Fidel Castro renuncia a cargos no Partido Comunista de Cuba

Fidel Castro, ex-presidente de Cuba e líder histórico da revolução comunista do país. Foto - Arquivo

O ex-presidente de Cuba e líder histórico da revolução comunista do país, Fidel Castro, afirmou que abriu mão de qualquer cargo no Partido Comunista, única agremiação política cubana. O anúncio coincidiu com o 6º Congresso do PC cubano, que está sendo realizado nesta semana. Fidel, de 84 anos, exercia o cargo de primeiro-secretário do partido desde sua criação, em 1965.

A decisão de Fidel foi informada horas depois de o Partido Comunista ter anunciado um plano de reformas econômicas com as quais Raúl Castro pretende ”atualizar” o modelo socialista do país. As mais de 300 iniciativas apresentadas no congresso incluem reforma agrária, desburocratização da administração pública – com a redução do setor e a ampliação de direitos cedidos à inciativa privada, como, por exemplo, o direito ao autoemprego.

 Uma das medidas mais importantes anunciadas no congresso é a de que, pela primeira vez desde a revolução de 1959, cubanos poderão comprar e vender seus imóveis. Nos últimos 50 anos, só era permitido passar propriedades para os filhos ou trocá-las através de um sistema controlado pelo Governo….

Durante o congresso, Raúl Castro também disse que altos cargos políticos serão limitados a dois mandatos de cinco anos e prometeu o ‘sistemático rejuvenescimento’ do governo.

A proposta é sem precedentes para o comunismo cubano.

Leave a Reply

setembro 2020
S T Q Q S S D
« ago    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930