Presidente do TCE tira férias após escândalo dos banheiros

Teodorico Menezes tirou férias de 30 dias da Presidência do TCE. Foto - Arquivo

O presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Teodorico Menezes, acaba de pedir afastamento do cargo. A decisão será mantida enquanto durarem as investigações sobre as denúncias de que sua mulher, seu filho e um de seus assessores presidiram entidades que assinaram convênio com a Secretaria das Cidades para a construção de banheiros que nunca saíram do papel.

A informação foi divulgada em primeira mão, nesta quinta-feira, 21, pelo Twitter do editor-adjunto de Conjuntura e colunista de Política do O Povo, Érico Firmo (@firmoerico). O afastamento de Teodorico acontece exatamente sete dias após O Povo denunciar o caso com exclusividade.

Coincidentemente, um dia após a denúncia, o presidente do TCE chegou a pedir férias de 30 dias e, em seu posto, assumiu o vice-presidente do TCE, Valdomiro Távora.

Também após O Povo denunciar o caso, o Ministério Público de Contas (MPC) anunciou que irá investigar 56 convênios entre a Secretaria das Cidades e associações do Interior do Ceará, incluindo aquelas ligadas ao próprio Teodorico Menezes.

Os 56 convênios que virarão alvo do MPC foram assinados em 2010, todos referentes à construção de kits sanitários no Interior.

Fonte: Raquel Maia – O Povo online

Leave a Reply

outubro 2019
S T Q Q S S D
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031