Exposição sobre Povo Tremembé está em cartaz na Uece

Fotografias da exposição Iandé ÁTã Joaju são de Marcos Vieira. Foto-Divulgação

O Povo Indígena Tremembé da Barra do Mundaú (Itapipoca/CE) e o Centro de Estudos do Trabalho e de Assessoria ao Trabalhador – CETRA abriram na manhã do último dia 02 de julho, no Campus Itaperi, da Universidade Estadual do Ceará (UECE), a exposição fotográfica Iandé ÁTã Joaju – Juntos Somos Fortes, com fotografias de Marcos Vieira. A abertura oficial contou com a presença do reitor, Jackson Sampaio, e ocorreu no Hall da Reitoria, sendo gratuita a visitação.

A exposição, que fica em cartaz até o dia 30 de julho, tem por objetivo retratar a cultura, a arte e as faces das crianças, jovens, adultos e troncos velhos dos Tremembé da Barra do Mundaú e de fortalecer o processo de resistência e luta pela demarcação das terras indígenas no Ceará e no Brasil.

As fotografias da exposição Iandé ÁTã Joaju – Juntos Somos Fortes são de Marcos Vieira. Sobre elas, o jornalista e escritor Flávio Paiva escreve, na apresentação da exposição, que elas são “essencialmente uma reafirmação do lugar do olhar imerso em matizes culturalistas, aproximando o que está dentro com o que está fora da imagem”. Ainda segundo Flávio, “cada imagem captada por ele não é apenas um gesto de corte do real, mas uma religação de histórias, de memórias e de imaginários”.

Exposição itinerante

Iniciado no Campus Itaperi, a exposição percorrerá todos os campi da UECE distribuídos pelo Ceará, visando não apenas da apreciação das fotografias, mas, sobretudo, a reflexão sobre a história da colonização, a história dos povos originários, a história do Ceará, reafirmando a universidade pública enquanto o espaço de discussão e de democratização dos saberes.

Depois de Fortaleza, a exposição segue para a FACEDI, em Itapipoca, onde fica em cartaz de 1º a 15 de agosto. Em seguida segue para Tauá, no CECITEC (19 a 30 de agosto). Em setembro, a exposição estará na FAEC de Crateús (02 a 15 de setembro) e na FECLI de Iguatu (17 a 30 de setembro). Outubro é a vez da FAFIDAM de Limoeiro do Norte (02 a 15 de outubro) e da FECLESC, em Quixadá (17 a 30 de agosto) receberem a exposição, que finalizará o ciclo itinerante no campus Fátima, onde parte do Centro de Humanidades se abriga, em Fortaleza, de 02 a 30 de dezembro.

Com informações do Portal da Uece

Leave a Reply

agosto 2019
S T Q Q S S D
« jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031