Author Archive

Pesquisadores encontram maior exemplar de tronco fóssil

Troncos fósseis foram encontrados em sítio da cidade de Brejo Santo. — Foto: Divulgação/Urca
Fósseis estão expostos em praça na cidade de Santana do Cariri. — Foto: Divulgação/Urca

Pesquisadores da Universidade Regional do Cariri (Urca) resgataram, nesta quarta-feira (12), os maiores troncos fósseis já encontrados na Bacia do Araripe, interior do Estado. Os materiais servirão de base para estudos sobre as microestruturas e composição celular dos fósseis. As peças foram resgatadas do sítio Poço do Pau, propriedade particular na zona rural de Brejo Santo, e levadas ao município de Santana do Cariri.

Estima-se que as peças sejam do período Jurássico, com cerca de 145 milhões de anos.

Os fósseis estão expostos em uma praça perto do Museu de Paleontologia Plácido Cidade Nuvens, em Santana do Cariri. As peças podem chegar a três toneladas.

Além da Urca e do Museu de Paleontologia, participaram do resgate o Geopark Araripe e a Prefeitura Municipal de Santana do Cariri, com a presença de pesquisadores da área.

Ao todo, foram encontradas três peças “mais robustas”, que têm de duas a três toneladas cada, e alguns pedaços menores. “Agora, vamos explorar de forma mais específica para entender se são parte da mesma árvore ou têm origens diferentes”.

Transporte

Uma verdadeira força-tarefa foi realizada para o transporte das peças. Segundo Allysson Pinheiro, foram necessários dois dias para realizar o embarque e o desembarque do material. Um caminhão foi utilizado para cumprir a tarefa. “Foi até um trabalho perigoso devido ao tamanho das peças. Mas, felizmente, deu tudo certo. Agora, vamos realizar o trabalho de limpeza para levá-lo ao [museu] Plácido Cidade Nuvens”, diz.

Pré-histórico

Estudos preliminares realizados por pesquisadores da Urca apontam que o material pertence à família da Araucariaceae, parente do Pinheiro do Paraná. Contudo, a confirmação só será possível após análise da estrutura celular.

Além da valorização do acervo fossilífero da região, os fósseis serão importantes ferramentas de estudos sobre a “condução de água e ecologia da planta a partir da observação das estruturas da espécie”, ressalta a paleontóloga Edenilce Peixoto Batista.

Por Rodrigo Rodrigues, G1 CE

14/02/2020 15h11 


Caso de sangue raro identificado no Ceará é único no Brasil, segundo Hemoce

Técnica usada na identificação, genotipagem, é usada pelo Hemoce desde 2019.Thiago Gadelha

Uma nova configuração de sangue raro foi identificada no Ceará, em 2019, a partir de uma pesquisa realizada pelo Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce). O órgão utilizou um novo método, conhecido como genotipagem, que avalia o material genético de amostras de sangue de doadores voluntários. O Hemoce aguarda a conclusão das análises para comunicar à pessoa identificada, que é doadora cadastrada no banco de dados da instituição. 

Atualmente, o Estado conta com, pelo menos, 115 doadores especiais identificados e cadastrados. A nova tecnologia de identificação vem sendo usada pelo Centro desde o fim de 2019. Além da nova descoberta, o método já categorizou outro caso de classificações sanguíneas raras no estado desde o início da utilização. 

Identificação

Para ser considerado sangue raro no Brasil, uma configuração sanguínea deve aparecer na proporção de um caso para mil pessoas. A grande importância de se identificar pessoas de sangue raro é que elas são potenciais doadoras para outras pessoas que não podem receber sangue de tipos mais comuns.

“Contribui para que mais pacientes sejam atendidos. Se eu tenho um paciente que necessita de um tipo de sangue raro e eu não tenho um doador compatível, essa pessoa não vai poder realizar cirurgia, não vai poder receber sangue, ou algum tratamento médico”, explica Denise Brunetta, hematologista e coordenadora do laboratório de imunohematologia do Hemoce,.  

O Banco de Doadores Raros do Hemoce é um dos maiores do Brasil e conta, desde a sua criação, em 2014, com 115 voluntários especiais em todo o território cearense, dois descobertos após o uso da tecnologia de genotipagem. Graças ao serviço, o Hemoce já enviou 15 bolsas de sangue raro para outros estados brasileiros e uma para Colômbia. Todas as unidades do órgão possuem bolsas de sangue raro em estoque.

Sangue raro

Para ser definido como raro, um grupo sanguíneo deve aparecer com baixa frequência em uma população – e esse número varia de acordo com o país. No Brasil, um doador é considerado especial quando a classificação sanguínea aparece a cada mil habitantes. Existem, atualmente, mais de 300 tipos de sangue que podem ser classificados como especiais.

A procura por doadores raros é um processo diário. Além da nova técnica da genotipagem, o Hemoce utiliza outras duas avaliações para sondar doadores especiais, uma a partir da análise de anticorpos e outra com hemácias, conhecido como fenotipagem eritrocitária. Existe um perfil com maior probabilidade de apresentar a configuração especial no sangue. “A gente seleciona o voluntário que tenha doado pelo menos duas vezes no ano. Avaliamos aqueles que já sabemos que tem fenótipo raro ou algum doador do grupo de sangue O”, completa.

O Centro analisa as amostras recebidas diariamente em busca de características especiais. Após a identificação, o doador é informado sobre algumas peculiaridades da nova modalidade de doação: o voluntário especial tem uma frequência de doação menor do que voluntários comuns. “Como é preciso esperar entre uma doação e outra, corre o risco do doador raro já ter doado para uma pessoa que não precisa daquele tipo de sangue e diminuir a oferta do material. Eles são convocados a doar somente quando um paciente necessita de doação especial”, elucida Denise.

Por Redação, metro@svm.com.br 15:27 / 17 de Fevereiro de 2020

Procedimento cardíaco inédito no interior Norte do Ceará


Procedimento foi realizado em um paciente de 37 anos, na cidade de Sobral,Ceará. Fotos – Divulgação
Equipe do Hospital do Coração de Sobral

Sendo especializado em procedimentos cardiovasculares de alta complexidade, o Hospital do Coração de Sobral realizou no sábado (08/02) um procedimento de Fechamento Percutâneo da Comunicação Interatrial (CIA) por meio de cateter, não necessitando abrir o peito para acessar e fechar uma comunicação anômala no coração, que faz com que o sangue se misture de forma inadequada no órgão, causando sintomas e repercussões cardíacas.

O procedimento foi realizado em um paciente de 37 anos que possuía a doença desde seu nascimento. Segundo o Dr. José Maria Bezerra Filho, o que em uma cirurgia normal duraria três a quatro horas, o novo método resolve com rapidez, podendo chegar até menos de uma hora: “Por meio de cateter, e pulsionando a veia femoral, chegamos ao coração e liberamos uma prótese que vai fechar o orifício/comunicação, resolvendo o problema de forma rápida e segura”, enfatiza.

Novas tecnologias

De acordo o médico cardiologista intervencionista Dr. Ronaldo Mont’Alverne Filho, o procedimento realizado é de extrema importância: “Pela baixa invasividade, permite que o paciente se recupere de forma precoce. É um procedimento seguro e portanto chegando a Sobral e região Norte garante modernização do tratamento dessa patologia”, destaca.

Esse tipo de procedimento proporciona novas tecnologias, habilidades e melhorias no tratamento do paciente cardiológico e, é acompanhado pelo Setor de Hemodinâmica, pela Escopia através do Raio- X e também através da Ecocardiografia Transesofágica Intraoperatória, método ultrassonográfico realizado por meio da introdução de sonda esofágica através da boca durante uma cirurgia. “Durante todo o procedimento nos acompanha um Ecocardiografista que faz o exame de Ecocardiograma Transesofágico intraoperatório para dar mais precisão e segurança, junto com a visualização pelo Raio-X, a colocação da prótese”, explica o diretor técnico do Hospital do Coração, Dr. Joaquim David Carneiro Neto

A equipe

Participaram do procedimento a equipe do serviço de Hemodinâmica do Hospital do Coração, composta pelos médicos Joaquim David Carneiro Neto e José Maria Bezerra Filho, juntamente com o cardiologista Ronaldo Mont’Alverne e os ecocardiografistas, Cezário Martins e Lima Neto; além dos anestesista Sávio Arcanjo e Raul Vasconcelos e o cirurgião cardíaco, Johnson.

-Com informações da Assessoria de Comunicação SCMS

Comunidade Shalom realizará Retiro de Carnaval em Sobral

Retiro de Carnaval em Sobral será no Colégio Farias Brito, com entrada gratuita.Foto-Arquivo/Shalom

O período de carnaval para a Comunidade Católica Shalom é sinônimo de encontro com Deus. Em várias partes do país, acontecem retiros com a proposta de levar às pessoas uma alegria que não termina na quarta-feira de cinzas. Em Sobral, o Renascer 2020 acontecerá entre os dias 23 e 25 de fevereiro e terá como local o Colégio Farias Brito, no Centro da cidade.

Com o tema central “Buscai as coisas do Alto”, o evento contará com momentos de louvor, animação, apresentações artísticas, cursos, missas, atendimento a confissões, oração e aconselhamento e momentos de adoração ao Santíssimo Sacramento. O Renascer traz pregações temáticas, abordando o processo de conversão em meio às lutas interiores e exteriores, com a presença da missionária da Comunidade Shalom de Fortaleza, Geovannara Rocha.

O Renascer contará ainda com uma área específica para crianças, o Renascer Kids, onde serão oferecidas recreação e programação própria para os pequenos. A entrada para o Renascer 2020 é gratuita.

“O Senhor quer fazer de nós instrumentos para que haja resgates impossíveis”, enfatizou a coordenadora apostólica da Comunidade Shalom em Sobral, Glaucianne dos Santos, durante momento de motivação para os missionários que estão engajados na organização e realização do evento.

Renascer na região

A Comunidade Shalom em Sobral também organiza a realização do Renascer nas cidades de Coreaú, Massapê, Forquilha e, pela primeira vez, em Santana do Acaraú.

Com informações – Ministério de Comunicação  -Comunidade Católica Shalom- Missão Sobral @shalomsobral comshalom.org/sobral/

Receita abre consultas a lote residual de restituições

Órgão pagará R$ 297 milhões a 116.188 contribuintes em 17 de fevereiro. Foto-Arquivo

A Secretaria da Receita Federal abriu na segunda-feira (10), a partir das 9h, as consultas ao segundo lote residual do Imposto de Renda de Pessoa Física deste ano, incluindo as restituições dos exercícios de 2008 a 2019.

Os lotes residuais são os de contribuintes que caíram na malha fina do IR, mas depois regularizaram as pendências.

Ao todo, 116.188 contribuintes receberão R$ 297 milhões em 17 de fevereiro, de acordo com a Receita. Destes, R$ 184,5 milhões são referentes ao IR 2019, pagos a 77.200 contribuintes.

As consultas poderão ser feitas por meio da página da Receita na internet ou pelo telefone 146. O órgão também disponibiliza um aplicativo para tablets e smartphones para consulta de informações sobre a restituição do IR e a situação cadastral do CPF.

Do valor total de restituições, R$ 133,46 milhões referem-se a contribuintes com prioridade no recebimento dos valores (idosos acima de 80 anos, contribuintes entre 60 e 79 anos, pessoas com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e aqueles cuja maior fonte de renda seja o magistério).

Malha fina

No fim do ano passado, a Receita Federal informou que 700 mil declarações estavam retidas na malha fina do IR de 2019 devido a inconsistências nas informações prestadas.

Nos últimos anos, a omissão de rendimentos foi o principal motivo para cair na malha fina, seguido por inconsistências na declaração de despesas médicas.

Para saber se está na malha fina, os contribuintes podem acessar o “extrato” do Imposto de Renda no site da Receita Federal no chamado e-CAC (Centro Virtual de Atendimento).

Para acessar o extrato do IR é necessário utilizar o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal, ou certificado digital emitido por autoridade habilitada.

Por Alexandro Martello, G1 — Brasília

Metrofor libera transporte de bicicletas no VLT de Sobral

Transporte de bicicletas estará sujeito a regras; projeto vale apenas para Sobral.Foto- Reprodução/Metrofor

A Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor) anunciou que, a partir desta segunda-feira, 10, será permitido embarcar com bicicletas nos trens do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) de Sobral.

A medida visa, segundo o diretor-presidente da Metrofor, Fernando Oliveira, promover integração dos modais de transporte. “O sobralense poderá chegar de bicicleta e seguir viagem com tranquilidade e menor esforço físico”, afirma. Segundo ele, a iniciativa é um projeto piloto para outras linhas operadas pela empresa.

Para o uso das bikes no VLT foram definidas algumas regras de utilização:
– Passageiros sem bicicletas têm preferência no embarque;
– Não é permitido montar nas bicicletas dentro das estações ou dos trens;
– As bicicletas não podem ultrapassar a linha de segurança nas plataformas de embarque;
– Em horários de grande fluxo ou em situações de anormalidade, o acesso de bikes será restrito;
– Apenas duas bicicletas serão permitidas por viagem, por trem;
– O horário de acesso permitido às bikes é de 9h às 16h30min e de 19h às 23h, de segunda a sexta-feira, e de 13h às 23h aos sábados.

Além do VLT de Sobral, a Metrofor também é responsável pelas linhas Sul e Oeste do metrô de Fortaleza, pelo VLT Parangaba-Papicu e pelo VLT do Cariri, que liga Crato a Juazeiro do Norte. A permissão das bicicletas, por enquanto, é válida apenas para Sobral.

Por O POVO onloine – Bemfica de Oliva – 23:22 | 10/02/2020

Coral do IFCE abre inscrições para novas vozes em Sobral

Sinfonia Coral é um dos projetos de extensão do IFCE Sobral .Foto-Divulgação

O grupo de canto coral do campus de Sobral do IFCE está com inscrições abertas para novas vozes até o dia 19 de fevereiro, por meio de formulário eletrônico (https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdcwy8NqZXn-hnbuEyvxJQfj4SaGu4BKcJEAZEDd0hd66wcnA/viewform).

Podem participar da seleção membros da comunidade externa, alunos e servidores do IFCE Sobral. A idade mínima é 16 anos.

Haverá audições nos dias 20 e 21 de fevereiro, com divulgação de resultado previsto para o dia 22. Os ensaios do grupo terão início no dia 27 de fevereiro e ocorrem sempre às quintas e sextas, de 17h30 às 19h30.

O grupo Sinfonia Coral é um projeto de extensão do campus de Sobral, sob responsabilidade da professora Marcilane Cruz.

Serviço


Inscrições: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdcwy8NqZXn-hnbuEyvxJQfj4SaGu4BKcJEAZEDd0hd66wcnA/viewform

Com informações da equipe de Comunicação IFCE-Sobral

Seleção UFC para professor em Fortaleza, Sobral e Russas

Reitoria da Universidade Federal do Ceará(UFC), em Fortaleza. Foto-Arquivo

A Universidade Federal do Ceará lançou o Edital nº 22/2020 para o preenchimento de três vagas de professor substituto, distribuídas entre os campi de Fortaleza, Sobral e Russas. Veja abaixo as unidades que oferecem as vagas com respectivos setores de estudo, titulação exigida, jornada de trabalho e período de inscrições.

FORTALEZA – Departamento de Análises Clínicas e Toxicológicas, na Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem: uma vaga para o setor de estudo Imunologia. A jornada de trabalho será de 20 horas semanais. Podem se inscrever candidatos com mestrado ou doutorado. As inscrições podem ser feitas nos dias 12, 13, 14, 17 e 18 de fevereiro. Caso não haja inscritos, está prevista a reabertura do período de inscrições para candidatos graduados a partir de 20 de fevereiro.

SOBRAL – Curso de Música: a vaga é para o setor de estudo Prática Instrumental Teclado. O aprovado cumprirá 40 horas semanais de trabalho. A titulação exigida é de mestre ou graduado. As inscrições podem ser feitas nos dias 12, 13, 14, 17 e 18 de fevereiro.

RUSSAS – Setor de estudo Engenharia de Software, com jornada de 40 horas. É exigido do candidato o título de mestre. As inscrições ocorrem de 17 a 21 de fevereiro. Em caso de não haver inscritos, está prevista a reabertura do período de inscrições para candidatos graduados a partir de 20 de fevereiro.

Informações detalhadas sobre o processo seletivo estão disponíveis no site da PROGEP.

Com informações do Portal da UFC

Fonte: Divisão de Concursos e Provimento da PROGEP – fone: (85) 3366 7407Compartilhe: FacebookTwitter

Açudes do Ceará estão com 14,65% do volume total

Açude Castanhão, maior reservatório do Ceará.Foto-Fábio Lima

Com 2,73 bilhões de metros cúbicos de água, os açudes cearenses têm 40% mais água nesta sexta-feira, 7, do que no mesmo dia do ano passado. Um ano atrás, a situação era mais crítica, com apenas 10,47% da capacidade preenchidos, ou seja, 1,95 bilhão de m³. As informações são da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh).

Neste início de quadra chuvosa, os açudes têm 14,65% do volume. Os números são melhores no sistema que abastece a Região Metropolitana de Fortaleza (Pacajus, Pacoti, Gavião e Riachão), com o dobro da água que tinham em 7 de fevereiro de 2019.

Contudo, os principais açudes, Orós e Castanhão, têm situação pior que um ano atrás. Inclusive, os números pioraram desde janeiro. O Orós tinha 5,4% de sua capacidade preenchidos, caiu para 5,2% no início de janeiro e agora tem apenas 4,8%.

O Castanhão tinha 3,68% antes da quadra chuvosa de 2019. Atualmente, está em volume morto, com 2,47%. Da capacidade de 6,7 bilhões de m³, tem 165 milhões de m³.

Comparando a situação das bacias, todas estão com volume maior do que na mesma data de 2019, exceto as bacias do Salgado, Banabuiú, Alto Jaguaribe e Médio Jaguaribe.

Aporte

Os dez açudes que receberam maior aporte entre 6 e 7 de fevereiro de 2020 são:

Itaúna – Coreaú: 849 mil m³
Araras – Acaraú: 819 mil m³
Acaraú Mirim – Acaraú: 727 mil m³
Gangorra – Coreaú: 528 mil m³
Jaburu I – Serra da Ibiapaba: 504 mil m³
Pentecoste – Curu: 362 mil m³
Gameleira – Litoral: 317 mil m³
Quandú – Litoral: 270 mil m³
Angicos – Coreaú: 237 mil m³
Malcozinhado – Metropolitanas: 203 mil m³

Os seis primeiros dias de fevereiro garantiram 50% do volume de chuvas considerado dentro da média para o mês, no Ceará. Foram 59,2 milímetros (mm) em média, ante os 118,6 mm esperados.

As chuvas têm sido bem distribuídas dentre as oito macrorregiões do Estado, conforme o Calendário de Chuvas da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). O melhor índice é do Litoral de Fortaleza, que já alcançou quase 74,10% do esperado para o mês. Regiões consideradas mais críticas como Sertão Central e Inhamuns, Jaguaribana e Cariri também têm recebido bons aportes.

Todas as macrorregiões foram banhadas pelas águas dos primeiros dias da estação chuvosa: Jaguaribana (61,2 mm), Maciço de Baturité (67,8 mm), Sertão Central e Inhamuns (51,3 mm), Litoral de Pecém (57,9 mm), Cariri (69,5 mm), Litoral Norte (62, 5 mm) e Ibiapaba (51,8 mm). Uma das regiões mais críticas do ponto de vista do abastecimento hídrico, Jaguaribana registrou 53,3% do volume médio do mês, seguido de Sertão Central e Inhamuns (48,7%) e Cariri 41,6%.

O volume dos primeiros seis dias da quadra tem confirmado expectativa do prognóstico para a estação chuvosa. São 45% de probabilidade de chuvas acima da média para o primeiro trimestre. A possibilidade mais animadora é seguida de 35% de chances para a categoria em torno da normal e 20% para a categoria abaixo da normal para o trimestre.

A previsão da Funceme é de que fevereiro e março sejam os meses mais chuvosos do quadrimestre chuvoso. Em 2019, os quatro meses do período chuvoso finalizaram com volume dentro da média (676,3 mm). 

Por O POVO online/LUCAS BRAGA – 17:58 | 07/02/2020

Mais de 40 mil raios foram registrados no Ceará em janeiro

O total de raios corresponde a aproximadamente 60% de todo o ano de 2019,Foto-Fco. Fontenele

O Sistema de Monitoramento e Alerta da Enel Distribuição Ceará registrou, somente no mês de janeiro, 42.812 raios em todo o Estado. O total de raios corresponde a aproximadamente 60% do total registrado em 2019, quando foram registrados 74.304 descargas atmosféricas. O dia com maior número de ocorrências em 2020 foi 8 de janeiro, totalizando 6.713 raios.

Conforme o levantamento, o município mais atingido foi Granja, com 2.007 descargas atmosféricas, seguido por Santa Quitéria (1.974), Ipueiras (1.555), Crateús (1.512) e Sobral (1.310). Em 2019, Santa Quitéria e Granja também foram os municípios com as maiores incidências de raios, com Santa Quitéria em primeiro lugar com 3.735 e Granja em segundo, com 2.242. Em 2019, fevereiro foi o mês com o maior número de incidências, com o registro de cerca de 40% do total de todo o ano.

O sistema utilizado para registrar as descargas atmosféricas emite boletins diários sobre as condições meteorológicas de todo o Ceará e antecipa contingências no atendimento de emergência. Além disso, o programa conta com previsão de chuvas, monitoramento das áreas e alertas para previsão de riscos, como raios, queimadas, tempestades e fortes e ventos para cada local monitorado.

A Enel divulgou uma lista de cuidados que devem ser mantidos dentro de casa durante tempestades, para evitar acidentes:

Evitar o uso do celular, secador de cabelo e ferro elétrico conectados à tomada;

Evitar uso de chuveiro ou torneira elétrica;

Evitar consertos de instalações elétricas;

Se possível, permanecer dentro de casa enquanto a tempestade durar.

Cuidados fora de casa durante tempestade:

Evitar contato com objetos metálicos, como cercas de arame, tubos metálicos e principalmente linhas telefônicas ou elétricas;

Evitar estar em locais como campos abertos, piscinas, lagos, praias, árvores isoladas, postes e locais elevados.

Por IZADORA PAULA (O Povo online) – 14:24 | 05/02/2020

fevereiro 2020
S T Q Q S S D
« jan    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
242526272829