Archive for 17 de setembro de 2020

SAAE de Sobral realiza atualização cadastral dos usuários

Sede administrativa do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Sobral (SAAE). Foto-Arquivo


O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Sobral (SAAE) comunica a realização de recadastramento para atualização do cadastro de todos os seus usuários. O recadastramento terá duração de seis meses, com início no dia 16 de setembro de 2020. O objetivo é atualizar os dados do sistema de saneamento do município.

A ação porta a porta será executada por servidores credenciados pelo SAAE, devidamente uniformizados e com crachá de identificação.

No caso de dúvidas ou para qualquer esclarecimento, o SAAE orienta aos usuários que façam contato pelos canais de atendimento: site www.saaesobral.com.br e os telefones 0800.283.0195, (88) 98143-4795 e 98129-8102 (whatsapp).

Sobral (CE), 15 de setembro de 2020 – Assessoria de Comunicação do SAAE

Artistas do Ceará confirmados em livro do SobreGentes

Jornalista e escritora Jaqueline Marques . Foto – Divulgação

O ArteGente, livro que busca valorizar e apoiar artistas de diversas vertentes, principalmente em tempos de isolamento e distanciamento social, recebeu até julho inscrições de todo o Brasil e, inclusive, de fora do país. A obra, que será lançada ainda em 2020, é o quinto projeto editorial do perfil @sobregentes no Instagram, conhecido por compartilhar histórias de personagens da vida real. Uma equipe de curadores ficou responsável pela seleção dos nomes, que trazem dois cearenses.

 A jornalista e escritora Jaqueline Marques e o escultor Everaldo. Jaqueline é autora do livro Vem, Que No Caminho Te Falo de Flores. A obra, de 2017, conta a história da sua família e, além da mãe e avó, faz uma homenagem às mulheres que iluminaram sua vida. O “amor de vó”, inclusive, é o que norteia o texto que Jaqueline selecionou para apresentar seu trabalho no ArteGente. “Eu escrevo o cotidiano, a vida simples, os quintais afetivos. Sou apaixonada por gente…”, conta.

 Já Everaldo, natural de Juazeiro do Norte, é especialista em talhar esculturas em madeira de imburana. Seu trabalho foi recentemente exposto no Museu Janete Costa de Arte Popular, no Rio de Janeiro, e uma de suas imagens, a de Padre Cícero, foi entregue pessoalmente pelo Governador do Ceará nas mãos do Papa Francisco, no Vaticano. 

Entre outros nomes já confirmados estão os dos baianos Bel Borba, Denissena e Maria Adair, artistas visuais já consagrados. Talentos da nova geração, como o escritor Edgard Abbehusen, o fotógrafo Celo Hermida e o artista plástico Elano Passos são alguns dos destaques. Além de artistas, o livro contará com participação de criativos de outras áreas, que encontram nas artes um refúgio e bem-estar, como é o caso de Cris Visnesvisky, RP do Hotel Fasano Salvador, que apresentará um pouco da sua paixão por Fotografia.

Saiba mais acessando www.sobregentes.com.br e conheça todos os nomes no destaque “Artistas”, no Instagram do SobreGentes.

Com informações – José Mion (COMO Comunicação @comocomunicacao)

Pró-Hemoce realiza Dia D de Cadastro de Medula Óssea

Doador Washington Canafístula, 59 anos, no Hemoce, Fortaleza. Foto- Mauri Melo (20-09-2018)

O Dia Mundial do Doador de Medula Óssea, comemorado em 19 de setembro, será celebrado pelo Instituto Pró-Hemoce (IPH) com uma campanha de conscientização. A iniciativa chamada “Um por 100 mil – Seja um Doador de Medula” é realizada em parceria com a Associação Peter Pan (APP) e o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce). Entre as ações de comemoração à data, o Instituto promoverá o Dia D de Cadastro de Medula Óssea. O evento será aberto ao público e acontecerá nesta quinta-feira, 17, das 8h às 17 horas, na sede da Associação Peter Pan.

O objetivo da Campanha, idealizada pelo IPH, é promover e conscientizar a sociedade sobre a importância do cadastro de medula óssea. “Segundo o Ministério da Saúde, a chance de encontrar um doador de medula compatível é de uma em 100 mil pessoas, por isso, cada vez mais, é necessário que a população faça seu cadastro”, frisa o Instituto Pró-Hemoce em nota.

Para se cadastrar como doador de medula óssea, o voluntário precisa ter entre 18 e 55 anos de idade, estar saudável, não possuir histórico de câncer e apresentar um documento oficial com foto. O cadastro como doador de medula óssea pode ser realizado no Hemocentro mais próximo ou nos postos de coleta montados pelo IPH, em parceria com a Rede Nacional de Serviços de Hematologia e Hemoterapia (Hemorrede), como Praça das Flores e Shopping Riomar Kennedy.

Como ocorre o cadastro?

Ao chegar nos postos, o voluntário terá que preencher uma ficha com dados pessoais. Em seguida, o Hemoce vai colher uma amostra de 5ml de sangue do possível doador, para realizar testes. Com o cadastramento concluído, os dados do voluntário são incluídos no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome). Assim, em caso de compatibilidade com pacientes que aguardam o transplante, o doador será informado para decidir se irá doar a medula.

Segundo o IPH, se o voluntário decidir seguir com a doação, serão feitos novos exames. Se os resultados forem satisfatórios, o candidato realiza a doação. “Vale ressaltar que é muito importante manter sempre os dados atualizados, pois essa é a maneira que o Redome tem para localizar o doador”, pontua o Instituto.

Como é feita a doação?

A doação pode ocorrer por aférese ou punção. No primeiro caso, o doador faz uso de uma medicação com o objetivo de aumentar o número de células-tronco circulantes no seu sangue, que são as mais importantes para o transplante de medula óssea.

“Após esse período, a pessoa faz a doação por meio de uma máquina de aférese, que colhe o sangue da veia do doador, separa as células-tronco e devolve os elementos do sangue que não são necessários para o paciente”, detalha o IPH. Não há necessidade de internação ou anestesia. Todos os procedimentos são feitos pela veia.

No caso do procedimento por meio da punção, o voluntário precisa ser internado por 24 horas em centro cirúrgico, onde receberá aplicação de anestesia peridural ou geral. A medula é retirada do interior de ossos da bacia, por meio de punções. O procedimento leva em torno de 90 minutos.

Segundo o Instituto Pró-Hemoce, na primeira semana após a doação, os doadores já costumam retornar às suas atividades habituais. “A decisão sobre o método de doação mais adequado é exclusiva dos médicos assistentes, tanto do paciente quanto do doador, e será avaliada em cada caso”, reforça o Instituto.

Serviço

Dia D de Cadastro de Medula Óssea
Campanha “1 por 100 mil – Seja um doador de medula”
Data: 17/09
Horário: 8h às 17h
Local: Associação Peter Pan – Rua Roberto Montezuma, 350 – Vila União
Serviço: Cadastro de Medula Óssea

Cadastro de Medula Óssea em Fortaleza
Hemoce Fortaleza: Av. José Bastos, 3390 – Rodolfo Teófilo
Hemoce IJF: Rua Barão do Rio Branco, 1816 – Centro
Posto de Coleta Praça das Flores: Av. Desembargador Moreira, S/N
Posto de Coleta Shopping Riomar Kennedy

O POVO online – Por Ismia Kariny 08:53 | 16/09/2020

setembro 2020
S T Q Q S S D
« ago   out »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930