Quais os documentos necessários para a declaração do Imposto de Renda 2021?

Receita Federal
 Receita ainda não divulgou período de recebimento da declaração.Foto:Marcelo Camargo/Agência Brasil

O período de recebimento da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2021 ainda não iniciou, mas o processo já pode gerar ansiedade aos contribuintes que sempre apresentam dúvidas durante o processo. O auditor fiscal da Receita Federal, Osvaldo Carvalho, lembra os principais documentos que serão necessários para o preenchimento do documento.

Ficha de identificação

A ficha de identificação é a etapa em que o contribuinte irá informar os dados pessoas, como nome completo, CPF e endereço, sendo necessários, portanto, documento de identificação e comprovante de endereço.

“Aqui, o programa vai perguntar de houve alteração de endereço. Então é uma boa maneira de atualizar o cadastro”, afirma Carvalho.

Rendimentos recebidos

Os rendimentos são quaisquer valores que o contribuinte tenha recebido por trabalhos realizados ou de algum investimento. O auditor da Receita aponta que, no caso dos assalariados, as empresas contratantes disponibilizam comprovante de quanto foi pago a esse trabalhador ao longo do ano de 2020, quanto foi o 13º salário, previdência, entre outras informações.

Já quem trabalha de forma autônoma deve se responsabilizar por contabilizar os ganhos ao longo do ano passado ou contratar um contador para a tarefa.

“Se tiver algum ganho como aluguel de um imóvel também deve ser informado. Quem possui aplicações financeiras, o banco libera o informe dessas aplicações em geral, desde poupança a investimento em bolsa de valores”, explica Carvalho.

Pagamentos

Os pagamentos são despesas informadas na declaração, em geral, com a finalidade de conseguir deduções do imposto. Entre as principais situações que geram deduções então:

  • Dependentes. Ao informar dependentes, o contribuinte consegue automaticamente uma dedução de R$ 2.275,08 por cada dependente. Para isso, ele precisa informar os dados pessoais do dependente.
  • Despesas com instrução. Os valores gastos com educação do titular da declaração ou de dependentes registrados também geram deduções, desde creche a pós-graduação, com limite de R$ 3.561,50 a serem deduzidos. O contribuinte deve solicitar À instituição de ensino um informe de pagamentos contento nome e CNPJ da instituição e o valor pago ao longo do ano passado.
  • Despesas médicas. Os gastos com saúde também podem ser inseridos na declaração, incluindo plano de saúde e atendimento particular. O contribuinte irá precisar de nota fiscal, no caso de pessoa jurídica, como clínicas, ou apenas de recibo, para pessoa física.
  • Pensão alimentícia. As pessoas que fazem o pagamento de pensão alimentícia também podem informar o valor total pago ao longo do ano. Nesse caso, não é necessário um documento específico, apenas o valor.

Bens

Os bens no nome do contribuinte também devem ser informados na declaração. Carvalho pontua que, no caso dos imóveis, a Receita está solicitando mais dados nos últimos anos.

“Antes, não pediam tantos detalhes. Colocava apenas o tipo de imóvel, endereço, data e o valor de compra. Mas agora, quem tiver a escritura, deve informar o máximo de informações, como área do imóvel, registro, e todos os detalhes presentes na documentação. Até o ano passado, era permitido que o preenchimento fosse parcial, mas é bom informar o máximo possível“, aconselha.

No caso de carros e motos, o contribuinte irá precisar do número da placa e do Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores).

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 08:00 / 23 de Fevereiro de 2021.

Concurso público da UFC abre 28 vagas para professor com salários de até R$ 9.616

ufc
 UFC abre concurso para vagas nos Campi de Fortaleza e do Interior, Foto:Divulgação

Já estão abertas as inscrições do concurso público da Universidade Federal do Ceará (UFC) para preenchimento de 28 vagas do cargo de professor do magistério superior. Os ganhos mensais variam de R$ 3.522,21 a R$ 9.616,18. 

Inscrições

A inscrição será feita exclusivamente através do e-mail do Departamento, Instituto ou Campus interessado, a partir das 8h do dia 22 de fevereiro às 17h do dia 12 de março. A taxa custa R$ 88 para Adjunto A (20h), R$ 168 para Assistente A (40h) e R$ 240 para Adjunto A (40h).

Departamentos e vagas 

  • Fortaleza

Centro de Ciências

Departamento de Biologia – setores de estudo: Fisiologia Animal Comparada (1 vaga) e Ecologia Funcional de Plantas Terrestres (1)
Departamento de Matemática – setor de estudo: Teoria dos Números (1)
Departamento de Geologia – setor de estudo: Sensoriamento Remoto e Mapeamento Geológico (1)

Centro de Ciências Agrárias 

Departamento de Economia Agrícola – setor de estudo: Economia Rural (1)

Departamento de Zootecnia – setor de estudo: Produção Animal (1)

Centro de Humanidades

Departamento de Psicologia – setor de estudo: Psicologia Social e Trabalho na Perspectiva da Avaliação Quantitativa (1)
 

Centro de Tecnologia

Departamento de Engenharia Elétrica – setor de estudo: Eletrônica de Potência e Instalações Elétricas Industriais (1)
Departamento de Engenharia de Teleinformática – setor de estudo: Processamento e Análise de Imagens Digitais (1)
Departamento de Engenharia de Transportes – setor de estudo: Infraestrutura de Transportes (1)
 

Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade 

Departamento de Administração – setor de estudo: Operações e Sistemas (1)
Departamento de Contabilidade – setor de estudo: Direito Público e Privado (1)

Faculdade de Educação 

Departamento de Teoria e Prática do Ensino – setor de estudo: Didática e Estágio Supervisionado (1)
 

Faculdade de Farmácia, Odontologia e Farmácia

Departamento de Enfermagem – setor de estudo: Enfermagem no Processo de Cuidar do Adulto em Situações Clínicas e Cirúrgicas / Enfermagem Pré-Hospitalar – Suporte Básico de Vida e Primeiros Socorros (1)
 

Faculdade de Medicina 

Departamento de Cirurgia – setores de estudo: Nutrologia / Bases da Cirurgia e da Anestesia (1); Otorrinolaringologia (1); e Urgências Médicas (1)
Departamento de Fisioterapia – setores de estudo: Fisioterapia Cardiorrespiratória / Gerontologia / Internato (1); e Fisioterapia na Saúde da Mulher / Saúde Materno-Infantil / Internato (1)
Departamento de Medicina Clínica – setor de estudo: Clínica Médica / Nefrologia / Semiologia (1)
 

Instituto de Ciências do Mar 

Setor de estudo – Oceanografia Física (1)
 

Instituto de Cultura e Arte 

Curso de Teatro – licenciatura – setor de estudo: Visualidades da Cena e Suas Práticas Poéticas e Pedagógicas (1)
 

Instituto de Educação Física e Esportes

Curso de Educação Física – setores de estudo: Ensino das Lutas e Capoeira / Estágio Supervisionado na Licenciatura em Educação Física (1); e Musculação / Atividades de Academia / Estágio Supervisionado no Bacharelado em Educação Física (1)

  • Interior

Campus da UFC em Crateús – setor de estudo: Geotecnia (1 vaga) 

Campus da UFC em Russas – área de conhecimento: Engenharia Civil – setores de estudo: Materiais e Construção Civil (1) e Teoria das Estruturas e Sistemas Estruturais (1) 

Campus da UFC em Sobral

Curso de Engenharia da Computação – setor de estudo: Engenharia de Software, Algoritmos e Otimização Combinatória (1)

Provas

– Escrita subjetiva

– Didática

– Prática ou prático-oral

– Defesa do projeto de pesquisa

– Avaliação de títulos

Remuneração 

A remuneração para Assistente A, com titulação de mestre, e Adjunto A, com doutorado, no regime de 40 horas semanais chega a R$ 6.708,96, e a R$ 9.616,18, respectivamente. Para o docente Adjunto A, com título de doutor e carga horária de 20 horas, os ganhos serão de R$ 3.522,21.

Edital completo

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 06:15 / 23 de Fevereiro de 2021. 

Novo livro de Lira Neto conta história de perseguição e intolerância ao povo judeu no século 17

Escritor Lira Neto
Lira Neto: história de perseguição a judeus no século XVII guarda conexões com o contexto atual de perseguição e preconceito. Foto: Daryan Dornelles

Ao batizar seu novo livro, o escritor e jornalista cearense Lira Neto escolheu uma imagem capaz de traduzir, de forma precisa, a violência que define o destino de seus personagens: “Arrancados da Terra”. O subtítulo extenso dá conta das peripécias narradas: “Perseguidos pela Inquisição na Península Ibérica, refugiaram-se na Holanda, ocuparam o Brasil e fizeram Nova York”.

O fio da trama foi encontrada pelo autor numa visita a Manhattan, onde se encontra, com alguma dificuldade, o primeiro cemitério da congregação ibérica Shearith Israel, a mais antiga da comunidade judaica na ilha. Dalí, Lira conseguiu traçar uma história, remontando ao passado, nos séculos XVI e XVII, que une elementos recorrentes em sua obra: a cultura e o poder – e é nesse, afinal, que irrompe a violência por traz da história de desterros do povo judeu.

Lira é, até aqui, sobretudo um escritor de temas históricos. Consagrou-se como biógrafo, de personagens tão distintas quanto Padre Cícero, a cantora Maísa e o “pai dos pobres” Getúlio Vargas. Em seu livro anterior, o autor já havia se mostrado disposto a deixar de lado histórias de personagens notáveis – ainda que elas sejam, de certa forma, retratos do coletivo. “Uma história do samba” contava da vida e da arte de muitas pessoas e das instituições de seu tempo. Aqui também, nesse “Arrancados da terra”, a biografia é coletiva.

Impressiona mais a decisão de Lira Neto de recuar no tempo, para séculos que ainda não havia “visitado”. “Eu até então tinha trabalhado basicamente no século XX, no máximo tinha ido ao século XIX quando fiz a biografia de José de Alencar”, conta. O período explorado em seu novo trabalho, contudo, estava no radar do escritor há quase duas décadas. Nasceu de um interesse pelo chamado “Brasil Holandês” e, em especial, pela figura de Maurício de Nassau.

Jornalista de formação e experiência, Lira não perde sua conexão com o presente. Fala de outros tempos e, a partir deles, faz pensar sobre o que se vive hoje. Mesmo sua história da perseguição a judeus no Velho Mundo, no começo da Idade Moderna, diz do que vivemos hoje.”Esse intervalo temporal, que aparentemente faz que a narrativa fique mais distante do tempo presente, é compensado pela incomoda atualidade que a história destes episódios nos propõe”, explica Lira Neto. “Além de ser uma história do século XVII, é uma história atual, na medida que trata de questões emergentes, contemporâneas, como a intolerância, o preconceito, a perseguição ou a tentativa de eliminação de todo aquele que é diferente”, detalha.

Questões ao passado

A trama de Lira passa de um personagem ao outro. Todos eles partilham suas raízes judaicas, a origem ibérica e são afligidos por perseguidores. “Ele são perseguidos pela Inquisição, em Portugal; na Holanda, os judeus de origem sefardita se chocam com a ortodoxia da comunidade judaica estabelecida e, novamente, têm que partir. No Brasil, são perseguidos, primeiro, pelos calvinistas, depois pelos católicos. Ali, percebi que estava o código da história”, reconstitui o escritor.

Quando iniciou o projeto, o mundo ainda não havia mergulhado de vez na onda reacionária que levou ao poder figuras extremistas e negacionistas. Ao longo da pesquisa, explica Lira neto, a temática se fez urgente. “O compromisso de contar essa história não é apenas como esses personagens que ficaram lá atrás, mas também com o tempo presente. O conhecimento histórico é exatamente isso. Por isso, não existe obra definitiva sobre qualquer que seja o tema. As perguntas que se lança ao passado são as perguntas de hoje”, avalia.

Não faltam no presente episódios que façam lembrar aqueles narrados em “Arrancados da terra”. Do preconceito regional, vivenciado pelos nordestinos, lembra o autor, à questão dos refugiados e imigrantes na Europa. Algumas coisas parecem não mudar. “O discurso da intolerância vem acompanhado de uma relação antiluminista, um dos males mais presentes nos dias que correm”, compara.

E ao escritor que lança-se, repetidamente, nos domínios do passado, se questiona: porque não aprendemos mais com a história? “Ao mesmo tempo que há um visível interesse por parte da sociedade, em relação à história, por outro lado há um profundo desdém por ela, pelo conhecimento. Não aprendemos com a história porque ainda somos cada vez mais negacionistas”.

“No momento em que o conhecimento, a ciência e a tecnologia são as possibilidades de saída para o impasse que a sociedade se meteu, ainda há quem fale em terra plana”, reflete. Se não responde a essa questão, a leitura de “Arrancados da terra” dá lições, de que se deve resistir, com as armas possíveis, aos golpes da intolerância.

Livro

capa do livro Arrancados da Terra

Arrancados da Terra, de Lira Neto. Editora: Cia. Das Letras. 424 páginas. R$ 84,90 (livro físico) R$ 39,90 (e-book)

Doário do Nordeste – Escrito por Dellano Riosdellano.rios@svm.com.br 08:30 / 22 de Fevereiro de 2021.

IBGE terá mais de 204 mil vagas temporárias no Censo 2021

O IBGE garantiu que o trabalho de campo começará em agosto. Foto- Divulgação

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou nesta quinta-feira, 18, o processo seletivo para preencher 204.307 vagas temporárias de recenseadores e agentes censitários para trabalhar na organização e na coleta do Censo Demográfico 2021. O órgão garantiu que o trabalho de campo começará em agosto.

O processo seletivo aberto à época para as vagas temporárias foi cancelado, e a taxa de inscrição vem sendo devolvida pelo órgão. A pandemia também fez o IBGE cancelar a coleta presencial de informações para as pesquisas e levantamentos conduzidos pelo órgão, como a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua).

No novo edital do Censo Demográfico, o órgão prevê 181.898 vagas para recenseador, 16.959 para agente censitário supervisor (ACS) e 5.450 para agente censitário municipal (ACM), com oportunidades em 5.297 municípios do País.

As provas objetivas serão aplicadas presencialmente no dia 18 de abril para as vagas de agentes censitários, e no dia 25 de abril para os recenseadores. Segundo o IBGE, a etapa presencial de seleção seguirá os protocolos sanitários de prevenção de covid-19.

O candidato deve ter nível fundamental completo para concorrer a recenseador, enquanto que as vagas de agentes censitários exigem ensino médio concluído. A remuneração é de R$ 2.100 para agente censitário municipal e de R$ 1.700 para agente censitário supervisor, para jornadas de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias.

Os recenseadores receberão por produtividade, dependendo do número de unidades visitadas, da quantidade de questionários respondidos e das dificuldades impostas por cada setor censitário.

Os contratos terão duração de três meses para a função de recenseador e de cinco meses para agentes censitários, podendo ser renovados de acordo com as necessidades do IBGE e a disponibilidade orçamentária.

As inscrições para os cargos de agentes censitários vão de 19 de fevereiro a 15 de março, enquanto as vagas para recenseador terão inscrições de 23 de fevereiro a 19 de março, no site do Cebraspe, responsável pelo processo seletivo. O resultado final com o nome dos aprovados será divulgado em 27 de maio.

“Além da prova, os recenseadores receberão treinamento presencial e à distância, de caráter eliminatório e classificatório, com duração de cinco dias e carga horária de oito horas diárias. Para a parte presencial, também serão adotados protocolos sanitários contra a Covid-19”, informou o órgão.

Os recenseadores visitarão os cerca de 71 milhões de lares brasileiros entre agosto e outubro deste ano nos 5.570 municípios do País.

A pesquisa levanta informações sobre as características dos domicílios, identificação étnico-racial, nupcialidade, núcleo familiar, fecundidade, religião ou culto, deficiência, migração interna ou internacional, educação, deslocamento para estudo, trabalho e rendimento, deslocamento para trabalho, mortalidade e autismo.

O POVO online – Por AGêNCIA ESTADO 10:44 | 18/02/2021 0FacebookTwitter

Novo decreto de Camilo determina toque de recolher e suspensão das aulas presenciais no Ceará

camilo, sarto e cabeto
 Camilo fez o anúncio ao lado do prefeito de Fortaleza, Sarto Nogueira, e do secretário da Saúde do Estado, Dr. Cabeto. Foto: Reprodução

O governador Camilo Santana (PT) anunciou, nesta quarta-feira (17), toque de recolher das 22h às 5 horas em todo o Ceará. A decisão vale até o dia 28 de fevereiro. Outra medida é a suspensão das aulas presenciais em escolas e universidades públicas e privadas. E todos os espaços públicos fecharão às 17h. 

Todas as medidas valem a partir desta quinta-feira (18), com exceção das aulas – que voltam a ser exclusivamente remotas na sexta-feira (19).

O novo decreto de isolamento social estende algumas restrições definidas para o período de Carnaval, incluindo barreiras sanitárias nos municípios cearenses, com controle do transporte intermunicipal, e horário reduzido de atividades econômicas que não oferecem serviços considerados essenciais. Aos fins de semana, todo o comércio só poderá funcionar até as 17 horas.

Além disso, todo o funcionalismo público não essencial trabalhará de forma remota. E o Governo recomenda que o setor privado faça o mesmo.

A decisão busca conter o avanço de casos do novo coronavírus no Estado, que tem causado alta nas taxas de ocupação em leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) voltados para pacientes com Covid-19. 

Veja as medidas definidas pelo Governo do Ceará

As ações valem até 28 de fevereiro

1 – Toque de recolher em todo o Ceará, todos os dias, das 22h às 5h;

2 – Comércio funcionará de segunda a sexta até as 20h. Depois deste horário, só funcionarão os que oferecem serviços essenciais;

3 – Aos fins de semana, restaurantes e estabelecimentos congêneres só poderão funcionar até 15h, e comércio, incluindo shoppings, até 17h;

4 – Espaços públicos serão fechados todos os dias a partir das 17h, com proibição de circulação;

5 – Suspensão das aulas presenciais nas escolas e universidades públicas e privadas a partir de sexta-feira (19). Atividade permanecerá apenas de forma remota;

6 – Barreiras sanitárias em Fortaleza, com fiscalização na saída e chegada do transporte intermunicipal; governador recomendará aos prefeitos dos municípios cearenses que façam o mesmo;

7 – Permissão de transporte intermunicipal, desde que haja fiscalização na entrada e na saída das cidades;

8 – Funcionalismo público atuará de forma remota, exceto as atividades essenciais;

9 – Recomendação para que o setor privado trabalhe de forma remota.

Situação preocupante

“São medidas duras, difíceis de serem tomadas, mas têm apenas um objetivo: proteger a vida do cearense”, destacou Camilo durante o anúncio. Ele frisou que, em um mês, o número de pessoas com Covid-19 precisando de leito de UTI quase triplicou no Estado. O governador ainda destacou que a velocidade de transmissão do vírus é “exponencial” em Fortaleza e no Interior.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI exclusivos para Covid-19 no Ceará chegou a 87,63% nesta quarta. Quando considerados somente os leitos de UTI Adulto, o percentual chega a 90,19%. As informações são do IntegraSUS.

“No pico da pandemia, no ano passado, a demanda da UTI era da ordem de 29 pessoas por dia e só atingimos só 17 solicitações agora, no mês de fevereiro. Todos os indicadores vão na direção de que a gente atinge o pico e há possibilidade matemática e científica de que a gente possa ultrapassar o pico, o que nos preocupa. Estamos ampliando os leitos de enfermaria e de UTI, a fiscalização para evitar aglomeração e preservar a saúde das pessoas”, explicou o prefeito Sarto Nogueira.

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 20:37 / 17 de Fevereiro de 2021. Atualizado às 21:29 / 17 de Fevereiro de 2021

Projeto Palavras apresenta recital e lançamento de livros

Escritor, designer, quadrinista e produtor cultural Raymundo Netto, colunista do O POVO, participa do Projeto Palavras (Foto: ANDRÉ SALGADO)
Escritor, designer, quadrinista e produtor Raymundo Netto, colunista do O POVO.Foto: André Salgado

Com lançamentos de livros, conversa com autores, oficinas literárias, recitais com música e rodas de histórias, em Fortaleza, o Projeto Palavras realiza sua programação em formato on-line, por meio do Instagram @palavras.projetoO escritor, designer, quadrinista e produtor cultural Raymundo Netto, colunista do Vida&Arte do O POVO e gerente editorial e de projetos da Fundação Demócrito Rocha (FDR), integrará conversa sobre o seu fazer literário e as novidades para 2021. Bate-papo, com lançamento de livro, acontece nesta sexta-feira, 19, às 19 horas.

O autor falará sobre “Quando o Amor é de Graça!” (2019), uma coletânea de crônicas publicadas no O POVO em diferentes momentos da sua carreira no Jornal. Obra aborda diversos assuntos do cotidiano, como Raymundo costuma se debruçar, desde 2007, enquanto cronista no caderno Vida&Arte.

Com o livro “Crônicas Absurdas de Segunda”, o autor foi finalista do Prêmio Jabuti, em 2016. Premiado por obras de ficção, ensaios e infantojuvenis, Raymundo Netto é curador e editor do suplemento Maracajá, também do O POVO. Foi coeditor das revistas CAOS Portátil e Para Mamíferos. Tem vasta atuação também no campo audiovisual, como na coordenação dos documentários “História das HQs no Ceará” e “Padre Cícero: o filme”.

O escritor Kelsen Barros integra a programação do Projeto Palavras na próxima terça-feira, 23, também às 19 horas. Autor apresenta um recital poético por meio do Instagram.

Poética da palavra

Produzido por Almir Mota, escritor com mais de 20 livros publicados, e Júlia Barros, contadora de histórias e terapeuta, o Projeto Palavras foi contemplado pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura, por meio da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult/CE) e pelo apoio da distribuidora Enel.

O projeto também leva poesia, música e literatura cearense às escolas e comunidades de Fortaleza, Caucaia e São Gonçalo do Amarante, de forma virtual, pelos próximos seis meses. Nas quintas-feiras da primeira quinzena do mês, às 19 horas, alguns autores estarão encontro virtual aberto ao público.

Também participaram do projeto o escritor, poeta e cantor Alan Mendonça, com suas poéticas e canções; e a escritora e jornalista Fernanda de Façanha, autora do livro infantil “Revirando Meu Guarda Roupa” e do livro-reportagem “Ruas e cores: o grafite como arte viva na Cidade”.

Programação

Dia 19/2, às 19 horas – Encontro e lançamento de livro com Raymundo Netto

Dia 23/2, às 19 horas – Recital poético com Kelsen Bravos

O POVO online – Por LUIZA ESTER 16:44 | 16/02/2021 0FacebookTwitter

Imunização de crianças contra doença respiratória grave

Com início das chuvas, HRN imuniza crianças contra doenças respiratórias.Foto-Divulgação

Com o início da quadra chuvosa no Ceará (fevereiro-maio), aumenta a probabilidade de as crianças com doenças crônicas adquirirem infecções respiratórias graves. O Hospital Regional Norte (HRN), da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa) e administrado pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), imuniza, na cidade de Sobral, os pequenos contra o vírus sincicial respiratório (VSR), que pode causar desde resfriados simples até enfermidades mais graves, como pneumonias e bronquiolites (inflamações nos brônquios).

A vacinação é feita a partir da aplicação do anticorpo Palivizumabe. A expectativa é de que mais de 100 crianças da Região Norte sejam imunizadas no ciclo que teve início neste mês de fevereiro e segue até junho. Para evitar aglomerações, as primeiras doses do medicamento foram administradas em horários previamente agendados. Também foram imunizadas as crianças internadas na Neonatologia da unidade.

Este é o terceiro ano desde que o HRN tornou-se unidade de fornecimento do Palivizumabe na Região Norte, medicamento indicado para aumentar a proteção de crianças com doenças crônicas contra a infecção grave associada ao VSR. O hospital é o primeiro do Sistema Único de Saúde (SUS) no interior do Ceará a contar com a medicação.

Bebês prematuros nascidos com menos de 29 semanas e menores de um ano de idade ou crianças de até dois anos com doença pulmonar crônica ou doença cardíaca congênita com repercussão hemodinâmica são mais propensos a contrair o VSR e devem ser imunizados. A indicação do medicamento deve ser feita pelo médico que acompanha cada criança.

O principal objetivo da aplicação da medicação é reduzir a probabilidade de crianças adquirirem enfermidades respiratórias. “A imunização diminui o risco de reinternações por doenças respiratórias como bronquiolites entre as crianças com indicação do uso de Palivizumabe”, explica a enfermeira da Neonatologia do HRN, Lane Mara Sousa Pinheiro.

Prevenção

A infecção por VSR pode afetar os pulmões e os brônquios. Na maior parte dos casos, o vírus é responsável pelo aparecimento de bronquiolite aguda (inflamação dos bronquíolos) e pneumonia, especialmente em bebês prematuros no primeiro ano de vida.

Cuidados básicos com a higiene, manter a amamentação e ficar longe de fumaça de cigarro, além de evitar locais fechados e contato com pessoas gripadas, são importantes para prevenir infecções respiratórias em crianças. Em prematuros com doença pulmonar crônica ou cardíaca congênita, o vírus sincicial respiratório pode tornar os casos mais graves. Algumas dessas crianças necessitam de hospitalização e, em casos mais graves, de cuidados intensivos.

Documentação necessária

Os pais ou responsáveis pelas crianças com indicação de Palivizumabe receberão o encaminhamento do médico e serão orientados pelas secretarias de saúde municipais sobre o acesso ao serviço no Hospital Regional Norte.

A documentação necessária que deve ser apresentada mensalmente na recepção do Hospital é o cartão do Sistema Única de Saúde (cópia), comprovante de residência (cópia), certidão de nascimento (cópia), CPF e RG da mãe (cópias), relatório de alta (2 cópias), relatório médico (2 cópias), receita médica do Palivizumabe (2 cópias) e solicitação do Palivizumabe (2 cópias).

Serviço

Neonatologia do HRN: (88) 3677-9300

Com informações da Assessoria de Comunicação do HRN, Sobral (CE)

Empresas e bancos devem enviar informe do IR até dia 26

Imposto de Renda 2021
Os informes são documentos necessários para fazer a declaração de 2021.Foto: Fernanda Siebra

O informe de rendimentos referentes ao ano de 2020 deve ser entregue por empresas, bancos e corretoras de valores aos funcionários e clientes, até o último dia útil de fevereiro (26/2). Os informes são documentos necessários para fazer a declaração de Imposto de Renda de 2021.   

Os dados servem para a Receita Federal cruzar informações, saber quanto você pagou de imposto ao longo do ano passado e verificar se houve sonegação ou não. 

As empresas e instituições financeiras podem enviar os dados por e-mail ou deixá-los disponibilizados para consulta pela internet ou aplicativo.

Se você tiver conta corrente ou investimentos em mais de um banco ou corretora, é preciso obter os informes de todas as instituições onde mantém recursos.

O que fazer se o informe não for entregue no prazo?

Se o informe não for entregue no prazo, o contribuinte deve entrar em contato com o RH da empresa ou o gerente da instituição financeira. Caso não tenha resposta, o problema deve ser comunicado à Receita Federal.

E se houver erro nas informações?

Em caso de erro nas informações, o contribuinte deve pedir um novo informe com os dados corrigidos antes de entregar a declaração. No entanto, caso o novo documento não seja entregue antes do fim do prazo da declaração, a orientação é preencher o Imposto de Renda com os números incorretos e depois fazer uma declaração retificadora

Aposentados e pensionistas 

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) podem acessar os informes de rendimentos consultando o extrato pela internet. O acesso é feito pela página do Meu INSS. É necessário ter senha para acessar o sistema. Além disso, outro meio de consulta é o aplicativo Meu INSS, disponível para celulares com sistema Android e iOS. 

Diário do Nordeste – Escrito por Redação, 10:31 / 16 de Fevereiro de 2021. 

UFC abre três vagas de professor em Fortaleza e em Sobral

Reitoria da Universidade Federal do Ceará(UFC), em Fortaleza.Foto-Divulgação

A Universidade Federal do Ceará lançou edital de processo seletivo com três vagas para professor substituto nos campi de Fortaleza e de Sobral. As inscrições se iniciam a partir do dia 18 de fevereiro

De acordo com o Edital nº 11/2021, há três vagas para professor substituto, sendo uma para Fortaleza e duas para o Campus da UFC em Sobral. Na capital cearense, a vaga é para o Departamento de Psicologia, no Centro de Humanidades, no setor de estudo Fundamentos Históricos, Epistemológicos e Metodológicos, com regime de trabalho de 40 horas semanais.

No Campus de Sobral, há duas vagas no certame, sendo uma para os cursos de Finanças e de Ciências Econômicas, no setor de estudo Teoria Econômica, com jornada de 40 horas semanais. A outra vaga é destinada ao Curso de Medicina, no setor de estudo Saúde do Trabalhador/Internato em Saúde Coletiva, com regime de 20 horas semanais de trabalho.  

Nas vagas do Departamento de Psicologia e do Curso de Medicina, exige-se o título de doutor. Já na vaga do setor de estudo Teoria Econômica a exigência é o título de mestre. Não havendo candidatos inscritos, reabre-se o edital com a titulação de mestre e diploma de graduação, respectivamente. 

Para se inscrever, o candidato deverá enviar e-mail para o departamento ou para a unidade acadêmica a qual deseja concorrer, anexando todos os documentos solicitados no edital, das 8h do dia 18 de fevereiro às 22h do dia 24 de fevereiro. Para a vaga do setor de estudo Teoria Econômica, as inscrições se encerram no dia 22 deste mês, às 22h. Os endereços de correio eletrônico encontram-se no mesmo edital.

Mais informações sobre o processo seletivo, os conteúdos programáticos, as taxas de inscrição e a remuneração dos cargos podem ser consultadas tanto no edital como no site da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP)

Fonte: Divisão de Concursos e Provimento da PROGEP – e-mail: dicon.progep@ufc.brCompartilhe: FacebookTwitter

Caldeirões é o primeiro açude a sangrar em 2021 no Ceará

foto
 Açude Caldeirões, em Saboeiro, é primeiro a sangrar no Ceará.FotoReprodução/Cogerh

Açude Caldeirões, no município de Saboeiro, na macrorregião do Sertão Central e Inhamuns, sangrou nesta terça-feira (16). Conforme a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), esse é o primeiro reservatório do Estado a sangrar em 2021. Ele está localizado na bacia do Alto Jaguaribe. 

O açude começou a transbordar por volta das 6h30. De acordo com o gerente do escritório da Cogerh em Iguatu, Anatarino Torres, o volume de água aumentou nas últimas horas devido às fortes chuvas registradas na região. Na segunda-feira (15), o volume dele estava em 89,38%. O reservatório tem volume de 1,13 hm³. 

O Caldeirões é o único reservatório do Estado com volume armazenado acima dos 90%.

Chuvas registradas em 24 horas 

O município de Saboeiro registrou 105 mm no posto de Flamengo e 92 mm no posto de Saboeiro, de acordo com dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) entre as 7h de segunda-feira (15) e as 7h desta terça-feira (16). 

As regiões do Sertão Central e InhamunsIbiapabaLitoral NorteCariri e Centro-Sul do Ceará tiveram chuvas intensas no mesmo período. 

Há outros 16 açudes com volume entre 70 a 100%.

  • Germinal (89,46%)
  • Gavião (86,12%)
  • Arneiroz II (83,29)
  • São Vicente (78,7%)
  • Jenipapo (77,49%)
  • Aracoiaba (77,31%)
  • Araras (76,62%)
  • Mundaú (76,42%)
  • Ubaldinho (75,33%)
  • Broco (73,55%)
  • Forquilha (72,87%)
  • Jatobá II (72,44%)
  • Santo Antônio de Aracatiaçu (71,67%)
  • Malcozinhado (70,79%)
  • Rosário (70,88%)
  • Arrebita (70,25%)

Ceará está com a capacidade hídrica em 24,3%, com volume de 4.515 hm³. 

Há 55 açudes com volume inferior a 30%.

Escrito por Redação, 13:39 / 16 de Fevereiro de 2021 -*Com informações de Honório Barbosa

março 2021
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
Comentários
Arquivos