Padre João completa 50 anos de ordenação sacerdotal

Monsenhor João Batista Frota. Fotos - Arquivo

Padre João João Batista Frota participará de missas comemorativas. Foto – Arquivo

Monsenhor João Batista Frota, ordenado em Roma, em 26 de março de 1966, está celebrando 50 anos de sacerdócio. Atualmente, Padre João, como é tratado por todos, vem desenvolvendo ações sociais de promoção humana e evangelização na Paróquia de São José, no Sumaré, em Sobral, residindo no próprio bairro. Em 2011, ele recebeu o Prêmio Nacional de Direitos Humanos.

Padre João Batista Frota. Foto - Arquivo/Hudson Costa

Padre João Batista Frota em evento na cidade de Sobral. Foto – Arquivo/Hudson Costa

Padre João participará de missas comemorativas nas Paróquias de sua atividade pastoral. A programação em Sobral será no dia 2 de abril, às 19h, Igreja de São José, no bairro Sumaré; e no dia 3, às 19h, na Igreja de Nossa Senhora do Patrocínio. A missa na cidade de Massapê ocorrerá no dia 9, às 19h, na Igreja Matriz. Para Santana do Acaraú estão agendados dois momentos, no dia 10: Distrito de Parapui, às 9h e Igreja Matriz Nossa Senhora Sant’Ana, às 19h.

Padre João Batista Frota com o bispo diocesano de Sobral, Dom Vasconcelos. Fotos - Arquivo

Padre João Batista Frota com o bispo de Sobral, Dom Vasconcelos. Fotos – Arquivo

O desejo de servir, a disponibilidade de querer colocar-se como irmão ao lado do povo, para guiá-lo em busca de valores eternos e imutáveis, o espírito de ajuda permanente, são princípios e ideais que marcam a vida do monsenhor João Batista Frota, chamado por Deus para o sacerdócio. É profundo conhecedor da alma humana e dos problemas sociais. Sua vida é um testemunho de humildade, fé e trabalho. Tem sempre uma palavra que conforta e um gesto que reanima a esperança.

Padre João, jovem, vigário da Paróquia de Massapê

Padre João, jovem, vigário da Paróquia de Massapê

Sua formação foi aprofundada no Seminário São José em Sobral, no Seminário Maior de Fortaleza e na Universidade Gregoriana de Roma. No curso de Ciências Sociais, em Paris, na França, sistematizou o conhecimento sobre o homem. Nos Kibutz de Israel trabalhou na agricultura, procurando encontrar uma nova maneira de ser padre.

Prêmio Direitos Humanos 2011, da Presidência da República

Prêmio Direitos Humanos 2011, da Presidência da República

O seu trabalho de irmão consagrado ao serviço dos demais, especialmente dos pobres e dos pequenos, vem contribuindo para a formação de uma comunidade de luta, com melhores condições de vida e fraternidade. Sua atividade pastoral nas paróquias de Santana do Acaraú, Massapê e em Sobral, na zona Norte do Ceará, tem sido marcada de ações que retratam um líder comprometido em construir entre os homens o projeto do Reino de Deus, fazendo da promoção humana a sua evangelização.

Em Massapê, no período de 1971 a 1989, Padre João construiu casas populares em mutirão, criou cooperativa de artesãos de palha e toda uma rede de solidariedade. Também teve atuação na sala de aula, transmitindo conhecimentos e virtudes, responsável maior pela formação de toda uma geração.

Em Sobral, tem continuidade o seu trabalho na construção da felicidade, da paz e justiça social. Um exemplo é o Projeto Cabra Nossa de Cada Dia, possibilitando o leite de cabra para crianças carentes em várias comunidades rurais. O projeto já teve reconhecimento nacional e serve de modelo de convivência com o semiárido nordestino. Em 2011, Padre João recebeu o Prêmio Direitos Humanos, na categoria “Enfrentamento à Pobreza”, concedido pela Presidência da República.

Leave a Reply

fevereiro 2020
S T Q Q S S D
« jan    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
242526272829