Archive for 18 de novembro de 2020

Concursos para 2.870 agentes de segurança no Ceará

 Polícia Militar deve receber reforço de 2.200 policiais, nos próximos dois anos.Foto:Saulo Roberto

O governador Camilo Santana anunciou, em live nas redes sociais, nesta quarta-feira (18), novos concursos para agentes de segurança no Ceará. Até o fim do Governo, em 2022, o Estado irá convocar mais 2.870 servidores para a Polícia Militar do Ceará (PMCE), Polícia Civil do Ceará (PCCE) e Perícia Forense do Ceará (Pefoce).

Camilo prometeu ainda convocar a turma remanescente do último concurso do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE), que tem 258 aprovados (208 praças e 50 oficiais). Com isso, a Segurança Pública contará com o incremento de 3.128 novos homens e mulheres, nos próximos anos.

Para a Polícia Militar, o concurso será dividido em duas etapas, previstas para 2021 e 2022. Ao total, são 2.200 vagas, sendo 2.000 para soldados e 200 para oficiais. O governador ressaltou que, nos seis anos que está a frente do Governo, já contratou mais de 6 mil policiais militares.

Para a Polícia Civil, serão 500 novas vagas, das quais 100 são para escrivães e 400, para inspetores (não haverá vagas para delegados). Camilo disse que já contratou 1.400 policiais civis, durante os dois mandatos, e o efetivo da Instituição chegou a 3.600 servidores.

Já para a Perícia Forense, serão 170 vagas: 60 para peritos criminais, 20 para peritos legistas, 20 para médicos legistas e 70 para auxiliares de perícia. O governador prometeu que esse será o concurso “mais rápido”, pois a Pefoce tem duas sedes para inaugurar, que devem ser preenchidas com os novos servidores.

Mais investimentos para a Segurança Pública

Camilo Santana anunciou ainda outros investimentos para a Segurança Pública do Ceará, até o fim do seu governo:

– Novas unidades do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio), da Polícia Militar, em todas as cidades com Estado com mais de 30 mil habitantes.
– Reforma de todas as delegacias da Polícia Civil e quartéis militares.
– Troca do fardamento da Polícia Militar.

Concursos em outras áreas

O governador aproveitou a oportunidade para anunciar a convocação dos aprovados no concurso da Secretaria da Educação do Ceará (Seduc), ocorrido em 2018. A Convocação desses profissionais deve começar a partir de janeiro de 2021.

E prometeu um novo concurso na área da saúde, que irá contemplar médicos, enfermeiros e outros profissionais, a ser anunciado em breve.Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança.

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 11:23 / 18 de Novembro de 2020 


UFC lança edital para seleção de professor substituto

Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC).Foto – Aurelio lves

A Universidade Federal do Ceará lançou o Edital nº 80/2020, para seleção de professor substituto nos campi em Fortaleza e em Sobral. São ofertadas quatro vagas, das quais duas para o Centro de Humanidades, uma para a Faculdade de Medicina, em Fortaleza, e uma para o Curso de Odontologia, em Sobral. As inscrições começam às 8h da próxima segunda-feira (23), exclusivamente pela Internet.

No Centro de Humanidades, as vagas são para o Departamento de Ciências Sociais, no setor de estudo Epistemologia e Prática de Pesquisa em Ciências Sociais, e para o Departamento de Estudos da Língua Inglesa, Suas Literaturas e Tradução, no setor de estudo Prática de Ensino e Língua Inglesa. O regime de trabalho é de 40 horas semanais

No Departamento de Ciências Sociais, as inscrições vão até 27 de novembro apenas para candidatos com título de doutor. Os interessados devem enviar e-mail para depcs@ufc.br. Já no Departamento de Estudos da Língua Inglesa, Suas Literaturas e Tradução, as inscrições também seguirão até 27 deste mês pelo e-mail delilt@ufc.br.

Na Faculdade de Medicina, em Fortaleza, a vaga é para o Departamento de Medicina Clínica, no setor de estudo Clínica Médica/Terapia Intensiva/Semiologia. A jornada de trabalho é de 40 horas. Os interessados devem se inscrever até 25 de novembro exclusivamente pelo e-mail dmc@ufc.br.

Já no Campus da UFC em Sobral, a vaga é para o Curso de Odontologia, no setor de estudo Odontopediatria/Laboratório de Ortodontia. O regime de trabalho é de 40 horas. As inscrições para candidatos com título de mestre ou doutor ocorrem até 27 de novembro através do e-mail odontologia@sobral.ufc.br.

Verificada a inexistência de candidatos inscritos após esse período, as inscrições serão automaticamente reabertas exigindo menor titulação, conforme edital.

Mais informações estão disponíveis no site da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP).

Fonte: Portal da UFC – Divisão de Concursos e Provimentos da PROGEP – e-mail: dicon.progep@ufc.br

Biblioteca comunitária idealiza “Bolsa Livro Família”

Projeto
Projeto “Bolsa Livro Família” da biblioteca comunitária Papoco de Ideias.Foto-Reprodução/ Instagram

As crianças que costumam frequentar a biblioteca comunitária Papoco de Ideias, localizada no bairro do Pici, não retornam ao espaço desde março deste ano, quando teve o primeiro decreto de isolamento social para conter a disseminação do coronavírus no Ceará. O ambiente propício para a leitura, em que livros podem ser encontrados no chão, nas prateleiras, nos brinquedos e até em vasos de plantas, precisou se adaptar a novas demandas. Com isso, surgiu o projeto “Bolsa Livro Família”, que distribui livros e produtos de higiene mensalmente para 30 jovens e suas famílias construírem a própria biblioteca em casa.

O processo de entregar obras sempre existiu na organização, principalmente, como presentes em festas de Natal e outros eventos. Mas isso se concretizou durante a pandemia, após uma doação inicial do Tribunal Regional do Trabalho (TRT). “Fizemos a compra de álcool gel, garrafinhas, tecidos para a bolsa e para a costura, canetinhas, sabonetes e máscara. Foi assim que colocamos o projeto em pé”, indica Argentina Castro, que fundou a Papoco de Ideias com a irmã Cristina Castro. Essa iniciativa nasce, portanto, para compensar que os leitores não estão com acesso livre ao espaço físico.PUBLICIDADE

A gente quer que os livros ganhem asa dentro e fora da biblioteca, principalmente em um momento tão difícil, com um volumoso número de informações dolorosas, pesadas, letais e de profundo desrespeito com a vida. O importante é que a pessoa sente, abra o livro e faça esse movimento de parar um pouco”, comenta. Para Argentina, esse momento de entrar em um universo de ideias e imaginação é imprescindível. “Assim, construímos outros mundos possíveis dentro e fora da gente”, defende.

Com os recursos concedidos pelo TRT, as coordenadoras ainda implementaram a “Gelaleia”. “Compramos uma geladeira, fizemos uma pintura e a colocamos fora de casa. As pessoas colocam ou pegam livros na geladeira. As crianças, principalmente, se sentem muito à vontade de levar para a casa”, afirma Argentina. Agora, quem caminha pelas proximidades da biblioteca comunitária pode parar em frente ao objeto e escolher suas histórias preferidas.

A partir dessas duas ações, é possível incentivar a relação com a leitura de maneira cotidiana. “É uma forma deles passarem na sala, e os livros estarem na estante. Entrarem no quarto e terem um pedaço daquele lugar voltado para os livros”, indica. Segundo a coordenadora, a inspiração surgiu no ano passado, com o relato de uma mãe. “Uma das mães nos contou que seus três filhos começaram a pegar os livros em casa e a brincar para fazer uma biblioteca igual a ‘da tia Cris e da tia Argentina’”, recorda.

A coordenadora afirma que estimular o hábito de ler é importante não apenas para a pandemia, mas para o enfrentamento de outros momentos difíceis. “A leitura é necessária. Ler é você se compreender neste mundo, nesta existência. É entender o que está sendo posto ao redor e colocar-se enquanto sujeito para construir uma sociedade mais justa, com respeito a diferenças e com diminuição das desigualdades sociais”, finaliza.

O POVO online – Por CLARA MENEZES 16:39 | 17/11/2020

Capacete Elmo recupera pacientes com Covid-19

A proposta de criar um capacete nasceu no início de abril. Foto-Divulgação

“O Elmo foi a salvação da minha vida”, conta a aposentada Maria Irismar Morais, de70 anos, que se recuperou de insuficiência respiratória causada pela Covid-19 e recebeu alta hospitalar em julho após tratamento com o capacete de respiração assistida por apenas dois dias. Ela, que chegou a ter 70% dos pulmões comprometidos, está entre os dez pacientes que receberam o suporte na fase de testes clínicos do equipamento. Considerados bem-sucedidos, os resultados desta etapa foram apresentados na última quarta-feira (4) pelo superintendente da Escola de Saúde Pública do Ceará e idealizador do equipamento, Marcelo Alcantara, em webinar transmitido no canal oficial no YouTube da instituição. Clique aqui e confira a íntegra do evento.

As pessoas tratadas com o Elmo para fins da pesquisa tinham entre 37 e 76 anos e possuíam comorbidades. O estudo para avaliação dos pacientes ocorreu nos últimos cinco meses no Hospital Leonardo da Vinci (HLV), unidade requisitada pelo Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) durante a pandemia. Com os testes, foi possível validar as funcionalidades e usabilidade do capacete, bem como sua eficácia no tratamento de insuficiência respiratória causada pelo coronavírus.

“Os pacientes melhoraram a oxigenação e tiveram evolução clínica. Esperávamos que metade dos pacientes se beneficiassem, mas foi acima do esperado. E não eram casos leves, todos utilizavam doses altas de oxigênio. Estavam numa situação limítrofe, com risco de internação em leitos de UTI, e melhoraram relativamente rápido”, comemora Marcelo Alcantara.

Ao utilizar um mecanismo de respiração artificial não invasivo, o Elmo foi fundamental para evitar a intubação de pacientes, reduzindo em 60% a necessidade de internações em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Apenas quatro das dez pessoas que usaram o capacete no HLV precisaram ser transferidas para UTIs. O dispositivo trata quadro clínico moderado e também auxilia casos em início de gravidade.

O Elmo avança agora para uma nova etapa. O teste em paciente, que foi autorizado pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep), era um dos requisitos exigidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para autorizar a produção em escala industrial do equipamento. Com a eficácia comprovada, o aval foi concedido no dia 29 de outubro à Esmaltec, empresa que vai fabricá-lo e comercializá-lo. Já a patente do dispositivo foi registrada no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) em julho.

Força-tarefa

A proposta de criar um capacete nasceu no início de abril. A iniciativa uniu ciência, tecnologia e inovação, um dos valores da Sesa. Ao todo, nove protótipos foram sugeridos e testados em voluntários no Laboratório Elmo, implantado na Central de Ventiladores Mecânicos e Equipamentos Respiratórios (CVMER). Com a consolidação do equipamento, iniciou-se a aplicação em pacientes. O trabalho reúne diversos profissionais, entre médico pneumologista e intensivista, fisioterapeutas, técnicos em usinagem e ferramentaria, design industrial e engenheiros nas áreas clínica, civil, mecânica e de produção.

O projeto foi abraçado pelo Governo do Ceará, por meio da Sesa, ESP/CE e Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/Ceará), Universidade Federal do Ceará (UFC) e Universidade de Fortaleza (Unifor), com o apoio do Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH) e Esmaltec.

“O Elmo é um feito importante para o país. O projeto foi desenvolvido em tempo recorde, apesar de não queimar etapas e cumprir todas as exigências dos órgãos de pesquisa e regulação. Meu sentimento é de gratidão ao trabalho incansável de todos os envolvidos, o que vai permitir logo o atendimento de pacientes”, salientou Paulo André Holanda, diretor do Senai Ceará durante a abertura do webinar.

Por Agência da Boa Notícia – 09.11.2020

novembro 2020
S T Q Q S S D
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Comentários