Utilidade Pública

Novo decreto de Camilo determina toque de recolher e suspensão das aulas presenciais no Ceará

camilo, sarto e cabeto
 Camilo fez o anúncio ao lado do prefeito de Fortaleza, Sarto Nogueira, e do secretário da Saúde do Estado, Dr. Cabeto. Foto: Reprodução

O governador Camilo Santana (PT) anunciou, nesta quarta-feira (17), toque de recolher das 22h às 5 horas em todo o Ceará. A decisão vale até o dia 28 de fevereiro. Outra medida é a suspensão das aulas presenciais em escolas e universidades públicas e privadas. E todos os espaços públicos fecharão às 17h. 

Todas as medidas valem a partir desta quinta-feira (18), com exceção das aulas – que voltam a ser exclusivamente remotas na sexta-feira (19).

O novo decreto de isolamento social estende algumas restrições definidas para o período de Carnaval, incluindo barreiras sanitárias nos municípios cearenses, com controle do transporte intermunicipal, e horário reduzido de atividades econômicas que não oferecem serviços considerados essenciais. Aos fins de semana, todo o comércio só poderá funcionar até as 17 horas.

Além disso, todo o funcionalismo público não essencial trabalhará de forma remota. E o Governo recomenda que o setor privado faça o mesmo.

A decisão busca conter o avanço de casos do novo coronavírus no Estado, que tem causado alta nas taxas de ocupação em leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) voltados para pacientes com Covid-19. 

Veja as medidas definidas pelo Governo do Ceará

As ações valem até 28 de fevereiro

1 – Toque de recolher em todo o Ceará, todos os dias, das 22h às 5h;

2 – Comércio funcionará de segunda a sexta até as 20h. Depois deste horário, só funcionarão os que oferecem serviços essenciais;

3 – Aos fins de semana, restaurantes e estabelecimentos congêneres só poderão funcionar até 15h, e comércio, incluindo shoppings, até 17h;

4 – Espaços públicos serão fechados todos os dias a partir das 17h, com proibição de circulação;

5 – Suspensão das aulas presenciais nas escolas e universidades públicas e privadas a partir de sexta-feira (19). Atividade permanecerá apenas de forma remota;

6 – Barreiras sanitárias em Fortaleza, com fiscalização na saída e chegada do transporte intermunicipal; governador recomendará aos prefeitos dos municípios cearenses que façam o mesmo;

7 – Permissão de transporte intermunicipal, desde que haja fiscalização na entrada e na saída das cidades;

8 – Funcionalismo público atuará de forma remota, exceto as atividades essenciais;

9 – Recomendação para que o setor privado trabalhe de forma remota.

Situação preocupante

“São medidas duras, difíceis de serem tomadas, mas têm apenas um objetivo: proteger a vida do cearense”, destacou Camilo durante o anúncio. Ele frisou que, em um mês, o número de pessoas com Covid-19 precisando de leito de UTI quase triplicou no Estado. O governador ainda destacou que a velocidade de transmissão do vírus é “exponencial” em Fortaleza e no Interior.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI exclusivos para Covid-19 no Ceará chegou a 87,63% nesta quarta. Quando considerados somente os leitos de UTI Adulto, o percentual chega a 90,19%. As informações são do IntegraSUS.

“No pico da pandemia, no ano passado, a demanda da UTI era da ordem de 29 pessoas por dia e só atingimos só 17 solicitações agora, no mês de fevereiro. Todos os indicadores vão na direção de que a gente atinge o pico e há possibilidade matemática e científica de que a gente possa ultrapassar o pico, o que nos preocupa. Estamos ampliando os leitos de enfermaria e de UTI, a fiscalização para evitar aglomeração e preservar a saúde das pessoas”, explicou o prefeito Sarto Nogueira.

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 20:37 / 17 de Fevereiro de 2021. Atualizado às 21:29 / 17 de Fevereiro de 2021

Projeto Palavras apresenta recital e lançamento de livros

Escritor, designer, quadrinista e produtor cultural Raymundo Netto, colunista do O POVO, participa do Projeto Palavras (Foto: ANDRÉ SALGADO)
Escritor, designer, quadrinista e produtor Raymundo Netto, colunista do O POVO.Foto: André Salgado

Com lançamentos de livros, conversa com autores, oficinas literárias, recitais com música e rodas de histórias, em Fortaleza, o Projeto Palavras realiza sua programação em formato on-line, por meio do Instagram @palavras.projetoO escritor, designer, quadrinista e produtor cultural Raymundo Netto, colunista do Vida&Arte do O POVO e gerente editorial e de projetos da Fundação Demócrito Rocha (FDR), integrará conversa sobre o seu fazer literário e as novidades para 2021. Bate-papo, com lançamento de livro, acontece nesta sexta-feira, 19, às 19 horas.

O autor falará sobre “Quando o Amor é de Graça!” (2019), uma coletânea de crônicas publicadas no O POVO em diferentes momentos da sua carreira no Jornal. Obra aborda diversos assuntos do cotidiano, como Raymundo costuma se debruçar, desde 2007, enquanto cronista no caderno Vida&Arte.

Com o livro “Crônicas Absurdas de Segunda”, o autor foi finalista do Prêmio Jabuti, em 2016. Premiado por obras de ficção, ensaios e infantojuvenis, Raymundo Netto é curador e editor do suplemento Maracajá, também do O POVO. Foi coeditor das revistas CAOS Portátil e Para Mamíferos. Tem vasta atuação também no campo audiovisual, como na coordenação dos documentários “História das HQs no Ceará” e “Padre Cícero: o filme”.

O escritor Kelsen Barros integra a programação do Projeto Palavras na próxima terça-feira, 23, também às 19 horas. Autor apresenta um recital poético por meio do Instagram.

Poética da palavra

Produzido por Almir Mota, escritor com mais de 20 livros publicados, e Júlia Barros, contadora de histórias e terapeuta, o Projeto Palavras foi contemplado pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura, por meio da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult/CE) e pelo apoio da distribuidora Enel.

O projeto também leva poesia, música e literatura cearense às escolas e comunidades de Fortaleza, Caucaia e São Gonçalo do Amarante, de forma virtual, pelos próximos seis meses. Nas quintas-feiras da primeira quinzena do mês, às 19 horas, alguns autores estarão encontro virtual aberto ao público.

Também participaram do projeto o escritor, poeta e cantor Alan Mendonça, com suas poéticas e canções; e a escritora e jornalista Fernanda de Façanha, autora do livro infantil “Revirando Meu Guarda Roupa” e do livro-reportagem “Ruas e cores: o grafite como arte viva na Cidade”.

Programação

Dia 19/2, às 19 horas – Encontro e lançamento de livro com Raymundo Netto

Dia 23/2, às 19 horas – Recital poético com Kelsen Bravos

O POVO online – Por LUIZA ESTER 16:44 | 16/02/2021 0FacebookTwitter

Imunização de crianças contra doença respiratória grave

Com início das chuvas, HRN imuniza crianças contra doenças respiratórias.Foto-Divulgação

Com o início da quadra chuvosa no Ceará (fevereiro-maio), aumenta a probabilidade de as crianças com doenças crônicas adquirirem infecções respiratórias graves. O Hospital Regional Norte (HRN), da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa) e administrado pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), imuniza, na cidade de Sobral, os pequenos contra o vírus sincicial respiratório (VSR), que pode causar desde resfriados simples até enfermidades mais graves, como pneumonias e bronquiolites (inflamações nos brônquios).

A vacinação é feita a partir da aplicação do anticorpo Palivizumabe. A expectativa é de que mais de 100 crianças da Região Norte sejam imunizadas no ciclo que teve início neste mês de fevereiro e segue até junho. Para evitar aglomerações, as primeiras doses do medicamento foram administradas em horários previamente agendados. Também foram imunizadas as crianças internadas na Neonatologia da unidade.

Este é o terceiro ano desde que o HRN tornou-se unidade de fornecimento do Palivizumabe na Região Norte, medicamento indicado para aumentar a proteção de crianças com doenças crônicas contra a infecção grave associada ao VSR. O hospital é o primeiro do Sistema Único de Saúde (SUS) no interior do Ceará a contar com a medicação.

Bebês prematuros nascidos com menos de 29 semanas e menores de um ano de idade ou crianças de até dois anos com doença pulmonar crônica ou doença cardíaca congênita com repercussão hemodinâmica são mais propensos a contrair o VSR e devem ser imunizados. A indicação do medicamento deve ser feita pelo médico que acompanha cada criança.

O principal objetivo da aplicação da medicação é reduzir a probabilidade de crianças adquirirem enfermidades respiratórias. “A imunização diminui o risco de reinternações por doenças respiratórias como bronquiolites entre as crianças com indicação do uso de Palivizumabe”, explica a enfermeira da Neonatologia do HRN, Lane Mara Sousa Pinheiro.

Prevenção

A infecção por VSR pode afetar os pulmões e os brônquios. Na maior parte dos casos, o vírus é responsável pelo aparecimento de bronquiolite aguda (inflamação dos bronquíolos) e pneumonia, especialmente em bebês prematuros no primeiro ano de vida.

Cuidados básicos com a higiene, manter a amamentação e ficar longe de fumaça de cigarro, além de evitar locais fechados e contato com pessoas gripadas, são importantes para prevenir infecções respiratórias em crianças. Em prematuros com doença pulmonar crônica ou cardíaca congênita, o vírus sincicial respiratório pode tornar os casos mais graves. Algumas dessas crianças necessitam de hospitalização e, em casos mais graves, de cuidados intensivos.

Documentação necessária

Os pais ou responsáveis pelas crianças com indicação de Palivizumabe receberão o encaminhamento do médico e serão orientados pelas secretarias de saúde municipais sobre o acesso ao serviço no Hospital Regional Norte.

A documentação necessária que deve ser apresentada mensalmente na recepção do Hospital é o cartão do Sistema Única de Saúde (cópia), comprovante de residência (cópia), certidão de nascimento (cópia), CPF e RG da mãe (cópias), relatório de alta (2 cópias), relatório médico (2 cópias), receita médica do Palivizumabe (2 cópias) e solicitação do Palivizumabe (2 cópias).

Serviço

Neonatologia do HRN: (88) 3677-9300

Com informações da Assessoria de Comunicação do HRN, Sobral (CE)

Empresas e bancos devem enviar informe do IR até dia 26

Imposto de Renda 2021
Os informes são documentos necessários para fazer a declaração de 2021.Foto: Fernanda Siebra

O informe de rendimentos referentes ao ano de 2020 deve ser entregue por empresas, bancos e corretoras de valores aos funcionários e clientes, até o último dia útil de fevereiro (26/2). Os informes são documentos necessários para fazer a declaração de Imposto de Renda de 2021.   

Os dados servem para a Receita Federal cruzar informações, saber quanto você pagou de imposto ao longo do ano passado e verificar se houve sonegação ou não. 

As empresas e instituições financeiras podem enviar os dados por e-mail ou deixá-los disponibilizados para consulta pela internet ou aplicativo.

Se você tiver conta corrente ou investimentos em mais de um banco ou corretora, é preciso obter os informes de todas as instituições onde mantém recursos.

O que fazer se o informe não for entregue no prazo?

Se o informe não for entregue no prazo, o contribuinte deve entrar em contato com o RH da empresa ou o gerente da instituição financeira. Caso não tenha resposta, o problema deve ser comunicado à Receita Federal.

E se houver erro nas informações?

Em caso de erro nas informações, o contribuinte deve pedir um novo informe com os dados corrigidos antes de entregar a declaração. No entanto, caso o novo documento não seja entregue antes do fim do prazo da declaração, a orientação é preencher o Imposto de Renda com os números incorretos e depois fazer uma declaração retificadora

Aposentados e pensionistas 

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) podem acessar os informes de rendimentos consultando o extrato pela internet. O acesso é feito pela página do Meu INSS. É necessário ter senha para acessar o sistema. Além disso, outro meio de consulta é o aplicativo Meu INSS, disponível para celulares com sistema Android e iOS. 

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 10:31 / 16 de Fevereiro de 2021. 

UFC abre três vagas de professor em Fortaleza e em Sobral

Reitoria da Universidade Federal do Ceará(UFC), em Fortaleza.Foto-Divulgação

A Universidade Federal do Ceará lançou edital de processo seletivo com três vagas para professor substituto nos campi de Fortaleza e de Sobral. As inscrições se iniciam a partir do dia 18 de fevereiro

De acordo com o Edital nº 11/2021, há três vagas para professor substituto, sendo uma para Fortaleza e duas para o Campus da UFC em Sobral. Na capital cearense, a vaga é para o Departamento de Psicologia, no Centro de Humanidades, no setor de estudo Fundamentos Históricos, Epistemológicos e Metodológicos, com regime de trabalho de 40 horas semanais.

No Campus de Sobral, há duas vagas no certame, sendo uma para os cursos de Finanças e de Ciências Econômicas, no setor de estudo Teoria Econômica, com jornada de 40 horas semanais. A outra vaga é destinada ao Curso de Medicina, no setor de estudo Saúde do Trabalhador/Internato em Saúde Coletiva, com regime de 20 horas semanais de trabalho.  

Nas vagas do Departamento de Psicologia e do Curso de Medicina, exige-se o título de doutor. Já na vaga do setor de estudo Teoria Econômica a exigência é o título de mestre. Não havendo candidatos inscritos, reabre-se o edital com a titulação de mestre e diploma de graduação, respectivamente. 

Para se inscrever, o candidato deverá enviar e-mail para o departamento ou para a unidade acadêmica a qual deseja concorrer, anexando todos os documentos solicitados no edital, das 8h do dia 18 de fevereiro às 22h do dia 24 de fevereiro. Para a vaga do setor de estudo Teoria Econômica, as inscrições se encerram no dia 22 deste mês, às 22h. Os endereços de correio eletrônico encontram-se no mesmo edital.

Mais informações sobre o processo seletivo, os conteúdos programáticos, as taxas de inscrição e a remuneração dos cargos podem ser consultadas tanto no edital como no site da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP)

Fonte: Divisão de Concursos e Provimento da PROGEP – e-mail: dicon.progep@ufc.brCompartilhe: FacebookTwitter

Caldeirões é o primeiro açude a sangrar em 2021 no Ceará

foto
 Açude Caldeirões, em Saboeiro, é primeiro a sangrar no Ceará.FotoReprodução/Cogerh

Açude Caldeirões, no município de Saboeiro, na macrorregião do Sertão Central e Inhamuns, sangrou nesta terça-feira (16). Conforme a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), esse é o primeiro reservatório do Estado a sangrar em 2021. Ele está localizado na bacia do Alto Jaguaribe. 

O açude começou a transbordar por volta das 6h30. De acordo com o gerente do escritório da Cogerh em Iguatu, Anatarino Torres, o volume de água aumentou nas últimas horas devido às fortes chuvas registradas na região. Na segunda-feira (15), o volume dele estava em 89,38%. O reservatório tem volume de 1,13 hm³. 

O Caldeirões é o único reservatório do Estado com volume armazenado acima dos 90%.

Chuvas registradas em 24 horas 

O município de Saboeiro registrou 105 mm no posto de Flamengo e 92 mm no posto de Saboeiro, de acordo com dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) entre as 7h de segunda-feira (15) e as 7h desta terça-feira (16). 

As regiões do Sertão Central e InhamunsIbiapabaLitoral NorteCariri e Centro-Sul do Ceará tiveram chuvas intensas no mesmo período. 

Há outros 16 açudes com volume entre 70 a 100%.

  • Germinal (89,46%)
  • Gavião (86,12%)
  • Arneiroz II (83,29)
  • São Vicente (78,7%)
  • Jenipapo (77,49%)
  • Aracoiaba (77,31%)
  • Araras (76,62%)
  • Mundaú (76,42%)
  • Ubaldinho (75,33%)
  • Broco (73,55%)
  • Forquilha (72,87%)
  • Jatobá II (72,44%)
  • Santo Antônio de Aracatiaçu (71,67%)
  • Malcozinhado (70,79%)
  • Rosário (70,88%)
  • Arrebita (70,25%)

Ceará está com a capacidade hídrica em 24,3%, com volume de 4.515 hm³. 

Há 55 açudes com volume inferior a 30%.

Escrito por Redação, 13:39 / 16 de Fevereiro de 2021 -*Com informações de Honório Barbosa

Fagner homenageia Belchior em programa da TV Cultura

Fagner conversa com Marcelo Tas no #Provoca, programa da TV Cultura (Foto: Nathalie Bohm)
Fagner conversa com Marcelo Tas no #Provoca, programa da TV Cultura.Foto:Nathalie Bohm

O cantor e compositor, Fagner recorda vários momentos marcantes de sua vida durante o #Provoca desta terça-feira, 16 de fevereiro. Promovido pela TV Cultura, o programa, que começa às 22 horas, será exibido no canal e no Youtube da emissora.

Ainda no âmbito de suas narrativas pessoais e afetivas, homenageia o amigo Belchior (1946-2017) ao cantar a música “Espacial”. Pouco conhecida pelo público, a canção lançada há quatro décadas traz uma mensagem positiva para tempos tão trágicos: “Deixa o cansaço/ apressa o passo/ E vem correndo pro terraço/ E abre os braços/ Para o espaço que houver/ Quem não quiser deixar a Terra em que vivemos/ Pelos astros onde iremos/ Vai ouvir, ver e contar/ Tantas estrelas quantas forem nossas naves/ Noutros mares mais suaves/ A voar, voar, voar”.

Durante a entrevista, ele aborda sua amizade com o artista. “Ele foi muito importante para mim. Ele foi responsável pela minha vinda. Eu não viria sozinho para o Rio, ele que foi me apanhar”. Mas lamenta não ter feito mais parcerias, porque: “ninguém era mais fã de Belchior do que eu.”

Belchior não é o único que ganha destaque durante o programa. O cantor cearense elogia Gilberto Gil: “acho o Gil talvez um dos artistas mais geniais da música brasileira”. Sua relação com Caetano Veloso também estará presente: “Eu gosto muito de ver o Caetano irritado politicamente. Porque ele se acha o dono da verdade. Não é bem assim… Ele é um artista da maior importância, tem uma influência enorme, uma história”.

O #Provoca com participação de Fagner faz parte da seleção de melhores edições de 2020, realizada pela TV Cultura. Entre os nomes da indústria artística que já estiveram presentes, estão Samuel Rosa, Frejat, Péricles, Bárbara Paz, entre outros.

OPOVO online – Por CLARA MENEZES 16:54 | 15/02/2021 FacebookTwitter

Embrapa abre seleção de bolsistas e estagiários em Sobral

A Embrapa Caprinos Ovinos tem sede em Sobral. Foto- Arquivo

Estão abertas até o dia 22 de fevereiro as inscrições para bolsistas de Iniciação Científica (IC) e estágios, remunerado e obrigatório, na Embrapa Caprinos e Ovinos (Sobral-CE). O Edital prevê oportunidades, em regime de cadastro de reserva, para estudantes de cursos superiores ou técnicos nas áreas de Administração, Agroecologia, Agroindústria, Agronegócio, Agronomia, Agropecuária, Biologia, Biomedicina, Ciência e Tecnologia de Alimentos, Ciências da Computação, Economia, Engenharia da Computação, Engenharia Agrícola, Estatística, Farmácia, Fruticultura, Irrigação e Drenagem, Química, Matemática, Medicina Veterinária, Nutrição, Tecnologia da Informação e Zootecnia. Há também oportunidade de estágio remunerado para nível médio.

A maior parte das vagas é para a sede da Embrapa Caprinos e Ovinos, em Sobral (CE), mas há oportunidades também para Campina Grande (PB), Belo Horizonte (MG), Coronel Pacheco (MG), Sumé (PB) e Paulistana (PI). Os estudantes que forem selecionados terão seus contratos válidos com duração de até um ano, podendo ser prorrogados por mais um ano. A carga horária é de 20 horas semanais, a ser exercida em horário compatível com o funcionamento da Unidade, nos turnos da manhã (7h30 às 11h30) ou tarde (12h30 às 16h30).

Todas as inscrições ocorrerão em formato eletrônico, com envio da documentação exigida pelo e-mail cnpc.estagios@embrapa.br, até 12 horas do dia 22 de fevereiro. O estágio remunerado terá bolsa de R$ 400,00 para estudantes de graduação e de R$ 300,00 para os de nível médio. No caso das bolsas de IC, a remuneração será a concedida pela entidade de fomento.

O processo seletivo prevê análise do currículo e do histórico escolar, além de entrevistas para os candidatos às bolsas de IC, que acontecerão no período entre 1º e 5 de março. A previsão é que os resultados finais sejam divulgados nos dias 10 de março, para as bolsas de Iniciação Científica, e 15 de março para os estágios.

Com informações do jornalista Adilson Nóbrega
caprinos-e-ovinos.nco@embrapa.br

Sobral monta barreiras sanitárias durante o Carnaval

Prefeitura de Sobral intensificou as medidas de prevenção ao coronavírus.Foto-Divulgação

Seguindo orientações do Governo do Estado do Ceará em relação ao período de Carnaval, a Prefeitura de Sobral intensificou as medidas de prevenção ao coronavírus. Barreiras sanitárias foram montadas nas principais entradas da cidade e, de 11 a 18 de fevereiro, a rodoviária de Sobral estará fechada, ficando permitida apenas a entrada de transportes coletivos oriundos dos distritos em direção à sede do município.

Outras cidades estão seguindo as mesmas medidas. Por meio de decreto expedido nesta quinta-feira (11/02), a Prefeitura de Camocim determinou que, de 12 a 17 de fevereiro, as principais entradas do município estarão fechadas. O acesso a Camocim apenas será permitido para moradores, pessoas que apresentem documento que comprove o vínculo empregatício, transporte de mercadorias, pacientes que apresentem comprovante de marcação de exame/consulta ou ficha de referência, pacientes que buscam atendimento de urgência ou emergência na UPA ou prestadores de serviços.

Já em Jericoacoara, a barreira sanitária, montada nesta quarta-feira (10), será mantida até dia 17 de fevereiro. A entrada será permitida para moradores e prestadores de serviços. Segundo a gestão municipal, essa é uma medida para controlar a movimentação desenfreada de visitantes. Na região, o ponto facultativo do feriado de Carnaval também foi cancelado.

Outras medidas em Sobral

– Fica vedado ponto facultativo no período definido em calendário como Carnaval para administração pública direta e indireta. Durante esse período, não será acatada qualquer justificativa para faltas dos servidores públicos municipais, com exceção de motivos de saúde devidamente comprovados.
– O comércio, serviços e indústria durante os dias de Carnaval funcionarão normalmente, inclusive o shopping.
– Haverá aula em toda rede de ensino de Sobral, seja na modalidade presencial ou remota, redes pública ou privada.

Com informações do Portal da Prefeitura de Sobral

Obras da usina de dessalinização em Fortaleza devem começar até agosto de 2022

 Planta de dessalinização de água marinha ficará localizada na Praia do Futuro.Foto: Kid Júnior

As obras para construção da usina de dessalinização de água-marinha que ficará instalada na região da Praia do Futuro devem ser iniciadas em até 18 meses, portanto, até agosto de 2022. A informação é da empresa cearense Marquise, líder do Consórcio Águas de Fortaleza. Na tarde de ontem (9), a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) reconheceu o consórcio como habilitado no processo licitatório para construção, operação e manutenção do equipamento, mas ainda cabe recurso até o dia 16 deste mês.

Passado o prazo para a interposição de recurso, o consórcio habilitado e a Cagece devem caminhar para a fase de contratação, de acordo com Renan Carvalho, diretor da Marquise Engenharia. “Superada a fase de interposição de recurso, teremos cerca de 30 dias pela frente para que seja fechado o processo. Em 30 dias, ocorre a homologação, publicação e adjudicação”, pontua ele.

Após esse período, os primeiros seis meses serão dedicados à elaboração dos projetos executivos. Os onze meses seguintes serão dos licenciamentos ambientais. “São seis meses para projetos e os onze meses seguintes para o licenciamento”, explica Carvalho.

O Consórcio Águas de Fortaleza foi considerado habilitado no processo licitatório após apresentar uma proposta de R$ 118 milhões, a de menor valor. Ao todo, foram quatro concorrentes participando da seleção. Além da Marquise S/A, integram ainda o consórcio as empresas PB Construções LTDA e Abegoa Água S/A.

Em nota enviada à reportagem ontem, a Cagece informou que “o Consórcio Águas de Fortaleza foi declarado habilitado no processo relativo à licitação da concessão dos serviços que compreendem elaboração de projetos, construção, operação e manutenção de Planta de Dessalinização de Água Marinha na Região Metropolitana de Fortaleza com Capacidade de 1m³/s” e que, até o dia 16/02, o processo encontra-se em prazo recursal.

Custo

A usina de dessalinização ficará localizada na Praia do Futuro, sendo o acesso principal pela Avenida Dioguinho e a Rua Francisco F. Di Ângelo e tem capacidade de produção de 1m³ de água dessalinizada por segundo. De acordo com o diretor da Infraestrutura da Marquise, o custo para essa produção fica entre R$ 4 e R$ 5 por m³.

Uma das soluções consideradas para a redução desse custo futuramente é a operação sustentada com a ajuda de energia renovável eólica ou solar. Conforme Renan Carvalho, a operação inicialmente se dará com energia elétrica, mas está nos planos uma mudança na matriz energética.

“Isso é uma coisa que está nos nossos planos, mas para que isso seja efetivado, precisamos ter uma noção clara de quanto será utilizado na usina para que tenhamos uma média. Inicialmente, nós trabalharemos com energia elétrica mesmo. Posteriormente nós pensaremos nisso, está nos nossos planos”, revela o diretor de Infraestrutura da Marquise.

Como funciona uma usina de dessalinização 

Renan Carvalho explica que a usina de dessalinização servirá como uma reserva para que a população não fique sob risco de colapso. “Não é um equipamento para ser utilizado direto, de partida. É como se fosse uma reserva mesmo. É uma água com o objetivo de tirar o risco de qualquer colapso na cidade de Fortaleza. É como uma termelétrica, que só é acionada quando há a necessidade”, detalha ele.

A planta será a de maior escala do Brasil. A área total corresponde a 2,3 hectares (ha) ou 20,3 mil metros quadrados, sendo 2 ha referentes às duas quadras. A usina captará água do mar a uma distância de 2,5 mil metros da costa e 14 metros de profundidade.

Diário do Nordeste – Escrito por Ingrid Coelhoingrid.coelho@svm.com.br 15:37 / 10 de Fevereiro de 2021

fevereiro 2021
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
Comentários
Arquivos