Circuito UFC-Arte no Interior – edição Campus de Sobral

A programação terá a Orquestra Sinfônica da UFC. Foto-Divulgação

A Secretaria de Cultura Artística (SECULT-ARTE) da Universidade Federal do Ceará promove a terceira edição do Circuito UFC-Arte no Interior no município de Sobral, nos próximos dias 30 e 31, durante a programação dos Encontros Universitários 2018. Dessa edição participam projetos das áreas de dança, teatro, cinema e psicologia. As inscrições para oficinas e outras atividades estão abertas até 30 de outubro ou até que sejam preenchidas todas as vagas.

O formulário eletrônico está disponível nos sites da Secult-Arte UFC e do Campus de Sobral. Todas as atividades são abertas e gratuitas, voltadas aos que tiverem interesse em participar. As inscrições são limitadas e obedecem à ordem de inscrição.

A programação é composta por oficinas, palestras e apresentações artísticas voltadas para estudantes de escolas e universidades da região e comunidade em geral. Os projetos que participam nesta edição são: Projeto Feixe: Criação e Formação em Dança, do Curso de Dança da UFC; Coletivo Cabeça – Corpos Performativos em Outros Fluxos na Escola, do Curso de Teatro da UFC; Cine Fenomenologia e Sociedade, do Curso de Psicologia da UFC; e projeto Comunicando Ciência com Arte, com a peça Deus e Darwin na terra do céu, da Seara da Ciência.

ICA

Na programação também acontece o III Encontro Interdisciplinar ICA 10 nos, como parte da programação de 10 anos do Instituto de Cultura e Arte (ICA), com o objetivo de fortalecer o diálogo entre os cursos que integram o instituto e propiciar a aproximação deles com outras áreas de conhecimento.

O Circuito UFC-Arte no Interior é uma iniciativa da SECULT-ARTE em parceria com a Fundação de Apoio a Serviços Técnicos, Ensino e Fomento e de Pesquisas (FASTEF). O evento tem o intuito de contribuir para o intercâmbio e promoção da cultural nos municípios do interior do Estado do Ceará. Todos os projetos foram selecionados através de edital para circulação dos projetos apoiados pelo Programa de Promoção à Cultura Artística (PPCA), também conhecido como Bolsa-Arte, da UFC.

Programação

A abertura oficial do Circuito UFC-Arte no Interior – edição Sobral será no dia 30 de outubro, às 15h30min, no auditório daquele campus, com a apresentação da Orquestra Sinfônica da UFC de Sobral. Em seguida, será realizado o III Encontro Interdisciplinar ICA 10 anos, com o tema “Economia criativa: planejamento, produção e consumo cultural”. Confira a programação completa no site da SECULT-ARTE e no site do Campus da UFC em Sobral.

Fonte: SECULT-ARTE – fone: 85 3366 7831 / Campus da UFC em Sobral – fone: 88 3695 4601 (Portal da UFC)

IFCE Sobral oferta especialização em Gestão Ambiental

Campus do IFCE, em Sobral. Foto – Divulgação

O campus de Sobral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) lançou edital para a especialização em Gestão Ambiental. São ofertadas 30 vagas. As inscrições, gratuitas, serão realizadas entre os dias 1° e 30 de outubro de 2018, por meio de formulário eletrônico (https://goo.gl/9sUqut).

Após preenchê-lo, os candidatos precisam entregar a documentação na recepção da Diretoria de Ensino (Diren) do campus de Sobral, de 8h às 17 horas, dentro do prazo de inscrição. Também há a opção de enviar os documentos pelos Correios, com aviso de recebimento (até a mesma data).

O processo de seleção será por meio de três etapas: análise do pré-projeto; apresentação do pré-projeto para a comissão organizadora; e análise do currículo. O candidato pode ter graduação em qualquer área, desde que o Trabalho de Conclusão do Curso (TCC) da especialização se enquadre na área de gestão ambiental. Conforme o edital, o curso é presencial, ocorre no período noturno, com aulas em dias úteis e também nos fins de semana. São várias linhas de pesquisa, distribuídas de acordo com cada professor.

O curso tem duração de 18 meses, sendo 12 meses para as disciplinas e seis meses para o TCC. A aula inaugural será no dia 20 de maio de 2019. Para mais informações, acesse o edital, disponível em www.ifce.edu.br/sobral.

Serviço

Inscrições para a especialização em Gestão Ambiental

Quando: 1° e 30 de outubro de 2018

Onde: https://goo.gl/9sUqut (com entrega de documentação presencialmente)

Camilo Santana defende grande aliança que o elegeu

Camilo Santana com a vice Izolda Cela, reeleito governador — Foto: JL Rosa/Agência Diário

governador reeleito do Ceará, Camilo Santana (PT), defendeu a aliança política que ele formou na campanha, com 24 partidos, criticadas por opositores como “aparelhamento” da política. Ele disse Camilo afirma não fazer política “com rancor, nem com ódio”.

“Eu não fugi nenhum milímetro daquilo que acredito e defendo no nosso projeto. Sempre digo que quem quiser ajudar a construir esse projeto que tem feito do Ceará um exemplo pro Brasil, mesmo com todos os desafios, será sempre bem-vindo. Seja de qualquer partido, seja de qualquer ideologia. O que é importante é que aqueles que são representantes do povo cearense, que foram eleitos, ajudarem o nosso estado”, complementa.

Com 99% das urnas apuradas, Camilo Santana tem 3.455.141 votos, equivalente a 79,95% dos votos válidos. General Theophilo (PSDB) ficou em segundo lugar, com 488.388 (11,3%).

Em entrevista no comitê após o resultado das eleições, Camilo Santana disse receber o resultado com “gratidão ao povo cearense”.

“Isso aumenta mais minha responsabilidade, eu dediquei muito desse primeiro mandato a trabalhar muito pelo Ceará, pelo cearense. Momento difícil, crise econômica, crise política, seca no Ceará, mas nós trabalhamos muito. Muito diálogo, muita parceria, respeitando as pessoas e, pra mim, essa votação é um reconhecimento desse trabalho. Repito: serei eternamente grato ao povo cearense. A única forma que tenho de retribuir essa votação é trabalhando muito”, reforçou.

Perfil

Camilo é engenheiro agrônomo e mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Iniciou a vida pública como servidor público federal do Ibama e foi superintendente adjunto do órgão no Ceará em 2003 e 2004.

Ele disputou um cargo político pela primeira vez em 2000, quando se candidatou à Prefeitura de Barbalha, mas não foi eleito. Na segunda, em 2004 recebeu 9.925 votos, mas ficou em segundo lugar.

Em 2006, Camilo participou da campanha que ajudou Cid Gomes a chegar ao Governo do Ceará. Já no ano seguinte, no início da nova gestão, em 2007, assumiu a Secretaria de Desenvolvimento Agrário, permanecendo como titular por três anos.

O petista decidiu tentar uma vaga no Legislativo Estadual em 2010 e obteve sucesso pela primeira vez em uma corrida eleitoral. Foi o deputado estadual mais votado do Ceará, recebendo 131.171 votos no Estado. Já no segundo mandado de Cid Gomes como governador, em 2011, Santana assumiu a secretaria estadual das Cidades.

Fonte: G1 CE

Veja quem são os deputados federais eleitos pelo Ceará

O Ceará tem representação de 22 deputados federais. Foto-Arquivo

 

O PDT foi a legenda que conquistou o maior número das cadeiras de deputado federal pelo Ceará no Congresso Brasileiro. A sigla irá ocupar seis dos 22 postos na Casa reservados para o estado. O PT e PROS são os dois partidos seguintes com maior número de eleitos, com três e dois parlamentares respectivamente. (veja a apuração completa)

 

Confira abaixo a relação dos deputados federais eleitos pelo Ceará:

  1. Capitão Wagner (Pros) – 6,61% (303.593)
  2. Célio Studart (PV) – 4,55% (208.854)
  3. Luizianne (PT) – 3,78% (173.777)
  4. Guimarães (PT) – 3,77% (173.039)
  5. Idilvan (PDT) – 3,36% (154.338)
  6. Mauro Filho (PDT) – 3,43% (157.510)
  7. AJ Albuquerque (PP) – 2,88% (132.319)
  8. Robério Monteiro (PDT) – 2,86% (131.275)
  9. Moses Rodrigues (MDB) – 2,80% (128.526)
  10. Pedro Bezerra (PTB) – 2,59% (119.030)
  11. Genecias Noronha (Solidariedade) – 2,47% (113.515)
  12. Domingos Neto (PSD) – 2,42% (111.154)
  13. Denis Bezerra (PSB) – 2,31% (111.154)
  14. André Figueiredo (PDT) – 2,25% (103.385)
  15. Roberto Pessoa (PSDB) – 2,23% (102.470)
  16. Leônidas Cristino (PDT) – 2,23% (102.417)
  17. Heitor Freire (PSL) – 2,12% (97.201)
  18. Eduardo Bismarck (PDT) – 1,89% (87.009)
  19. José Aírton (PT) – 1,61% (87.009)
  20. Júnior Mano (Patriotas) – 1,48% (67.917)
  21. Jaziel (PR) – 1,42% (67.917)
  22. Vaidon Oliveira (Pros) – 0,66% (30.392)

Fonte: G1

Nova composição da Assembleia Legislativa do Ceará

Plenário da Assembleia Legislativa do Ceará. Foto-Arquivo

O PDT conquistou 14 das 46 vagas da Assembleia Legislativa do Ceará e tornou-se o partido com mais cadeiras no Legislativo cearense a partir de 2019. A segunda legenda que conseguiu mais deputados na eleição deste domingo (7) no Ceará foi o MDB, com quatro cadeiras (confira a apuração completa no estado).

O PDT aumenta o seu número de cadeiras, de 12 para 14; já o MDB mantém quatro deputados estaduais na Assembleia Legislativa do Ceará.

Os três deputados mais bem posicionados foram André Fernandes (PSL) com 109.742 votos; Queiroz Filho (PDT), com 103.943 votos; e Sérgio Aguiar (PDT) que obteve 100.922.

O PP perdeu quatro cadeiras, caindo de oito para quatro vagas na Assembleia.

Confira abaixo a relação dos candidatos eleitos (Em negrito, os candidatos reeleitos).

  1. André Fernandes (PSL) – 2,40% (109.742)
  2. Queiroz Filho (PDT) – 2,27% (103.943)
  3. Sérgio Aguiar (PDT) – 2,21% (100.922)
  4. Fernando Santana (PT) – 2,09% (95.665)
  5. Salmito (PDT) – 2,00% (91.293)
  6. Romeu Aldigueri (PDT) – 1,95% (89.026)
  7. Érika Amorim (PSD) – 1,89% (86.320)
  8. Evandro Leitão (PDT) – 1,83% (83.486)
  9. Moisés Braz (PT) – 1,83% (83.477)
  10. Guilherme Landim (PDT) – 1,82% (83.215)
  11. Dr. Bruno Gonçalves (Patriotas) – 1,81% (82.515)
  12. Danniel Oliveira (MDB) – 1,78% (82.515)
  13. Zezinho Albuquerque (PDT) – 1,73% (79.488)
  14. Renato Roseno (Psol) – 1,62% (74.174)
  15. Dr. Sarto (PDT) – 1,51% (68.937)
  16. Elmano Freitas (PT) – 1,50% (68.543)
  17. Augusta Brito (PCdoB) – 1,47% (67.150)
  18. Marcos Sobreira (PDT) – 1,47% (67.008)
  19. Aderlania Noronha (Solidariedade) – 1,45% (66.033)
  20. Leonardo Araújo (MDB) – 1,42% (64.780)
  21. Vitor Valim (Pros) – 1,39% (63.641)
  22. Agenor Neto (MDB) – 1,35% (61.543)
  23. Dra. Silvana (PR) – 1,34% (61.241)
  24. Patrícia Aguiar (PSD) – 1,32% (60.228)
  25. Fernanda Pessoa (PSDB) – 1,27% (58.275)
  26. João Jaime (DEM) – 1,23% (56.661)
  27. Heitor Férrer (Solidariedade) – 1,19% (54.532)
  28. Tin Gomes (PDT) – 1,16% (53.050)
  29. Osmar Baquit (PDT) – 1,16% (52.942)
  30. Jeová Mota (PDT) – 1,14% (52.2990)
  31. Nezinho Farias (PDT) – 1,08% (49.482)
  32. Antônio Granja (PDT) – 1,08% (49.147)
  33. Fernando Hugo (PP) – 1,07% (49.111)
  34. Audic Mota (PSB) – 1,07% (49.050)
  35. Bruno Pedrosa (PP) – 1,07%% (48.927)
  36. Leonardo Pinheiro (PP) – 1,07% (48.713)
  37. David Durand (PRB) 1,00% (45.795)
  38. Nelinho (PSDB) – 0,94% (42.779)
  39. Acrísio Sena (PT) – 0,61% (27.842)
  40. Apóstolo Luiz Henrique (Patriotas) – 0,68% (31.130)
  41. Nizo (Patriotas) – 0,54% (24.759)
  42. Delegado Cavalcante (PSL) – 0,59% (27.110)
  43. Dr. Carlos Felipe (PCdoB) – 0,79% (35.895)
  44. Walter Cavalcante (MDB) – 0,73% (33.159)
  45. Soldado Noelio (Pros) – 0,54% (24.591)
  46. Julinho (PPS) – 0,56% (25.769) 
  47. Fonte: G1 CE

Cid Gomes e Eduardo Girão são eleitos senadores pelo CE

Cid Ferreira Gomes (PDT). Fotos – Arquivo

Cid Ferreira Gomes (PDT) e Eduardo Girão (PROS) foram eleitos neste domingo (7) como senadores pelo Ceará para os próximos oito anos. Com 100% das urnas apuradas por volta de 1h30, o candidato pedetista tinha 3.228.341 votos, o que correspondia a 41,62% dos votos válidos. Girão, por sua vez, tinha 1.325.786, o que representava 17,09% dos votos válidos. (veja apuração completa)

Eduardo Girão (PROS)

Girão e o atual presidente do Senado Eunício Oliveira (MDB) tiveram uma disputa cada vez mais acirrada durante a apuração dos votos. O emedebista teve 16,93% dos votos válidos (1.313.739). Uma diferença de 11.993 votos

O Ceará escolheu dois senadores porque o mandato de oito anos de Oliveira e de José Pimentel (PT) temina em janeiro de 2019.

Ex-governador do Ceará por dois mandatos (2007-2014), Cid Gomes concorreu ao Senado pela primeira vez. Já foi Ministro da Educação no Governo Dilma RousseFf e, antes de liderar o Executivo do Ceará, foi prefeito do município de Sobral (1997-2004), na Regiâo Norte do Estado, e deputado estadual (1991-1995).

Empresário do setor hoteleiro do Ceará, Luís Eduardo Girão atua também nas áreas de transporte de valores e de segurança privada. Em 2004, fundou a Associação Estação da Luz, entidade sem fins lucrativos comprometida com a transformação qualitativa do social e responsável ainda por importantes produções audiovisuais do cinema brasileiro.

Ciro Gomes encerra campanha na cidade de Sobral

Presidenciável Ciro Gomes (PDT) em Sobral.Fotos-Divulgação

O candidato Ciro Gomes (PDT) resolveu realizar seu último ato de campanha no berço político da família Ferreira Gomes, Sobral, no sábado, 6 de outubro. Ele esteve ao lado do irmão, Cid Gomes, e dos correligionários políticos, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio; e o governador Camilo Santana, além da vice-governadora Izolda Cela, o prefeito do Município, Ivo Gomes e alguns deputados aliados.

Manifestação em apoio ao candidato Ciro Gomes

Em um misto de carreata, passeata e cavalgada, o pedetista foi saudado por centenas de sobralenses pelas principais ruas da maior cidade da região Norte do Estado. No calor da emoção, Ciro Gomes declarou amor por Sobral e disse que sendo eleito, cuidará do Brasil, assim como tem feito com sua terra natal.

No Boulevard do Arco Nossa Senhora de Fátima

“Essa aqui é minha terra, onde todo mundo me conhece. E ser recebido com esse calor. Quero dizer para o Brasil que vou fazer esse amor acontecer e essa esperança acontecer. Vamos enterrar o ódio, a violência e a discriminação. Vou cuidar do povo brasileiro com o mesmo amor que cuido desse povo aqui”, disse. De olho no que mostravam os movimentos nas redes sociais, Ciro Gomes afirmou que vai “virar” de posição com o candidato petista Fernando Haddad e disputará o segundo turno com Jair Bolsonaro (PSL). “Ciro vai virar, sem dúvida. Eu sou o único que pode derrotar o Bolsonaro. Não é porque eu digo. É porque tenho a melhor proposta e estou na melhor posição que o povo me colocou. Isso pode ser apurado, você vai ver”.

Cid Gomes, ex-governador do Ceará, participou montado em cavalo

Concentração

Os primeiros militantes começaram a chegar ao local de concentração, na Avenida John Sanford , por volta das 16 horas, com o sol ainda queimando a pele. Somente com o fim do entardecer a multidão foi saindo de casa, com bandeiras nas mãos, camisetas com o número e nome do candidato, além de carros de som com as letras dos jingles das candidaturas de Ciro, Cid e Camilo. Motos e até cavalos também acompanharam todo o percurso.

Ciro Gomes é candidato a Presidente do Brasil

O candidato compareceu ao local do evento às 18h30 ao lado daqueles que são seus principais correligionários políticos. No carro estavam, principalmente, mulheres, incluindo sua filha, Lívia Saboya, além do deputado federal Leônidas Cristino. Roberto Cláudio, Camilo Santana e alguns deputados vinham logo atrás. A vice-governadora, Izolda Cela, subiu em seguida, ainda com o veículo em movimento.

Governador Camilo Santana em Sobral

Já tradição nos eventos políticos em Sobral com a presença de Cid Gomes, ele e o amigo, o governador Camilo Santana, fizeram boa parte do percurso montados em cavalos, enquanto que Ciro Gomes, ao lado da namorada, Giselle Bezerra, e de outros correligionários, saudava a multidão em carro aberto.

A presença do governador Camilo Santana no evento de encerramento da campanha de Ciro Gomes diz muito mais do que qualquer palavra de apoio declarado ao pedetista. Aliás, quando questionado sobre apoiar em definitivo o padrinho político nesta reta final da disputa, o governador, montando em seu cavalo, apenas sorriu.

Vice-governadora Izolda Cela, prefeito Ivo Gomes e outros líderes políticos

“Brasil pra frente, Ciro presidente” foi uma das palavras de ordem mais ouvidas durante todo o percurso do presidenciável em seu carro. Outros entoavam hinos como que de torcidas de futebol. “Ô, vamos virar, Cirô, vamos vir Gomesar, Cirô”, cantavam uns. Nos paredões de som, uma canção chamava atenção. “O doido não, o doido não, não, não. O Ciro, sim” tocava em um dos carros durante toda a carreata.

As atividades foram encerradas no comitê de campanha do pedetista, em Sobral, no Boulevard do Arco de Nossa Senhora de Fátima, principal cartão-postal da cidade.

Fonte: Diário do Nordeste/Por Miguel Martins , 08:52 / 06 de Outubro de 2018 Atualizado às 10:10

Lions Clube e SAAE de Sobral realizarão campanha sobre o uso racional da água

Reunião com o diretor-presidente do SAAE, Edmundo Rodrigues.Foto-Divulgação

O diretor-presidente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), Edmundo Rodrigues Júnior, recebeu, nesta terça-feira (02/10), comitiva do Lions Clube para debater proposta de uma campanha de conscientização sobre o uso racional da água.

A iniciativa da campanha é do Lions Clube. A meta é realizar palestras, blitzs na cidade, com distribuição de material educativo, bem como visitar emissoras de rádio, escolas, consultórios, estabelecimentos comerciais e instituições.

O diretor-presidente Edmundo Rodrigues garantiu a parceria do SAAE. Ele destacou que é indispensável desenvolver ações contra o desperdício da água, incentivando também o seu reaproveitamento, pois é um recurso natural limitado, que deve ser utilizado de forma consciente e com o máximo de cuidado possível.

Reunião

Durante o encontro, o Lions teve a seguinte representação: Francina Angelim, presidente do clube Caiçara, acompanhada dos ex-presidentes Norone Angelim e Joab Aragão; Jocélio Ricardo, presidente do clube Ribeiro Ramos; Luiz Filho, presidente do clube Princesa do Norte; Hortência Rolim, presidente de Divisão; e Atualpa Parente, ex-governador do Lions. A assistente social do SAAE, Nayana Rios, também esteve presente.

Sobral (CE), 02 de outubro de 2018

Assessoria de Comunicação do SAAE

Sesc apresenta concerto gratuito em Fortaleza e Sobral

O projeto estimula o desenvolvimento da música de concerto.Foto- Cleyton

No dia 4 de outubro, o Ceará recebe mais uma edição do projeto nacional Concerto Sesc Partituras. Em Fortaleza a apresentação será do pianista Alvany Silva, às19h, no Conservatório de Música Alberto Nepomuceno. Já em Sobral, Luciano Brayner e Cleyton Fernandes apresentam “Um canto, um violão”, às 19h30, no Auditório da Escola Educar Sesc. As apresentações têm acesso gratuito.

O projeto Sesc Partituras tem a missão de possibilitar o contato do público com a produção musical brasileira de tradição escrita, estimulando o desenvolvimento da música de concerto. As composições são autorizadas por seus autores ou são de domínio público. Elas fazem parte de uma biblioteca virtual, de acesso gratuito, em um sistema de busca onde professores, músicos e pesquisadores consultam um catálogo com possibilidade de download para cada obra artística (disponível em: http://www.sesc.com.br/portal/site/SescPartituras/home/inicio).

 Fortaleza

Além de pianista, Alvany Silva é cantor, compositor, arranjador, regente e preparador vocal. O músico preparou um repertório que inclui: Prece (Alberto Nepomuceno), Une Fleur (Alberto Nepomuceno), Estudo Seresteiro (Edno Krieger),  Sonatina (Edinho Krieger), Prelúdio Para uma Bailarina (Beetholven Cunha), Melodia (Beetholven Cunha), Boneca Yayá (Lorenzo Fernândez) e Yayá dançando, sonhando,  brincando e Jongo (Lorenzo Fernândez).

Sobral

Luciano Brayner e Cleyton Fernandes interpretarão em Sobral repertório que inclui: Compositor (flávio fonseca), Saudade Amiga (Barrozo Neto), Manhã de Amor (Chiquinha Gonzaga), Canteiro (Gilberto Mauro), Lundú Brasileiro (C. Inácio da Silva), Roxa Saudade (J.M.Câmara), Uma Saudade (Barrozo Neto), Minha Culpa (Cyro Delvizio), Como Sonâmbulos (Cyro Delvizio),Quem Sabe (Carlos Gomes).

Mais informações: www.sesc-ce.com.br

6,3 milhões de eleitores irão às urnas no Ceará

Eleições estão programadas para domingo, 7 de outubro.Foto-Arquivo

A Justiça Eleitoral no Ceará está em ritmo acelerado de trabalho nas zonas eleitorais e na Secretaria do TRE para favorecer o voto de 6.344.483 eleitores, em 21.449 urnas eletrônicas, no próximo domingo, 7/10. A principal faixa etária dos eleitores cearenses é de 30 a 34 anos (718.981) e 53% do total são do gênero feminino.

Ao todo, 120 mil pessoas estão envolvidas em todo processo eleitoral (entre mesários, magistrados, promotores eleitorais, servidores do TRE, auxiliares, policiais, militares do exército, delegados de prédio e terceirizados).

O orçamento geral para o pleito é de 21.3 milhões de reais, gastos, principalmente, entre técnicos de urna, serviços gerais, vales postais, distribuição de urnas e veículos.

Eleitorado

Fortaleza – 1.776.365 eleitores – 4.870 seções – 620 locais

Caucaia – 209.053 eleitores – 706 seções – 122 locais

Juazeiro do Norte – 168.958 eleitores – 534 seções – 84 locais

Maracanaú – 151.212 eleitores – 465 seções – 69 locais

Sobral – 137.510 eleitores – 459 seções – 98 locais

Quatro dos cinco maiores locais de votação do Estado estão em Fortaleza:

1) Colégio Ari de Sá -15.058 eleitores

2) Universidade de Fortaleza – 11.782 eleitores

3) Universidade Estadual do Ceará -11.164 eleitores

4) Colégio Liceu do Ceará – 8.788 eleitores

5) Escola Economista Rubens Vaz da Costa (Caucaia) – 6.704 eleitores

Eleitores com biometria

No Ceará, nas Eleições 2016, eram 2.199.743 (34.78%) eleitores com biometria. Para este pleito, teremos 4.936.957 eleitores biometrizados (77.8%). 129 municípios passaram pela revisão com coleta de digitais e votarão com esse sistema. 46 cidades terão identificação híbrida e 9, identificação convencional.

Em Fortaleza, são 876.538 biometrizados (49.34%). O recadastramento biométrico não foi obrigatório na Capital.

Rezoneamento

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará alerta os eleitores do Estado para que consultem com antecedência o número da seção e o local de votação, para evitar transtornos no dia da votação. Após determinação do Tribunal Superior Eleitoral, o TRE-CE realizou um rezoneamento, que extinguiu 18 zonas eleitorais do interior e remanejou 4 para Fortaleza. A medida impactou eleitores de 29 municípios que tiveram os números da zona e da seção alterados. O documento de 753.344 eleitores está desatualizado.

Apenas em Fortaleza, são 490.791 títulos com número da zona e seção antigos. No dia da eleição, essa incorreção pode atrasar a localização da seção e causar transtornos. No interior, 262.553 eleitores estão na mesma situação.

outubro 2018
S T Q Q S S D
« set    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031