Letras do campus de Tianguá Suelem Maquiné explica que o concurso é um convite a dar voz às emoções, às ideias e aos sentimentos que, muitas vezes, acabam silenciados em momentos tão cruciais – como este que vivenciamos, de pandemia e de isolamento social. ‘Acreditamos que o projeto “Um convite à escrita subjetiva” poderá trazer algum alívio e bem-estar interior. Por meio da escrita literária, temos a oportunidade de refletir sobre a experiência interpessoal e intrapessoal, ampliando e partilhando a subjetividade’, aponta a docente.

Vale ressaltar que os proponentes poderão escolher livremente o gênero a ser submetido: um poema, um conto, uma crônica, ou qualquer algum outro gênero textual/discursivo (desde que de caráter literário) capaz de mobilizar a criatividade e a imaginação, a fim de partilhar a experiência pessoal e subjetiva diante do isolamento social e da pandemia. Confira informações aqui.

Por Caroline Brito / IFCE Campus de Tianguá

Escritores cearenses lançam livro virtual por meio de lives

Vencedor do Prêmio Jabuti, Mailson Furtado é um dos autores participantes da obra. Foto:Helene Santos
A escritora Dauana Vale conversará com o público na live desta terça-feira (21). Foto: Douglas Chaves
Renato Pessoa é um dos organizadores da obra, dividindo o posto com Dércio Braúna. Foto:Divulgação

Separados fisicamente por construções de concreto, mas intensamente ligados por palavras e afetos. Assim, em meio a um difícil período de pandemia, escritores cearenses renovam os votos de união e talentos e lançam, nesta terça-feira (21), por meio de live no instagram, o livro virtual “Eu desvalorizei as paredes”.

O e-book está disponível para download gratuito neste link. Sem fins lucrativos, a proposta é que a obra estenda o raio de alcance das criações a todo o público que deseja conferir os textos nela reunidos, de poemas e prosa poética.

À sua maneira, cada autora e autor se põe diante de uma importante inquietação: no posto de artesãos da palavra, como eles podem intervir nesse momento de isolamento e crise?

Quem responde é Mailson Furtado, Bruno Paulino, Rosa Morena, Vitória Andrade, Léo Prudêncio, o Poeta de Meia-tigela (Alves de Aquino), Carlos Nóbrega, Yasmin Maia, Dauana Vale, Alan Mendonça, Renato Pessoa e Dércio Braúna.

Renato e Dércio, inclusive, são os organizadores do livro. A live no instagram para o lançamento ocorre a partir das 16h, a partir de um diálogo entre Renato Pessoa e Dauana Vale.

No decorrer da semana, os outros autores também farão transmissões ao vivo para conversar sobre a obra e outro temas, a exemplo de processos de escrita, produção literária e dicas de leituras.

Proximidade

Conforme o material de divulgação, “Eu desvalorizei as paredes” se propõe a abrir um canal de comunicação com o público leitor, convocando-o para perto dos escritores e escritoras do exemplar. 

Trata-se, assim, de um livro cujos textos evocam a ruptura dos emparedamentos que nos limitam, abrindo espaço para acaloradas conversas. Forma bela e urgente de dar às mãos e povoar, com textos literários, o deserto que se impôs entre todos.

Veja o cronograma de transmissões ao vivo que acontecerão nesta semana:

Dia 21/04, às 16h – Renato Pessoa e Dauana Vale
Dia 22/04, às 16h – Bruno Paulino e Vitória Andrade
Dia 23/04, às 16h – Alan Mendonça e Yasmin Maia
Dia 24/04, às 16h – Dércio Braúna e Rosa Morena
Dia 25/04, às16h – Mailson Furtado e Léo Prudêncio

Diário do Nordeste /Por Diego Barbosa, diego.barbosa@svm.com.br 12:59 /21 de Abril de 2020

Parque da Risca do Meio recebe monitoramento submarino

Veículo submarino remotamente controlado ajudará a monitorar o Parque.Foto: Divulgação / Sema)

Parque Estadual Marinho da Pedra da Risca do Meio, localizado na orla do Mucuripe, em Fortaleza, foi escolhido para ser monitorado por um veículo submarino operado remotamente (ROV, na sigla em inglês). A ação conta com investimento do Governo Federal, no âmbito do Projeto Áreas Marinhas e Costeiras Protegidas (GEF-Mar), sendo coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), a Secretaria de Meio Ambiente do Estado (Sema)

Também destinada à unidade de conservação está o acompanhamento de um carro 4×4 e equipamentos de mergulho para o monitoramento da Pedra da Risca do Meio, ações previstas no Plano de Manejo do Parque Estadual Marinho.

O veículo submarino poderá capturar fotografias da região marinha, o que servirá para a inspeção de cascos de navios, pontes, barragens, pesquisas sobre o ecossistema marítimo, entre outras funções. De acordo com a Sema, o equipamento será essencial para a gestão da área, com monitoramento e fiscalização da paisagem submarina da Pedra da Risca do Meio.

“Uma das nossas prioridades é fazer monitoramento e fiscalização da região, e uma das funções do ROV é essa. A partir do Plano de Manejo, é possível ter as diretrizes do local, o que poderá ou não ser feito, como diminuir conflitos, quais serão as diretrizes de uso sustentável do local, entre outros. O monitoramento a partir do ROV é de extrema importância para essa conseguir essas informações”, explica Pedro Victor Moreira, gestor da Unidade de Conservação Parque Estadual Marinho da Pedra da Risca do Meio.

Game

A unidade de conservação foi escolhida para ser tema de um dos primeiros games lançados pelo O POVO. Trata-se do Exploronautas, jogo digital gratuito de exploração marinha e catalogação das espécies da Pedra da Risca do Meio.

Por REDAÇÃO O POVO – 21:57 | 20/04/2020

Secult cancela calendário de festejos juninos no Ceará

Quadrilha Junina Cumpade Justino (Foto: Rodrigo Rocha/ Divulgação)

A Secretaria de Cultura do Ceará (Secult) cancelou edital que convocava quadrilhas juninas para o ciclo junino no Estado. A decisão foi comunicada nessa segunda-feira, 20, e está em conformidade com o Decreto n.º 33.510, de 16 de março de 2020, que decreta situação de emergência em saúde no Ceará pela pandemia de Covid-19.

O edital foi lançado no dia 5 de março, duas semanas antes das medidas restritivas de isolamento social serem implementadas pelo Governo do Ceará. Com o cancelamento, as inscrições de quadrilhas ficam invalidadas. O investimento da Secult no projeto foi de mais de R$ 3 milhões.

Segundo a pasta, o calendário dos Festejos Ceará Junino mobiliza muitas pessoas pelo Estado, ocasionando aglomeração de milhares de pessoas “entre brincantes, profissionais e o público em geral”. As recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) reforçam a importância de evitar aglomerações para impedir o avanço da Covid-19.

De acordo com a Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa), o Ceará tem 3.487 casos confirmados e 206 óbitos por causa do novo coronavírus. Os dados foram atualizados às 17h do dia 20 de abril.

A Secult afirma que avaliará a possibilidade de realizar ações específicas para fomentar o trabalho dos grupos de tradição popular cearenses. Ainda, promete que o próximo ciclo junino será uma “grande festa de renovação e celebração da vida, movimentando a economia da cultura do festejo e mobilizando uma rede criativa e produtiva de pessoas e instituições”.

Por REDAÇÃO O POVO – 21/04/2020

UFC autoriza antecipação da colação de grau para alunos de Medicina e Fisioterapia

Colação de grau da UFC está prevista para o dia 7 de maio. em Fortaleza e Sobral.Foto-Divulgação

A Universidade Federal do Ceará autorizou, nesta segunda-feira (20), a antecipação da colação de grau dos cursos de Medicina (campi de Fortaleza e Sobral) e de Fisioterapia (campus de Fortaleza). Após esse procedimento, os estudantes estarão aptos a reforçar as equipes de saúde que atuam no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (COVID-19). A colação está prevista para o dia 7 de maio.

A autorização está em consonância com a Medida Provisória nº 934/2020, do Governo Federal, que estabelece normas excepcionais sobre o ano letivo da educação básica e do ensino superior decorrentes das medidas para enfrentar a situação de emergência de saúde pública.

De acordo com a Medida Provisória, podem colar grau antecipadamente os estudantes dos cursos da área da saúde que cumprirem, pelo menos, 75% da carga horária do internato/estágio. Entretanto, na UFC os estudantes dos cursos de Medicina e Fisioterapia autorizados a colar grau cumpriram além do mínimo exigido no documento do Governo Federal, apresentando 94% e 80%, respectivamente, da carga horária do internato/estágio realizada.

A antecipação também já havia sido aprovada previamente na Faculdade de Medicina, em Fortaleza, e no Campus de Sobral ‒ unidades acadêmicas responsáveis pelos cursos em questão. O despacho prevê que as duas unidades, assim como a Pró-Reitoria de Graduação, devem adotar providências a fim de evitar a aglomeração de alunos, garantindo a devida segurança aos discentes e aos servidores envolvidos no processo de colação. Para isso, será editada uma portaria com normas específicas sobre o procedimento a ser adotado.

CHAMADO SOCIAL

No documento, o reitor Cândido Albuquerque destaca que o papel da Universidade na construção do saber, na formação de cidadãos e das lideranças intelectuais deve se revelar de forma concreta, atendendo ao chamado social nos momentos em que mais é demandada. Nesse sentido, segundo ele, não se pode “negligenciar a relevância da crise que a todos assola”.

“Cada vez mais se faz necessário que as instituições se unam e se fortaleçam. É nesse contexto que somos chamados a dar nossa contribuição, que é entregar para a sociedade profissionais comprometidos, prontos para o nobre papel de servir”, salienta.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional (Portal da UFC)

abril 2020
S T Q Q S S D
« mar   maio »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930