Instituto dos Cegos faz campanha para doações financeiras

Sem ajuda governamental, Instituto dos Cegos enfrenta dificuldades para manter custos. Foto-Divulgação

A Sociedade de Assistência aos Cegos (SAC), conhecida como Instituto dos Cegos, deu início a uma campanha para arrecadação de doações financeiras devido à queda na receita durante a pandemia do novo coronavírus. Com a paralisação das consultas, exames e cirurgias – serviços com valores aplicados à Instituição – a organização enfrenta dificuldades para manter as contas de água e energia e o pagamento de funcionários.

Os serviços prestados no Instituto dos Cegos, da área da saúde e da educação, em Fortaleza, tiveram de se adequar aos decretos do Governo do Ceará, implementados desde o dia 19 de março, para restrição de circulação. Essa medida de distanciamento busca conter o avanço do novo coronavírus.

Neste cenário, clínica e hospital funcionam apenas para atendimentos de urgência, e a escola infantil, bem como os outros serviços de assistência às pessoas cegas, estão paralisados. Toda a rede da SAC funciona com os recursos obtidos com apoio de médicos prestadores de serviço.

Devido à redução dos recursos financeiros, o Instituto dos Cegos criou uma campanha para arrecadar doações de modo a manter os custos do local. “A gente espera que a população volte a vir para as consultas rotineiras, as cirurgias, mas a gente sabe que isso vai acontecer de uma forma bem gradual”, diz a gestora administrativa da instituição, Socorro Alencar.

“A deficiência visual se trabalha com o tato e, nessa pandemia, como que a gente toca, como que ajuda as pessoas? É uma questão complexa”. Socorro ressalta que a maioria do público atendido pela instituição está em situação de vulnerabilidade social. “Por todas essas razões é que a gente está fazendo essa campanha”, reforça.

Mais informações: (85) 3206-6830 / 9 8956-6104

Por Lucas Falconery, G1 CE – 26/05/2020 15h03 

Leave a Reply

julho 2020
S T Q Q S S D
« jun    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031