Ceará tem 380 mil eleitores com título irregular

Cadastro biométrico é obrigatório para as eleições municipais de 2020 — Foto: Reprodução

Mais de 380 mil eleitores cearenses estão com o título de eleitor irregular e impedidos votar nas eleições municipais em outubro deste ano. O prazo para regularização é até 6 de maio. Após essa data, quem não tiver resolvido as pendências com a Justiça Eleitoral não poderá comparecer às urnas.

Em Fortaleza, o Tribunal Regional Eleitoral disponibiliza 15 pontos para efetuar o serviço, incluindo shoppings . Em todas as cidades do Ceará há pelo um posto de atendimento aos eleitores.

Para as eleições de 2020, é obrigatório que o eleitor faça a biometria, o cadastro das digitais que será utilizado no momento do voto. Conforme a Justiça Eleitoral, a biometria é uma medida para impedir fraudes nas eleições.

Como regularizar

Quem está em situação irregular precisa ir ao cartório eleitoral ou posto de atendimento do TRE para emitir uma guia de pagamento da multa e garantir o direito de votar nas eleições 2020.

O eleitor deve levar os seguintes documentos: documento com foto; título de eleitor ou e-Título comprovante de votação (caso tenha comparecido às eleições); comprovante de justificativa (caso já tenha justificado sua ausência)

Por G1 CE – 28/01/2020 17h57 

Leave a Reply

junho 2020
S T Q Q S S D
« maio    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930