Ciclistas percorrem 80km para entregar atividades a alunos

Grupo de ciclismo tem 33 integrantes e realiza movimentos voluntários.Foto: Arquivo Pessoal

Os profissionais da área da educação sempre buscaram superar as adversidades impostas em sala de aula.Na pandemia, este esforço precisou se expandir e ir além dos muros da escola. Diante dos desafios impostos, Rhonielle de Magalhães, diretor da Escola de Ensino Médio em Tempo Integral (EEMTI) Israel Leocádio de Vasconcelos, em Aracatiaçu, distrito de Sobral, encontrou um jeito peculiar de atender os alunos com dificuldades no acesso às atividades remotas. 

Juntamente com grupo de ciclismo Lagartos Selvagens, do qual participa há oito anos, ele vai de porta em porta deixando atividades escolares aos estudantes sem acesso. “Nossa escola recebe meninos e meninas das regiões próximas. A questão da internet é muito complicada, principalmente para os que moram mais afastados”, explica. “Fiz uma planilha desses alunos e repassei aos professores, que a alimentam com material baseado no livro didático”.

Para conseguir atingir o máximo de alunos, as aulas também são repassadas na rádio local e ficam arquivadas em um canal no YouTube da instituição. “Muitos alunos acabam indo para a casa de parentes para ter acesso à internet”.

Percurso

Desde março deste ano as aulas presenciais estão suspensas no Ceará. Magalhães explica que a ideia da entrega surgiu ainda no primeiro semestre. Porém, por conta da situação no Município – Sobral chegou a ser o epicentro da pandemia no Estado, o projeto só se concretizou nesta quarta-feira (12). “A entrega vai até domingo (16). No dia 24, vamos fazer a mesma rota, mas recolhendo o material. Agora à tarde, já vamos fazer outra entrega”, explica.

Com informações do Diário do Nordeste – Escrito por Rodrigo Rodrigues, rodrigo.rodrigues@svm.com.br 15:10 / 13 de Agosto de 2020.

Deixe uma resposta

novembro 2020
S T Q Q S S D
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Comentários