Sósia brasileiro de Bin Laden diz que manterá o visual

Bin Laden brasileiro diz que é da paz e não gosta de guerra. Foto - Glauco Araújo/G1

“Como vou dizer que o Bin Laden morreu? Estou aqui, mas sou o Bin Laden que gosta da paz, que não gosta de guerra”. Foi dessa forma que o comerciante ceareanse Francisco Helder Braga Fernandes, de 51 anos, resumiu o que está sentido desde o anúncio feito pelo presidente dos EUA, Barack Obama, sobre a morte do terrorista da al-Qaeda, neste domingo (1º).

Desde o ataque de 11 de setembro de 2001, o comerciante deixou de ter o apelido de Barba e começou a ser reconhecido e chamado de “Bin Laden brasileiro”. Dono de um bar na região do Anhangabaú, no Centro de São Paulo, ele já teve de mudar o visual três vezes em dez anos, mas disse que não vai mais tirar a barba que o transformou em sósia

O comerciante disse que nunca tinha ouvido falar no terrorista até setembro de 2001. “No dia seguinte ao atentado, quando me mostraram o jornal, tomei um susto. Pensei que era eu, de tão parecido. Já usava a barba grande porque gosto do ‘estilão’, que cultivo desde a década de 1990, mas foi desde 2000 que deixei a barba ficar maior.”

Atualmente o sósia não tem mais medo de desfilar ‘vestido’ de Osama pelas ruas de São Paulo e diz que continuará assim, porque nada mudou. “O Bin Laden não morreu. Quem comemorou está perdendo tempo. No máximo ele nasceu para a vida eterna para ficar com suas 21 virgens.”

Fonte: G1

Leave a Reply

agosto 2020
S T Q Q S S D
« jul    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31