Sobral recebe I Bienal Internacional de Teatro do Ceará

Programação em Sobral, Juazeiro do Norte e Fortaleza.Foto-Divulgação

Programada para começar em agosto, a I Bienal Internacional de Teatro do Ceará – BITCE – Parte II vem compor o calendário cultural cearense das bienais de cultura e artes. De 28 de agosto a 05 de setembro, uma seleção de produções nacionais (Bahia, Ceará, Rio de Janeiro e São Paulo) e internacionais (Itália, Argentina e Venezuela) apresentam ao público mulheres e personagens da dramaturgia e mitologia universais. A programação terá como palco as cidades de Sobral (28 a 30/08), Juazeiro do Norte (31/08 a 02/09) e Fortaleza (03 a 05/09).

As obras convidadas para o festival foram escolhidas a partir do tema “Teatro, Mito e Feminino: Conexões” e são, em sua maioria, solos. A primeira fase aconteceu em novembro de 2017 e contemplou a Espanha e o Brasil com 57 apresentações durante dez dias. Nesta segunda fase, a produção do evento abre espaço para novas possibilidades de linguagens que trazem discussões relevantes para a produção teatral e para a sociedade como um todo. A programação é gratuita e a classificação etária 18 anos.

Programação

 No Foyer do Teatro São João, em Sobral, uma homenagem à mulher sobralense vai abrilhantar a solenidade de abertura, às 18 horas, na terça-feira (28/08). Logo após, às 20 horas, começa o espetáculo Atemporal do Grupo Caboclas, com direção de Jéssica Cisne e Quésia Carvalho e texto de Israela Aragão.

Na quarta-feira (29), a Bienal continua e se instala em outros dois equipamentos culturais, cumprindo uma das ideias motoras da BITCE, que é a descentralização, a desterritorialização das ações culturais, espraiando pelas cidades. Por volta das 15 horas, o público poderá conferir a etnocena A cor do afeto: Frida Kahlo por Izabel Gurgel, na Casa da Cultura de Sobral. Às 18 horas, o Foyer do Teatro São João recebe A jornada do Mesquinho, com direção e atuação da cantora e atriz italiana Miriam Palma. E às 20 horas, o espetáculo Medeia Material, um clássico moderno do dramaturgo alemão Heiner Müller, dirigido e protagonizado pela venezuelana Diana Peñalver, compõe a cena sobralense.

A BITCE se despede de Sobral na quinta-feira (30) a partir das 18 horas, no foyer do Teatro São João, com o experimento cênico As Troianas. Livre para o amor de Francinice Campos. O espetáculo é uma livre narrativa baseada na personagem Andrômaca, que na obra de Eurípides, após o término da guerra travada entre Tróia e Esparta, escondeu o próprio filho para salvá-lo da tirania dos soldados.

Logo após, às 20 horas, a atriz Lua Ramos entra em cena com Brasileira, profissão esperança. Uma história de Clara Nunes, sob a direção de Beto Menês. E às 21 horas, o público confere, na calçada do teatro, a etnocena Canto no Feminino Plural com Kely Brasil.

Serviço:

 I Bienal Internacional de Teatro do Ceará – BITCE – Parte II

– de 28 a 30 de agosto, em Sobral; de 31 de agosto a 02 de setembro, em Juazeiro do Norte; e de 03 a 05 de setembro, em Fortaleza.

Acesso: Toda a programação é gratuita. O acesso aos espetáculos se dará por ordem de chegada. A participação nas ações formativas será por ordem de inscrição no endereço: bienaldeteatrodoceara@gmail.com.

Leave a Reply

janeiro 2020
S T Q Q S S D
« dez    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031