Archive for janeiro 2021

Hemoce coleta 622 bolsas de sangue no interior do Ceará

 A ação foi iniciada em setembro de 2020 e durou até este mês.Foto: Agência Brasil

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) coletou 622 bolsas de sangue em oito municípios do interior do Ceará utilizando uma unidade móvel de atendimento. A ação foi iniciada em setembro de 2020 e durou até este mês. De acordo com a Instituição, foram realizados ainda 40 cadastros de medula óssea. 

Conforme o Hemoce, a unidade móvel é um ônibus  que foi adaptado e tem capacidade para atender cerca de 60 pessoas diariamente. Essa foi a primeira vez que o veículo viajou ao interior do Ceará. Na empreitada, os municípios visitados foram Quixadá, Sobral, Iguatu, Jucás, Quixelô, Crato, Barbalha e Juazeiro do Norte.

Dentro do ônibus, segundo o Hemoce, há duas cadeiras de coleta, sala de triagem e cantina. Na unidade móvel, a população é atendida por uma equipe que é formada por recepcionista, médico, enfermeira, técnico de enfermagem e zelador. 

Facilitação

A ação, de acordo com o Hemoce, é uma iniciativa que compõe o projeto Hemoce Perto de Você, o qual procura facilitar o acesso da população aos pontos de doação de sangue. A moradora de Juazeiro do Norte, Tereza Cristina, de 46 anos, foi uma das voluntárias que se beneficiou dessa facilitação. 

“Já tinha vontade de doar, mas nunca ia até o Hemoce. No dia que fui pagar contas no shopping, o ônibus estava lá, aproveitei e doei. É muito importante que o ônibus do Hemoce circule nos municípios do interior, porque facilita o acesso dos doadores”, afirmou Tereza após doar sangue pela primeira vez. 

A diretora de hemoterapia do Hemoce, Denise Brunetta, acredita também que o objetivo do projeto foi alcançado. “O envio da Unidade Móvel para os hemocentros regionais aproximou ainda mais a população cearense da doação de sangue. A solidariedade do nosso povo é marcante, e ficou ainda mais evidente com a visita ao interior”.

O Hemoce informou também que cada hemocentro regional das cidades do interior ficou responsável pela organização dos pontos de coleta e pelas equipes de profissionais que receberam os doadores. Conforme Denise, a expectativa é que  o ônibus passe por cada regional do Ceará uma vez por ano, no mínimo.

Como doar 

Segundo o Centro, as doações recebidas na unidade móvel serão encaminhadas para pacientes que estão em cerca de 480 unidades de saúde.

Para doar sangue, de acordo com o Hemoce, é necessário “estar saudável, bem alimentado, pesar acima de 50 kg, ter entre 16 e 69 anos e apresentar um documento oficial com foto”. Conforme o Centro, os voluntários menores de idade precisam também portar um termo de consentimento, assinado pelos pais ou responsável legal.

O Hemoce salientou ainda que os voluntários precisam realizar o agendamento da doação, que pode ser pelo site ou por meio dos telefones (85) 3101-2305 e (85) 99681-7597, que é WhatsApp.

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 16:53 / 31 de Janeiro de 2021.

Livro reportagem remonta anos de exílio do cantor Belchior

Belchior viveu no anonimato em cidades do Sul do Brasil e do Uruguai.Foto:Gustavo Pellizzon

Mesmo após quase quatro anos da morte de Belchior, ainda são muitos os mistérios que envolvem o autoexílio do cantor, que tentou sumir dos holofotes em 2007. As últimas andanças do artista que abandonou carreira, família, fama e um carro no Aeroporto de Congonhas (SP) foram destrinchadas no livro “Viver é melhor que sonhar”, dos jornalistas Chris Fuscaldo e Marcelo Bortoloti. 

Ambos atravessados pela história do homem que sumiu, Chris e Marcelo mapearam os lugares pelos quais Belchior passou durante os 10 anos de exílio. O “road book” – termo cunhado pela escritora para designar o trabalho – começou em Santa Cruz do Sul, cidade localizada a cerca de 120 km da Capital do Estado gaúcho, onde faleceu. No local, o cantor viveu por quatro anos com a esposa e produtora cultural Edna Assunção de Araújo (também conhecida pelo pseudônimo de Edna Prometheu). 

Por lá, conheceram pessoas que abrigaram o casal, descobrindo mais da sua rotina. “Belchior não costumava ir pra rua, senão seria reconhecido, mas a Edna ia, dava aulas de inglês, ia ao mercado. A casa onde ele morreu era grande, algo mais afastado da cidade”.”Ele caminhava todo dia de manhã cedo. Ele só não queria estar em cantos onde pudesse ser reconhecido”, relata Chris Fuscaldo. 

Naquela cidadezinha, Belchior e Edna viveram em casas de amigos. Uma delas foi a residência da casa dos pais de Marina Trindade. Após a morte do cantor, a jovem revelou no Twitter sobre como foi morar por três meses com o rapaz latino-americano durante a adolescência. Desse momento, ela guarda, carinhosamente, uma dedicatória que o cantor deixou registrada para ela em um livro. 

Depois de Santa Cruz do Sul, os autores partiram para o Uruguai, onde o artista viveu em 2009, na cidade de San Gregorio de Polanco. “Chegamos, então, em Porto Alegre e saímos com a necessidade de conhecer mais, pois, pra falar desse período, tínhamos que falar de São Paulo, de onde ele ‘fugiu’. Lá, fizemos mais uma leva de entrevistas e dali sentimos a necessidade de percorrer o Ceará”, remonta a jornalista sobre a apuração do trabalho. 

O exílio 

Chris pontua que o livro é bastante focado nos 10 anos de exílio. “Não gostamos da maneira como julgam os atos e a maneira dele, como julgam a Edna. É leviano dizer que a culpa é de alguém, a partir do momento em que o próprio Belchior tomou as decisões dele. O livro é justamente um debate sobre a complexidade do ser humano. Fomos encontrando pelo caminho histórias de um ser humano”. 

Até hoje não se sabe por quais motivos Belchior escolheu viver no anonimato. “Nem o Belchior responderia”, afirma Chris. Para ela, o que pode ter acontecido é o que uma das fontes entrevistadas chama de “cascata de acontecimentos”. “A gente não acha que ele fugiu, ele queria tirar um período sabático, mas ele fez tudo de forma atrapalhada, acabou tendo que lidar com as consequências dessa escolha”, aponta. 

Embora no período Belchior não tenha produzido, em 2011, ele gravou o projeto “Ondas Sonoras – Primeiro Movimento” com o pianista João Tavares Filho. O trabalho chegou até a virar um DVD, mas não foi levado a frente pela perseguição sofrida pelo cantor por conta das dívidas e da falta de pagamento da pensão alimentícia. https://www.youtube.com/embed/6oe5jWalVn8

A autora revela que trabalhar no projeto foi um mix de emoções. “Saber que os maiores momentos de sofrimentos pra ele foram ocasionados pela imprensa foi algo bem difícil pra gente e, apesar de sermos admiradores do trabalho dele, não deixamos de reconhecer os erros dele. Não é porque sou fã que vou concordar com o não pagamento da pensão e deixar os filhos sem notícia”, diz. 

Este foi, inclusive, um dos momentos mais duros para a dupla: saber como ficaram os quatro filhos que passaram 10 anos sem notícias do pai. “Chorei bastante nessas entrevistas. Foi doloroso demais, mas tivemos que entender que é um ser humano que comete erros”. 

Projeto

A jornalista conta que a ideia do livro surgiu quando Belchior ainda era vivo. Na época, em 2013, ela leu uma matéria de Marcelo sobre como o artista vivia. Anos depois, em 2015, por coincidência, os dois acabaram se conhecendo no doutorado.

“Queríamos entrevistar ele. Passamos uma temporada conversando em 2016. Tudo é muito lento, muito difícil, já estávamos com tudo meio organizado, aí o Belchior faleceu. Deu aquela dúvida se continuávamos ou não”. Inspirados na biografia lançada por Jotabê Medeiros, optaram por fazer o livro sobre a reclusão. 

Para Chris, um das características mais surpreendentes descobertas sobre o cearense foi o fato de ele estar sempre rindo e contando piada. Em Sobral, a dupla foi apresentada ao termo “sobralidade”, do orgulho que eles têm.“Quase ninguém via Belchior triste, não baixava a cabeça mesmo nas situações em que tinha que dormir na rua por exemplo”.

“No livro, não existe verdade, existem pontos de vista e a memória de cada um. O papel do biógrafo é pegar isso e transformar em algo comum”, resume Chris. 

 Capa do livro ‘Viver é melhor que sonhar’Foto: Divulgação

Viver é melhor que sonhar
Chris Fuscaldo e Marcelo Bortoloti 
Sonora Editora 
2021, 280 páginas

Diário do Nordeste – Escrito por Lívia Carvalholivia.carvalho@svm.com.br 18:00 / 27 de Janeiro de 2021.

Idosa de 117 anos entre as primeiras vacinadas em Sobral

Primeira idosa a ser vacinada foi Luiza Alves da Silva, de 117 anos. FotoMaristela Glaucia

O Município de Sobral, na região Norte do Estado, iniciou na tarde desta terça-feira (26) a vacinação contra o novo coronavírus em idosos com mais de 75 anos. O imunizante utilizado nesta etapa é o desenvolvido através da parceria entre a farmacêutica AstraZeneca e a Universidade de Oxford que chegou ao Estado na noite do último sábado (23).

A primeira idosa a ser vacinada foi Luiza Alves da Silva, de 117 anos. Ela recebeu uma equipe de agentes da Secretaria da Saúde do Município na casa em que vive, no Residencial Nova Caiçara. Sem comorbidade, Dona Luiza faz uso de sonda nasogástrica (de alimentação) e foi adotada por sua cuidadora há oito anos. Após a imunização, a idosa ergueu os braços em gesto de comemoração. “Apesar da idade, ela não tem nenhum problema de saúde. No início ela não queria tomar a vacina, mas diante das orientações da enfermeira, ela se convenceu da importância e aceitou ser imunizada para quem sabe viver mais uns 20 anos”, relatou em tom de otimismo a cuidadora Joana Pires do Nascimento. 

Doses

O Município recebeu, nesta segunda-feira, 1.030 doses da vacina de Oxford/AstraZeneca que serão destinadas exclusivamente ao público idoso. A imunização teve início nesta terça por idosos acamados e acima de 95 anos, totalizando cerca de 300. 

Após esta etapa, a Secretaria explica que será a vez dos idosos entre 90 94 anos, depois os de 85 a 90 anos, em seguida os 80 a 84 anos e assim por diante. “Ao todo, a meta é imunizar quase 5.700 idosos acima dos 75 anos”, pontuou a assessoria do Município.

Diário do Nordeste – Escrito por André Costaandre.costa@svm.com.br 17:54 / 26 de Janeiro de 2021.

Nasa informa data em que asteroide pode atingir a Terra

Centro da agência americana estuda quais objetos, tais como asteroides, estão próximos da Terra (Foto: CNEOS/Nasa)
Agência estuda quais objetos,tais como asteroides,estão próximos da Terra.Foto: CNEOS/Nasa

A Agência Espacial americana (Nasa) divulgou detalhes de um possível encontro da Terra com o asteroide conhecido como 2009 JF1. O corpo rochoso com 13 metros de diâmetro poderia atingir a Terra no dia 6 de maio de 2022. O peso é de 2,8 mil toneladas.

Os cálculos foram feitos por cientistas da própria Nasa, responsáveis por detectar e acompanhar a trajetória de novos corpos celestes, identificando seu grau de risco para o planeta. O 2009 JF1 foi detectado no espaço ainda em 2009.

Entretanto, não há muitos motivos para susto ou comemoração: mesmo sendo classificado como “potencialmente perigoso”, as hipóteses do asteroide realmente atingir a terra é de 0,026% ou simplesmente uma em 3.800, segundo dados fornecidos pela Agência em site, segundo uma escala obtida como Escala de Palermo.

O 2009 JF1 está na categoria “Near Earth Objects” (NEO), tradução live para “Objetos próximos a Terra” O termo refere-se a qualquer objeto, como asteroides, em que sua órbita está próxima à Terra.

A Nasa segue acompanhando a órbita do asteroide através do sistema Sentry – ele determina o grau de desvio dos corpos celestes e supõe seus trajetos de voo em até 100 anos seguintes, classificando-os através de seus tamanhos, velocidades e datas de impacto potenciais.

Por REDAÇÃO O POVO 09:36 | 08/01/2021

Ceará registra mais de 10 mil raios em 25 dias de 2021

raio
 A maioria dos registros (69%) foi em cidades da Região Norte do Estado.Foto:Arquivo

O Ceará já registrou, em 2021, 10.257 raios. Os dados constam no Sistema de Monitoramento e Alerta da Enel Distribuição Ceará e foram registrados até a manhã desta segunda-feira (25). A maioria dos registros (69%) foi em cidades da Região Norte do Estado. Granja, com 1.718 registros, lidera o ranking dos municípios.

Na sequência, aparecem Massapê (763 raios), Uruoca (452), Viçosa do Ceará (439) e Jaguaretama (418). 

Os dias com maior número de registros foram 18 (2.522 raios); 20 (1.974); e 13 (1.544). 

2020

As cidades de Santa Quitéria e Granja tiveram as maiores incidências de raios no ano passado. Só Santa Quitéria teve 9.716 ocorrências; Granja somou 7.562.

Em todo o ano, foram 196.877 raios no Ceará – aumento de 162% no número de descargas atmosféricas em comparação com 2019.

Cuidados

A Enel indica alguns cuidados que todos devem ter durante tempestades: 

Dentro de casa:

  1. Evitar o uso do celular, secador de cabelo e ferro elétrico conectados à tomada;
  2. Evitar uso de chuveiro ou torneira elétrica;
  3. Evitar consertos de instalações elétricas;
  4. Se possível, permanecer em casa enquanto a tempestade durar.

Fora de casa:

  1. Evitar contato com objetos metálicos, como cercas de arame, tubos metálicos e principalmente linhas telefônicas ou elétricas;
  2. Evitar estar em locais como campos abertos, piscinas, lagos, praias, árvores isoladas, postes e locais elevados.

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 20:47 / 25 de Janeiro de 2021. 

Ceará exporta para a Europa cactos sem espinhos

Uma variação sem espinhos está sendo produzida em larga escala em Paracuru. Foto:Divulgação

Espécie genuinamente do Nordeste, uma variação sem espinhos do mandacaru está sendo produzida em larga escala no Estado e exportada ao exterior. Muito usada como item de decoração, a planta ornamental tem tido grande aceitação entre o público pela facilidade de manutenção em ambientes caseiros. 

Na última segunda-feira, uma primeira remessa foi enviada à Europa pela NaturAYO, que já fechou acordo para a comercialização do produto nos Estados Unidos nas próximas semanas. 

A planta é produzida em larga escala há três anos na fazenda mantida pela empresa, pertencente ao Grupo AYO, em Paracuru. Segundo o grupo, o município do litoral oeste tem clima e solo propícios para o cultivo.

Aceitação no mercado

“O mercado abraçou o produto para ornamentar espaços com muito fluxo ou ambientes domésticos com crianças e pets, agregando mais valor a ele”, destaca Thomas Reeves, diretor da NaturAYO. 

“Começamos em 2020 esse processo de expansão com o envio de amostras e testes para outros países, processo que foi comprometido pela pandemia e que retomamos agora no início deste ano com uma expectativa bem positiva de chegar a outros mercados”, ressalta o diretor. 

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 09:00 / 21 de Janeiro de 2021.

INSS: pagamento com reajuste inicia no dia 25 de janeiro

Mais de 35 milhões de beneficiários já podem checar a data dos benefícios.Foto:José Leomar /SVM

Os beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que ganham um salário mínimo começam a receber os depósitos referentes a janeiro, já com reajuste, nesta segunda-feira (25). Os pagamentos serão realizados até o dia 5 de fevereiro.

Como fica para os beneficiários

Os beneficiários que recebem até um salário mínimo terão um reajuste de 5,26%, já que o valor passou de R$ 1.045 para R$ 1.100. E quem ganha valor acima do salário mínimo receberá, a partir de 1º de fevereiro, com reajuste de 5,45%, conforme o INPC acumulado em 2020.

A orientação do INSS é que os segurados fiquem atentos à data de depósito dos proventos. O cronograma depende do número final do cartão de benefício, sem considerar o último dígito verificador, que aparece depois do traço, para aqueles que foram concedidos recentemente ou à data que já habitualmente recebia para aqueles que possuem seu benefício há algum tempo.

De acordo com o INSS, os mais de 35 milhões de beneficiários já podem checar a data de depósito dos benefícios.

Calendário de pagamentos INSS 2021

Tabela pagamento INSS

Novas alíquotas por faixa de salário

  • Até 1 salário mínimo (R$ 1.100): 7,5%
  • De R$ 1.100,01 a R$ 2.203,38: 9%
  • De R$ 2.203,49 a R$ 3.305,22: 12%
  • De R$ 3.305,23 a R$ 6.433,57: 14%

O coordenador do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP) no Ceará, Paulo Bacelar, ressalta a progressividade das alíquotas e aponta que as faixas foram igualadas às mesmas utilizadas no Imposto de Renda (IR).

“Todo ano, o Governo reajusta os valores dos benefícios através de portaria: o salário mínimo, o salário família, o teto da Previdência e as alíquotas de contribuição, que são progressivas. São usados os mesmos critérios para a progressividade do Imposto de Renda e, esse ano, as faixas se igualaram”, ressalta.Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios.

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 09:57 / 25 de Janeiro de 2021

Profetas da Chuva anunciam boas chuvas para o Ceará

Edição do encontro Profetas da Chuvas deste ano em Quixadá foi transmitido via Facebook (Foto: DIVULGAÇÃO)
Edição do encontro Profetas da Chuvas em Quixadá foi transmitido via Facebook Foto: Divulgação

Pela observação de quem conhece e traduz os sinais da natureza, Ceará deve registrar boas precipitações na quadra chuvosa de 2021.  As previsões foram feitas no 25º Encontro dos Profetas da Chuva de Quixadá, realizado na manhã deste sábado, 23. O evento foi realizado no Paço Municipal e transmitido pelo Facebook. 

O encontro foi realizado pelo Instituto de Pesquisa de Violas e Poesia Cultural Popular do Sertão Central e recebe o apoio da Prefeitura de Quixadá e do estado, através da Casa de Saberes Cego Aderaldo, da Fundação Cultural de Quixadá, Secretaria de Cultura do Estado (Secult) e Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA).

Ao longo dos anos, o evento cresceu e é um dos instrumentos mais importantes para a manutenção desses conhecimentos passados de geração em geração.  “O profeta da chuva é uma cultura que só tem no nordeste”, frisa Helder Cortez, que coordena o evento desde a criação. Tradicionalmente, os profetas e profetisas ensinam as  experiências que fizeram nos meses que antecedem a quadra. Cada um tem sua maneira de olhar e entender o que a natureza tem a dizer. Conhecimentos adquirido e acurados ao longo da vida. 

Dona Lurdinha Leite, 83, explicou que faz experiências com pedras de sal representando os meses do ano no dia de Santa Luzia, 13 de dezembro. Ela conta o que aprendeu com o pai: “se a pedra desmanchar toda é porque o inverno vai ser bom, se desmanchar umas e outras não, é porque vai ser irregular”. Esse ano, a profeta diz que o inverno há de ser bom. 

Segundo Renato do Tapuiará, será um “bom inverno que vai começar aos poucos”. “Vai demorar um pouco. Mas em março, terá boas chuvas”, diz. O agricultor faz a previsão a partir da observação da casinha da maria-de-barro, feita em direção ao ponte.

José Erismar Nobre, que observa a posição dos planetas e a estrela d’alva, diz que “vai dar para encher os açudes”.  Erasmo Barreira diz que a partir do dia 20 de fevereiro e ao longo de março, espera grande recarga nos açudes. “Não sei se vai ser acima da média, mas abaixo da média não vai ser”, explica. Francisco Alves Batista  diz que o primeiro trimestre (fevereiro, março e abril) vai ser bom, já o “mês de maio será com menos chuvas”.

O POVO online – Por ANA RUTE RAMIRES 12:50 | 23/01/2021 FacebookTwitter

Festival Latino-americano de Cinema de Canoa Quebrada

"Se não for divertido não tem graça" de Vinicius Comoti (PR) (Foto: Reprodução)
“Se não for divertido não tem graça” de Vinicius Comoti (PR) (Foto: Reprodução)

A partir deste sábado, 23, até o próximo dia 28 de janeiro ocorre a 13ª edição do Curta Canoa – Festival Latino-americano de Cinema de Canoa Quebrada. O evento, que tem como marca o fato de acontecer numa cidade de praia, com todas as exibições abertas ao público, será, desta vez, virtual. O novo formato é em razão das exigências de combate ainda à pandemia, agora repercutida nos moldes do Curta, adaptando-se também ao momento.

“Hoje o Curta Canoa se reinventa. Eu jamais teria imagino que teríamos que fazer um festival todo virtual, mas tudo é um aprendizado na vida. Todo mundo, não só o Brasil, esta se reinventando, depois dessa pandemia, com os decretos que vão chegando dizendo que não pode realizar os eventos abertos. Então, eu vejo como uma reinvenção”, diz Adriano Lima, à frente como diretor.PUBLICIDADE

O importante, segundo ele, é que as pessoas vão estar em casa e tendo alternativas culturais e audiovisuais boas para assistir. “A gente faz o festival pensando no público e para os diretores. O festival é uma janela para que os diretores possam mostrar os seus filmes. Então, estamos todos nos reinventando no online”, reafirma.

De casa, como disse, será possível “ir” às três mostras previstas para este: Mostra Competitiva de Curtas-Metragens, Mostra Curta Ceará e Mostra Infantil. Essa programação fica até o dia 28, quando será realizada, além das exibições, que seguem até o dia 27, uma atividade formativa e a divulgação do resultado da mostra competitiva.

Serviço

Quando: De 23 a 28 de janeiro de 2021, pelo canal do festival no YouTube

Mais informações no site (www.curtacanoa.com.br) e redes sociais do evento

Instagram: @curtacanoa – Facebook: @CurtaCanoaFestivalTelefone: (85) 99635 3880

Com informações O POVO online – Por JULLY LOURENÇO 20:24 | 22/01/2021

HRN celebra oito anos com quase 400 mil atendimentos

Hospital Regional Norte do Ceará, em Sobral. Foto – Divulgação

O Hospital Regional Norte (HRN), equipamento da Secretaria da Saúde (Sesa) do Governo do Ceará, administrado pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH) completa oito anos de serviços à população da Região Norte do Estado em janeiro. Inaugurado em 2013, o hospital já superou, até 2020, 390 mil atendimentos nas Emergências Adulto e Pediátrica.

O diretor geral da instituição, Daniel Hardy Melo, ressalta o impacto que a unidade tem gerado para a população local. “O HRN tem avançado na qualidade da gestão dos serviços e nos aspectos relacionados à segurança do paciente, além de todo o impacto positivo na prestação do atendimento à população. Somos um hospital Acreditado com Excelência – Nível 3 ONA e desenvolvemos projetos importantes do Ministério da Saúde junto a hospitais de referência no País”, ressalta.

Atendimento

O HRN é certificado pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) como Acreditado com Excelência – Nível 3 na qualidade de serviços de saúde prestados. A certificação garante protocolos de segurança de pacientes, qualidade dos serviços prestados e gestão integrada. O reconhecimento também destaca a cultura organizacional de melhoria contínua com maturidade institucional.

A estrutura de assistência do hospital é ampla, com atendimento 24 horas em urgência e emergência em diferentes especialidades, entre elas: cirurgia geral, cirurgia vascular; cirurgia torácica; clínica médica; endoscopia alta e baixa; neurocirurgia, otorrinolaringologia; neonatologia; pediatria e obstetrícia. A unidade é referência única para urgências e emergências pediátricas, clínicas e cirúrgicas de adultos.

O HRN também conta com atendimento ambulatorial em várias especialidades e realiza exames laboratoriais e de imagem, com destaque para tomografia, radiografia e ressonância magnética. Há, ainda, o Centro de Apoio à Saúde Reprodutiva da Mulher com atendimento a casos de média e alta complexidade.

Com informações da Assessoria de Comunicação do Hospital Regional Norte

janeiro 2021
S T Q Q S S D
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Comentários
Arquivos