Archive for 20 de maio de 2016

Conferência discutirá os saberes para cidadania planetária

Evento

Evento será realizado em Fortaleza, de 24 a 27 de maio. Foto – Divulgação

Mais de 50 renomados conferencistas nacionais e internacionais participarão da Conferência Internacional “Saberes para uma Cidadania Planetária”. O evento, que acontece entre 24 a 27 de maio, no Hotel Praia Centro, é embasado nos ideais estabelecidos pela obra de Edgar Morin, e pode ser considerado também como desdobramento do Congresso Internacional Por uma Educação Transformadora: os sete saberes da educação para o presente”, realizado em 2010, também em Fortaleza.

A conferência tem como público-alvo todos os profissionais de educação formal e não formal, que atuam em diversos níveis de ensino, e demais pessoas interessadas nesta temática, especialmente, estudantes e professores de educação fundamental, médio e superior, bem como representantes de coletivos educadores das áreas de saúde e educação ambiental.

Segundo a pesquisadora Rosa Maria Arnt, que faz parte da comissão de organização do evento, a partir dos setes saberes delineados por Morin, é preciso que todos se vejam como cidadãos do planeta, e que isso desperte em todos o estado de humanidade. “Temos que ter essa capacidade de viver um compromisso com o local e o global. Temos que repensar o desenvolvimento humano”, analisa.

Serviço
Local: Hotel Praia Centro / Fábrica de Negócios – Avenida Monsenhor Tabosa, 740 – Praia de Iracema, Fortaleza – CE.
Data: 24 a 27 de maio de 2016
Carga horária: 40 horas
Mais informações: uece.br/eventos/spcp

Fonte: Agência da Boa Notícia (ABN)

Show beneficente ‘Grandes Nomes da Música Cearense’

Raimundo Fagner participará do show neste sábado, 21. Foto - Divulgação

Raimundo Fagner participará do show neste sábado, 21. Foto – Divulgação

O Cineteatro São Luiz recebe neste sábado (21), às 20h, show do projeto “Grandes Nomes da Música Cearense”, com Fagner, Evaldo Gouveia, Nonato Luiz, Rodger Rogério, Pingo de Fortaleza, Calé Alencar, Teti e convidados, Amaro Pena e Liduína Lessa. A iniciativa é produzida e dirigida por Ulysses Gaspar, sendo resultado de projeto aprovado na Lei Nº 13.811, de 16 de agosto de 2006 (Lei do Mecenato Estadual), através da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, com o apoio cultural da Coelce.

Além do show, no sábado, o público poderá conferir alguns dos registros contidos nos seis DVDs que compõem o Projeto “Grandes Nomes da Música Cearense” e que trazem em sua composição histórias de vida, da carreira, sonhos e projetos futuros de artistas como Amelinha, Fagner, Evaldo Nogueira, Nonato Luiz, Ednardo e Fausto Nilo. A coleção de documentários será também exibida a partir do dia 21 de maio, às 23h, pela TV Assembleia, canal 30.

O show Grandes Nomes da Música Cearense, que integra a programação de maio no Cineteatro São Luiz, é beneficente e terá toda a renda revertida para o Lar Torres de Melo. A esta ação somam-se produtores, artistas, gestores, empresários e público em geral, de modo a colaborar com esta instituição que há mais de 100 anos desenvolve um nobre trabalho humanitário no Ceará.

Os ingressos para o espetáculo encontram-se à venda nas bilheterias dos Cineteatro São Luiz, ao preço de R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia).

Fonte: Coordenação de  Comunicação da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará

Zootecnia da UVA – 21 anos – Artigo do Professor Teodoro

Opinião/Professor Teodoro – Deputado estadual

Deputado Professor Teodoro (PSD). Foto - Arquivo

Deputado Professor Teodoro (PSD). Foto – Arquivo

A Universidade Estadual Vale do Acaraú, sediada em Sobral, no epicentro do semiárido, criou há 21 anos um dos cursos que mais respondem pela sua vocação: o de Zootecnia, que hoje até oferece mestrado acadêmico, no Centro de Ciências Agrárias, no câmpus da Betânia.

Até maio de 1995, os alunos da região interessados em curso superior na área de Ciências Agrárias não tinham alternativa. Teriam que se mudar para Fortaleza, que oferecia o curso de Agronomia, no Pici. A sedutora capital cearense ficava com a maioria dos formandos, que encontravam empregos em gabinetes ou na academia.

O sertão de sua origem era muitas vezes esquecido. Para evitar essa distorção, a única saída era a interiorização, com a oferta de cursos na cidade, que depois seria beneficiada com saber produzido e com a presença de profissionais qualificados. Por isso, nosso afinco em criar, quando reitor da UVA, o primeiro curso de Zootecnia do Ceará, tendo Sobral o pioneirismo. Agora, a Universidade Federal do Ceará também dispõe do curso de Zootecnia.

Não foi fácil, sabemos todos que se empenharam para a realização desse curso, que hoje dá frutos vistosos. Testemunha desse processo desde o início é o atual reitor da UVA, professor Fabianno Cavalcante de Carvalho, que sempre esteve à frente do curso, ilustrando o quadro docente com seu doutorado na área. Ao lado dele, reverenciamos in memoriam o professor João Ambrósio de Araújo Filho. Os dois são oriundos da Embrapa Caprinos.

O convênio da Uva com a Embrapa Caprinos possibilitou a dotação de vários mestres em Zootecnia, um curso que já começou bastante qualificado pelos títulos de seus professores. A parceria com a Embrapa ainda hoje beneficia para as duas instituições, que colocam a sua expertise para a melhor convivência com a região.

Acompanhamos com muito gosto a instalação de toda a infraestrutura, desde os blocos de sala de aula, laboratórios, até a Fazenda Experimental, onde os alunos podem testar e colocar em prática seu aprendizado. O curso começou com 25 alunos e hoje oferece 70 vagas por ano, incluindo o período noturno, tendo em vista a crescente demanda. A importância do curso fez surgir o Centro de Ciências Agrárias e Biológicas.

Tendo Sobral como polo, a região norte cearense reúne três macrossistemas: sertão, serra e litoral. Amplas são as necessidades de aplicação da zootecnia, estendendo vasto campo de atuação.

Comemorando esses 21 anos, relembro de dois ilustres ex-alunos do curso de Zootecnia da UVA, que tive a alegria de reencontrar: João Paulo Arcelino Rego e José Ney Júnior. Ambos seguiram a carreira acadêmica, com pós-graduação no exterior e entusiastas de sua profissão. É na realização de seus alunos e na melhoria do ambiente ao redor que se dá o principal objetivo de uma universidade.

Junto-me a toda a comunidade acadêmica da UVA, com seu reitor Fabianno Carvalho, a diretora do CCAB, Cláudia Goulart, a coordenadora do curso, Ana Sancha Malveira Batista, professores e alunos da Zootecnia, para comemorar seus 21 anos.

maio 2016
S T Q Q S S D
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Comentários
Arquivos