Archive for 4 de janeiro de 2021

Prefeito Ivo Gomes dá posse ao secretariado em Sobral

Solenidade de posse, na manhã de 04 de janeiro, no auditório da Prefeitura.Foto-Divulgação

O prefeito Ivo Gomes e a vice Christianne Coelho deram posse, na manhã desta segunda-feira (04/01), aos 13 secretários municipais, ao chefe de gabinete, ao procurador-geral e ao controlador-geral do município.

Em solenidade, no auditório da Prefeitura, Ivo Gomes ressaltou que o desafio dessa nova gestão é imunizar a população de Sobral contra o coronavírus. Também estão entre as suas prioridades a geração de emprego e renda, o reforço nas ações de segurança, com foco na prevenção, e a volta às aulas. “60 mil pessoas em Sobral vão voltar às aulas este ano. Vamos todos nos empenhar para que possamos garantir às nossas crianças, jovens e adultos o retorno às aulas presenciais”, disse o prefeito.

Aos secretários, Ivo Gomes pediu empenho e espírito público na defesa dos interesses da população. “Vocês foram escolhidos pelos talentos individuais, pelo que vocês podem, com autonomia e com tirocínio, cumprir os compromissos que nós assumimos durante a campanha”, ressaltou o prefeito.

Ele destacou que, nesse início de gestão, também é o momento de cada secretaria organizar um planejamento estratégico para este ano, ouvindo os servidores e os cidadãos para saber, exatamente, quais são as prioridades da sociedade nesse momento.

“A cidade está cheia de esperança de que a gente possa dar um salto ainda maior do que foi feito na primeira gestão. Eu acredito que esse salto é possível. Há muitos investimentos em andamento em praticamente todas as secretarias da Prefeitura. O nosso esforço é fazer com que esses investimentos sejam concluídos e que, já a partir deste ano, possamos ampliar ainda mais as ações que atendam às necessidades da população”, disse Ivo Gomes.

Saiba quem são os novos secretários:

– Chefia do Gabinete do prefeito – David Duarte
– Procuradoria Geral do Município – Rodrigo Araújo
– Controladoria e Ouvidoria Geral do Município – Cézar Pinheiro
– Secretaria do Orçamento e Finanças – Socorro Oliveira
– Secretaria do Planejamento e Gestão – Ramom Carvalho
– Secretaria Municipal da Saúde – Regina Carvalho
– Secretaria Municipal da Educação – Herbert Lima
– Secretaria da Infraestrutura – David Bastos
– Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Econômico (STDE) – Sandra Arcanjo
– Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social – Andrezza Coelho
– Secretaria Municipal da Cultura – Simone Passos
– Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer – Eugênio Parcelli
– Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente – Marília Lima
– Secretaria da Segurança e Cidadania – Emanuela Leite
– Secretaria dos Serviços Públicos – Carlos do Calisto
– Secretaria do Trânsito e Transportes – Kaio Dutra

Com informações do Portal da Prefeitura de Sobral

Açudes começam 2021 com o melhor nível em sete anos

Maior reservatório do Ceará, Castanhão, na bacia do Médio Jaguaribe, começa 2021 com 11,08% de sua capacidade. (Foto: Gil Magalhães/Especial para O POVO)
Castanhão começa 2021 com 11,08% de sua capacidade. Foto: Gil Magalhães/Especial para O POVO

Ceará começa 2021 com acúmulo hídrico de 25,8% nos 155 açudes monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) — melhor percentual observado nos últimos sete anos. A situação esteve melhor que a atual no começo do ano pela última vez em 2014. O volume equivale a 4,80 bilhões de metros cúbicos (m³), sendo a capacidade total do sistema de 18,6 bilhões de m³.

Analisando o começo do mês de janeiro nos últimos seis anos, o acúmulo hídrico no Estado não chegou aos 20%. Na última década, o maior volume registrado na abertura de um ano foi em 2012, quando o Ceará atingiu 68% da sua capacidade hídrica total.

Dentre os reservatórios cearenses, atualmente apenas o açude Caldeirões, localizado no município de Saboeiro e pertencente à bacia do Alto Jaguaribe, apresenta volume acima de 90%, chegando a alcançar 94,9% da sua capacidade total. Nenhum açude está sangrando ainda.

Além disso, 65 açudes se encontram com volume abaixo de 30%, incluindo o Castanhão, maior reservatório do Estado, que registra 11,08% de sua capacidade. Outros açudes principais estão na mesma situação. Enquanto o Orós, na bacia do Alto Jaguaribe, registra 20,73% da sua capacidade total, o Banabuiú, localizado em bacia homônima, tem 12,02% de volume.

As informações são do Portal Hidrológico, ferramenta da Cogerh que monitora o nível dos reservatórios. Os dados foram acessados às 8h28min desta segunda-feira, 4.

Em 2020, os açudes cearenses receberam um aporte hídrico de 5,99 bilhões de m³ considerando dados até o mês de julho, o que corresponde ao melhor resultado desde 2012. O detalhamento está na última resenha diária de monitoramento, publicada no dia 30 de dezembro, e não inclui a Região Metropolitana de Fortaleza.

As bacias Acaraú, Litoral e Serra da Ibiapaba possuem os maiores volumes armazenados com 72,7%, 71% e 68,6% de suas capacidades, respectivamente. Em contrapartida, uma das bacias mais importantes, a do Médio Jaguaribe, onde está o Castanhão, detém o menor volume armazenado, 10,8%.

O POVO online – Por LAIS OLIVEIRA 12:41 | 04/01/2021

janeiro 2021
S T Q Q S S D
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Comentários
Arquivos