Cearenses no Festival Internacional de Cinema do Caeté

“A fome que devora o coração” é um dos filmes selecionados.Foto: Reprodução/ Instagram

O Festival Internacional de Cinema do Caeté (Ficca) anunciou os selecionados para a primeira fase de sua próxima edição. Das 120 produções escolhidas, que incluem títulos nacionais e estrangeiros, seis são cearenses. Todos esses filmes poderão ser utilizados para atividades e mostras do evento até 2022.

Os vencedores deverão ser divulgados até 30 de novembro deste ano. Essas obras serão exibidas em espaços culturais no Brasil e em Portugal entre os dias 8 e 10 de dezembro. Concorrem nas categorias: longa-metragem, média-metragem, curta-metragem e documentário.

Um dos destaques é o curta-metragem documental “Aqueles Dois”, de Émerson Maranhão. A narrativa acompanha a história do paramédico Caio José e do pesquisador Kaio Lemos. Além de dividirem o nome, compartilham outra vivência: são homens trans que residem no Ceará. O filme ainda conta com produção executiva de Allan Deberton (“Pacarrete” e “Do Outro Lado do Atlântico”).

“A fome que devora o coração”, dirigido por Raiane Ferreira, também foi selecionado. O curta de ficção parte da busca pelo prazer e da libertação feminina. Vânia, a personagem principal, segue pela noite de Fortaleza em busca de si. “O curta é um jornada da mulher contemporânea que tem sua independência, mas ainda possui muitas privações por conta do seu corpo feminino, já que vivemos num país misógino e machista que dita as regras de como ele deve se comportar”, explica a diretora.

Além de “Aqueles Dois” e “A fome que devora o coração”, quatro outros títulos cearenses também concorrem. São eles: “Aos de ontem, aos de sempre”, “Quero ser Helena”, “Cidade pacata” e “Teatro, a resiliência da periferia”. Confira lista abaixo:

Com informações – O POVO Online – Por CLARA MENEZES 16:00 | 16/10/2020

Deixe uma resposta

novembro 2020
S T Q Q S S D
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Comentários