Archive for março 2022

Governo do Estado inaugura Complexo Cultural Estação das Artes Belchior

Estação das Artes Belchior, no Centro de Fortaleza, reúne diversos espaços ligados à Cultura, como Pinacoteca, Centro de Design e sedes da Secult e do Iphan(foto: Felipe Abud / divulgação)
Estação das Artes Belchior, no Centro de Fortaleza, reúne diversos espaços ligados à Cultura, como Pinacoteca, Centro de Design e sedes da Secult e do Iphan(foto: Felipe Abud / divulgação)

O Complexo Cultural Estação das Artes Belchior, do governo do Estado, será inaugurado nesta quarta-feira, 30 de março, com programação que contará com solenidade oficial. Estarão presentes o governador Camilo Santana, a vice-governadora Izolda Cela e o secretário da Cultura Fabiano Piúba.

Ocupando a área da antiga Estação João Felipe e entorno, o local reunirá a Pinacoteca do Estado do Ceará, o Centro de Gastronomia e Cultura Alimentar, o Centro de Design do Ceará, o Mercado Criativo do Ceará e as sedes da Secretaria da Cultura e do Instituto Nacional do Patrimônio Histórico e Artístico.

De acordo com a Secult, o complexo irá iniciar os trabalhos com uma programação formativa semanal, aos domingos, e o funcionamento dos equipamentos que o compõem será gradual.

No começo do mês, o Vida&Arte apurou que a intenção do Governo do Estado era entregar o equipamento até o final de março, ainda com Camilo Santana à frente do cargo. O governador deixará a função no sábado, 2 de abril, para concorrer ao Senado Federal.

O projeto é um dos principais da ação cultural do governo Camilo. A gênese dele vem, pelo menos, desde 2011, quando ainda na gestão Cid Gomes foi apresentada a ideia de instaurar a Pinacoteca do Estado na área da Praça da Estação. Com o atual govenador, a ideia foi ampliada para o complexo Estação das Artes.

O POVO online Vida & Arte – 17:20 | Mar. 29, 2022 Autor João Gabriel Tréz

Padre João Batista Frota completa 56 anos de sacerdócio

Padre João Batista Frota foi ordenado em Roma, no dia 26 de março de 1966.Foto- Hudson Costa/Arquivo

Monsenhor João Batista Soares Frota está celebrando 56 anos de sacerdócio. Ordenado em Roma, em 26 de março de 1966, Padre João, como é tratado por todos, desenvolve trabalho social, de promoção humana e evangelização na Diocese de Sobral. Em 2011, ele recebeu o Prêmio Nacional de Direitos Humanos, na categoria “Enfrentamento à Pobreza”, concedido pela Presidência da República. Padre João também é escritor, com quatro livros publicados: Marcos de Esperança (1995), Construindo o Amanhã (1997), Procurando as Pegadas de Jesus (2009/2016) e Recados (2018), com uma coletânea de mensagens de paz.

O desejo de servir, a disponibilidade de querer colocar-se como irmão ao lado do povo, para guiá-lo em busca de valores eternos e imutáveis, o espírito de ajuda permanente, são princípios e ideais que marcam a vida do monsenhor João Batista Frota. É profundo conhecedor da alma humana e dos problemas sociais. Sua vida é um testemunho de humildade, fé e trabalho. Tem sempre uma palavra que conforta e um gesto que reanima a esperança.

Sua formação foi aprofundada no Seminário São José em Sobral, no Seminário Maior de Fortaleza e na Universidade Gregoriana de Roma. No curso de Ciências Sociais, em Paris, na França, sistematizou o conhecimento sobre o homem. Nos Kibutz de Israel trabalhou na agricultura, procurando encontrar uma nova maneira de ser padre.

O seu trabalho de irmão consagrado ao serviço dos demais, especialmente dos pobres e dos pequenos, vem contribuindo para a formação de uma comunidade de luta, com melhores condições de vida e fraternidade. Sua atividade pastoral nas paróquias de Santana do Acaraú, Massapê e em Sobral, na zona Norte do Ceará, tem sido marcada de ações que retratam um líder comprometido em construir entre os homens o projeto do Reino de Deus, fazendo da promoção humana a sua evangelização.

Documentário homenageia Ednardo e mostra outras facetas do artista

O filme revela habilidades do cantor como artista plástico, e suas novas canções, além de depoimentos emocionantes de vários artistas e amigos.  — Foto: Reprodução

O filme revela habilidades do cantor como artista plástico, e suas novas canções, além de depoimentos emocionantes de vários artistas e amigos. — Foto: Reprodução

No ano de 2022, um dos maiores nomes da música cearense completa 50 anos de carreira, o cantor e compositor Ednardo. Responsável por sucessos como Pavão Mysteriozo, Terral, Beiramar e Ingazeiras, o artista ganhou uma homenagem do Sistema Fecomércio Ceará

em forma de documentário, lançado no último mês de novembro, durante a Mostra Sesc Cariri de Culturas. “Ednardo – Conectames: Canções & Caminhos” revela habilidades do cantor como artista plástico, e suas novas canções, além de depoimentos emocionantes de vários artistas e amigos.

Ednardo, que assina o roteiro, apresenta o conceito “Conectames”, junção da palavra “conect” ao sufixo “ames” com a proposta de criar e comunicar nas diversas formas de expressão humana e artística, que é um dos caminhos de sua canção. Afeito ao sentimento de coletividade, ele fala através da linha do tempo de sua carreira sobre o Pessoal do Ceará, Massafeira e do show dos 40 anos de carreira que gerou um DVD, com a participação de vários artistas.

O cantor e compositor revela para o espectador sua faceta de artista plástico, entre pincéis, tintas e telas eletrônicas. Entre desenhos e pinturas, conta sua relação com a arte desde a adolescência e como esse interesse se mesclou com sua música. Vários depoimentos de artistas parceiros e amigos queridos pontuam as falas de Ednardo, demonstrando a importância do artista e de sua obra, lembrando de fatos marcantes ao lado dele.

O presidente do Sistema Fecomércio Ceará, Luiz Gastão Bittencourt, ressalta a importância de Ednardo para a cultura do estado: “Creio que nunca houve uma voz que cantou tão bem o Ceará para todo o mundo, músicas que são referências e verdadeiros hinos. Para todo cearense, Ednardo não cantou apenas as dunas brancas ou o sertão florindo, ele cantou o jeito de ser cearense de uma forma humana e universal”.

Ednardo espalha sua música e poesia pelo mundo. E traz consigo a marca da cearensidade, a mesma que faz de sua obra universal.

Veja aqui o documentário completo:

https://youtube.com/watch?v=3rG4JT1HEtg%3Forigin%3Dhttp%3A

Por Sistema Fecomércio – 03/01/2022 18h10  Atualizado há 2 meses

Belchior é perfilado na primeira pessoa em documentário que estreia em abril em festival no Rio

16/03/2022 13h44  Atualizado há 20 horas

Belchior é perfilado na primeira pessoa em documentário que estreia em abril em festival no Rio

Mario Luiz Thompson / Divulgação

♪ Cineastas debutantes na direção de documentário, Camilo Cavalcanti e Natália Dias tentam expor as contradições e o peso da cabeça de Antonio Carlos Belchior (26 de outubro de 1946 – 30 de abril de 2017) no filme Belchior – Apenas um coração selvagem (2022).

Programado para estrear em abril, em sessões agendadas na 27ª edição do festival de documentários É tudo verdade, o filme perfila o artista cearense na primeira pessoa por meio de entrevistas do cantor e compositor – nome destacado na corrente migratória que deslocou artistas nordestinos para o eixo Rio de Janeiro-São Paulo ao longo dos anos 1970, década do apogeu da MPB – e também de letras e poemas de Belchior, declamados no filme pelo ator Silvero Pereira, conterrâneo do artista.

Assinado pelos diretores Camilo Cavalcanti e Natália Dias com Paulo Henrique Fontenelle, o roteiro do filme Belchior – Apenas um coração selvagem é costurado com imagens de arquivo do cantor em momentos diferentes de trajetória artística que contabilizou 40 anos de carreira, se incluído na soma o período seminal na cidade de Fortaleza (CE).

Produção da Clariô Filmes, o documentário começou a ser feito em 2016, com Belchior ainda vivo, embora já sumido e isolado há anos entre o Uruguai e o sul do Brasil.

A trilha sonora de Belchior – Apenas um coração selvagem inclui canções como A palo seco (1973), Paralelas (1975) e Como nossos pais (1976), entre outros sucessos do cancioneiro autoral do compositor.

G1.GLOBO.COM – 16/03/2022 13h44 – Por Mauro Ferreira

Show solidário arrecada fundos em prol da recuperação do músico Tarcísio Sardinha

Reconhecido nos palcos e salas de aula do Brasil,  Tarcísio Sardinha é violonista, cavaquinista, guitarrista, pianista, compositor, arranjador, produtor, diretor musical e professor
Reconhecido nos palcos e salas de aula do Brasil, Tarcísio Sardinha é violonista, cavaquinista, guitarrista, pianista, compositor, arranjador, produtor, diretor musical e professor. Foto: Luiz Alves

Uma rede solidária e carinhosa em prol de um dos grandes nomes da cultura no Ceará. Reconhecido pelo talento nos palcos e salas de aula, mestre Tarcísio Sardinha necessita de apoio para o tratamento de sua saúde. Para ajudar o multi-instrumentista e compositor, o Cineteatro São Luiz promove, com a filha do artista, a também violonista e compositora Bárbara Sena, o show “Amigos do Sardinha”.

No dia 20 de março (domingo), às 18h, o tradicional espaço da arte cearense reúne amigos e amigas de Sardinha, representantes de várias gerações da cena musical do Estado. Todo valor arrecadado com o projeto “São Luiz Solidário” será destinado ao músico.

O maestro Adelson Viana assina a direção musical. Entre os cantores e cantoras participantes, o encontro de importantes nomes da canção. A noite terá Chico Pessoa, Neo Pi Neo, Bárbara Sena, Vannick Belchior, Theresa Rachel, Juruviara, Freitas Filho (também acordeonista), Fernando Rosa, Ciribáh Soares, Lídia Maria, Marina Cavalcante, Ingrid Sales, Gabriela Mendes.

A banda-base contará com Adelson (acordeom e teclado), Eduardo Holanda (violão), Lu D´Sosa (guitarra), Filipe Mota (contrabaixo), Lauro César (cavaquinho), Rômulo Santiago (trombone), Hoto Jr. (percussão) e Pantico Rocha (bateria). Quem não puder comparecer ao evento ou desejar contribuir pode fazer transferência para a chave PIX tarcisiosardinha@gmail.com. 

Hora de união

Responsável pela formação de várias gerações de músicos e musicistas, Tarcísio Sardinha luta contra problemas de saúde que o levaram a ser internado no começo deste ano. A batalha do mestre exige atenção de uma equipe de profissionais de saúde e a situação clínica inspira cuidados.

Diário do Nordeste – Escrito por Antonio Laudenir, laudenir.oliveira@svm.com.br 19:11 / 11 de Março de 2022.

Secult abre inscrições para o Edital Cultura Viva 2022

FORTALEZA, CE, BRASIL, 30.12.2019: Reisado Nossa Senhora da Saude.Varjota.  (Fotos: Fabio Lima/O POVO)(foto: FÁBIO LIMA/O POVO)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 30.12.2019: Reisado Nossa Senhora da Saude.Varjota. (Fotos: Fabio Lima/O POVO)(foto: FÁBIO LIMA/O POVO)

A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult/CE) abriu inscrições gratuitas para o Edital Cultura Viva 2022 na última terça-feira, 15. Com o objetivo de potencializar iniciativas culturais já desenvolvidas em suas comunidades, articular e garantir a disponibilidade de espaços públicos e/ou privados para ações de arte e cultura, o edital deste ano destina R$ 1,5milhão para o setor. Os interessados podem se inscrever até às 23h59min do próximo dia 15 de abril.

Coordenadora de Artes e Cidadania Cultural na pasta, Valéria Cordeiro destaca: “O edital é sobretudo uma oportunidade de contribuir e fortalecer as ações que já são desenvolvidas nos territórios, reconhecendo e valorizando essa atuação dos pontos de cultura de forma descentralizada por todo o Estado e, principalmente, de forma diversificada em seus temas, propósitos e objetos”.

Os recursos do edital são oriundos do Fundo Estadual da Cultura (FEC). Do valor total, R$ 1.481.760 são destinados ao pagamento de projetos selecionados e R$ 18.240, ao custeio da comissão de avaliação e seleção.

Podem concorrer ao fomento pessoas físicas representando os Coletivos Culturais Certificados maiores de 18 anos, nascidas e com domicílio no Ceará ou não nascidas no Ceará, mas com domicílio no Estado há pelo menos dois anos e com atuação comprovada na área cultural há pelo menos 2 dois anos também; e pessoas jurídicas certificadas como Pontos de Cultura, com sede e foro no Estado há pelo menos dois anos.

De acordo com o art. 15 da Lei 13.811/2006, 50% do total de recursos previstos Edital Cultura Viva 2022 devem ser destinados a propostas advindas do interior do Estado. Mais informações pelo e-mail editalculturaviva@secult.ce.gov.br.

As inscrições são exclusivamente on-line. Clique aqui para se inscrever gratuitamente

17:05 | Mar. 16, 2022 Autor O Povo

Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa Oceanos recebe inscrições até 24 de abril

Oceanos - Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa abre inscrições nesta segunda-feira, 14 de março(foto: Fernanda Barros/ Especial Para O Povo)
Oceanos – Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa abre inscrições nesta segunda-feira, 14 de março. (foto: Fernanda Barros/ Especial Para O Povo)

Você publicou uma produção literária no ano passado? O Oceanos – Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa recebe inscrições a partir desta segunda-feira, 14 de março.

Os trabalhos devem ser ter sido escritos originalmente em língua portuguesa em alguns dos gêneros de romance, poesia, conto, crônica e dramaturgia.

Os interessados podem se inscrever até o dia 24 de abril, às 23h59min. As obras devem ser submetidas em formato PDF, no site do Itaú Cultural. O regulamento com mais detalhes também está disponível on-line.

Os livros inscritos serão avaliados por júris internacionais compostos por poetas, professores, críticos e escritores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Os vencedores receberão um prêmio em dinheiro: R$120 mil para o primeiro lugar; R$80 mil para o segundo; e R$50 mil para o terceiro.

O POVO on-line – Vida & Arte – 10:00 | Mar. 13, 2022 Autor Clara Menezes

Projeto oferece cursos gratuitos de música para crianças e adolescentes

Cursos de música acontecem no Theatro José de Alencar(foto: Divulgação)
Cursos de música acontecem no Theatro José de Alencar(foto: Divulgação)

O Projeto Musicou acontece em Fortaleza com o objetivo de oferecer educação musical a jovens. As atividades, que são gratuitas, serão focadas em crianças e adolescentes de 6 a 18 anos.

Os cursos serão: iniciação musical, canto coral, percussão e acordeon. As inscrições começam na próxima segunda-feira, 14 de março, e podem ser realizadas no Theatro José de Alencar ou em formato on-line.

As aulas ocorrerão no contraturno do horário escolar, sempre às terças-feiras e quintas-feiras, das 13h30min às 16h30min.

No total, serão 143 vagas divididas em quatro cursos. Os estudantes não precisam de conhecimento prévio nem possuir instrumentos musicais.

“O objetivo da Sustenidos é levar a nossa experiência cultural, educacional e social para outros lugares fora de São Paulo. E continuar mostrando que a música é um poderoso instrumento de identidade, inclusão e transformação”, ressalta Alessandra Costa, diretora executiva da Sustenidos, em texto divulgado para a imprensa.

Projeto Musicou

Quando: às terças e quintas, das 13h30min às 16h30min

Onde: Theatro José de Alencar, Fortaleza (rua Liberato Barroso, 525 – Centro)

Inscrições: a partir de segunda-feira, 14, no Theatro José de Alencar ou on-line

O POVO online – Vida & Arte – 17:10 | Mar. 09, 2022 Autor Clara Menezes

‘Revisão da vida toda’ volta à estaca zero no STF, após placar favorável a aposentados; entenda

Carteira
 Essa revisão é uma ação judicial para calcular todas as contribuições feitas ao INSS ao longo da vida do contribuinteFoto: Shutterstock

Após 12 dias da decisão favorável, a definição sobre a revisão da vida toda para aposentados pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) volta à estaca zero. Pedido feito pelo ministro Kassio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), fará com que o processo saia do plenário virtual para o físico e todas as etapas recomecem. 

A solicitação ocorre nos últimos minutos para o julgamento da pauta. O processo foi a plenário ainda em junho de 2021, mas teve de ser adiado devido ao pedido de vista do ministro Alexandre de Moraes. No começo da manhã de 25 de fevereiro, contudo, o voto dele foi decisivo, formando maioria favorável à pauta. O placar ficou 6 a 5. 

No entanto, com a nova solicitação desta quarta-feira (9), esse processo recomeça agora de forma presencial.

O presidente da Comissão de Direito Previdenciário e Assistência Social da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE), João Italo Pompeu, explica que todos os processos gerados antes e depois da decisão do último dia 25 deverão aguardar esse novo trâmite. 

“O fato de ser reiniciado pode mudar tudo. Por exemplo, o ministro Celso de Mello, que já se aposentou, não terá mais o voto contado”, inicia.

“Por outro lado, entra o André Mendonça, que poderá ser contrário devido ao impacto estimado em R$ 46 bilhões que essa medida pode gerar ao longo de 10 anos”, avalia.

A “revisão da vida” toda é uma ação judicial para calcular as contribuições feitas ao INSS ao longo da carreira do contribuinte, incluindo aquelas antes da criação do Plano Real, em 1994. 

Quem tem direito 
 

Atualmente, os aposentados que recebem o benefício há menos de 10 anos e possuem contribuições anteriores a julho de 1994.

O ganho viria a partir da inclusão das contribuições previdenciárias anteriores a este período, que acabaram sendo desconsideradas do cálculo durante a concessão da aposentadoria. 

Para quem vale a pena a revisão?
 

A decisão beneficia trabalhadores que tiveram salários maiores no início da carreira em comparação com os anos finais de atividade profissional.

De acordo especialista ouvido pelo Diário do Nordeste, é importante fazer os cálculos primeiro. Em alguns casos, o recálculo pode até dobrar o valor de aposentadorias do INSS, mas também há o risco de reduzi-lo. 
 

Mudança na lei é base para a revisão

Ao fazer a reforma da Previdência em 1999, o governo criou duas fórmulas de cálculos para a média salarial:

  1. Para quem já era segurado do INSS até 26 de novembro de 1999: média salarial calculada sobre 80% das maiores contribuições feitas a partir de julho de 1994;
  2. Para quem começou a contribuir com o INSS a partir de 27 de novembro de 1999: média calculada sobre 80% dos mais altos recolhimentos desde o início das contribuições (sem definir a data de início). 

Período a ser revisado
 

O governo aprovou uma nova reforma da Previdência em 13 de novembro de 2019 e modificou novamente o cálculo da média salarial.

A nova regra diz que, para todos que atingem condições de se aposentar a partir do dia 13 de novembro de 2019, a média salarial é calculada com todas as contribuições a partir de julho de 1994. 

Ou seja, a nova regra é clara quanto ao período das contribuições que entram no cálculo dos benefícios previdenciários pagos pelo INSS.

Por isso, a revisão da vida toda só poderia ser aplicada para quem completou os requisitos para se aposentar até 13 de novembro de 2019.

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 08:20 – 09 de Março de 2022. Atualizado às 08:48NEGÓCIOS

Aluna cearense de 16 anos conclui análise sobre tamanho e luminosidade de 1.400 galáxias

Larissa
Larissa se dedica com maior intensidade à atividade desde que ganhou um computador no início deste ano Foto: Arquivo pessoal

Entre nomes japoneses e norte-americanos, o “clássico” brasileiro Maria surge no topo da lista de uma iniciativa internacional para análise astronômica, como conta a estudante Maria Larissa Pereira Paiva, de 16 anos. A estudante cearense, que já descobriu um asteroide em programa da Nasa, agora é responsável pela classificação de 1.450 galáxias.

Ela faz parte do projeto “Galaxy Cruise”, ou Cruzeiro das Galáxias, do Observatório Astronômico Nacional do Japão (NAOJ na sigla em inglês). São recebidas imagens feitas por uma câmera de alta tecnologia (Hyper Suprime-Cam) com apoio do Telescópio Subaru.

Larissa analisa características como tamanho, luminosidade, formato e comprimento de ondas das galáxias e registra as informações em um software do projeto. Com os dados, é possível até prever alguns fenômenos como a colisão de galáxias.

“Eu fiz um curso e só depois comecei a usar o programa, que vem do observatório nacional do Japão, para pesquisar. Eu recebi o certificado para começar e aprendi a deduzir as informações”, explica a futura astrônoma do Ceará.

O objetivo do Cruzeiro das Galáxias é incentivar a participação dos cientistas cidadãos, sem exigência de formação, na produção de dados. Em conjunto com profissionais, são analisadas informações sobre a interação dos conjuntos de estrelas, gases e matéria escura.

Em Pires Ferreira, cerca de 350 km distante de Fortaleza, Larissa recebe as imagens de galáxias reais em diversos ângulos e preenche dados sobre as particularidades vistas. “É um formulário bem dinâmico, o mais complicado é analisar”, observa.

Mas difícil mesmo foi o período em que ficou sem dar continuidade às atividades na astronomia por falta de equipamento. Depois da repercussão do feito de ter descoberto um asteroide, Larissa ganhou dois notebooks para os estudos. No início deste ano, voltou a analisar com cuidado as imagens encantadoras que recebe.

“Não é só colorido e divertido, porque temos que colocar os filtros. Realmente é uma análise de dados astronômicos que está vindo de um telescópio no Japão”, pondera. A dedicação para o trabalho voluntário também exige esforço na tradução dos textos. No ranking, eu não vi nenhum outro nome brasileiro, estive no topo por muito tempo. Eram só nomes japoneses, alguns ingleses, e o meu estava alí com o clássico Maria Maria Larissa Pereira Paiva Estudante

A estudante entende, na prática, a estrutura e o funcionamento da interação entre os conjuntos de estrelas. “Algumas galáxias elas têm a tendência de colidir, esse processo a gente chama de canibalismo galáctico, quando a gravidade acaba sendo muito intensa. Elas atraem uma a outra”, destaca.

Esse é um exemplo das possibilidades de análise do software treinado pelos participantes do projeto. “Participar deste programa traz muito resultado para mim, porque eu estou tendo acesso a imagens reais de galáxias no universo e eu estou tirando proveito, aprendendo com isso”, avalia.

Conhecimento acumulado no caminho até a entrada em um curso superior na área, que pode acontecer no exterior, como almeja. As possibilidades de se aperfeiçoar fora do País fascinam a cearense. Isso, contudo, não a faz esquecer o grande sonho: ensinar astronomia para crianças.

“Conhecimento não é nada se não for compartilhado”

Quem se dedica à astronomia pode conhecer a cearense como Larittrix, junção de Larissa com Bellatrix – estrela admirada pela estudante devido ao brilho. Integramte do InSpace Group, ela também estabelece parceria com o Planetário Rubens de Azevedo.

Mas trabalho de classificação das galáxias começou há um ano, quando ela recebeu o desafio de escrever um artigo científico. No projeto Meninas e Mulheres das Galáxias, a empolgação despertou o desejo de atuar na área de forma prática.

Com acesso ao computador e o apoio de amigos, como o Leon Lucas, e professores, embarcou na missão. Larittrix já pensa em como envolver mais pessoas, porque “conhecimento não é nada se não for compartilhado”. Quando a gente está entrando na adolescência, que a escola começa a ficar mais complicada, a gente começa a se afastar da Ciência. Eu luto contra isso e sinto que eu posso fazer muito mais Maria Larissa Pereira Paiva Estudante

“Eu quero abrir inscrições para liderar algumas equipes de crianças e adolescentes para dar oportunidade de elas pesquisarem também. Não é tão difícil para uma criança saber dos conceitos”, compartilha sobre a ideia que pretende aplicar nos próximos meses.

Compartilhar o alcance dos estudos com a família também acontece com as aulas que já dá para o irmão menor e o desejo de homenagear a avó Raimunda Alcidia de Paiva, conhecida como Mundinha, na possibilidade de dar nome ao asteroide que descobriu. O processo ainda está em análise.

Diário do Nordeste – VERSO – Escrito por Lucas Falconery, lucas.falconery@svm.com.br 16:05 – 07 de Março de 2022. Ceará

março 2022
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Arquivos